História Fuck The Police - One Shot - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Xiumin
Tags Exo, Hot, Oneshot, Xiumin
Visualizações 50
Palavras 1.260
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Policial
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem voltou, eu assisti uma série policial e aí veio minha inspiração pra um hotzinho maneiro cheio de desejo carnal para vocês.

(Capa provisória até eu tirar a preguiça do corpo e fazer uma capa decente)

Capítulo 1 - Capítulo único - Catch Me


Fanfic / Fanfiction Fuck The Police - One Shot - Capítulo 1 - Capítulo único - Catch Me

Meu trabalho é pegar bandidos, esse sempre foi meu destino, meu pai foi policial e agora eu também sou.

Porém ela aconteceu, ela não era má mas apenas tinha que sobreviver de alguma forma, as vezes achamos que não temos escolhas e S/N era uma dessas pessoas.

Ela sempre me dá as piores desculpas possíveis mas sempre que a encontro o clima entre nós fica totalmente quente, eu não posso gostar dela, quer dizer, eu sou policial e ela cometeu alguns delitos entre eles roubo e agressão.

Não posso pensar nessas coisas, não agora que tenho muito para trabalhar para ganhar minha promoção e finalmente virar detetive como meu pai sempre quis.

- Minseok, é a Senhora Robets novamente, parece que S/N invadiu sua casa - a secretária me fala como o telefone na mão

- diga a ela que irei resolver - me levanto e respiro fundo.

Chego na casa da Senhora Roberts e vejo ela e s/N discutindo.

- Ok, S/N vamos anda - eu digo pegando as algemas.

- Eu não peguei nada eu juro - ela diz sincera

- mas invadiu uma casa - Digo cruzando os braços esperando a resposta dela

- só porque ela pegou a bola de futebol dos meninos da rua e não devolveu, então tecnicamente ela está roubando - ela argumenta 

- isso é verdade, senhora Roberts - eu lanço um olhar sério para a senhora que começa a ficar preocupada

- bom, essas crianças vivem jogando a bola no meu quintal, eu só quis dar uma lição - ela diz um pouco nervosa 

- faremos assim, eu levarei S/N para casa e a senhora pode dar a bola de futebol, se as crianças lhe incomodarem você me chama - digo tentando um acordo 

- certo, só a leve daqui - ela diz um pouco mais calma.

Eu e S/N vamos até o carro e ela então olha para o banco de trás com reprovação e então me encará.

- tudo bem, pode sentar na frente mas não pode contar a ninguém - eu digo entrando no carro

- Min, eu realmente só queria pegar bola de volta poxa meu primo mora nesse bairro e ele estava muito triste. 

- eu acredito em você, já faz 4 meses que eu não te vejo roubando - digo dirigindo até o bairro onde ela morava.

Chegamos em seu prédio, era um lugar horrível de se viver e S/N saiu do carro e logo olhou para o janela do carro e sorriu. 

Meu coração se aqueceu naquele momento quando eu percebi já estava fora do carro em sua frente com S/N me encarando como se pensasse no que eu faria.

- e-eu - falei gaguejando o que eu nunca faria na frente de ninguém sempre fui muito confiante mas dessa vez não sabia o que quiser a mulher - eu não sei o que acontece quando estou perto de você, parece que eu vivo um total bobo - digo sorrindo e coçando minha nunca em sinal da minha total vergonha.

- Eu quero mudar por sua causa porque eu não quero encontrar você toda vez atrás de barras de ferro e não quero que essa seja sua única visão da minha pessoa. 

- E não é, mas você sabe que isso não daria certo se você continuasse a fazer o que faz - digo cabisbaixo

- Eu sei, confia em mim só dessa vez - ela diz colocando suas mãos em meu rosto e me inclino para beija-la. 

Eu a acompanho em seu apartamento e entro, ela segura minha mãe me guiando até seu quarto e posso notar que a alguns brinquedos ao redor.

- são do meu irmão, não se preocupe ele está na casa de um dos seus colegas de escola.

- Nunca me falou sobre ele - ficamos parados no meio de seu quarto.

- Tive medo de tirarem ele de mim e eu .. - vi ela ficar um pouco sem saber o que dizer e que explicação dar.

Eu a beijei para que parasse com toda sua confusão e a mesma retribui passando seus braços em volta da minha nuca e puxando, acabamos caminhando até a cama e logo eu estava sobre seu corpo, minha mãos não se aquetavam e percorriam todo seu corpo.

Ela beijava meu pescoço e eu então a garota abrirá os botões de minha camisa, eu senti suas mãos tocarem meu abdômen e escorregarem até o cinto que eu usava, ela abriu com tanta facilidade e então fiz o mesmo abrindo o botão e o zíper de sua calça jeans e revelando um pequeno pedaço de sua calcinha rendada.

Beijei sua barriga e fui subindo tirando sua camiseta, estávamos totalmente nús e posso ver como é maravilhosa. 

Toquei com meus dedos sua intimidade e comecei a brincar com meus clitóris e fazendo agarrar os lençóis com força e suas costas começam a arquear, sua respiração estava descompassada, mordia os lábios com um certa força. Aumentei seus movimentos em força de provocação e então ela gemeu e foi um som incrível de se ouvir, voltei a acariciar seu corpo.

- é minha vez - foi totalmente provocativo vê-la massageando meu pênis e me olhando, logo senti sua boca e não pude conter o prazer que aquilo estava me dando, eu joguei minha cabeça para trás e estava tentando buscar mais ar. 

Ela se levantou e veio até mim com sorriso muito malicioso, eu a puxei para meu colo, suas mãos estavam em meus ombros, olhou bem para sua face.

- eu gosto muito de você, Min - ela diz em um tom carinhoso.

- eu gosto muito de você também - digo beijando sua testa e então me ajeito em baixo dela, começo a me movimentar devagar, senti S/N rebolar em busca de contato maior e é claro que isso me deixou louco, apertei sua bunda com força e ela repetiu seu movimento.

Não aguentei e comecei a ir mais rápido, nos estávamos fazendo tanto barulho, gemidos incontroláveis e sua cama batendo sobre a fina pared, aquilo era tão bom que eu não queria parar nunca.

- Min é incrivelmente bom fazer isso com você - ela disse quase sem fôlego e eu sorri dando um selinho em seus lábios.

Ela então saio do meu colo e ficou que quatro, eu respirei fundo porque já não estava em um estado de me controlar, eu beijei suas costas e me posicionei sobre sua traseira e a penetrei novamente, segurei as barras de ferro na cabeceira da cama e comecei a estocar fundo, eu e ela gemiamos muito e quando eu a ouvir chamar meu nome eu ia mais rápido e forte.

S/N se debruçou sobre o travesseiro e teve alguns espasmos, soube que ela havia chegado ao seu limite, então me retirei e deiteu em seu lado, ela deitou o a cabeça sobre meu peitoral.

- Min, não é justo eu ter gozado e você não - ela disse colocando a mão sobre meu pênis e o masturbando rapidamente, chegou em meu ápice.

Fomos tomar um belo banho e logo dormimos, acordei no dia seguinte com S/N deitada em meu lado, não tem melhor sensação do que acordar ao lado dela.

Calmamente me levantei e fui preparar seu café da manhã, en seguida ela se levantou bocejando e se sentou na mesa com sorriso bobo igual ao que estava estampado em meu rosto.

- eu pensei que você tivesse ido embora - ela falou preocupada.

- eu não vou embora - falei beijando seu rosto e entregando uma Xícara de café.

Eu nunca estive melhor, S/N havia retomado sua vida estava estudando de noite e trabalhando em uma floricultura, me deixava orgulhoso ela ter deixado seu passado, logo ela é seu irmão viveram comigo.



Notas Finais


Essa foi a OneShot do Xiumin, eu gostei de escrever ela. :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...