História Fuck you (HOT) - Imagine Min Yoongi ! - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Suga
Tags Incesto, Primos, Romance, Traição, Você + Suga
Visualizações 154
Palavras 1.111
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello !
Primeiramente, eu quero agradecer á todos que estão acompanhando a fic, muito obrigado nininos e nininas queridos do meu coração cardíaco de kpoper 💕

Sei que algumas pessoas vão achar o capítulo um pouco curto, na vdd eu tbm acho (nem saiu muito curto, mas...) ...nem tudo sai como a gente quer não é msm ?

Boa leitura !
Espero que gostem !

Capítulo 20 - Traição !


Fanfic / Fanfiction Fuck you (HOT) - Imagine Min Yoongi ! - Capítulo 20 - Traição !

(Suga) [ON]

3 segundos...

Esse foi o tempo que eu levei para ficar pelado, assim como, arrancar toda a roupa de Xxx.
A besteira já estava sendo feita, sei muito bem que é errado "trair" a (S/N) mas, estou sob efeito de drogas, preciso fazer isso até cortar o efeito.
Meu corpo fraquejou e acabei sedendo por impulso.

Suga - Hun ! - Gemi abafado enquanto chupava os seios de Xxx.

Xxx - Ain ! - Gemeu manhosa enquanto quicava no meu membro.

Xxx - Que saudades de ser fodida por você. - Disse entre gemidos.

Já estava me irritando com aquela voz, não bastava ter me prejudicado fisicamente ainda fica me provocando com essas palavras.

Suga - Cala boca e continua rebolando ! - Disse autoritário.

Dei um tapa bem estalado em sua bunda.

Xxx - Ai amor ! - Reclamou manhosa.

Suga - Já te mandei calar a boca. - Me alterei.

Segurei em sua cintura e aprofundei as penetrações.

Xxx - Own, isso. - Gemeu feito uma cadela no cio.

(S/N) [ON]

Observei a casa, havia alguns objetos espalhados pelo chão da sala, a dosilag sangja  que o Suga estava segurando se encontrava em cima da mesa.

(S/N) - Parece que houve uma briga. - Pensei.

O cômodo era bem organizado e bonito, apesar dos objetos que estavam no chão.
Dei alguns passos checando tudo, analisei a cozinha, tudo normal, o mesmo com as outras divisórias do apartamento.
De repente, ouvi alguns barulhos vindos do quarto.
Ao me aproximar, percebi que se tratava de gemidos de mulher, mas precisamente da Xxx.

(S/N) - Por quê essa garota está assim ? Será que está sendo torturada? Ou ela... - Pensei.

(S/N) - Não pode ser... - Disse baixo.

(S/N) - O Suga entrou aqui neste apartamento, não pode ser, ele não pode estar me traindo, isso só pode ser um engano... - Disse para mim mesma com as mãos trêmulas.

(S/N) - Não com ela, não ! - Balancei a cabeça negativamente.

Comecei a ouvir gemidos masculinos semelhantes aos do meu Suga.

(S/N) - Não ! - Neguei para mim mesma.

(S/N) - Meu Suga, ele não gosta dela. - Disse meio incerta.

Quando a coragem tomou conta do meu corpo, abri a porta do quarto lentamente e dei de cara com a pior cena que eu poderia ter presenciado na minha vida.

Vi o Suga me traindo com a Xxx.
"Por quê isso agora... por quê justamente após uma briga." - Frases semelhantes ecoaram na minha mente.
Quando dei por mim, lágrimas rolavam pelo meu rosto desenfreadas.

(S/N) - A briga foi só uma brecha pra ele me abandonar de vez, ele só me usou e depois jogou fora. - Tirei minhas próprias conclusões.

(S/N) - Maldito filho da puta ! - O xinguei mentalmente.

(Xxx) [ON]

Estava num momento muito gostoso com o meu Suga, quando reparei em algo inusitado.
(S/N) estava atrás da porta nos espiando, não sei como conseguiu entrar, mas foi muito hilário vê-la nesse momento.
Foi ela que se gabou de ter o Suga e agora estava presenciando ele fodendo outra garota, na verdade a namorada dele, a verdadeira e única namorada dele.
Uma vez meu, sempre meu, essa puta teve o que mereceu.
Resolvi então, brincar um pouco com o emocional dela, ver até quando ela iria aguentar ver o querido primo dela a trocar por outra.
Apoiei minhas mãos sobre o peitoral do Suga, empinando minha bunda e sentei com força, fazendo o mesmo gemer alto.

Xxx - Quem fode melhor Suga ? Eu ou a (S/N) ? - Perguntei ainda encarando a (S/N) com um sorriso debochado.

Suga - Ah ! - Continuou gemendo.

Xxx - Hun ? Não consegue falar ? - O encarei.

Parei de me movimentar e esperei pela resposta dele.

Foi inesperado, assim que parei de movimentar ele me agarrou, me colocou de quatro e ele mesmo passou a movimentar, coordenando as ações.

Xxx - Ah, aah, own ! - Gemi descontroladamente para provocar a idiota que estava atrás da porta.

Xxx - Quem você quer neste momento amor ? - Perguntei.

Suga - Você Xxx, só você ! - Respondeu num sussurro.

Xxx - Kkkkk, eu também te quero muito meu amor ! - O agarrei para um beijo.

Olhei para a porta e vi "aquelazinha" ainda ali,  inerte e parecia estar chorando.
Me diverti muito com aquela cena, até deixei escapar um sorriso de satisfação em vê la presenciar tudo.
Isso fez com que ela saísse correndo dali.
Afinal, eu havia ganhado. Além de possuir meu amado, consegui afastar a minha querida rival, tudo num só dia.

"Hoje é o meu dia de sorte ! "

(S/N) [ON]

Não pude evitar, tive que sair daquele local.
Corri ás pressas, fechei a porta e me encostei na mesma.
Jimin me olhou espantado.

Jimin - (S/N), o que foi ? - Aconteceu alguma coisa ? - Perguntou.

Ainda assustada fiquei fitando o chão.

(Jimin) [ON]

Me pareceu ter acontecido alguma coisa, nunca vi (S/N) daquele jeito, ela parecia com alguém que acabou de ver um fantasma.
Estava quieta e inerte.

Jimin - (S/N) ? - Levantei seu rosto e me surpreendi com algumas lágrimas que caíram.

De repente ela se jogou em meus braços e me abraçou forte, sem nem entender o que havia acontecido apenas retribuí.

Jimin - Aconteceu alguma coisa ? - Perguntei, mas ela só chorava.

A afastei um pouco e a encarei preocupado.
Ela continuou chorando com os olhos fechados. Quando ela abriu os olhos simplesmente atacou meus lábios e me deu um beijo quente e lento.

Jimin - Hum ! - Tentei falar em meio ao beijo que nem sequer esperava.

Após resistir durante algum tempo, cedi, retribuindo todo o gesto. Com uma mão agarrei sua cintura e com outra segurei seu rosto.
Como a falta de ar se fez presente tivemos que nos afastar.

Jimin - Ufa ! - Fiquei tentando recuperar o fôlego.

Ainda com a respiração descompassada (S/N) novamente me beijou, mas dessa vez eu a impedi com as mãos.

Jimin - (S/N)... o quê está acontecendo ? - Perguntei ainda com a respiração pesada.

Jimin - Não estou entendendo nada...primeiro você entra dizendo que vai ver se aconteceu alguma coisa com o Suga e depois saí chorando e me beija sem mais nem menos. - Disse um pouco indignado.

(S/N) - Vamos pro seu quarto ! - Disse me puxando.

Jimin - Agora ? Pra quê ? - Perguntei.

(S/N) - Eu quero que você me foda ! - Disse com lágrimas nos olhos.

Jimin - Foder...

Jimin - MAS O QUÊ ? - Gritei confuso.
...


Notas Finais


Bjs 😘 #Party_band #OPPA #Loco


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...