História Fucking game - Imagine Kim Taehyung - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Colorful Eyes, Gangsta, Kim Taehyung, Livings
Visualizações 32
Palavras 1.330
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Atenção! Fanfic de raciocínio lógico rsrsr se tiverem dúvidas podem perguntar que vou responder.

Manas nesse capítulo e aonde começará tudo então atenção aos próximos capítulos aqui rsrsrs

Boa leitura!

Capítulo 3 - Inconscientemente!


Jeon S/n P.V.ON

Sério eu ainda estou me perguntando por que eu ainda invento de fazer trabalho em dupla sério qual meu problema? Tenho alergia as pessoas e ainda fico com essas gracinhas. Estava em frente ao condomínio onde Baekhyun mora eu só não faço ideia em qual dessas casa é. Espera casa vírgula, mansões.

Adentrando ao condomínio, ando em passos largos até me aproximar das mansões, tento chegar ao meio do condomínio para ligar para o platinado e ficar mais fácil de achar o mesmo, já cheguei aqui agora não posso voltar atrás né? distraída em pensamentos pego meu celular distraidamente que nem' percebi que eu ia de encontro com alguma pessoa, senti seu corpo musculoso é grande se chocar contra o meu.

— Ashi!! Olha por onde anda, estranho! — Me recompus do grande choque e olhei para o rapaz.

— Olha você! É outra você que é estranha! — Ele gesticulou os braços enquanto falava.

Quando finalmente fitei o mesmo vislumbrei seu semblante bem delineado seus cabelos escuros caindo sobre seus olhos era simplesmente viciante seu olhar, um olhar que eu tenho a impressão de já ter visto. Acho que passei tempo demais o fitando que o mesmo me olha de forma interrogativa.

Desvio olhar do castanho, passando por fim, dando um mini empurrão forma que seu corpo se chocaçe com um leve trombo, levo meu olhar para trás vendo o cara estranho me olhando indignado.

Já tomando distância daquele ser de minutos atrás, levo minha mão ao alto discando o número do Baekhyun por fim. Três... Quatro ligando e dando claro recado, sério eu não acredito que nesse final de tarde eu vou ficar feito uma idiota procurando a casa dele.

— Atende logo! — Gesticulo meus pés já impaciente, já estou aqui exatamente a meia hora, seria muito mas fácil eu hackear o GPS do celular dele porém não posso me conectar com wi-fi de nenhum local público, é sempre bom tomar cuidado.

Tiro minha atenção do celular fitando o céu que se encontrava tomado pela escuridão da noite, pois o sol avia se posto. Inconscientemente escuto a voz que me lembra a do Baekhyun a voz parecia está bastante alterada, eu realmente não estou com vontade de saber o porquê então eu vou embora? De relaxe esquivo meu olhar para o lado e vejo o castanho de mas cedo e o Baekhyun alterados em uma discussão.

— Eu quero você fora disso!— O castanho de mais cedo falava ao platinado, os dois estavam ofegantes e alterados por conta de uma possível briga talvez? Não sei.

Porém o olhar do Baekhyun se cruza com o meu o mesmo arregala os olhos assim como o castanho que me olha sem nenhuma expressão, pararam de falar no mesmo instante, e como se eu estivesse chegado num' momento aonde ambas partes trocam olhares cúmplices porém um deles tem olhar vitorioso no caso o castanho, voltando a atenção vejo o platinado vindo em minha direção porém me viro dando de costa para o platinado, eu só quero ir embora não estou com paciência para ter que escutar desculpa o mesmo vai fazer o trabalho sozinho, eu não vou ajudar em nada, e vou deixar isso bem claro para ele.

— S/n!! — Disse ofegante porém continuo a andar. — Jeon S/n! Me espera. — Naquele mesmo momento que ele proferiu essas palavras paro imediatamente sentindo meu corpo gélio, quase ninguém sabe meu sobrenome, só em documentos ou professores me chamam assim, viro para ele lentamente lançando um olhar mortal para o mesmo, observo o castanho ao lado do platinado cerrar os punhos seu cabelos escuros cobre seu olho me impedindo de olhar neles.

— Não me chama assim! — Falei irritada franzindo o cenho fazendo o platinado abaixa a cabeça se aproximando mais.

— S/n eu preciso te perguntar uma coisa... — Hesitou em dizer essas palavras porém prosseguiu. — Seu nome realmente é Jeon S/n? — Disse olhando para o castanho ao seu lado que encontrava com a cabeça abaixada ainda assim com os punho cerrado.

— Infelizmente sim... — Proferi baixo sentindo um nó se tornar em minha garganta, eu inconscientemente respondi sua pergunta, do contrário não responderia.

Levanto o olhar em direção ao platinado quê não obtive nenhuma reação sobre o que acabei de dizer apenas me encarava nitidamente sem dizer nada, até que o castanho que está atrás do Baekhyun se aproxima bruscamente vindo em minha direção e sem mais nem menos retira algo luminoso de seu bolso e sem o mínimo de hesitação enfia no alto do meu abdômen, fazendo com que eu cambalar, dando um trombo em cima do mesmo, sem tirar o objeto metálico de mim susssurra algo no alto do meu ouvido – Jeon S/n... ou melhor Hacker – após proferir o castanho retirar o objeto metálico de mim, uma dor absurda toma conta de mim fazendo com que eu perca o equilíbrio e acabo caindo de joelho em sua frente, já é possível sentir o gosto metálico em a boca que possivelmente era sangue.

Baekhyun simplesmente observa sem nenhuma reação, desvio olhar dos dois que se encontram a minha frente, nem' ao menos ligo se castanho a minha frente sabe que sou hacker, simplesmente volto o olhar para onde avia sido atingido por... Por quem? Quem é ele? Sinto meus olhos lacrimejar só que não de medo ou raiva era de dor, uma dor imensa só conseguia ver sangue e mais sangue. Até que sinto o castanho puxar meu braço me levantando bruscamente fazendo o local atingido se contrair fazendo a dor aumentar ainda mais acabo soltando um grunido de dor, tento empurrar o mesmo só que não a força em mim para fazer isso.

Olho de relaxe para o Baekhyun e o mesmo continuar sem nenhuma reação apenas acompanha os passos do castanho.

— Quem é você..? — Disse com dificuldade o mesmo solta uma leve risada como se eu estivesse falando algo ridículo.

— Acho que você deveria saber não é mesmo? — Pergunta ironicamente olhando diretamente em meus olhos. — Eu sou Kim Taehyung!

— Ah você foi o gangster que eu acidentalmente acabei com os esquemas. — Falo com a voz falha porém meu tom é de provocação, o mesmo para bruscamente me empurrando fortemente em uma porta de um carro que provavelmente seria de uma van, mas uma vez encontro seus olhos que neles estava tomado pela raiva, meu corpo já estava dormente pois meu corpo estava se acostumando com a dor.

— Então você praticamente acaba com meus negócios acidentalmente? — Fala enfurecido me olhando com desdém, o mesmo levanta sua mão no alto ele realmente está prestes a me bater? Ao ver sua mão vindo em minha direção seguro ela com toda força que me resta o empurrando para longe fazendo ele cambalear para trás, e nesse curto tempo pude ver Baekhyun em seu telefone falando friamente com a outra pessoa da linha, volto meu olhar para Taehyung e falo as seguintes palavras.

— Sabe eu nunca fui de fazer muitas promessas, mas vou ter que abrir uma exceção para você Taehyung. — Dizia com a voz falha o mesmo escutava atentamente com semelhante travado, tomado pela raiva e surpresa pelo meu ato. — Eu te prometo que, em um presente não muito distante ou até mesmo em um futuro, vai ser eu quem vai ver sua vida indo embora pouco a pouco! — O provoco com essas palavras enquanto o mesmo olha diretamente em meus olhos não conseguia descrever ser olhar estava ficando tudo embasado pois provavelmente devo ter perdido muito sangue e a dor me toma novamente minha visão escurece minhas pernas mas uma vez se encontra dormente estava encharcada de sangue por fim sinto que vou cair, mais sinto um mão me segurar fortemente fazendo com que eu não caia já estava perdendo o sentido porém sou capaz de pronunciar tais palavras para o castanho. — Lembre bem dessas palavras Taehyung.


Notas Finais


AAAAa não me matem isso faz parte da minha teoria para capítulos futuros rsrsr

O trailer está pronto^^ no próximo trago o link para vocês mores

Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...