1. Spirit Fanfics >
  2. Fugindo Do Governo >
  3. Mudando de nome e vida

História Fugindo Do Governo - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Mudando de nome e vida


Fanfic / Fanfiction Fugindo Do Governo - Capítulo 1 - Mudando de nome e vida

Elizabeth pv/on

Cá estou eu nesse exato momento correndo na tentativa de salvar minha vida, vocês devem estar se perguntando o por que da minha fulga então vou lhes contar tudo desde o começo.

Me chamo Elizabeth Andrea liones, tenho 25 anos, não conheco minha família, pelo que parece sou órfã, fui recrutada pelo governo muito nova e treinada para eliminar quem quer que ficasse contra meus superiores, conheço muitos segredos de estados e carrego mais mortes do que consigo contar, então viver como uma pessoa comum está fora de cogitação. Só que um dia meus superiores decidiram que eu não era mais útil para eles e mandaram me eliminar, com as informações que eu tenho posso ser perigoso.

Agora estou lutando meus companheiros, pessoas com quem cresci, que compartilhei tudo agora estão tentando me matar, é incrível como as circunstâncias mudam as pessoas, não tenho medo de um confronto sou a mais forte dessa estação, conhecida como a estripadora platinada, matando sem deixar rastros, a única pessoa que me vê é aquela que eu mato, já inventaram até uma frase pra mim, " se você ver cabelos platinados é por que sua hora de morrer chegou." 

Eu so queria ser uma pessoa normal, ter uma vida normal, eles tiraram essa escolha de mim quando me trouxeram para esse maldito lugar, e agora mais uma vez decidiram que eu tenho que morrer, mas dessa vez será diferente, eu já planejava fugir muito antes agora tenho a oportunidade, me jogo na cachoeira que tem atrás do muro, lá embaixo tem um barco médio que me levará a uma ilha bem longe daqui isolada, lá tem tudo para que eu recomece passaporte, com nome novo é visual para que eu me esconda, entre a multidão.


Quebra de tempo

Passaporte em mãos, roupa trocada, peruca no lugar, agora com nova identidade, me chamo Liz Alexandra cooper, tenho 20 anos, meu vôo está partindo para camelot longe o possível de toda essa bagunça que minha vida se tornou, entro no avião já pensando no que fazer quando chegar lá, comprar uma casa e arrumar um emprego, mesmo com todo dinheiro que consegui juntar todos esses anos não posso simplesmente chegar em uma cidade nova chamado atenção posso ser descoberta assim que pisar lá, o meu vôoé anunciado é eu entro na área de embarque, alguns minutos depois é eu já estou sentada em minha poltrona, de um lado uma jovem moça de cabelos castanha e olhos meio roxos e do outro um rapaz de cabelos loiros que mais parece uma criança, com olhão verdes que me chamaram muito atenção, coloco fones de ouvido e coloca em uma playlist qualquer com o celular que acabei de comprar é fico quieta, adormeço por alguns minutos mas acordo com o susto da turbulência, sem nada pra fazer vou encher no celular.

Meliodas: Oi está viajando a passeio?

Elizabeth/liz: Não estou me mudando para camelot, e você?

Meliodas:Estou voltando de uma viagem de negócios, aliás me chamo meliodas e essa moça do seu lado é minha prima Diane.

Diane: Olá, como se chama

* pensamento: não posso falar meu nome verdadeiro.

Elizabeth/liz: Me chamo Liz, prazer em conhecer vocês, Diane é meliodas.

Meliodas: Você tem parentes em camelot?

Elizabeth/liz:Não Eu sou órfã, não conheço ninguém lá.

Diane: Sinto muito eu nao sabia mas se precisar nos te ajudamos a arrumar um lugar pra morar lá e um emprego, se você quiser é claro.

Elizabeth/liz: Eu iria gostar muito, obrigado Diane, sinto que seremos grandes amigas.

O vôo seguiu tranquilamente, as vezes sentia os olhares de um certo rapaz, mas tentava disfarçar o constrangimento de ser observada por alguém que não acabei de conhecer.

Depois de longas horas naquele avião finalmente chegamos, descemos do avião é eu meio em jeito fui seguindo aqueles dois até pararmos de frente para uma limusine o que me mostrou que eles são muito ricos, espero que isso não me deixo na frente dos holofotes.

Entrei ainda relutante mas o que eu poderia fazer, não conheço nada daqui, depois de alguns minutos chegamos em uma casa bem grande, sai de dentro e Diane foi me acompanhando pra dentro, parei de frente pra grande sala de estar.

Diane: Então liz, vice vai dormir essa noite vocêvai dormir no quarto de hóspedes lá no final do corredor, é meio pequeno se não se importar.

Elizabeth/liz: Esta ótimo, muito obrigado Diane. Vocês moram aqui sozinhos?

Meliodas: Não, mora eu meu namorado o King, ban que é amigo do meliodas junto com a namorada dele a Elaine, escanor é sua namorada merlin, gowter é sua namorada nadja, e zeldris e sua namorada gelda, ah o zeldris é irmão do meliodas.

Elizabeth/ liz: Nossa vocês são uma família bem grande né.

Diane: Sim, mas todos namoramos menos o meliodas né priminho. Diz olhando com uma cara de safada pra ele.

Meliodas: É por que ainda não achei a pessoa certa Diane, pare de me importunar. Diz vermelho de vergonha.

Diane:Ok, agora vou levar a liz pro quarto dela, é liz pode ficar o tempo que precisar.

Elizabeth/liz: Obrigado, mas não quero incomodar vocês, assim que der compro minha casa.

Subi pro quarto junto de Diane, ela me deixou lá e saiu, era pequeno mas confortável e tinha até um banheiro pra tomar banho, peguei uma bermuda mais soltinha é uma blusa um pouco justa mais folgada o bastante pra não me incomodar, é fui pro banheiro, tirei toda a minha roupa liguei o chuveiro e entrei debaixo da água morna, nada melhor do que um banho relaxante pra começar uma nova vida, tirei minha peruca lavei é deixei na pia, lavei meu cabelo natural, é depois sai, vesti minha roupa, sentei-me na cama e peguei o secador é fui secando meu cabelo, prendi ele e comecei a secar a peruca, é a coloquei, não quero que descubram quem eu realmente sou pode ser um perigo tanto pra mim quanto pra eles.







Notas Finais


Espero que gostem, fiz com muito amor.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...