História Fugitivo - Jungkook - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Fugitivo, Hetero, Jeon Jungkook, Kook, Korea_jk
Visualizações 8
Palavras 825
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E aí gente tudo bem então, eu decidi que irei fazer uma pequena fique de três capítulos apenas.

Então ela será feita em três etapas início meio e fim onde no primeiro o nosso protagonista sairá da Clínica irá para casa de sua mãe logo indo para outro país.

Espero que vocês gostem boa leitura!!!

Capítulo 1 - Fugindo de Kiev


Fanfic / Fanfiction Fugitivo - Jungkook - Capítulo 1 - Fugindo de Kiev

- onde o Jungkook está?- perguntou a senhora Lena, enfermeira chefe da clínica psiquiátrica de Kiev.

 -desculpe-me senhora Lena, mas ele fugiu ontem, por volta das 3 horas da manhã.

- como isso foi possível? Os seguranças não viram nada? E sem Alice negou-bando de incompetentes!

- ele fugiu pelos canos de ar, na hora exata que os seguranças estavam verificando os quartos, quando eles chegaram no quarto 96 , que é o quarto dele, ele não estava mais lá. 

- vamos atrás dele! 

***

 ele andava pelas ruas com uma casa de sua mãe, seu objetivo era sair da Ucrânia e ir para Portugal, com dinheiro da sua mãe, é claro. 

 em meia hora ele já estava na porta, bateu três vezes e a porta foi aberta, a senhora Jeon Ficou surpresa.

- sentiu minha falta mamãe?-Perguntou sorrindo.

 A mais velha puxou o seu filho para dentro e o abraçou.

- Jeon, vá tomar banho?-Se soltou do abraço e Sorriu-você é um porquinho!

 O menino foi direto para o banheiro, sua Omma foi ao quarto que ele que a ele pertencia antes de ser internado naquela clínica.

 A todo momento se questionava, " como ele saiu? ", " porque ele veio para cá? " , "como ele chegou aqui? " , " Será que estão procurando por ele? " , " Será que viram atrás dele aqui? " , " Será que devo entrega-lo? ".

 Eram muitas perguntas que rondavam sua mente, porém toda sem respostas.

-Mamãe?-Falou menino entrando no quarto com a toalha enrolada na cintura.

- sim filho? Suas roupas estão aqui em cima da cama.

Ele  abraçou sua mãe, que acariciou seus cabelos úmidos. Quando a mais velha saiu do quarto, ele se vestiu e colocou algumas peças de roupas e alguns pares de calçados, além de objetos de higiene pessoal, numa mala de mão.

 Pegou os seus documentos na gaveta e seu antigo celular, Um Iphone 5, hoje em dia fora de moda, guardando na mala também. Deixou tudo em cima da cama e saiu do quarto indo em direção da cozinha, onde são a mãe estava preparando o almoço.

 Ao ver sua Omma cozinhando, lembrou-se de quando era criança e sorriu .  ele gostava daquela época. Ele era normal, sem nenhum problema psiquiátrico.

 foi até o quarto de sua mãe e entrou. E " segunda gaveta, caixa Rosa à direita " repetiu a localização dom de sua mãe guardava o dinheiro. E estava exatamente lá depois de vários anos com final pegou e contou a quantidade de dinheiro.

 Haviam exatamente 2000 euros. sorriu, era mais que o suficiente para sair do país

 Guardou no bolso e foi para cozinha, se sentou e ficou observando sua mãe, ela cantava e ria, vire e mexe olhava em direção a ele que  a acompanhava na música

 O almoço ficou pronto ao meio-dia os dois almoçavam enquanto conversavam animadamente, era notória a falta que sente um do outro

Após  o almoço, assistir um filme o dia inteiro, por volta das 9 horas da noite a polícia chegou arrombando a porta encontrando a senhora sentada no sofá sozinha.

- Cadê o jungook?

 A polícia perguntou, eles haviam procurado ele por toda cidade mas só quando anoiteceu se lembrarão da mãe dele que morava na cidade vizinha

- E-ele está n-no banheiro.- disse desesperada.

 Obviamente Ela Ficou desesperada, uma arma estava apontada para sua cabeça.

 foram até o banheiro arrombaram a porta e nada ponto verificaram a casa toda e encontraram no quarto do garoto os armários quase vazios e um bilhete em cima da cama.

 "Tarde Demais babacas, a essa altura eu já devo estar Voando para os Estados Unidos"

 O menino foi esperto, havia criado documentos falsos, mudou o RG e o CPF, retirou o nome dos pais e também criou o outro passaporte, agora ele estava num táxi numa distância de 3/4 do aeroporto de Kiev

 sua passagem para Porto já havia sido comprada pela internet, era só chegar, pagar e embarcar. O voo teria duração de 3:30, sem pausas, chegariam hein Porto de madrugada

 ao chegar no aeroporto pagou embarcou no avião sem problemas, já estava sentado em seu assento. O voo sairia daqui 5 minutos

Polícia já estava no aeroporto à procura do garoto. O problema era que...  Estavam na parte errada do aeroporto eles procuravam Jeon nos aviões que iriam para Nova York ,Portland, Orlando, Nova Jersey, Califórnia, Novo México e etc

Jáligou para sua mãe. A mesma estava sozinha em casa já Que a Polícia Vem a partir daqui 15 minutos

 -filho, a polícia foi atrás de você, devem estar entrando nos aviões.

- acalme-se Mãe, eles estão procurando nos aviões errados! Não irei te dizer onde estou indo mas eu estou estou e vou ficar bem! Te ligo assim que  Desembarcar do avião .

- tchau JungKookie, te amo filho!

Desligou a ligação e o avião iniciou o voo, ele olhava pela pequena janela e sorria fazia três anos que não voava de avião





Notas Finais


Então gente espero muito de coração que vocês tenham gostado do nosso primeiro capítulo.

Muito obrigado por ler.

Não sei quando poderei postar outro Capítulo mas Tentarei postar o mais rápido possível!

Até mais bye bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...