História Fui expulsa da minha dimensão.!!! - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori
Visualizações 8
Palavras 730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção Adolescente, Lemon, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Diabolik lovers


Fanfic / Fanfiction Fui expulsa da minha dimensão.!!! - Capítulo 1 - Diabolik lovers

Hello,me chamo A Akyra Wysson e venho da dimensão Superno Mundo,tem 115 anos e tenho aparência de 17,na real eu sou uma princesa hibrida de vampiro e feiticeira ou seja,tô te boa na vida.

115 anos em meu mundo é a mesma coisa que 15 então tô de boa com isso também.

Fui expulsa da minha dimensão por não cumprir o dever de uma princesa e bra bra bra e por usar meus poderes atoa.

Nada de mais eu diria,esse povo que num sabe o que é diversão.

Bom depois de ser expulsa estou aqui,debaixo de uma puta chuva.

Akyra- beleza Akyra, você está debaixo de uma merda de chuva,em frente a pior mansão que existe,mansão sakamaki,você está com  cinco malas grandes e com fome,tanto de sangue quanto de comida humana então se apresse e arrombe a porta.

Em um movimento eu chutei a porta o suficiente para ela abrir com forca e parte nas paredes atrás.

Akyra-olha que legal num tem nenhum encomado pra me pertubae então a melhor coisa que eu vou fazer é subir e durmir no meu quarto com magia de proteção feita por mim que proíbe qualquer invasão. (Suspiro)

Coloco minhas malas pra dentro,feichi a porta e cento no sofá que Ayato costuma deitar,sinceramente esse sofá é duro que nem pedra,mais uma merda eu diria....

Reiji-quem é você?

Akyra-(olho pra le e digo)voce é sego ? Eu sou apenas uma pessoa sentada em um sofá de merda.

Shu-nao me disseram que viria uma nova noiva de sacrifício,o que será que aconteu?.(aparece shu deitado em seu sofá e reiji continua me olhando com aquela cara de cão raivoso dele)

Akyra- não sou uma noiva de sacrifício, vim apenas passar as férias, bom agora vou lá pra cima,se vocês não se importam eu queria que calassem a boca pra eu durmir em  paz,mordomo.(ele apareceu,sabia que ia eu já vi ele pela minha dimensão, ele vai me ajudar a carregar as malas já que estou com preguiça)

Reiji-quem você acha que é para usar meus mordomos assim sua pirralha?(ele olha pra mim com desprezo)

Akyra- querido eu sou mais velha que você, vê se toma juízo nessa sua cabeça fraca e presta atenção no que ocorre a sua volta (olhei pra ele com os meus olhos azuis que ficaram mais fortes pela raiva)

Akyra- mordomo leve minhas malas para um quarto desocupado(sentei no sofá para mecher no meu celular enquanto ele carrega as malas mais alguém me atrapalhou bem na hora.)

Reiji-o que pensa que está fazendo seu mordomo idiota, não obedeça estranho.(ele disse para o mordomo)

Akyra- (suspiro) acha que seu eu não soubesse que ele ia pegar minhas malas eu teria o chamado,ele não vai te obedecer,está sobre o meu comendo,acha mesmo que eu sou só mais uma humana? há há há (dou o famoso sorriso do coringa e me teletransporte para o quarto da yui,tô com fome de mais pra descutir)

Subi encima dela que estava dormindo e com toda a força dei uma mordida sugando o máximo de sangue que pude, fazendo ela acordar .

Yui-mas...o que?...

Ela só disse isso e desmaiou com o tanto de sangue que suguei. Terminei minha refeição e sai de cima dela.

Akyra- nossa,que paia pensei que era melhor,concertesa o de um rato é melhor hihihi, pena que eu ava com fome,mas mão se preocupe yui um dia vou sugar todo o seu sangue e não vai sobrar nem uma gota há há há. (Saio desse quarto e sigo a linha de sangue do mordomo, na hora em que ele olhou para mim por mais rápido que fosse eu o hipnotizei,assim ele seguiu minha ordem e consigo rastreá lo.)

Muito bem,ele está em um quarto com vista para a floresta bem no lugar que queria,além do quarto ser grande ele é perfeito para minhas magias e porções e o mais importante, minha coleção de varinhas,eu ganhei logo depois de completar meus 115 anos uma coleção de varinhas de todas as dimensões principais da minha familia,essas varinhas foram da minha Tarata Tarata tataravô e eu pretendo concervalas até o fim de minha vida que não vai ser perto hihihi.

Depois que cheguei no quarto eu dispencei o mordomo e concertesa ele foi morto por reiji,peguei minha varinha agora é só citar o feitiço.

Akyra-securitantem sigillum.

Surgiu um selo verde por todo o quarto agora não entra nem seres sobrenaturais usando teletransporte ou qualquer outra coisa hihihi.

Akyra- hoje é sábado então não tem aula,vou durmir porque amanha vai ser a coisa mais chata do mundo.



Continua.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...