História Fumaça - Imagine G-Dragon - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang
Personagens G-Dragon
Tags Bigbang, G. Dragon, Ji Yong, Kwon
Visualizações 37
Palavras 1.005
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, arco-íris!
Eis que junto os dois numa história hahahaha
Baseado em fatos reais, pois o Ji fez uma live exatamente como descrevo nesse capítulo, e também é baseado na música dele Superstar, recomendo hihihi

Capítulo 1 - Superstar


Fanfic / Fanfiction Fumaça - Imagine G-Dragon - Capítulo 1 - Superstar

Capítulo Um

Seoul

O apartamento quase se encontrava vazio se não fosse pelo seu criador ainda estar acordado na madrugada, com uma taça de vinho conversando com as gotas de chuva e tragando seu baseado com mais de mil pensamentos bagunçados. Um superstar do gueto, o grande G-Dragon que tinha tudo, uma casa grande, um super carro, dinheiro, fama, mulheres. A arte que cobre as paredes de sua casa, é uma galeria. Seu jardim, Floresta de Seoul como chamava.

Por alguma razão se sentia sozinho, continua triste, uma parte de seu coração continua vazia. Ele precisava de alguém, qualquer pessoa.

Uma ideia maluca aparece em sua mente, então ele começa a pesquisar sobre o assunto. Sua habilidade com redes era segregada, navegando na Hidden Wiki acha um link interessante.

Haviam fichas com inúmeros nomes ocidentais. Era um site de tráfico humano. Com fotos de mulheres, garotas e seus dados.

Baby Girl

Nome: Carmen Cadore 

Idade: 18

Nacionalidade: Brasileira

Signo: Libra/ Tigre

Pele: Branca

Olhos: Castanhos claros

Cabelo: Ruivo

Sexualidade: Bissexual

Personalidade: Rebelde

Lance inicial: 150.000$

Ji Yong mantinha os olhos fixos na tela de seu monitor enquanto lia sobre sua mais nova diversão. Ela era linda, ruiva com curvas espetaculares e sensualizava nas fotos. Muito gostosa mas seu preço era salgado demais. Será que valia a pena? Deixando-se levar pelo seu lado impulsivo Ji entra em contato com o tal fornecedor daquela garota. Claro que não liga, e sim manda um email.

Cambaleando procura seu quarto e se joga na cama. Adormece.


CHERRY, principal boate de Gangnam

Carmen dropava LSD no olho esquerdo enquanto sentia a música eletrônica penetrar seus ouvidos com mais força. Mais uma vez retocava o delineador grosso e o batom vermelho e o vestido vermelho de couro igual ao salto. Deu mais um gole em sua bebida antes de adentrar a pista principal cheia de homens.

Se aproxima de sua barra de metal e antes de subir nela pisca para o DJ que troca o disco e muda para a música de Carmen.

"Querida, querida

Não há problema

Mentindo para si mesma

Porque seu licor é de primeira

É alarmante, honestamente

O quão encantadora ela pode ser

Enganando a todos

Dizendo que está se divertindo"


Ela vai descendo até o chão enquanto a música a seduz e a faz enlouquecer enquanto os efeitos do doce começam e tudo se perde junto a lucidez.

Carmen dá uma pirueta enquanto faz uma inversão contrária na barra, sua pernas a mantinham presa enquanto ela se contorcia eroticamente dedilhando seus seios e sorrindo para cada expressão daqueles espectadores, seus rostos estavam derretidos e as luzes da boate eram como raios.

Descendo pela barra, seu vestido é jogada longe pela mesma revelando seu sutiã vermelho com detalhes metálicos ligados a calcinha rendada.

A ruiva desce e começa a andar no meio do público que a cada segundo colocavam dólares em sua calcinha.

Ela vai até a área VIP, havia uma mesa rodada de coreanos que pareciam querer devorá-la com os olhos. Um dos vips a oferece um cigarro a fazendo sorrir lânguida e tragar com força. Ela o devolve e o coreano cheira a lateral do cigarro a fazendo inflar mais seu ego.

"Ela ri como uma deusa

Sua mente é como um diamante

Melodias mentirosas

Ela ainda está brilhando

Como um raio, como um raio branco"

Carmen engatinha até o colo dele depositando um beijo em seu pênis duro coberto pela calça branca.

Agora olhando fixamente em seu rosto, ela o reconhece, afinal quem não reconheceria? Choi Seung-Hyun, ou melhor, T.O.P.

Seung-Hyun estava extremamente excitado com aquela mulher, era a primeira vez que frequentava essa boate pois não achava muito segura porquê tinha inaugurado a pouco tempo. Mas aquela ruiva, ele a teria gemendo em sua cama como uma vadia no cio.

Ou era o que pensava.

Carmen têm seu braço puxado por Bon-hwa, que a pega bruscamente e sai a arrastando para os fundos.

- "Você vai embora amanhã! " - Disse amargamente mas com um semblante eufórico. - "Não precisa mais trabalhar aqui, Carmen. Eu achei uma forma de pagar tudo que sua família me deve de uma forma rápida ".-

Ela ficou mais confusa devido ao alto uso dos alucinógenos e o álcool. Aquilo era muito estranho e suspeito.

- "Qual é?! Isso é alguma piada? Me fez trabalhar disso e do nada vem com essa? Bon-hwa, eu não sou uma idiota que cai nessas suas mentiras!" - Diz enquanto procura uma bebida.

- "Eu não estou mentindo, amanhã mesmo vai embora. Lembra quando disse que aceitaria qualquer coisa pra me pagar? Eu consegui um comprador pra você "-.

Ela o olha boquiaberta.

Comprada?

"Eu sou um objeto?". Pensava.

Lágrimas molham o seu rosto.

Mas ela ri alto em conjunto.

- "Você está louco! Maldito!" - A garota parte pra cima dele furiosa.

- "Você prefere que eu traga sua mãe para trabalhar junto com você durante mais anos? Ela deve ser uma delícia igual a você, não? "- ele a pergunta ironicamente.

Carmen congela.

- "Está bem. Quem é ele?"- Ela o pergunta visivelmente acabada.

- "Nem precisei rastrear, o babaca deixou seus dados visíveis, enfim. Parece ser o G-Dragon que quer te comprar. Nunca imaginei que ele gostava de vadias"- Diz rindo da desgraça alheia.

- "O que devo fazer?" - Pergunta curiosa.

- "É simples, docinho. Você vai descansar o resto dessa madrugada e dar um jeito de tirar essa sua cara de drogada. Depois de digo o resto, agora xô daqui" - Bon-hwa a empurra e dá um tapa em sua bunda a deixando mais furiosa.

Ela controlou toda a sua raiva, por mais que quisesse estrangular ele depois de toda essa humilhação não poderia. Mas iria se vingar. Nem que seja a última coisa que faça.

- "Bon-hwa, ainda iremos ver se será quem irá rir por último, docinho" - Fala a última palavra com nojo.

Mas não sabe o que pensar sobre o que acontecerá consigo a partir de amanhã. O que um superstar quer comprando um pessoa? Já sente um pressentimento ruim sobre ele.

"Meu amor, eu sei que você me ama também

Você precisa de mim

Você precisa de mim em sua vida

Você não pode viver sem mim

E eu morreria sem você

Eu mataria por você"

Carmen-  Lana Del Rey 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...