História Fun Boys -Imagine K-pop: temp 1 -BTS - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 31
Palavras 2.214
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, FemmeSlash, Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HELLO:3
Olaaaa, olha só quem voltooou!
Enton amorinhas, como vocês tão? Eu espero que estejam bem, pq depois que saiu Epiphany eu não tô conseguindo viver direito não sksksksks
Como prometido, Yoongi interaction! Rsrs
Até lá embaixo e desculpem qualquer erro skdkdkj

Capítulo 32 - Come to me, darling.


Fanfic / Fanfiction Fun Boys -Imagine K-pop: temp 1 -BTS - Capítulo 32 - Come to me, darling.

Duas semanas após o último encontro de S/N com Jungkook.

POV S/N

Já fazem duas semanas desde que Jungkook veio me visitar.Naquele dia, eu realmente me diverti bastante. Pena que, mesmo querendo, eu não tenho me encontrado mais com nenhum dos meninos, nem mesmo com Jeon. 

No dia em que nos vimos, elee disse que estavam ficando na casa onde costumavam fazer festas, e que estavam morando lá. Claro que eu não achei uma boa idéia, afinal são todos uns crianções, nem se quer sabem cozinhar um lamen(salvo Seokjin), não tem como pagar as contas e nem maturidade pra todas essas responsabilidades. 

Talvez eu esteja errada, mas não consigo pensar nisso como uma boa coisa. Imagine só, se Namjoon resolve cozinhar, toca fogo na casa e mata todos! Isso  me preocupa, apesar de imaginar uma cena engraçada de Taehyung e Jimin gritando histericamente enquanto correm pela casa em chamas. Me preocupa principalmente, pois eu sei que Namjoon é sim capaz de fazer isso, querendo apenas esquentar uma água.

Quanto a Yoongi, eu nem tenho notícias dele. Mas tenho saudades. Sinto saudade de todos os meninos, queria poder abraçá-los, tocá-los e nunca mais soltá-los. 

Porém me parece que a saudade de Yoongi é ainda maior. Talvez seja pelas pendências que temos para resolver.....

Bem, não vou me estressar pensamos nisso agora. Pego meu celular, vendo que já eram 11:07 da noite, eu deveria ir dormir. Sim, é isso que eu vou fazer.

POV YOONGI

Acordo com os raios quentes de sol batendo em meu pálido rosto, que agora estava quente. Eu deveria ter fechado melhor as cortinas.... Ah, que droga. Me sento na cama, passando a mão por meus cabelos que agora eram escuros. 

Sim, eu resolvi mudar minha cor de cabelo. Estava enjoado de sair na rua parecendo que tinha uma folha na cabeça.

Levanto e sigo para o banheiro, tomando um banho gelado rapidamente e logo saindo. O verão de Seul é realmente bem gostoso, a brisa é gostosa e você consegue aproveitar para fazer várias coisas com seus amigos e namorada. 

Bem, se eu ao menos tivesse uma namorada..... Ok, eu sei que S/N não quer me ver, e nem tentei nada quando nos afastamos. Eu estava tentando respeitar seu espaço, seu tempo. Mas eu realmente não fiz nada, não quero levar a culpa de tudo. 

Sigo para a cozinha, vendo que todos estavam sentados na mesa tomando café da manhã. 

-Dormiu demais, de novo-ri Hoseok, assim que sento ao seu lado.

-Haha, engraçadinho.-murmuro-Come isso-coloco um morango dentro de sua boca, fazendo com que ele calasse ela no mesmo segundo.

-Bem, eu queria avisar a todos, que agora eu tenho um trabalho.-sorri Namjoon.

-Sério? Isso é ótimo! Eu também tenho um, vamos conseguir viver aqui, agora. -fala Seokjin.

-Isso é muito irresponsável da nossa parte. Deveríamos ao menos avisar aos nossos pais, essa decisão. -aviso.

-Concordo com o Yoongi hyung-fala Taehyung.

-Certo, falem com seus pais, e busquem tudo o que é seu nas suas casas hoje mesmo, vamos ajeitar tudo de uma vez.-fala Namjoon.

-Também vamos precisar trabalhar-suspiro.

Então, depois eles todos concordar com a minha fala, um silêncio insurdecedor se instala no ambiente.

-Min, podemos conversar?-pergunta Jungkook, quebrando o silêncio.

-Eu vou sair hoje. Não precisam me esperar para o almoço, nem se preocupar comigo. Não tenho horário para voltar-falo levantando da mesa e ignorando totalmente  o mais novo.

-Yoongi, eu estou falando com você!-reclama em um tom um pouco mais alto.

-Pra que, em Jeon? Quer me bater até a minha cara sangrar?! Se é oque quer, vá em frente! Eu não me importo. Eu não tenho nada, estou destruído por dentro e por fora-digo, abrindo os braços, mostrando que ele podia partir para cima de mim se quisesse.

-Você fez mesmo aquilo?-pergunta ele.

-Não, eu não fiz. Eu nunca teria coragem de fazer aquilo com S/N, ela é a única garota que eu realmente amei em toda a minha miserável vida. Eu nunca faria aquilo com uma pessoa que eu amo. 

Vocês todos sabem muito bem que aquela doida da ex namorada do Jimin faz de tudo para ver S/N teste e vulnerável, porquê essa é a melhor oportunidade para que ela entre em ação e roube Jimin e até mesmo nós de volta para si. 

Mas o que mais me dói, é pense que vocês não confiam em mim. Depois de tudo o que passamos juntos, dos anos de amizade que temos, nenhum de vocês acreditou em mim, mesmo eu sendo sincero. Talvez eu seja muito grosso, frio e rude com vocês. Talvez eu não seja um bom amigo, e é por isso que não confiam em mim.- suspiro pesado.

Com aquele suspiro, foi como se eu estivesse tirando todo o peso e a angustia das minhas costas. Mas isso não me deixou feliz. Deixou-me muito aliviado, mas não feliz. Quando me dei por mim, a vontade que eu tinha de chorar já havia me possuído, e eu deixava que as páginas rolassem soltas por meu rosto.

-Não chore, Yoon-fala Hoseok, colocando a mão em meu ombro. Eu não respondo, não consigo.

-Você não é frio e rude, hyung. Lembra de quando meu cachorrinho morreu? Lembra do quão triste eu fiquei, e que foi você quem me consolou? Mesmo sendo um simples "Vai ficar tudo bem, chim chim", significa muito para mim até hoje.-fala Jimin.

-E lembra de quando eu estava indo mal na escola, no final do ano, que chorei sozinho no quarto, e você me viu, me consolou e me ajudou a estudar? Lembra que quando eu passei no teste, fiquei tão feliz por ter conseguido? Tudo aquilo foi por sua causa, hyung. Eu agradeço todos os dias por ter um anjo como Min Yoongi  na minha vida-fala Tae, na espectativa de que minhas lágrimas cessassem. 

Mas não foi oque aconteceu. No momento, eu só consegui colocar a mão no rosto, deixando que um misto de tristeza e alegria tomassem conta do meu peito. Nessa hora, Jimin e Taehyung já não conseguiam conter suas próprias lágrimas, e choravam junto comigo.

-Você é o meu melhor amigo, Yoon. Lembra que eu sofria bullying por "não me encaixar no perfil de garoto bonito, como Seokjin e Jungkook? Lembra que bateu em todos aqueles meninos que me menosprezaram?-Hoseok diz, e eu apenas concordo com a cabeça.- Você sempre esteve ao meu lado, Min. E eu sempre estarei do seu. -fala ele, com os olhos cheios de lágrimas que tentavam ser contidas.

-Você é um bom amigo Yoongi. Sempre foi, sempre cuidou dos mais novos e até dos mais velhos. É uma pessoa com defeitos, assim como todos nós, mas é a minha definição mais aproximada de um anjo.-fala Namjoon.

-Dos mais velhos , como eu. Lembrarei para sempre da primeira vez que fiz lamen. Eu não sabia como fazer, e meus pais não estavam em casa. Eu tinha apenas sete anos, e você, o mais novo, me ajudou para que eu fizesse direito tudo o que devia ser feito.-fala Seokjin, sorrindo singelo.

-Você fez tanto por nós todos, Yoon. SE sacrificou tanto pelo grupo, e nós sabemos disso. Erramos em duvidar de você, nos perdoe por não enxergar o seu lado. Me perdoe.

Eu não quis fazer tudo aquilo, gerar essa confusão toda entre nós. Eu agi por impulso, fui imaturo e não quis te entender. Eu sabia muito bem que aquela Cloe não era nada confiável, mas preferi me deixar levar pelas palavras dela do que acreditar nas palavras de um dos meus melhores amigos. 

Me perdoe por te bater Yoongi, eu sei que sou forte e sei que deve estar doendo até agora-ri, tentando amenizar a situação ali presente.-Mas falando sério, me perdoe. Eu errei, mas nunca mais farei isso. Você é o melhor hyung de todos, hyung-sorri, com os olhos cheios de lágrimas. 

Eu não conseguia falar nada, meu choro já era alto e eu soluçava. Estávamos colocando as cartas na mesa, ajeitando todas as pendências de nossa amizade. Eu estava feliz, finalmente. 

-A-assim o me-eu coração não aguenta-murmuro, em meio a um choro soluçado e alto. 

-Então nos perdoa?-pergunta Hoseok, sorrindo.

-Claro que sim, idiotas-rio em meio ao choro, sorrindo menso com lágrimas nos olhos.

-Abraço em grupo!-fala Taehyung, pulando em cima de mim com um abraço apertado. Logo, todos estávamos formando uma roda onde todos éramos comprimidos uns pelos outros, em meio a abraços e muito, muito choro.

 POV S/N

Eu estava sentada no sofá de casa, havia voltado agora do meu novo trabalho como recepcionista em uma empresa de entretenimento que está falindo legal, duvido que vá durar muito. Apenas por um milagre, creio eu. 

Enfim, eu havia acabado de tomar banho, agora por volta das 17:45. Estava sozinha em casa, meus pais e Hyeon haviam ido ao mercado. Eu assistia à um filme de comédia na televisão, até porque nos últimos dias eu só tinha assistido a dramas, é isso tudo só me lembrava ainda mais Yoongi. 

Ah, se ele não tivesse feito aquilo tudo....

Levanto do sofá, saindo de meus pensamentos e indo pegar algo para beber na cozinha. Pego um copo  e coloco suco de laranja dentro, o bebendo aos poucos.

Escuto a campainha, e logo sigo para a porta para ao menos espiar quem era. Olho através do olho de peixe, vendo que era Yoongi. 

-O que quer?-pergunto, tentando ignorar meu coração, que agora palpitava apenas de ver o garoto do outro lado da porta.

-Não vou pedir para que abra, sei que não irá querer. Então apenas falarei, só me escute-ele diz, em um tom sério.

Eu fico em silêncio, na espectativa de que ele não tivesse me visto ali.

-Não adiante fingir que eu não estou aqui, eu te vi pela janela-ele ri sem graça.

-Como assim, me viu pela janela?-pergunto por fim.

-Acha que eu não me preparei para isso? Claro que me preparei-ele ri.

-Apenas fale, Min-tento ser grossa, mas acabo soando mais como uma desesperada por respostas.

-Eu não fiz aquilo, S/N. Eu não tenho provas concretas, não posso lhe mostrar o que realmente aconteceu. Mas tudo o que tenho a dizer é que eu não fiz aquilo.

O meu sentimento por você é o sentimentos mais puro que eu já senti por alguém. Certamente não existem palavras para definirmos que eu sinto quando escuto a sua voz, ou quando eu te vejo, ou quando sinto seu perfume.... Tudo que me lembra você, me faz sorrir de uma maneira extremamente boba, e eu até me irrito com isso. 

Não sei se ficou sabendo, mas eu estive brigado com Jungkook. Mas não se preocupe demais, nós fizemos as pazes. Depois, eu e os garotos tivemos a conversa que você pode considerar como a mais gay da minha vida. Mas não que isso vá importar no momento.

Agora, depois de toda a tempestade, vem a calmaria. Você é a minha calmaria, S/N. 

Você é uma mancha de tinta que coloriu todo o meu mundo cinza. 

É o meu bem mais precioso, eu não consigo definir o quão grande é o meu amor por você. 

Mas eu não posso ter você, porque não te valorizei o suficiente. Eu nunca deveria ter saído do seu lado, assim nada disso estaria acontecendo. Eu nunca vou me perdoar pelo o que eu fiz por ter criado a oportunidade perfeita para que uma pessoa má plantasse sua semente em meio ao nosso amor. 

Nunca vou me perdoar por ter te deixado ir, mesmo quando eu simplesmente fui ao banheiro.

Só quero que saiba que eu te amo muito, mais que a mim mesmo ou a qualquer coisa. 

Saiba também, que eu não fiz o que aquela menina lhe disse. Eu nunca faria isso, não teria coragem em hipótese alguma, por que você é a mulher que eu amo.

A única que eu já amei-ele termina. 

A porta, ainda fechada, agora era o lugar onde ambos estávamos encostados, sendo que eu chorava em um volume não muito audível, mas tinha certeza que ele estava escutando. Já ele, permanecia em silêncio depois da última frase. Imaginei então que estivesse chorando, mas preferi ignorar esse pensamento. 

POV YOONGI

-E-eu já estou indo, então-acabo gaguejando, devido ao meu choro silencioso em frente a porta. Eu podia ouvir S/N chorando baixinho, como se não quisesse que eu soubesse que estava frágil e precisando de alguém. Mas eu sabia que precisava. Sabia que precisava de mim, assim como eu precisava dela.

Mas mesmo assim eu deveria ir embora, estava tudo acabado ali mesmo, ela não abriria a porta, e eu sabia disso. 

E essa foi a minha resposta. A porta permaneceu fechada, e eu logo me afastei da mesma, virando de costas para a casa da garota e seguindo meu caminho.

Eu não estava nem um pouco feliz, estava destruído, porém talvez isso fosse melhor para nós dois. Eu não queria fazer mais ninguém sofrer, então não faria isso.

-Ei, Yoongi-escuto uma voz suave me chamando. Viro para trás, vendo ela. 

Estava bem ali, parada com a porta aberta para mim. Em seus lábios eu podia ver um sorriso verdadeiro, e em seu olhar, uma serenidade visível para qualquer um.

Então sorriso de lado se forma em meu rosto. A felicidade me consumiu, mas eu já não tinha muito o que chorar. 

-Venha até mim, Oppa.


Notas Finais


Enton nenes, alguém além de mim chorou enquanto lia?(no meu caso, lia e escrevia). Skjsksjs
Sério, isso foi uma das coisas mais tristes que eu já escrevi, DEUS ME AJUDA EU NÃO TÔ BEMMM XD
Comentem o que acharam do capítulo, suas lindax <3
Eras isso, eu não tenho mais nada pra falar.
Sixx's Kisses,
BYEE:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...