História Furious Lúpus - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Lemon, Yaoi
Visualizações 11
Palavras 1.154
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ooi, bom primeiramente essa não é minha primeira fanfic, porém é a primeira que eu não faço sozinha pra quem não viu o perfil da fanfic eu já falo aqui que ela tem duas autoras e nós iremos revezar na hora das postagens uma vai ser minha e a outra dela e sobre as atualizações serão toda quarta feira ou terça aí da estamos decidindo, então é isso.
Esperamos que vocês gostem 💖

@taetae51💖✨

Capítulo 1 - Capítulo I


Fanfic / Fanfiction Furious Lúpus - Capítulo 1 - Capítulo I

**Matias On**

Eu havia acabado de me mudar para a casa do meu irmão mais velho, Pietro, eu iria completar meus 15 anos dentro de algumas semanas, resolvi que moraria com ele pois ele e eu sempre fomos muito próximos e ele acabou de mudando para uma cidade longe da que eu morava com meus pais.

Assim que eu cheguei lá eu fui super bem recebido por ele. Meu irmão me aconselhou que eu fosse até a minha nova escola para finalizar minha matrícula, enquanto ele arrumava meu quarto e guardava minhas coisas.

Eu segui o conselho de Pietro e fui para a escola, eu fiquei perdido no caminho mas eu achei um menino muito fofo, que usava um boné vermelho e tinha o cheiro de menta.

Ele me ofereceu ajuda para me ajudar a achar a escola e, é óbvio que eu aceitei não é sempre que um menino bonito te oferece ajuda. Chegando lá, não tinha alunos até porque era final de semana.

-Nossa. Conversamos tanto até aqui mas eu esqueci completamente de te perguntar seu nome. - diz o menino fofo.

-Verdade..bom, meu nome é Matias. E o seu?

-Que nome lindo bebê. O meu é Victor. - ele responde.

-Eu vou indo lá resolver minha matrícula.

-Vou te esperar aqui fora. - ele diz.

-Não precisa. Você deve ter compromissos e eu não quero te atrapalhar.

Mesmo eu falando que ele não precisava esperar ele fez questão de ficar e eu não insisto para que ele fosse embora até porque eu tinha gostado dele.

Eu entrei na escola, e fui até a direitoria, havia muitas placas mostrando aonde ela ficava porém foi fácil achar. Fui até uma mulher que estava sentada em frente a um computador fazendo planilhas e a perguntei como eu fazia a minha matrícula. Ela foi super gentil comigo e me ensinou muito bem como era para mim fazer. Ela me levou até uma sala que ficava uma mulher que segundo ela era tipo uma "secretária" que fazia a matrícula para os alunos. Essa mulher me fez as perguntas essênciais de uma matrícula como meu nome, idade, data de nascimento, endereço, nome dos responsáveis, entre muitas outras perguntas. Logo ela disse :

-Matricula finalizada. Suas aulas começam na segunda-feira e sua sala é a 2811. E aqui está seu material, preste atenção e não esqueça de traze-los de acordo com o horário das aulas, senão você pode acabar levando uma advertência. Alguma dúvida? - diz ela terminando a frase com um sorriso.

-An..aonde eu pego o horário das aulas? - pergunto.

-Lá na sala aonde estava a Rafaela, a garota que estava fazendo as planilhas, tem um painel com os horários. Procura lá a sua sala, 9°B. E depois na segunda-feira solicite a um professor um horário de aulas impresso pra ti. - ela explica.

-Muito obrigada. - agradeço.

-De nada. Mais alguma dúvida? - ela pergunta novamente com um lindo sorriso.

-Não. Muito obrigada.

-Então está bem. Qualquer dúvida pode me procurar. Eu estou sempre aqui nessa sala.

Quando eu saí da escola, o Victor ainda estava lá me esperando. E ele me levou até a minha casa. O alfa ficou com um papo de que não era hora de um ômega bonito como eu andar pela rua sozinho. ainda mais que eu tinha acabado de me mudar. Ele insistiu para me levar até a minha casa e então eu acabei sedendo porque vi que não teria jeito.

Nós conversamos bastante pelo caminho e ele disse que tinha gostado de me conhecer e me achou muito bonito. Eu agradeci os elogios e disse que eu também tinha amado conhece-lô.

~Dias Depois...~

Havia chegado segunda-feira e hoje era meu primeiro dia de aula. Meu despertador tocou as 5:45 para mim me acordar e ir me arrumar. Eu nunca fui uma pessoa que acordasse fácil, mas hoje eu estava tão ancioso que eu levantei da cama assim que soou o som do despertador.

Eu fui até o banheiro e liguei o chuveiro no morno. A água morna escorrendo pelo meu corpo fazia com que eu me sentisse mas disposto para começar meu dia. Assim que terminei meu banho, enrolei uma toalha em minha cintura deixando meu abdômen bem em forma visível. Eu escovei meus dentes e fui até o meu guarda-roupa. Eu vesti uma cueca boxer, uma calça jeans preta rasgada no joelho, uma camisa branca e um moletom azul bebê por cima da camisa. Coloquei um tênis preto e estava pronto.

Desci as escadas e fui para a cozinha, meu irmão cozinhava muito bem e ele fez panquecas com mel, e uma limonada. Para mim e o meu cunhado, Thiago.

-Bom dia Matias. - diz Thiago.

-Bom dia Thiago, bom dia Pietro. - eu comprimento.

-Bom dia maninho. Ancioso para o primeiro dia de aula? - fala Pietro.

-Muito. Porém com um pouquinho de vergonha.

-Tenho certeza que você vai fazer muitos amigos. - Pietro responde.

Meu celular vibra, e eu vejo que o Victor havia me mandado uma mensagem.

**CHAT ON**

Victor 💕- Bom dia Matias.

Eu✌🏼 - Bom dia Victor.

Victor 💕 - Nós vemos hoje?

Eu✌🏼 - Claro.

Victor 💕 - Já vou indo. Se vemos lá.

Eu✌🏼 - Ok. Até.

Victor 💕 - Até.

**CHAT OFF**

-Vamos Matias? - Pegunta Pietro.

-Sim.

No carro, nós fomos conversando sobre várias coisas, até que o assunto virou "namoradinhos". Eu não gostava de falar sobre isso mas meu irmão insistia que eu iria namorar alguém sem ele saber.

Assim que eu cheguei na escola e o meu irmão estacionou o carro para mim descer, a gente se despediu e o Victor estava se pegando com um cara então eu descidi não ir falar com ele.

Eu fiquei sentado na escada ouvindo música, até que veio um menino alto e com cheiro amadeirado e sentou do meu lado.

-Oi. - diz o alfa.

-Ooi - respondo.

-Você é novo aqui. Qual é seu nome? - ele pergunta.

-Meu nome é Matias. E o seu?

-Nome bonito, igual você. Prazer, Henrique. - fala o alfa.

-O prazer é todo meu Henrique.

-De que sala você é? - pergunta Henrique.

-Sou da sala 2811...9°B. - respondo a pergunta do Henrique.

O sinal toca e os alunos começam a ir para as suas salas.

-Eu também!! Vamos para a sala bebê. - diz o alfa.

Na sala de aula, já havia chegado vários alunos. Por sinal, alguns eram amigos do Henrique. Ele me levou até eles e me apresentou.

-Bom gente, esse é o Matias. Um ômega muito fofo que chegou aqui na nossa escola hoje. Matias, esses daqui são Leon e o Jefferson. - fala Henrique apontando para cada um.

-Muito prazer Matias. - diz Jefferson

-Oii Matias. - me comprimenta Leon.

Não demorou muito para o Victor entrar na sala e comprimentar eu e os meninos que estavam comigo. E logo em seguida entra a professora Carolina.

**Matias Off**

Continua...


Notas Finais


Esperamos que tenham gostado e até o próximo 💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...