História Futuro Reino (Kingdom Come) - Capítulo 59


Escrita por:

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, Lee Min Ho
Personagens Cl, Jimin, Jin, Jungkook, Lee Min Ho, Lisa, Personagens Originais, T.O.P
Tags Bangtan Boys, Bts, Jimin, Jin, Jungkook, Lee Min Ho, Lisa
Visualizações 376
Palavras 1.787
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Crossover, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eita que ontem estavam pedindo uma continuação de KC outros queria que a fic demorasse um pouco mais pra acabar... Tem coisa pra acontecer ainda gente... E eu fico muito feliz em saber que a minha fic agrada vocês fico mesmo e quero muito agradecer aos 300 favoritados. Muito obrigado mesmos até aqueles que não comentam e apenas lê do lado aí, muito obrigado pelos comentários amo ler todos considero cada um de vocês como minhas amigas. Muito obrigado.

Boa leitura.

Capítulo 59 - Capítulo 10 ( Part 5)


Fanfic / Fanfiction Futuro Reino (Kingdom Come) - Capítulo 59 - Capítulo 10 ( Part 5)

Você se encontrava no quarto da rainha BoA sentada em sua cama olhando para o grande closet que estava de portas abertas e luzes acessas lhe permitindo ter a visão de todas as suas roupas... No caso vestidos.

Calmamente você se dirigiu para perto deles e se encantava com cada um, com cada cor e tamanho. Cada gaveta que você abria tinha jóias, luvas, entre outras roupas... Havia uma seção de chapéus o qual você não gostaria de usar já que seus cachos não iriam permitir.

No fim do enorme corredor de roupa se encontravam três manequins com vestidos lindos. O da esquerda um bege curto com um lindo bordado que lembravam flores o da direita um rosé de pano leve e solto a baixo do joelho, em sua estampa haviam algumas flores espalhadas e por último no meio dentro de um cubo de vidro se encontrava um vestido preto com detalhe no pescoço e cintura de ouro e diamante, um vestido longo de pano fino, você não resistiu e tocou no vidro gelado desejando tocar naquele magnífico vestido.

- Eram da minha mãe. - disse a voz lhe fazendo pular de susto.

- Não queria te assustar. - disse Jungkook se aproximando.

- São lindos, mas esse aqui é maravilhoso. - você disse com os olhos brilhando.

- São seus... - disse o rapaz fazendo você paralisar.

- Meus...? Os três? - perguntou animada.

- Todos que estão aqui. - respondeu o príncipe fazendo você arregalar os olhos.

- Jungkook... - foi a única coisa que saiu de sua boca.

- Você veio na medida exata de minha mãe... Peso, postura... E a beleza... Vocês são lindas. - disse Jungkook chegando bem perto de você para quase um beijo mas ele simplesmente apertou um botão atrás de você que fez o vidro se abrir e um vento gelado passar por vocês.

- Por que só ele está aqui dentro? Para não estragar? - você perguntou curiosa tocando de leve no tecido.

- Foi o último vestido que vi minha mãe usar... - disse o menino com os olhos longe trazendo em mente sua mãe.

                        ◇◇◇◇◇

- Meu querido... Queria ficar com você e lhe ver melhorar... - Jungkook ouvia a voz da mãe, mas não conseguia acordar sabia que seu pai estava ali e sabia que ele não o queria vivo então permaneceu quieto.

- Ele ficará bem BoA... Quando voltamos ele estará fugindo de novo do palácio. - a voz do seu pai era nítida o que fez o corpo do menino tremer.

- Viu querido...? Seu corpo tremeu. Oh meu amor tudo ficará bem... Estarei viajando com o seu pai para ver seus avós lá no reino Noroeste na Inglaterra trarei muitos presentes para você... Fique bem logo meu anjo... Fique bem... Mamãe te ama muito filho... Você ama mamãe? - perguntou a rainha com os olhos cheios de lágrimas o rei Gongyoo estava perto vendo sua esposa contemplando o seu filho, ele nunca quis ter filhos, nunca quis ter que compartilhar o seu reino a outro, mas ele amava muito sua mulher do jeito dele mas amava. Já a rainha queria ter um lindo menino, mas mal sabia que estavam querendo tirá-lo dela.

Jungkook percebeu que a mãe estava chorando pois a mulher havia levado a mão dele a seu rosto depositando carinho e pode sentir sua mão molhar, de leve sem se importar se o pai iria ver ou não de leve Jungkook apertou a mão da mãe que deu um leve susto e um sorriso encantador o que fez seu esposo perguntar o que foi.

- Nada... Segredo nosso... - disse ela alisando os cabelos do filho.

- Eu te amo meu menino... Eu te amo. - disse ela por fim partindo. De leve Jungkook abriu os olhos podendo ver de leve sua mãe de costas para ele caminhando em direção a porta de seu quarto com aquele enorme vestido preto e cabelos longos castanhos e pele branca como a neve.

- Eu também te amo mamãe.

                     ◇◇◇◇◇

- Ele é lindo. - Você disse fazendo o rapaz despertar.

- Mas você não quer deixar ele guardado? Lembrança?

- Tudo me lembra a minha mãe e saber que poderei ver os vestidos dela andando por aí no corpo da mulher que amo... Será perfeito. - disse Jungkook.

(...)

- Eu tô com fome! - berrou Moon fechando o diário da Chaerin e olhando para cada um que estava com ela.

- Quando é que você não está cima fome Moon? - perguntou Jimin.

- Onde está o Jungkook? Ele saiu para ver a S/N e não voltou. - disse Soona.

- Aí que está... - falou Jimin se levantando guardando os livros em sua prateleiras.

- Aí que está o que? - perguntou Soona sem entender.

- Na frase tem "Jungkook saiu para ver a minha irmã"... Ele não vai volta... Se voltar pode ter certeza ele fez besteira e minha irmã brigou com ele. - disse Moon correndo para perto da porta da biblioteca.

- Moon onde aprende tanta coisa? - perguntou Soona se juntando a menina a espera do Jimin.

- Sozinha... Eu vejo, guardo e faço melhor. - disse a pequena ficando na ponta do pé para abrir a porta.

- Humilde essa criança... - disse Jimin fazendo Soona rir.

- Soona... Podemos conversar? - Moon rapidamente apertou os braços do Jimin que entendeu o recado e lhe pegou no colo. Moon estava com medo.

- Mamãe... Agora irei almoçar... É urgente? - perguntou a princesa para a mãe que lhe olhava atentamente. Chaerin não disse nada apenas ficou ali a encarando.

- Soona... Tudo bem... Pode ir... Eu amo você. - disse Jimin em um tom onde só ele e ela pudesse ouvir. E assim ela fez.

Soona não acreditava que sua própria mãe esses anos todos desde que foi dada para ser noiva do Jungkook eram usada para ser distração de um plano tão cruel... Matar inocentes para ter os bens reais só para ela, a menina não conhecia mais que era a sua mãe sempre se lembra das suas ordens de ser maior que qualquer um, só de lembrar Soona se arrepia.

Entraram as duas no quarto.

- Eu não aceito você caminhando com eles... - soltou a mulher.

- Eles estão me acusando de matar uma criada. - continuou Chaerin andando de lá para cá preocupada.

- E a senhora não matou mamãe? - perguntou Soona fitando a mãe que havia parado olhando para a menor.

- É verdade... Matei, mas ninguém liga já está enterrada mesmo. - disse Chaerin se sentando em sua poltrona de frente para a filha bebendo uma taça de champanhe.

Soona ficou com sua respiração ofegante, queria acreditar que a mãe dela não era assim, mas a cada dia era difícil de acreditar de que dentro daquela mulher tinha alguma humildade.

- Por que matou ela mamãe? O que ela lhe fez? - perguntou Soona fazendo a mãe se levantar deixando seu copo de lado e se dirigindo para perto da menina.

- Qual é o seu problema Soona? - rebateu a mãe.

- Meu problema...? Não sei estou com vários não me decidir em que problema ficar... Não era a senhora que tinha o sangue plebeu? Aliás... Ainda tem. - disse Soona mas logo foi atacada pela sua mãe que lhe pegou pelo pescoço fazendo a menina sufocar.

- Olhe a sua boca para falar de mim... - disse a mulher soltando o pescoço da menina a fazendo suspirar por ar.

- Você está louca... - disse a menina.

- Louca está você de estar contra mim... E lhe digo... Se abrir a boca para falar de meus planos não será eles que estarão na lista de quem deve morrer...

- Isso foi uma ameaça? Você está me ameaçando? Ameaçando a sua filha? - perguntou Soona com a voz embargada.

- Não... Isso foi um fato... Um fato.

Soona saiu do quarto arrasada por saber que sua mãe teria coragem de lhe matar, distante ela avistou o Jimin que lhe observava de longe com o olhar morno o que fez a princesa cair em lágrimas.

Um abraço era o que ela queria.

- Tudo bem... Esta tudo bem meu amor. - disse Jimin tentando acalmá-la.

- Jimin ela... Ela irá me matar... - disse você aos prantos.

- Que? Não. Ninguém irá tocar em você... Ninguém está me ouvindo? - perguntou Jimin segurando o pequeno rosto da princesa que concordou controlando as lágrimas.

- Vamos almoçar todos estão nos esperando.

Soona e Jimin chegaram juntos para almoçar Moon já estava comendo as unhas pela demora e quando viu que eles chegaram atacou o prato junto com o Lord Seunghyun o que fez a Rita desviar o olhar com vergonha o que levou os demais rirem.

O almoço desta vez foi agradável, Chaerin e seu marido não estavam e tudo estava calmo.

- Os cozinheiros chegaram... - informou Rita.

- Eu os vi indo hoje cedo para cozinha... - disse o Lord.

- Está tão bonito... - você disse fazendo Jungkook da um leve sorriso.

- O que foi? - você perguntou curiosa pelo ato do príncipe.

- Você... Odiava tudo isso aqui... - informou Jungkook.

- É... E era firme em sua escolha... - disse o Lord em seguida.

- Ladrão igual ao rei... Você é louca isso sim. - lembrou Jimin fazendo os demais rirem.

- Essa foi velha Jimin... - você disse rindo.

- E quando eu me perdi! E o Kook me encontrou! Minha irmã ficou uma fera! - disse Moon fazendo o Jungkook gargalhar.

- Confesso que estava com medo dela me atacar. - disse Jungkook divertido.

- Por que não lembrar da minha birra com ela? - lembrou Soona.

- Nossa eu queria arrancar seus cabelos engomados e seus vestidos coloridos. - você disse rindo com ela.

- Passamos muitas coisas juntos... - informou Jungkook olhando cada um.

- Fizemos amigos, descobrimos o verdadeiro amor... - disse ele olhando para você mas logo sentiu uma mão pequena virar seu rosto.

- O amor de uma pequena... - disse ele a Moon.

- Obrigado... Sério mesmo... Obrigado por não me deixarem sozinho... - disse Jungkook.

- Meu sobrinho... Es como um filho para mim... - disse o Lord.

- Para mim também. - citou Rita.

- E para nós... - disse Soona.

- Es uma irmão meio bosta. - disse Jimin cortando a Soona o fazendo rir.

- Alteza... Os convidados chegaram... Estão na sala principal. - informou um guarda logo se retirando.

- Qual está esperando? - você perguntou curiosa.

- Uma surpresa pra senhorita e pra você. - disse ele o príncipe. -Vamos?

Jungkook lhe acompanhou junto a Moon para a sala onde estava um casal com roupas simples, mas de cara você soube quem eram e começou a chorar.

- Mamãe... Papai... - disse você indo ao encontro seguido de um forte e demorado abraço.

- Olhe só para você... Olhe para a Moon estão lindas. - disse mamãe fraca.

- Mamãe o que houve...? Parece cansada... - você dizse


Notas Finais


Até amanhã amores!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...