1. Spirit Fanfics >
  2. Fuyu no Sakura >
  3. Nunca e suficiente.

História Fuyu no Sakura - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Nunca e suficiente.


Acordar foi desorientado, ainda tinha tudo doendo, parecia que tinham me jogado do penhasco, mas os gritos eram claros, sai do casebre sem me importar com o simples Kimono que me cobria.

Segui até a casa que os deixei antes de apagar, quando entrei Fugaku e Sasuke falavam com Naruto e Kakashi.

-escute aqui garoto, este é o meu Clã , e se eu digo que iremos tomar Nagoia dos Hyugas , então você pega sua Katana e obedece- rugiu e vi todos tensos, como minha mãe uma vez disse, a dois tipos de pessoas no mundo, as que comandam, e as que seguem , não é errado nenhum dos dois lados, mas e como é.

- vocês são Uchihas, não esqueçam a quem servem- completou Sasuke.

- podem me dar licença- pedi as pessoas a minha frente, todos abriram caminho e eu segui cansada, Itachi veio mais rápido e me ergueu do chão e pôs em uma cadeira.

- finalmente acordou- suspirou Naruto aliviado- sinta se a vontade- concluiu saindo da frente e sentando se ao canto da sala.

- Hime- cumprimentou Kakashi me dando uma reverência.

- é bom velo, quanto tempo fiquei desacordado?

- 4 dias- olhei Goengi e sorri agradecida.

- como todos sabem , não gosto de falar com frequência, me incomoda e acho desnecessário, então falarei apenas uma vez- eles se puseram atentos, alguns temerosos.

- quem for Uchiha legítimo por favor se erga- eles levantaram receosos, sorri tranquila, eram exatos 12 pessoas, 4 mulheres, 2 adultos homens e 6 crianças.

- está aí seu exercito- ofereci a Fugaku que me olhou indignado- porem, como foram dizimados e todos eles não foram parte dos seus samurais, eles não lhe devem lealdade cega, e como este lugar não é seu, ou de qualquer um aqui além de mim, irei ordenar apenas uma vez, viva pacífico, ou o darei uma lição- ele avançou ofendido.

- Fugaku- implorou Mikoto, e eu suspirei ainda cansada.

- aqueles que não estiverem feliz podem sair agora antes que eu siga o planejamento- ninguém se mexeu-ótimo, as casas não estão em bom estado, mas algumas sim, então faremos o seguinte, todo o lado direito irá ser usado pra fazer as novas casas, quero que cada família me faça uma placa e registro de quantas pessoas tem em casa- eles concordaram, mas alguns estavam decepcionados-o que querem expor?- exigi focando a mulher idosa.

-no clã, éramos divididos por casa, quanto maior o nível, maior a casa e espaço- concordei consciente disto.

- sim, entendo seu medo, no entanto quero já deixar claro que aqui com poucas opções e sendo lógicos, quanto mais pessoas na família, maior deve ser a moradia pra comportar suas famílias. Agora vão, quero isto até depois do almoço- todos saíram e eu fiquei no chão esperando exalta.

-o que planeja?- inqueriu Itachi olhando ao redor pela parede quebrada.

- nós manter vivos me parece um bom plano agora- ele concordou.

-acho que meu pai não levará muito bem ter sido rebaixado de cargo.

- ele deve agradece aos deuses por ter sua mãe- ele sorriu e me deu uma mensura.

-como achar melhor Hime.

- pare com isso- exigi.

-o Hatake a chama assim.

- ele não em conhece desde a infância e o salvei- dei de ombros como obvio.

-fez o mesmo por mim E todos daqui.

-não e pra tanto- revirei os olhos e foquei o teto um pouco tonta.

-apenas respire fundo e será mais fácil passar por tudo isso- aconselhou e suspirei.

- as vezes me pergunto onde estaríamos se eu tivesse morrido naquele dia- ele me olhou chateado- o que foi?.

- nunca deve pensar naquela noite Sakura- alertou e me obriguei a estudar sua postura, ele estava sério e tenso, então tinha algo que não estava dizendo.

- o que me esconde Itachi?

- está louca? Qual segredo foi mantido de você naquele clã?

- sinto que está escondendo algo, mas se prefere não falar, tudo bem- garanti me deixando afunda e no piso.

- apenas se lembre- o encarei curiosa- eu sempre vou estar lá pra te salvar quando preciso- o encarei chocada, e um tanto desnorteada, afinal que promessa foi está? Porque senti tanto sentimento e peso nisso?

- aproveite o silêncio e descanso enquanto pode, logo voltaram, irei a deixar sozinha um pouco – concordei o vendo sair.

Estava tentando descansar quando os gritos começaram me sentei a tempo que os ver entrar na porta acalorados em um discussão generalizada, esperei alguns minutos até eles se calaram pouco a pouco e me olharem ansiosos.

- desculpe Sakura sama, não moramos que já estava aqui- se desculpou uma das antigas criadas do clã.

- sem problema, apenas me digam o que está acontecendo- pedi cansada.

- ele está tendo mais terreno que eu, mas minha casa e maior- acusou uma mulher por volta dos 40 anos.

- ok, apenas me deem as placas e informações em ordem- foquei Kakashi e ele se abaixou até mim de moto discreto .

- o que está acontecendo?

- disputa de terras ao que parece eles já acham que possuem a terra e lugar, ouvi algumas famílias planejando alguns negócios, por isso o caos se agravou.

- entendo, olhei as placas, uma ou outra família estava realmente com mais de 4 pessoas.

- já cheguei a uma conclusão- eles me olharam ansiosos- as 6 famílias destas placas podem ir começar suas casas, Kakashi irá as mostra qual linha seguir- elas concordaram ansiosa.

- todos eles tem mais de 4 pessoas, mas o metrô quadrado e o mesmo, então tome cuidado e sejam cautelosos.

- hai- anunciaram num misto de emocoes que não prestei atenção.

- seguindo pelas pequenas famílias- olhei a grande pilha com casais, desenhei os quadrados até forma um retângulo de seis terrenos, o que seria três dos grandes.

- esses são os seus endereços, e por fim os solteiros, os darei quartos de dois cômodos, assim podem se organizar.

- é se quisermos famílias depois?- se incoformou um deles já de pé.

- se quiserem família veremos o que fazer no momento que surgir, o agora será desta forma, e a aconselho a serem rápidos se quiserem reunião de negócios ainda hoje- conclui e todos correram pra seus afazeres desesperados.

- parece que você sabe como assustá-los- riu Naruto bem humorado.

- estou começando a ver porque líderes tem o cabelo tão branco ou são tão cansados- ele riu em deboche e saiu da sala.

- se acostuma Hime, agora você e a Sakura sama, e será tratada como dona ser todas as respostas do mundo- ele riu e saiu me deixando sozinha e ainda Exalta.

- pai, será que eu fiz certo? Salvando essas pessoas, estando aqui?-murmurei.

- está com fome ?- olhei Goengi e sorri, ele é um amor e o conheço desde bebê, mas ele nunca foi o estilo calmo, pobre de quem cuidava dele e do irmão, suas pestes.

-obrigada- sorri e olhei o arroz na tigela.

- parece que está todo mundo feliz hoje- sorri mas não respondi apenas concordei com a cabeça

-e o que parece-comentei calma.

- todos estão feliz de poderem recomeçaram, principalmente não tendo tantas regras como no clã.

-tudo bem vá brincar com seus amigos-ele sorriu e se foi apressado, eu apenas ri e fiquei ali esperando alguém aparecer.

Passou quatro dias e ninguém apareceu, da janela da minha cabana eu vi algumas pessoas fazendo um comércio, estraguei o rosto cansada, eles estavam se revelando, isso era ruim, aqui não era uma vila aberta, era um refúgio.

“ As regras existem com um propósito, e não é para fazerem todos felizes e sim manter a ordem.”

Suspirei lembrando minha mãe me explicando porque toda vila tinha suas regras, algumas boas, outras nem tanto, mas sempre tinham, e pelo visto aqui não seria diferente.

- Hime sama- olhei Kakashi na minha porta, ele estava tenso, preocupado.

- eu sei, me de minha katana- ele concordou e eu apenas esperei na porta.

- parece que você já notou- comentou Itachi aparecendo na colina.

- sim, a pouca coisa que eu não saiba- garanti já pegando a katana de Kakashi.

- então matará todos?- se impressionou Itachi.

- porcos livres ou presos não deixam de ser porcos- ele enrugou o nariz descontente, mas não dei importância apenas segui adiante.

- Uchiha e compreensível que se sinta desconfortável neste momento, então o aconselho a não ir atrás dela, posso não a conhecer a muitos anos, mas sei que se ela anda com uma katana e porque pretende usa la- explicou Kakashi.

- o povo pode se rebelar contra ela- revidou Itachi.

- eles acabaram mortos de todo modo- prometeu Kakashi.

- estamos perdendo tempo- repreendi sem parar para encara-los .


Notas Finais


Espero que gostem, comentem para mim ter uma noção de quantos ainda acompanham.
Amo vcs bjim bjim tia nany


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...