1. Spirit Fanfics >
  2. Galahad: The Shield Hero >
  3. Convencendo o Trio de Idiotas

História Galahad: The Shield Hero - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Convencendo o Trio de Idiotas


(Lixo): Agora, acho que devo uma explicação a vocês. Meu país, Melromarc, e o mundo inteiro estão caminhando para a destruição.

E ainda assim, você convocou todos os quatro heróis aqui em vez de apenas um, colocando o mundo inteiro em perigo. Entendo o desejo de sobrevivência, mas ter que enfrentar os outros países E as Ondas ao mesmo tempo é pedir pra todos morreram.

De qualquer forma, eu já conheço a historia sobre a profecia, as Ondas, os heróis e as ampulhetas. A próxima Onda é em um mês, eu acho. Eu até sei onde isso vai acontecer, então não há problema com isso. Vou tentar salvar aquela aldeia. Acho que aquela senhora do [Hengen Muso Style] era daquela vila... ou isso era apenas no anime? Ou eu estou confundindo o lugar que a Glass aparece? De qualquer forma, os donos das lojas daqui tem parentes lá, então vai ser melhor assim. De qualquer forma, Lixo terminou sua história de merda, onde tentava se pintar de santo.

(Lixo): Percebemos que apenas os Quatro Heróis Cardeais poderiam deter as Ondas, então, seguimos a lenda e convocamos vocês quatro. Não temos tempo a perder!

Ren de repente bateu a espada no chão fazendo um som alto. Cara, o exibido é o Motoyasu e o Itsuki, você é aquele lobo solitário, então, para de se exibir!

(Ren): Nos entendemos a essência disso agora, mas certamente, você não nos chamou esperando que o salvássemos de graça, não é?

Um sacerdote chefe, consegui identificar porque tinha roupas diferentes, e com cara de vilão, mas não era o Papa, respondeu.

(Sacerdote Chefe): Claro, uma vez que vocês repelirem todas as Ondas, nós o recompensaremos generosamente.

(Motoyasu): Você vai? Bem, contanto que tenhamos sua palavra.

(Ren): Vamos trabalhar com você, desde que você não nos importune. Mas não pense por um momento que você pode nos domar.

Cada um de vocês é facilmente manipulável, idiota, apenas um elogio e vocês dançam na mão deles, especialmente o Itsuki e o Motoyasu, Itsuki é só falar que ele está sendo justo e o Motoyasu apenas uma mulher jogar seu charme, já faz ele comer na palma da mão dele.

(Itsuki): Exatamente, não podemos deixar você nos subestimarem

Porque? Vocês são pessoas que podem ser facilmente subestimados. Cara, eles agem tão alto e poderoso que se não fosse por causa que o Naofumi era tão útil graças a [Linha da Ira] e por ter limpado a merda dos outros três, e ter acalmado a Fitoria, todos os Heróis já teriam sido executados na obra original, ou pela Rainha Filorial, ou pela Rainha de Melromarc, e novos heróis seriam invocados.

Eu quero da um golpe com o [Lord Camelot] na cabeça de cada um deles, embora isso iria mata-los.

E outra coisa, o que faz vocês acreditarem que eles irão manter a promessa?

(Lixo): Espero que tenhamos um acordo.

Sim, um acordo que você não dá a mínima.

(Lixo): Então, heróis, todos vocês devem verificar seus status.

(Itsuki): Hã?

(Ren): O que há de errado com vocês? Deve ter sido a primeira coisa que você notou neste mundo. Você não vê um ícone no canto do seu campo de visão?

(Motoyasu): Ele está lá.

(Ren): Tente se concentrar nisso.

Eu me pergunto como seria meu status. Eu me concentro no ícone.

Uma tela surge na minha frente, tem o meu nome, o titulo, Herói do Escudo, o meu nível, a minha idade, gênero, uma foto minha, tem um octógono com ATK, AGL, P.DEF, M.DEF, MAG, HP, MP, SP em cada ponta, onde o DEF era o maior e o meu ATK era até que tinha certos números, afinal o Naofumi no começo tinha entre 0~2 de ATK no começo, falava qual era o meu equipamento onde na parte do escudo tinha uma seta, possivelmente para eu ver a arvore de escudos, tinha uma aba para posses, skills, magias, e ajuda.

Lembro que quando o Naofumi viu o status dele na obra original, era um hexágono que aparecia, porem, ele não tinha tanto conhecimento assim, ele nem sabia o que era o SP na época, então obviamente teria mudanças.

Enfim, meus status eram até que altos para um Nível 1, e ainda mais focava em defesa, me pergunto se foi por causa de receber os poderes do Galahad.

(Itsuki): Nível 1, hein? Isso é preocupante.

O que você esperava? Já de cara ter Nível 100? Ou com o personagem da sua conta no jogo que você está acostumado? Isso definitivamente faria a cabeça desses idiota.

(Motoyasu): Sim, não há como dizer se podemos lutar assim.

Bem, só o nível não é importante, para ser honesto, mas esse idiotas tem os próprios métodos de se fortalecer, pena que não será o suficiente.

(Motoyasu): O que é tudo isso, afinal?

O mesmo sacerdote chefe de um tempo atrás respondeu.

(Sacerdote Chefe): [Magia de Status], uma habilidade exclusiva dos heróis.

(Ren): Então, o que devemos fazer?

(Lixo): Vocês devem embarcar em uma aventura para desenvolver e atualizar as armas lendárias que possuem.

E Motoyasu começa a fazer façanhas com sua lança. Por que esses caras gostam de se exibir tanto?! O único que parece não gostar tanto assim é o Ren, mas nem ele se salva.

(Motoyasu): Não podemos usar outra arma até que elas sejam utilizáveis?

(Ren): Podemos descobrir isso à medida que avançamos. De qualquer forma, parece que devemos nos treinar.

(Itsuki): Teremos que subir de nível o máximo que pudermos.

Não vou dizer meu diálogo. E Ren preencheu a lacuna. Obrigado, Ren.

(Ren): Acho que nós quatro poderíamos formar uma Party.

(Sacerdote Chefe): Um momento, heróis. Cada um de vocês recrutará e se aventurará separadamente.

(Itsuki): E por que isso?

(Sacerdote Chefe): Diz-se que as armas lendárias se repelem por natureza. Se vocês trabalham juntos, você aparentemente atrapalha o desenvolvimento deles.

(Ren): Ele está falando a verdade, hein?

Eu sempre estranhei isso, tipo, os portadores das armas lendárias devem lutar juntos, e cada arma tinha até uma arma vassala que são Heróis das Sete Estrelas, que na verdade são Oito Estrelas, mas como a Fitoria tem uma grande longevidade e a Carruagem ainda a considera a sua escolhida, acabaram esquecendo esse detalhe, mas a questão é, por que as armas teriam um sistema que impediria de eles irem juntos?

Mesmo depois de arrumar toda a treta, eles nunca se aventuraram juntos, e eles realmente acreditaram naquilo, então eu não sei se ele falou aquilo por ser verdade, ou se é apenas para poderem me pegar sozinho.

(Lixo): O sol está prestes a se pôr. Descansem esta noite e parta amanhã. Nesse ínterim, reuniremos os melhores dos melhores para formar suas festas.

E também vou planejar como me enquadrar e tenho esta noite para contrariar seus planos. Boa sorte. Uma serva se aproximou de nos.

(Serva): Preparamos quartos para vocês. Por favor, venha por aqui.

E assim o jogo entre mim e eles começa oficialmente agora.

A noite, depois do banquete, eu e o Trio de Idiotas estávamos em uma sala bebendo, eu consegui ver o meu reflexo em um vidro que tinha no salão do banquete, e eu realmente estou com a aparencia do Galahad.

(Motoyasu): Acho que você recebe um tratamento especial quando são heróis lendários. A garota que nos mostrou aqui é uma beleza também.

(Itsuki): E nosso jantar foi suntuoso. Embora tivesse um gosto incomum.

Eu me levanto e vou em direção à porta e a tranco por dentro. Primeiro, vamos melhorar o relacionamento entre nós, eu realmente que a minha [Sorte Infinita] funcione aqui.

(Motoyasu): Por que você trancou a porta?

(Galahad): Para que ninguém interfira conosco quando estamos conversando. Afinal, é um assunto delicado.

(Itsuki): Sobre o que você quer falar?

(Galahad): Sobre como morremos.

No momento em que eu disse isso, Motoyasu engasgou com sua bebida. Ren de repente olhou para mim e Itsuki se assustou.

(Galahad): Acho que também posso interpretar essas reações como prova de que você morreu em seu mundo anterior.

(Ren): Por que você quer saber como morremos?

(Galahad): Bem, não nos veremos muito depois de amanhã. Então, achei melhor compartilhar nossas memórias de mundo anteriores. E estou interessado no que nos trouxe aqui. Eu irei primeiro. Como você já sabe, fiquei rico fazendo jogos, mas o engraçado é que não usei meu veículo quando saí porque a loja era perto da minha casa e um caminhão passou por cima de mim.

É o lendário Truck-sama que devo adorar pelo resto da vida.

(Itsuki): Você também foi morto por um caminhão?! Bem, eu também! Acho que somos amigos do caminhão que leva ao isekai!

Não compare o lendário Truck-sama com o caminhão que matou você.

(Ren): Bem, acho que não será um problema contar a minha história. Eu morri porque estava envolvido em um caso de assassinato. Bem, lembro que salvei meu amigo e o criminoso foi preso. Mas morri devido à perda de sangue por causa da facada que eu levei.

(Galahad): Você é um herói antes mesmo de vir aqui, hein? Isso é legal.

(Itsuki): Sim.

(Ren): Obrigado.

Bem, você não é um herói agora? Não, não é, mas pode ser.

(Motoyasu): Haha. Você morreu por esfaqueamento também hein?

Motoyasu está tremendo ao se lembrar de seu trauma.

(Galahad): Bem, se você tem algo, você também pode compartilhar.

Verdade seja dita, eu adorei a historia de como ele morreu, apesar de achar isso um furo, pois aquilo demonstrava de como as mulheres poderiam ser perversas, mas ele simplesmente se recusa a ver.

(Motoyasu): Bem, eu morri sendo esfaqueado por duas garotas repetidamente. Bem, as duas se confessaram para mim, uma mandona e uma tímida. E a garota mandona me pediu para tomar uma decisão. Eu escolhi fugir, mas aquela garota acabou tentando esfaquear a garota tímida. Corri entre eles e, em vez disso, fui esfaqueado pela garota tímida que me acusou de traí-la. E ambas se revezaram para me esfaquear. E eu morri. Agora tenho fobia por meninas violentas.

(Itsuki): Eu... eu não esperava que a história fosse tão violenta.

(Motoyasu): Como diabos eu deveria escolher?! Não é minha culpa que eu gostava das duas!

Tem sim.

(Ren): Tenho pena de você.

(Galahad): Cara, você deve tomar mais cuidado com quem se relaciona a partir de agora. Essas duas podiam te amar, ou odiar, ao ponto de estarem dispostas a matar, mas nunca se sabe quando uma pode apenas estar apenas por puro interesse.

(Ren): Você sofreu muito isso?

(Galahad): Sim, especialmente quando os meus jogos começaram a vender bem, eram apenas vadias atrás do meu dinheiro, eu queria alguém que realmente se importasse comigo.

(Istuki): E os seus pais?

(Galahad): Não consegui conviver muito com o meu pai, veja bem, eu fui largado na frente de um orfanato ainda bebe, com apenas um bilhete dizendo que o meu nome era Galahad, 4 anos depois, o meu pai adotivo, o fanático por lendas arturianas, me adotou, com toda a certeza foi por causa do meu nome, ele era viúvo, a mulher dele foi assassinada uns anos antes, não entrei em detalhes, estava obvio que a ferida era fresca mesmo depois de anos, e ele era um cara ocupado. Quando eu fiz 15 anos, ele acabou desenvolvendo uma doença no coração, foi quando eu larguei a escola e comecei a desenvolver jogos, com o dinheiro eu até consegui o que precisaria para ajuda-lo, mas... ele morreu antes de receber ajuda, ele já tinha me emancipado e com o dinheiro dos jogos eu pude viver bem.

O clima na sala fica meio pesado e eles me olham de forma compassiva e com um pouco de pena.

(Ren): Você já passou por muita coisa.

(Galahad): Sim, e depois da morte do meu velho, mulheres começaram a brotar do nada, mas elas estavam apenas atrás do dinheiro, não passavam de vadias, eu realmente queria formar uma família com uma garota que realmente se importasse comigo, e talvez aqui eu encontre a garota indicada.

Afinal, a Raphtalia era bem dedicada ao Naofumi, e era uma beldade.

(Motoyasu): Vamos júnior, tenho certeza que você entendeu mal. As meninas são criaturas puras que nunca tentam tirar vantagem de nós, homens.

(Galahad/Ren/Itsuki): ...

(Motoyasu): O quê?

Nós três olhamos para ele como se ele fosse um idiota. Eu me pergunto se ele veio de um jogo bishoujo para pensar assim, e se marcar ele era o protagonista e terminou em um bad ending.

Essa mesma crença vai destruir você completamente, Motoyasu, isso e a Filo foi a causa de você quebrar e despertar a [Linha da Luxuria] e a [Linha da Inveja]. Bem, eu não vou parar, ele tem que aprender a abrir os próprios olhos.

(Galahad): Confie em mim, Motoyasu. Todas as mulheres não são criaturas puras. É muito difícil encontrar uma garota genuína com um bom coração. Não consegui encontrar nem mesmo uma em meu mundo anterior.

(Motoyasu): É você que não consegue ver. - Ele fala convicto e eu e os outros dois suspiramos.

(Itsuki): Mas você realmente não tem sorte, Galahad. Você perdeu o que ganhou. Você não encontrou uma garota. E agora sua arma é um escudo. Bem, embora não seja uma arma.

(Motoyasu): Sim, afinal, nenhum dos jogadores de alto nível usa escudo. É basicamente para perdedores.

O momento que eu estava esperando chegou.

(Galahad): Por que você está falando como se este fosse um jogo que você já jogou?

(Motoyasu): Bem, é. É exatamente como o Emerald Online.

(Itsuki): Do que você está falando? Este não é um jogo online. É um jogo de console chamado Dimension Web.

(Ren): Você está errado. É um VRMMO.

E assim, verificamos nosso conhecimento geral.

(Itsuki): Parece que somos todos de diferentes versões do Japão.

(Ren): Parece que sim, eles não soam nada parecidos.

(Galahad): Eu que o diga, se colocássemos em uma linha do tempo, seria o Motoyasu, eu, o Itsuki e o mais avançado seria o Ren. Sem contar que eu sou o único que não tem uma referencia aqui.

(Itsuki): Você não criou um jogo parecido?

(Galahad): Eu criei apenas um RPG, mas... não tinha nada a ver com esse mundo.

(Motoyasu): Cara, você realmente não tem sorte. E não é de admirar que seu mundo esteja cheio de vadias. Afinal, é diferente do meu.

Isso apenas serviu para eu ter certeza que ele veio de um jogo bishoujo. Eu, o Itsuki e o Ren ficamos encarando ele.

(Motoyasu): O quê?

(Ren): Haa... Algumas coisas nunca mudam.

(Galahad): Hmm... Então, não importa nem mesmo se eu me aventurar, hein? Ren, Itsuki, e sobre seus mundos?

(Ren): Desculpe.

(Itsuki): Da mesma forma.

(Galahad): Entendo. Eu tenho um favor para pedir. de vocês.

(Itsuki): O que é?

(Galahad): Amanhã depois de nos encontrarmos com Li-, quero dizer, quando a gente for para a sala do trono. Quero que vocês falem como se meu escudo fosse basicamente inútil. Apenas falem a verdade que vocês estão dizendo agora.

(Ren): Por que você quer isso?

(Galahad): Porque não vou ajudá-los a parar essas Ondas. Estou basicamente desistindo.

(Ren/Itsuki/Motoyasu): O quê?!

(Galahad): O quê? Tentar tanto com desvantagem e naquilo em que você não é bom resultará apenas em fracasso. É melhor parar de fazer isso desde o início. Não gosto de atrapalhar os outros. E serei apenas um fardo para minha Party.

(Ren): Parece justo. Tudo bem, vou apoiá-lo.

(Itsuki): Da mesma forma. É melhor se os fracos não participarem. Eles são praticamente inúteis.

(Motoyasu): Então, o que você vai fazer?

(Galahad): Vou pedir alguma compensação por me trazer aqui e dizer que não preciso da recompensa de um herói. Depois, quero tentar arranjar um emprego, arranjar uma garota e ter uma boa família.

(Motoyasu): Tudo bem! Big bro Motoyasu vai te apoiar! Só espero que você não encontre uma garota violenta e seja apunhalada até a morte.

(Galahad): Também não, quero viver para ver a família crescer. Mas, obrigado mesmo, pessoal.

(Motoyasu): Tudo bem! Vamos voltar para nossos quartos e ter uma boa noite de sono.

(Galahad): Tudo bem, boa noite.

E com isso, o primeiro passo do meu plano está completo. Sério, é tão fácil manipular esses idiotas que chegou a dar pena, mas também entendi como a igreja jogou esses caras contra o Naofumi e como o Naofumi convenceu eles a escutarem ele, embora eu ache que a minha [Sorte Infinita] teve um certo papel nessa conversa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...