História Game Of Love - Jikook - Capítulo 1


Escrita por: e karol-kook

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Jeon Jeongguk (Jungkook), Joo Heon, Jung Hoseok (J-Hope), Ki Hyun, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Hyuk, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Show Nu, Won Ho
Tags 2won, Abo, Jikook, Jikook Flex, Namjin
Visualizações 48
Palavras 1.529
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Fluffy, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, então, sei que muitos vão pensar "ah mas você não terminou, Entre o passado e o Mar e nem My Killer Rabbit, e ja vem com uma nova"

Vou dar minha breve explicação, eu to lotada ate o talo de trabalhos e projetos, e agora eu suspeito que a minha bronquite atacou, então ta bem difícil pra mim escrever

Mas essa fanfic, não é de total minha autoria, uma amiga deu ideia desse plot e eu estou escrevendo pra ela, ou seja, todos os créditos vão para ela, visitem o perfil dela aqui no spirit
@Karol-Kook

Era somente isso, deixaria o prólogo aqui, e se gostarem e acharem uma boa ideia de continuar, comentem por ajuda a incentivar os autores, e MKR voltará em breve

Obrigada e boa leitura

Capítulo 1 - Prólogo


Leiam as Notas iniciais



Mais um dia ensolarado se fazia presente entre a União dos reinos do Sol e da Lua, enquanto alguns súditos trabalhavam em suas barracas ou em alguns comércios, no castelo do rei da lua se encontrava um pequeno garoto de cabelos loiros, usava uma blusa social, uma bermuda bege e suspensórios, o garoto ômega de apenas 8 anos chamado Park Jimin, estava tendo suas aulas de combate, ele não saberá muito bem o por que necessário aprender a lutar,mas era uma das ordens que seu pai havia lhe dado.

Enquanto Jimin estava treinando, um jovem alfa estava lhe espiando, Jeon Jungkook, herdeiro do reino do Sol,um alfa de 6 anos estava mais uma vez em visita ao Reino-Amigo e mais uma vez admirava o garoto loiro, e tudo continuaria do jeito que permanecia os outros dias se não fosse pela a mãe do mais novo:

- Jungkook? Querido, onde você está? - a senhora Jeon desceu as escadas do campo de treinamento em busca de seu filho, o qual estava atrás de uma enorme pilastra perto das arquibancadas, Jeon assustando deu um passo para trás mas acabou tropeçando em falso, chamando atenção de Jimin e de sua mãe

- Ah, então você está ai - falou a mais velha se aproximando do alfa, se abaixou na altura de seu filho o levantando e limpando as vestes da criança - Olhe para você, sujou sua blusa, isso não é um comportamento adequado para um alfa, se assustando por coisas tolas, onde ja se viu - resmungou a progenitora

-Desculpa mamãe, eu só estava…- se calou ainda notando o loiro atrás de sua omma o observando com curiosidade, e notando isso,não pôde evitar de ficar vermelho e sem graça, afinal, havia sido pego em flagrante

-..O-oi, me chamo Jimin, e você?- o príncipe se apresentou, afinal, não tinha muitos amigos, e quase não saía do castelo ter alguém de sua idade e ainda dentro de suas limitações era algo novo para si

-Me chamo Jungkook, prazer lhe conhecer Jimin- o pequeno se soltou de sua mãe e foi cumprimentar seu- talvez - novo amigo

-Pelo visto não precisarei mais apresentar um ao outro, bom meninos, se divertam, eu vou me juntar aos outros adulos- e assim a senhora Jeon saiu de cena , voltando para dentro do castelo

-Ei Jungkook, sabe lutar? - perguntou Jimin enquanto pegava um escudo e uma espada de madeira que era usada para alguns treinos

-Sim, o appa me ensinava desde pequeno, mas ômegas também lutam? - Indagou enquanto o mais velho lhe entregava os equipamentos

-Mas você ainda é pequeno,kookie, e sim, ômegas podem lutar também- disse jimin de forma que pudesse ficar fácil para o outro entender

-Papai fala que ômegas não devem fazer esse tipo de coisas, ele devia estar errado- sussurou a última parte e nem ouviu o outro lhe chamar de pequeno

-Bem, como sabe que sou ômega?- o loiro mudou o assunto pois nem ele mesmo sabia onde poderia parar

- Você cheira a Hortelã…e Mel,se não fosse pelo mel diria que seria um alfa

-E você cheira a café e livro novo- respondeu erguendo seu escudo- bem, me mostre o que sabe

-Jimin, antes disso - se aproximou do maior- o que nós somos agora?

-Podemos ser amigos? Ou melhor, Melhores amigos? O que acha?

-Me promete- Jungkook ergueu o dedinho mindinho- que sempre seremos amigos- Jimin não pôde deixar se sorrir com aquele simples gesto.

Sem pensar duas vezes, entrelaçou seu mindinho no de Jungkook

-Prometo

- e mais uma coisa, eu gostei que você me chamou de Kookie, isso foi tão fofo,me deixou muito feliz,Hyung- o Park quase teve um ataque de fofura com as palavras do pequeno alfa, e ainda mais quando o mesmo sorriu mostrando os dentinhos de coelho e o nariz levemente enrugadinho , era adorável

-Certo, vamos treinar- assim passaram a tarde, brincando e se divertindo, como se o mundo fosse acabar naquele mesmo dia, mal sabem essas duas almas tão puras o que o destino guardou para elas

8 anos depois

Agora com 16 anos, Jimin encarava a cena que se passava em sua frente horrorizado, depois que ouvirá a conversa de seu pai com o Senhor Jeon,não tinha dúvidas do quão primitivo e egoísta era o pai de seu melhor amigo

- Ja lhe disse, não darei a mão de meu filho para o seu, se ele governar meu reino, será somente com quem ele amar- esbravejou o Pai de Jimin

-Tolice, onde ja se viu, um Reino governado por um ômega, é o Fim dos séculos, isso será uma vergonha para a história, uma vergonha para os súditos, o Reino da Lua entrará em extremo caos- Jeon gritou mais alto ainda- Park, Reconsidere Jungkook e Jimin estão juntos a tempos, não duvido nada que esse ômega não tenha ao menos se aparecido ao alfa abundante belo que é o meu filho e- Fora cortado por um tapa que levará do Park

-JAMAIS, repito, JAMAIS, diga que meu filho é algum tipo de prostituta que se oferece para qualquer um- Jimin que até agora estava sentado assistindo tudo, se afetará bastante pelas as palavras ditas pelo Jeon, nisso não pensou duas vezes, aproveitou o momento e saiu daquele aposento as pressas.

O loiro se ofendera pelas as palavras do pai de Jungkook, ele admitia pra si mesmo que tinha uma atração pelo o melhor amigo,não chegava a ser amor, essa palavra era muito forte na visão do Park, ela é capaz de mudar qualquer contexto na vida de qualquer pessoa, ele só tinha uma atração pelo o outro, e reconhecia aquilo,mas jamais tentaria algo, não queria perder a amizade de anos que havia construído com Jeon.

Como ele estava no Reino do Sol, só havia um lugar para se sentir seguro, o quarto de Jungkook. Jimin passava por vários corredores recebendo olhares de interrogação dos diversos empregados e mordomos do castelo.

Assim que encontrou a porta de madeira entre aberta do quarto do mais novo ja pronto para entrar e se confortar nos braços do amigo, isso se não percebesse uma movimentação estranha dentro do quarto, e aproveitando a brecha da porta, jimin se encostou no batente para saber do que se tratava, tenda a vista de Jungkook conversando com um garoto de cabelos longos e castanhos

-Mas Jungkook, por que você não dá uma chance para ele? Vocês se conhecem a tanto tempo, o Park parece ser uma pessoa gentil e bondoso, pelo o que você me diz dele - o Garoto,aparentemente maiz velho, falou para Jeon que estava sentado na cama de costas para a porta, jimin ficará surpreso so perceber que Jungkook ja sabia do casamento

-Tae, eu nunca me casaria com Jimin, está certo que ele é gentil com todos, mas ele é só mais um ômega, aliás, eu duvido que entregariam um reino inteiro na mãos desastradas dele, sério, eu como melhor amigo dele tenho que dizer, ele é um ômega todo atrapalhado, nunca sabe o que quer, ninguém iria querer casar com alguém tão comum e sem graça como ele, se fosse assim, eu teria escolhido algum ômega de nossa aldeia, então não,Taehyung, eu nunca me casaria com Park Jimin - Um tapa doeria menos do que ouvir aquilo, no momento em que o loiro ouviu Jungkook dizendo que nunca casaria com ele e dando os motivos foi um aperto muito grande no peito de Jimin, nem ele sabia o que estava acontecendo não nutria sentimentos amorosos fortes pelo o outro,mas ainda sim doeu em Jimin ouvir aquilo, se sentia humilhado,usado e insignificante, seu lobo estava ferido, pois o loiro sabia que seu lobo também nutria algo pelo moreno, mas se tem uma coisa que Jimin não levava era um assunto inacabado pra casa, e pensando nisso entrou no quarto

-Ji-Jimin? - Jungkook se assustou com a entrada repentina do amigo dando um pulo junto a Taehyung se levantando e encarando o loiro

-Eu ouvi tudo, e quero que saiba, que o Reino da Lua terá sim um herdeiro ômega, e que eu também nunca me casaria com você, pensei que éramos amigos, mas me enganei, você me usou Jeon Jungkook, tomarei previdências para que isso não ocorra novamente, adeus, espero que não nós vejamos mais..- falou com voz levemente embargada, mas Jimin não choraria, não na frente daquele alfa

-Mas, e a União dos reinos? - calado até agora, Taehyung falou se preocupando com ambos os reinos

-A União acabou..-sussurou Jungkook

-Exatamente…- e falando isso, jimin saiu as pressas novamente do quarto do seu ex- melhor amigo, voltando para o escritório onde tudo havia começado,ganhando a atenção dos dois adultos ali

-Papai, eu irei assumir o trono, sozinho,sinto muito senhor Jeon, mas a União dos reinos, termina aqui- disse Jimin dando uma leve reverência, arrancando insultos de Jeon e um sorriso de orgulho de seu Pai

Depois daquele dia, Jimin nunca mais foi o mesmo, não deixava mais se envolver ou se apegar a mais nada, sua única preocupação era seus súditos e a segurança de seu futuro reinado, nunca mais virá jungkook depois desse dia, agora somente se preparia para sua coroação.

Jungkook, você me deu o mundo e ao mesmo tempo me tirou dele,mas é minha vez de criar o meu próprio, com base das minhas expectativas que criei em cima de você



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...