1. Spirit Fanfics >
  2. Games >
  3. Capítulo 4

História Games - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Olá gente!

Bem, como vocês podem ver, estou a atualizar a fanfic e nem sábado é. O moivo é simples.

Enquanto escrevo esta fanfic, reparo que neste momento eu já tenho 27 capítulos escritos e prontinhos para serem publicados. Assim sendo, decidi que publicarei pelo menos 3 vezes por semana. Os dias que posso assegurar que publicarei será na Quarta, Sexta e Sábado. Assim, espero que gostem do capítulo que aí vem e vemo-nos amanhã. :)

Boa leitura!

Capítulo 4 - Capítulo 4


Narradora

Konoha, 2020

As duas amigas já estavam na cozinha a comer os seus cereais e o seu leite de amêndoa, prontas para o começo das aulas. Ino falava entusiasmada sobre a sua noite e Sakura queria apenas esquecê-la. Ino tinha reparado que algo que estava errado com a sua melhor amiga, mas ela insistia em não dizer uma simples palavra.

— Desembucha logo sobre o que se passou, Sakura. – Ino resmungou, levando uma colher de cereais integrais à boca.

Haruno precisava de desabafar e ela sabia disso. Ela sabia que os seus ataques de ansiedade no passado foram derivados da acumulação de emoções dentro de si e devido à sua mania irritante de pensar em demasia nas coisas e de sofrer antecipadamente e de certa forma, desnecessariamente.

— Nossa sério isso amiga? Poxa, me desculpe, eu devia ter estado ali para você. – Ino sentia-se mal devido ao que a amiga passou e para a compensar, a garota encheu Sakura de palavras carinhosas e de abraços, deixando sem dúvida a melhor amiga com um melhor astral e mais tranquila.

Após tomarem o pequeno almoço, cada uma foi para o seu quarto, arranjando-se para o primeiro dia de aulas.

Ino vestia umas calças pretas justas e uma camisola branca presa dentro das mesmas e com um cinto que realçava a forma do corpo da garota e calçava uns tacões cor nude. Yamanaka queria entrar naquela universidade a matar, ela queria estar no topo da cadeia alimentar e ser a garota mais bem vestida daquela universidade.

Já Haruno, vestia uma t-shirt amarela larga que estava presa por dentro das suas calças de ganga que eram largas e calçava as suas sapatilhas brancas. Colocou dentro da sua mochila alguns materiais de desenho e foi para a sala à espera da melhor amiga que colocava o seu gloss e pegava na sua mala preta de pele.

— Ino você não vai para um desfile. – Haruno resmungou ao ver o quão produzida a garota estava.

— Ainda. Prepare-se para me ver a desfilar na cara das garotas. – Ino deu o seu melhor sorriso, jogando os seus cabelos soltos para trás.

Já tinha referido que Ino é um bocado competitiva?

Ao entrar na universidade, Sakura já se sentia no céu. A universidade realmente fazia jus à sua reputação. As suas instalações eram bastante avançadas e materiais exclusivos estavam presentes diante aquelas inúmeras divisões que permitia ver as salas através das portas de vidro.

Mas claro, não era só Sakura e Ino impressionadas com aquilo tudo: a cada passo que davam, os olhos caíam em cima da dupla loira e rosada, mas mais especificamente em cima de Ino que atraía todas as atenções e que parecia estar a gostar daquilo.

— A minha sala é no terceiro andar. – Resmungou ao ver o seu horário do curso de “Desenho” on-line. – E a sua, Ino?

— Eu sou já ali. – Ino apontou para uma sala que tinha alguns alunos á sua frente e todos bem vestidos, como era de esperar de moda. – Bem, parece que vou espalhar o meu mel. – Ino sorriu, abraçando a rosada fortemente. – Até logo amiga, te amo. Qualquer coisa me manda mensagem!

Antes de Haruno poder falar, a garota tinha desaparecido e ela decidiu ir indo para a sua sala. A cada andar que ela subia, reparava que estava decorado de forma diferente. O rés de chão era repleto de fotografias emolduradas de várias revistas; o primeiro andar tinha algumas pinturas geométricas abstratas e fotografias de várias étnias; o segundo era cheio de quadros com temas históricos e com alguns retratos de figuras icónicas da história mundial e finalmente o terceiro andar tinha um conjunto de obras que representavam a evolução da arte dos seus primórdios até à atualidade.

Sakura correu o corredor maravilhada com aquela decoração e buscou encontrar a sua sala, parando finalmente à frente da mesma. A garota olhava de um lado para o outro, na esperança de encontrar alguém para conversar e conhecer. Afinal, universidade não é suposto ser apenas estudos.

Enquanto isso, Yamanaka falava com duas garotas da sua turma sobre o desfile que tinha havido há duas semanas atrás da Channel enquanto mandava sorrisinhos aos alunos que passavam por ela e elogiavam a sua aparência.

É, Ino realmente arrasou.

[…]

— Como foi as primeiras aulas? – Ino sorria, começando a comer a sopa da cantina.

— Foi tão legal! – Haruno sorria e Hinata ria do entusiasmo da garota – Já recebi três trabalhos. Um de História de Arte, outro de Desenho e mais um de Geometria. – Sakura embaçou a sua voz ao dizer a última disciplina uma vez que era a que ela menos gostava. – Mas e vocês?

— Nós também já recebemos um trabalho de grupo. – Hinata sorriu. – E você, Ino?

— Ah, acho que já temos um. Mas é apenas diagnóstico. – Ela encolheu os ombros – Eles pelos vistos já exigem que tenhamos conhecimentos prévios. Não esperava menos desta Universidade. E claro, eu vou arrasar. – Ino deu um sorriso convencido e as duas garotas riram-se da sua confiança inabalável.

— Vou só ali cumprimentar o Naruto. Já venho. – Hinata sorriu, guardando o celular.

As duas garotas afirmaram com a cabeça e observaram a garota a ir em direção ao grupo que tinha chegado ao refeitório e que já estavam a ser a sobremesa dos olhos das garotas. Ino trocava olhares com o Hyuuga que tinha passado um ótimo momento com a loira e Haruno olhou Sasuke que mexia no celular com um sorriso na cara. Mas claro, ao sentir a ser observado, o garoto olhou a Haruno com a sobrancelha elevada e a rosada virou o rosto corada e Uchiha deu uma risada baixa com sua timidez e ao lembrar-se do seu encontro com a garota. Para ele, aquilo era de certa forma divertido, afinal ele e o grupo do Uzumaki já tinham reparado o quão tímida a melhor amiga da Yamanaka era.

— Ino, eu acho que vou já indo. Quero ir para o estúdio para conseguir o lugar à frente. – Sakura tentou arranjar uma desculpa esfarrapada e a melhor amiga apenas riu ao perceber a situação e assentiu com a cabeça.

— Pode ir indo, eu depois deixo o seu tabuleiro. – Ino sorriu e piscou o olho para a melhor amiga que agradeceu mentalmente à loira.

Haruno estava a caminhar até à saída, mas aí reparou que teria de passar justamente pelo grupo de garotos onde o Uchiha sorria divertido com os seus gestos desastrados. Assim, como se não fosse nada de mais, Haruno decidiu dar volta ao refeitório todo recebendo olhares dos alunos que reclamavam de ela estar a cortar a passagem e saiu a sete pés dali com o coração nas mãos.

Sasuke achou piada à forma como ele mexia com os nervos da garota e Kiba também se riu juntamente com o garoto. Ela não era a primeira a ficar assim sob o efeito do garoto e para Sasuke ele não se fartava de ver as garotas assim aos seus pés. Porém, esta não lhe interessava. As melhores eram as do curso de moda, onde Ino estava e a loira era a prova disso: para além do seu jeito atrevido, do seu ótimo gosto, a garota tinha um físico de tirar o fôlego.

[…]

— Você vai o quê? – Sakura ficou surpresa apesar de saber que a decisão da sua melhor amiga era realmente a cara da mesma.

— É isso aí. – Ino mandou o cabelo para trás com um sorriso no rosto. – Vou aos testes de cheerleader.

— Ino você tem a certeza?

— Claro, amiga. Acha que eu não entro é? – Ino deu uma risada enquanto passava os dedos pelo seu cabelo.

— Claro que você entra, mas tenha cuidado para conseguir gerir o tempo. – Haruno avisou a amiga que apenas assentiu com a cabeça com um sorrisinho no rosto. Enquanto andavam para fora do edifício, as mesmas foram paradas com Hyuuga de braços cruzados a olhar a sua melhor amiga. Ino lançou um olhar cúmplice para a amiga e a mesma suspirou ao perceber que seria vela caso não saísse dali. – Bem, a gente se vê em casa. – Haruno sorriu para a Ino e acenou para Neji que lhe sorriu.

[…]

Assim que Sakura chegou a casa, começou logo o seu trabalho de história de Arte que terminou passado uma hora e de seguida fez o de geometria, que era a sua maior dor de cabeça. Passado duas horas à volta de retas e planos, Sakura respirou fundo e deitou-se na sua cama já a pensar no trabalho de Desenho que seria para a próxima aula daqui a dois dias.

— Poderia fazer uma cópia do quadro de Klimt. – A rosada pensava em voz alta, procurando já as tintas no meio daquela bagunça de materiais.

— Cheguei! – Ino gritou da sala, andando até ao quarto de Sakura – Amiga, você nem sabe! – A loira falava entusiasmada.

— Me deixe adivinhar, você trepou o Neji novamente? – Sakura revirou os olhos, procurando fotos das obras do artista que tinha escolhido.

— Nossa, é isso que pensa de mim? – Ino falou num tom ofendido e deu uma risada de seguida, dando a resposta à Sakura. – Sem ser isso, consegui convites exclusivos para nós as duas.

— Convites para quê Ino? – Sakura não percebia onde a melhor amiga queria chegar.

— Festa na casa dos garotos, sexta feira.

Sakura engasgou-se e deixou cair a tela das suas mãos, que milagrosamente não se danificou.

— Ah não.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...