História Games and Provocations - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Jimin, Jimin!bottom, Jungkook, Jungkook!tops
Visualizações 36
Palavras 1.359
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


me desculpe por qualquer erro!! ♡♡

Capítulo 3 - Trois


Fanfic / Fanfiction Games and Provocations - Capítulo 3 - Trois

♡ Capítulo: Três! ♡

- Você está com vergonha da cena hyung ? - Sua sobrancelha direita deu uma leve levantada.

- Oque ? é claro que não - Dei um empurrarão no seu ombro, fazendo com que seu corpo caísse para trás.

Levantei do sofá, indo em direção a cozinha, sendo acompanhado por um Jungkook animado.  

- Não acredito que você esta todo vermelho, só porque tinha duas pessoas se beijando.

- Eu não estou com vergonha jungkook, você acha que eu tenho quantos anos ? Dez ? - Parei encostado na bancada e o encarei.

- Bom...se for a sua fofura, você tem cara de seis - Arregalei os olhos para ele.

- Jungkook, eu não sou fofo - Choraminguei e vi ele se aproximando.

- Ah você é sim - Sorriu sapeca e se aproximou o suficiente para que sua respiração batesse no meu rosto - Hyung ?

- Ah ? - Encarei seus olhos, que estavam tão próximos dos meus.

- Eu estou com muita vontade de te beijar desde hoje cedo, mas toda vez que eu me aproximo você se afasta.

Meus olhos se arregalaram ainda mais. Não acredito que Jeon Jungkook quer me beijar.

- Então...eu queria te pedir uma coisa.

- O que ? - sussurrei.

- Eu vou te beijar agora, por favor... - Se aproximou ainda mais do meu rosto, colando nossas testas e encostando nossos narizes - Não se afaste.

Seus lábios roçaram nos meus, e eu senti como se o mundo estivesse caindo abaixo de mim. Um arrepio subiu pela minha espinha e eu podia jurar que um suspiro deixou minha boca.

- Jungko... - Ele me cortou, grudando seus lábios nos meus.

Ficamos parados por uns dez segundos, até suas mãos apertarem minha cintura com força, fazendo com que minha boca se abrisse em um suspiro fraco.

Seus dentes seguraram meu lábio inferior e logo depois soltou devagar. Sua língua acaricio minha boca e minhas sobrancelhas se juntaram em um gemido mudo.

Eu sou tão sensível aos seus toques.

Jungkook aproveitou a situação e aprofundou o beijo, sua língua invadiu minha boca e se enrosco na minha.

Finalmente tomei coragem e coloquei minhas mãos na sua nuca, puxando seu rosto para mais perto.

Sim, eu sei que o estamos fazendo é errado, mas seus lábios são tão doces.Com os mesmos pensamentos, aproveitei que estava começando a sentir falta de ar e afastei nossas bocas.

- Jungkook, não podemos - Disse com a testa colada na sua, respirando forte.

- Cale a boca, Jimin - Abri a boca em surpresa, quem ele acha que é para me faltar com respeito daquela forma ?

- Você quer morrer garot.. - E novamente ele me cortou, com seus dentes mordendo meu lábio inferior.

- Apenas aproveite hyung - E voltou a me beijar, mas agora de uma forma quente e intensa.

Suas mãos fizeram um carinho em minha cintura, mas logo desceram para minhas coxas. Jungkook deu um leve impulso para cima, me fazendo sentar no balcão e eu cruzei minhas pernas em torno da sua cintura, deixando um suspiro meio cortado sair dos meus lábios quando ele começou a beijar meu pescoço, dando algumas mordidas pelo local.

- Jungkook!! - Minha voz saiu alta quando ele deixou um chupão na minha clavícula -  Como eu vou tampar isso depois ?

- Passa maquiagem - Deu um sorriso de coelho e me abraçou pelos ombros - Hyung ?

- Ah ? - Sorri quando ele escondeu seu rosto na curva do meu pescoço e abracei sua cintura.

- Eu gosto de estar assim com você, mas...- Jeon parou de falar, e eu senti seus dedos dedilhando meus braços, para logo depois irem em direção ao meu short.

Jungkook colocou seus dedos sobre o tecido bem em cima do meu membro e eu dei um sobre salto com o ato repentino, sua mão começou a massagear toda a extensão do short, para logo em seguida abrir o zíper, colocando sua mão por cima da box.

- Ju-Jungkook ! - Falei um pouco manhoso e deixei minha cabeça cair para trás devagar. 

Seus dedos eram ágeis, e de vez em quando ele dava algumas apertadas. Sua mão se movimentava para cima e para baixo, e meu pênis estava cada vez mais duro. Aos poucos eu senti que já estava quase chagando no ápice, mas então sua mão parou de se mover.

- Mas eu tenho que ir dormir - Arregalei os olhos para ele e cruzei os braços sobre o peito, vendo um sorriso de coelho aparecer no seu rosto - Boa noite, hyung!

Deixou um selinho nos meus lábios e afastou, virando de costas.

- Jungkook! - Soltei um pouco alto, tentando lhe chamar, mas não adiantou.

Ele já tinha sumido e me deixado aqui, em cima da bancada da cozinha, duro e com cara de idiota.

*__*

Depois de mais um banho, só que dessa vez gelado, finalmente consegui deitar em minha cama e suspirar de alivio. Com toda certeza essa é a noite mais confusa e estranha da minha vida.

Claro que eu estou feliz com o fato de que Jungkook ter me beijado, mas é estranho, é estranho saber que aquele menino que eu adora tanto e cuido, havia me beijado por vontade própria.

É estranho, mas maravilhoso, uma sensação maravilhosa na verdade.

*--*

Acordei de manhã com os gritos de Taehyung na sala, olhei no relógio e ainda eram 8:00 da manhã.

Aquele filho da puta me paga por me acorda as oito da madruga.

Levantei da cama com uma preguiça daquelas e fui em direção ao banheiro, passei meus cremes no rosto e escovei os dentes, para logo depois ir atrás de uma roupa adequada.

Quando já estava pronto, deixei o quarto, levando comigo o meu celular.

Cheguei na cozinha, e a primeira coisa que eu vi foi Jungkook sentado na sua almofada em frente a mesa. 

Abaixei a cabeça e fui até a bancada pegar café, quando peguei, me sentei na ao lado de Yoongi e comecei a comer uma torrada. Eu fazia de tudo para não levantar a cabeça e olhar para frente, não queria ter que olhar para ele logo de manhã.

A vergonha era muita.

Estava comendo minha torrada, enquanto brisava olhando para meu copo de café. Até ser despertado por um toque na minha perna, dei um sobre salto de susto, chamando a atenção de Yoongi.

- Tá tudo bem, Jimin ? - Olhei para ele e melhorei minha postura.

- Tá sim, hyung - Abri um sorriso falso pra ele e olhei para Jungkook.

Ele estava de cabeça baixa, comendo um pedaço do seu pão com mortadela, como se nada estivesse acontecendo.

Abaixei novamente minha cabeça e voltei a comer minhas torradas, eu sentia meu corpo dar pequenos arrepios vez ou outra.

Senti os dedos dos pés de Jungkook encostarem na minha coxa de leve e logo depois eles começarem a subir devagar, até que estivessem posicionados sobre o meu membro. Seu pé se movimentou de baixo para cima, massageando devagar toda a extensão de embaixo do shorts.

Não acredito que ele tá realmente fazendo isso comigo, bem na frente dos garotos.

- Você tá bem hyung ? Está pálido - Jungkook perguntou olhando para mim.

Filho da puta.

- Ehh s-sim - Passei minhas mãos sobre as minhas coxas nervoso - Vou para o meu quarto.

Levantei da minha almofada rápido, tentando fazer com que os meninos não vissem minha ereção e corri em direção ao meu quarto, logo entrando no banheiro e fechando a porta.

Depois de finalmente conseguir me aliviar, escuto batidas na porta. Lavo o rosto e saio, encontrando Jungkook sentado na minha cama.

Uma de suas mãos estava apoiada na sua coxa e a outra, estava apoiando seu corpo sobre o colchão, enquanto seus olhos estavam fechados.

MEU DEUS QUE FILHO DA PUTA GOSTOSO.

- O que quer ? - Falei seco e seus olhos se direcionaram para o meu rosto.

- Apenas conversar hyung! - Sorriu ladino.

- Não tenho nada para conversar. - Joguei meu cabelo para traz e virei o rosto - Você deve ter endoidado mesmo, fazendo aquele tipo de coisa na frente dos meninos, na frente do Yoongi, já pensou se ele visse ? quero nem pensar.

- Você fica incrivelmente sexy jogando seu cabelo para trás hyung...- Levei um susto ao ouvir a voz rouca de Jungkook no meu ouvido e sua mão na minha nuca.

Esse menino deve estar querendo me matar, só pode! 


Notas Finais


Ei ei meus amores, estão gostando ?? Espero que sim!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...