História Gangster - Jikook - Capítulo 15


Escrita por:


Capítulo 15 - 15; por quê?...


Fanfic / Fanfiction Gangster - Jikook - Capítulo 15 - 15; por quê?...

Jimin estava com a cabeça no peitoral do seu Alfa, que fumava maconha, enquanto acariciava a coxa marcada. 

ㅡ Me dá. ㅡ Estendeu a mão para o cigarro, e deu uma tragada, e sorriu enquanto soltava a fumaça. 

ㅡ Você mudou. ㅡ Acariciou os cabelos dele. 

ㅡ Vai me dizer que não gosta de mim desse jeito? Só fiquei mais forte, eu tinha que ficar. Afinal, eu sou ômega de um criminoso, e agora tenho que aprender a me virar. ㅡ Sorriu e juntou os lábios com os de Jeon. 

ㅡ Pelo contrário, amo você desse jeito. Meu ômega perfeito. ㅡ O puxou pela cintura, e colocou o cigarro na boca dele. 

ㅡ Como você ficou nos olhos da imprensa, hum? ㅡ Ficou por cima do corpo do moreno, tirando sua blusa. 

ㅡ A desculpa que eu dei era que protegia meu ômega, o que não era mentira. Além de que tenho quase toda a polícia de Seoul na minha mão, amor. ㅡ Beijou o pescoço de Jimin, que sorriu safado. 

ㅡ Você não prefere, nesse momento, me ter nas suas mãos? ㅡ Rebolou com um sorriso de lado, e pegou o cigarro do Alfa. 

ㅡ Safado da porra. ㅡ Jeon trouxe Jimin mais para perto. Isso era só o começo, estava no 3° dia, tinham mais 3 pela frente. 


Após o cio de Jimin... 


Jimin tocou a campainha, animado para pegar a filha. Estava com saudades. Jin abriu, e sorriu para o casal. 

ㅡ Entrem aí, Linda tá com o Nammie, no sofá. ㅡ Jimin e JungKook entraram, e Jin fechou a porta. O menor viu Linda no colo de Namjoon, que fazia brincadeira com ela, arrancando risinhos da pequena.

ㅡ Oi Nam. ㅡ O beijou na bochecha, e olhou a filha, que o olhou. ㅡ Oi bolotinha do Omma! ㅡ A pegou e beijou sua bochecha demoradamente, JungKook sorriu.

ㅡ Eae Namjoon. ㅡ Apertou a mão do Alfa, e beijou a mão da filha. ㅡ Oi, meu anjinho... ㅡ Sorriu com o sorrisinho que ela o deu. 

ㅡ Ela nem deu muito trabalho. Ela é realmente um anjinho. Só acordou em 1 madrugada, chorando, e o resto dormiu quietinha. ㅡ Jin afirmou, sentando no colo do seu Alfa. 

ㅡ Linda é bem tranquila mesmo. Não é, pequena? ㅡ A bebê continuou chupando a chupetinha branca, e coçou os olhos. ㅡ E como vai o bebê? ㅡ Perguntou, e Jin sentou no colo de Namjoon, com um sorriso. 

ㅡ Melhor impossível. Fomos num ultrassom, e adivinha? ㅡ Jimin o olhou ansioso. 

ㅡ Fala! ㅡ Pediu, animado. JungKook pegou Linda, conversando como o Appa babão que era. 

ㅡ São gêmeos! ㅡ Bateu palmas. ㅡ Um menino e uma menina. Dois ômegas. ㅡ Jimin foi até ele e o abraçou, com um sorriso feliz.

ㅡ Uau! Parabéns! Eu vou ser titio de duas fofurinhas! ㅡ Pulou junto com Jin. ㅡ Aí, vamos comprar muitas roupinhas, brinquedos, a decoração. É muito legal, Jin. Quando você pegar seus filhos pela primeira vez, vai ser mágico demais... ㅡ Sorriu, olhando pra Linda, que ria enquanto Jeon fazia graça para ela. 

ㅡ Eu não vejo a hora. ㅡ Acariciou a barriga, e Jimin a tocou. 

ㅡ Animado pra ser pai, Nam? ㅡ Perguntou, sentando ao lado dele. 

ㅡ Nervoso. ㅡ Riu. ㅡ Mas estou super feliz e animado. ㅡ Sorriu, e deu um selinho em Jin. 

ㅡ É muito bom ser pai. Você baba em tudo que seu filho faz. ㅡ JungKook disse, enquanto a filha o olhava, com seus olhinhos negros brilhando. 

ㅡ Realmente. ㅡ Jimin sentou ao lado do moreno, o beijando na bochecha e segurou a mão da filha. 

2 dias depois... 

Jimin segurou a filha, que chorava. Ele está fervendo de febre, era o segundo dia. JungKook o beijou na testa, e segurou a filha. 

ㅡ Vamos levar ela no médico, vai trocar de roupa e eu arrumo ela. ㅡ Juntou os lábios, e Jimin suspirou. 

ㅡ Ok. ㅡ Foi até o closet. JungKook foi até o quarto da filha e a deitou no trocador. Trocou a fralda, e colocou uma roupa quente na bebê.  A enrolou no cobertor, mas a menor continuou chorando.  

ㅡ Oh, meu amor... você chorando assim me deixa com dor... ㅡ Balançou a filha, que continuo chorando, ainda com febre. Jimin entrou no quarto, agasalhado. 

ㅡ Veste, eu seguro ela. ㅡ Deu o casaco a Jeon, e pegou a filha. ㅡ O que você tem? Tá até derramando lágrima, meu anjo... ㅡ Tentou colocar a chupeta na boca da bebê, mas ela negou. 

ㅡ Vamos? ㅡ Apagou a luz, e saíram depois de trancarem a casa. JungKook abriu o guarda chuva, e levou Jimin até o carro. Abriu a porta e o menor entrou. Fechou o guarda chuva e entrou, dando partida. ㅡ Caso algum dos meus amigos venha, peça para que liguem para nós. ㅡ Falou para o segurança, que fez reverência e o portão se abriu. 

Ao chegarem no hospital, JungKook os levou pra dentro, e sentou com o menor. Linda ainda chorava, mas mais fraco. Jimin abriu sua camiseta, e colocou a boca dela em seu mamilo. A menor começou a mamar, com os olhinhos vermelhos de choro. 

ㅡ Ela nunca chorou assim, Jeon. ㅡ Arrumou a filha melhor em seu colo. 

ㅡ Eu sei. Estou muito preocupado com isso, amor. ㅡ Fez carinho nos cabelos dela. ㅡ Vou lá fazer a ficha dele, ok? ㅡ Selou os lábios. 


✿*:・゚𝙶𝚊𝚗𝚐𝚜𝚝𝚎𝚛゚・:*✿          


Jimin olhava o médico examinando a filha. Se encostou no peito do seu Alfa, que o beijou no pescoço.  

ㅡ Bom... o que acontece é que a filha de vocês tem pneumonia. ㅡ Jimin arregalou os olhos, e JungKook segurou sua mão. ㅡ É uma coisa normal para bebês, principalmente neste frio. Mas ela terá que ficar internada. ㅡ A deu para Jimin, que olhou a filha, que estava chorando. 

ㅡ Ela vai ficar bem? ㅡ Jimin perguntou, preocupado. 

ㅡ Bom, parece que ela não está num estado muito avançado. Tenho certeza que ela ficará bem. ㅡ Sorriu confortante. ㅡ Bom, vocês precisam mostrar esse papel a uma enfermeira, tudo bem? ㅡ JungKook pegou o papel. 

ㅡ Ok. Obrigado, doutor. ㅡ Se levantou. Jimin estava quieto, somente balançando a filha. 

Após falar com a enfermeira, e ela pegar a bebê e os avisar para trazer algumas roupas, ambos foram embora. Jimin estava segurando o choro, e JungKook percebeu. Ao chegarem em casa, Jimin se jogou na cama e começou a chorar. 

ㅡ Ei, amor. ㅡ Deitou com Jimin, que o abraçou, e continuou a chorar. 

ㅡ Não quero conversar, só fica assim comigo... ㅡ Jeon o respeitou, também estava abatido. O arrumou melhor, e encostou sua cabeça no ombro do menor, chorando também. Afinal, não era fácil saber que a filha deles ficaria internada. 

4 dias depois... 

Jimin estava sentado, olhando uma foto que tinha de Linda. Sorriu pequeno, e suspirou ao lembrar que a filha ainda estava internada. Iria a visitar mais tarde. O telefone tocou. JungKook estava dormindo, e então se levantou do sofá e foi o atender. 

ㅡ Senhor Jeon? 

ㅡ Sou eu. Quem fala? ㅡ Jimin perguntou, ainda olhando a foto da pequena Linda. 

ㅡ É so hospital onde sua filha, Jeon Linda está internada. Sinto lhe informar isso, mas... sua filha morreu. ㅡ Jimin deixou o telefone cair de suas mãos, e Soluçou. Caiu sentado no chão, e começou a chorar, não acreditando no que havia acabado de ouvir. 

ㅡ Por quê?... ㅡ Sussurrou, abraçando seu próprio corpo, enquanto chorava descontrolavelmente. 


Notas Finais


nada a comentar...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...