1. Spirit Fanfics >
  2. Gângster. >
  3. Único: Gravidinho.

História Gângster. - Capítulo 1



Notas do Autor


Pensaram q eu num ia trazer uma fic com essa fotinha do Kook ? Ksksksls
Bom, espero q gostem!.



Boa leitura (◍•ᴗ•◍)❤
Nos vemos lá embaixo.

Capítulo 1 - Único: Gravidinho.


Jungkook segurou a mão do seu namorado com mais força enquanto corria dos policiais. O maior olhou por cima do ombro e sorriu para o mais novo que tinha expressão assustadora no rosto.

Puxou-o para um beco escuro e abraçou o menor, sussurrando para ele ficar em silêncio. Os dois policiais passaram direto pelo beco correndo para outro bairro atrás do dois jovens. 

Enquanto Hoseok suspirou em alívio o seu namorado ria alto de si. O mais velho inflou as bochechas e fez um bico adorável, indicando que estava puto com seu namorado. Este que parou de rir quando viu que seu namorado não estava nada contente do que acabara de fazer.

— Você está louco, Jungkook ? — bateu no peito alheio. — A gente ia sendo preso, babaca — cruzou os braços.

Qualquer um que lhe dirigisse assim, tão arrogante. Já teria uma bala encrava no seu crânio. Mas Jung Hoseok não era qualquer pessoa para o pior Gângster de Seul, ele era seu amor, seu tudo no meio desse mundo imundo. E o amava acima de tudo Jungkook lhe daria a vida pelo seu bebê. 

— Oh, meu bebê — se aproximou do mais velho, pois o mesmo tinha se afastando de si. — Não fica bravo com seu namorado, hum ? — segurou a cintura do namorado que ainda continuava com a mesma expressão tendo os braços ainda cruzando, demostrando sua raiva. Mesmo que fosse fofo aos olhos de Jungkook.

— Como não ?! Não e a primeiro vez que a gente e perseguido pela polícia. — ditou com o biquinho. 

— Amor, não faz esse bico. Você sabe que eu não consigo resistir — apertou suas mãos sobre a cintura de Hoseok, este que aumentou seu bicão.

Quem diria que o homem mais temido por Seul, estara imitando uma voz infantil para seu namorado. Ainda por cima estava apaixonado, o que era ridículo aos olhos de outros Gangsters que eram próximos de Jungkook, este que apontou a arma nas cabeças daqueles que falaram mal do seu bebê diante de si. Ele não hesitaria em aperta o gatilho para prova tal ato. 

— Jungkook! — bateu no braço alheio.

— Eu avisei — sorriu com a cara de indignação do seu namorado e o abraçou — Me desculpa, bebê. — beijou-lhe a bochecha.

De fato, Hoseok tirava 60% da sua pose de Gângster. E Jungkook teve certeza quando via o biquinho manhoso nos lábios do seu namorado que era deveras manhoso.

— Eu vou deixar passar, só dessa vez. Entendeu, mochinho ? — levou os braços até o pescoço do maior. 

— Sim, capitão — brincou e selou os lábios tão viciante, tomando logo os lábios alheios.

Jungkook tinha conhecido o mais novo a dois anos atrás. Hoseok fora quase atropelado pelo o mais velho, este quando olhou para os íris do menor. É só conseguiu tirar seu olhar quando o policial que estava o perseguido gritou para si, o fazendo acordar.

Desde aquele dia Jungkook não conseguiu tirar-lo da cabeça, até tentou dormir com várias pessoas para tirar aquele rosto angelical na sua cabeça, mas nem isso teve jeito. Jungkook não acreditara em amor a primeira vista, para ele era tudo besteira o amor era um besteira para ele. 

Embora, que ele tivesse de fato apaixonado pelo o ruivinho. E só, foi aceitar esses sentimentos quando segurou Hoseok pela cintura enquanto colava seus lábios aos dele, mesmo que tivesse levado uma tampa depois. Não se arrependeu do ato que fez com Hoseok. 

Então, desde aquele beijo Jungkook não conseguiu parar de pensara no ruivinho de sorriso em forma de coração. Confessara, que fora muito difícil conquistar-lo, o ruivinho era deveras teimoso e difícil. Mas isso só fez o maior quer mais o outro. Este que acabou cedendo no final é desde estão juntos.

Hoseok afastou seus lábios avermelhados do outro quando a falta de ar falou maior. Mas não se afastou do outro que dera um sorriso fofo para o menor.

— Aliás, por quê fugiu da aula ? — levantou uma sombrancelha — Seu pai não vai ficar nada feliz em saber que o filhinho dele matou aula só para ver um rebelde como eu. 

— E-eu queria te conta uma coisa... — Hoseok mordeu o lábio por ter gaguejando. 

— O quê foi ? Você está bem ? — se preocupou — Bebê, está me deixando preocupado. 

— Calma, amor. Eu não vou morrer ou algo do tipo — sorriu com desespero alheio. 

— Desculpa, bebê. Mas eu tenho medo que aconteça algo com meu bebezinho — beijou a bochecha do menor.

— Jungkook, você me ama ? — olhou sério para namorado.

— Que pergunta besta, bebê. Lógico que sim, eu te amo muito. É você sabe muito bem disso.

— Você continuaria me amando se eu dissesse que estou espero um filho seu ?. — engoliu em seco.

Jungkook abriu a boca sem acredita nas palavras ditas pelo seu namorado, este que estava ficando nervoso com a demora alheia. Contudo o outro começou a ditar.

— Não me diga que você... — sua falar fora morrendo.

— Sim, estou grávido de ti. — mordeu o lábio nervoso. 

Hoseok viu um sorriso grande nos lábios, mostrando os dentinhos que ele tanto amava no mais velho. Este que levantou Hoseok no ar enquanto sorria alegre.

— Eu vou ser papai ?! — olhou para o mais novo, após ter-lo parado de girar-lo no ar. 

— Sim, mas você está feliz ? — perguntou o óbvio, pois de longe qualquer um notaria isto no rosto do maior.

— Se eu estou feliz ? Eu estou mais do que feliz, bebê — ditou eufórico. — Meu bebê vai ter outro bebê — levou sua destra até a barriga do namorado que alguns meses ela ira crescer. 

— Eu não sei como meu pai vai reagir, eu nem terminei meu curso ainda — falou nervoso. 

— Não tenha medo, eu vou está lá ao seu lado. — olhou sério — Eu te prometi que ia está ao seu lado independente de qualquer coisa, bebê. Não, é ?.

— Sim, obrigado — selou os lábios do mais velho. — É agora ?.

— Vamos comemora! — sorriu de canto enquanto Hoseok tinha uma expressão de tédio no rosto.

— Não me diga que você quer transar nesse beco ? — cruzou os braços.

— Você me conhece tão bem. 

— Você só pensar em sexo, hein ? Por isso que estou grávido. — murmurou.

— Não vai dizer que não quer ? — olhou malicioso para menor que sentiu suas bochechas queimarem.

Hoseok não respondeu nada, então o mais velho cogitou isso como um sim. Segurou a cintura do menor e puxou contra seu corpo e colou seus lábios aos dele. Suas línguas dançavam em sincronia nas bocas alheias. 

Jungkook andou para frente obrigando que o outro desses passos para trás. E só, foi para quando Hoseok encostou suas costas na parede do beco. Ambos pararam de beijar quando a falta de ar se fez presente.

— S-se alguém nos ver ?. 

— Ninguém vai, bebê. — lambeu a bochecha direita — Vejo que você está com medo, então vamos ser rápido — sussurrou no ouvido do mais novo e mordeu aquele local.

— Esper-

Hoseok fora interrompido quando o mais velho virou seu corpo para trás e ficou atrás de si. O mais velho segurou a cintura de Hoseok puxando para si, fazendo-o ficar empinado para ele. O menor apoio suas destras sobre a parede enquanto sentia o membro cobre pelo tecido do seu namorado contra seu bumbum redondo.

O mais novo começou a movimentar seu bumbum sobre o membro alheio, visto que o mais velho estava duro para caralho. Jungkook apertou suas mãos na cintura alheio recebendo um gemidinho manhoso do namorado.

Jungkook não poderia demora mais ou os polícias que estava os perseguindo poderia voltar. Com seus pensamentos abaixou a calça do seu namorado juntamente com a boxer. É viu, como o outro estava necessitado dele, mesmo não quero admitir tal coisa. 

O maior não resistir e passou a língua lentamente sobre a entrada apertada de Hoseok, este que gemeu alto pela surpresa. 

— K-kook... Vá, logo com i-isso... 

— Que bebê mais apressadinho. — brincou antes de colocar três dígitos na própria boca.

Quando estes estavam úmidos o bastante para entra no interior de Hoseok que gemeu manhosamente quando sentiu um dígito do seu namorado entrando no seu buraquinho guloso. Jungkook não demorou para colocar o segundo, o maior tirou os dois dígitos para entra com tudo dentro do outro. 

O ritmo que entrara contra o buraquinho rosado do namorado era com rapidez e precisão. Abriu os dois dígitos em forma de tesoura no interior alheio, como o maior não queria demora muito. Pois também não estava aguentando mais ouviu seu bebê a gemer dengoso e queria está dentro do outro o mais rápido possível, mas não queria que o seu bebê sentisse dor. 

Colocou o terceiro dígito que fez Hoseok gemer um pouco alto. Jungkook aumentou o ritmo no cuzinho do seu namorado que gemia tonto dengosinho. 

Jungkook retirou os dígitos de dentro do outro que reclamou por isto. O maior deu um beijinho na nuca do menor, antes de baixar sua calça com a boxer junta. 

Seu falo estava pingado de pré-gozou, então desceu e subiu com a sua destra sobre seu falo duro para umider-lo, para assim ficar mais fácil de adentra no mais novo.

Este que começou a rebolar em sua direção e enquanto pedia para ser preenchido pelo mais velho que quase rosnou com a imagem diante dos seus olhos. Jungkook deu um tapão contra em uma das nádegas alheias. 

Jungkook entrou com cuidado dentro do outro, pois não queria mmachucar-lo. Então, esperou até que o outro começou a rebolar em falo dizendo que estava pronto.

Segurou a cintura já com marcas das suas mãos e tirou seu pau grosso de dentro do interior do seu namorado indo com tudo. Hoseok jogou sua cabeça para trás quando sentiu na primeira estocada Jungkook acertou seu ponto doce, o levando ao céu.

Jungkook metia fundo no buraquinho do seu namorado que gemia dengoso. O maior começou acelerar o ritmo das estocadas fazendo que suas bolos inchadas batesse contra o bumbum de Hoseok. 

Os barulhos dos corpos se colidindo eram espalhados pelo beco. Quem passasse por perto, escutaria os gemidos de Hoseok manhosos enquanto do seu namorado eram roucos e grossos.

O último citado segurou o pau esquecido do namorado e começou a subir e descer no mesmo ritmo das investidas. Hoseok era sensível demais aos toques do mais velho, visto que não demorou para desfazer na mão do mesmo. Este que estava chegado ao seu limite, mas ele dessa vez ele não queria gozar no buraquinho do namorado.

— B-bebê... Deixar eu gozar na sua boquinha — sussurrou roucou e soltou um gemido grosso, logo após.

Hoseok fez sim com a cabeça, visto que não tinha mais voz para ditar, também suas pernas estava doendo. O mesmo se agachou defronte para Jungkook que soltou um gemido baixinho com a imagem do seu namorado segurou seu pau grosso e grande na sua mãozinha pequenina, é ainda por cima ainda tinha a face de inocência.

Hoseok colocou o pau grosso dentro da sua boca, por quase se engasgou com o falo quando bateu na sua garganta. Seus lábios subia e descia no pau do namorado que segurou os seus fios ruivos enquanto jogara sua cabeça para trás. Jungkook amava demais quando seu namorado faria tal ato para si.

Como não ia demora para que gozasse na boquinha do namorado, então segurou os fios ruivos entre seus dígitos. E começou a foder a boca alheia, não se engane em pensara que Hoseok não gostasse disto. Ele amava quando seu namorado era bruto consigo, ainda mais quando fodia sua boca com vigor. 

Contudo não demorou para sentir um líquido quente na sua boca enquanto Jungkook gemia rouco com os olhos fechados, aproveitando seu orgasmo.

— Você é muito safado, sabia ? — Jungkook ajudou o namorado a levantar, após ter gozado na boca alheia. 

— Vai dizer que não gosta ? — levantou sua calça enquanto sorria maldoso para o mais novo que tinha levantando sua calça. 

— Idiota! — bateu o pezinho enquanto saía do beco enquanto reclama com o mais velho.

Este que negou com a cabeça enquanto sorria, nem acertaria que seria pai. Estava feliz, por mais que fosse novo para atar com tais resposabilidade. Contudo se fosse para tomar-se responsável para seu filinho, se tomaria.

Jungkook sorriu, quem diria que o temido Gângster tem um ponto fraco. Bom, agora eram dois pontos fracos. O mesmo saiu dos seus devaneios quando seu namorado gritou por si, dizendo que estava com fome.

Definitivamente, Jungkook estara feliz por Hoseok ter entrado na sua vida sem sentindo. Mesmo que quase tivesse o matado atropelado.


Notas Finais


Sorry, pelos erros.
Estou pensado em trazer uma fic de 2Seok com a fotinha dele, pqp! Homãooooo, viu!.

Bom, é isto.
Lᵒᵛᵉᵧₒᵤ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...