História Garota De Fases - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 4
Palavras 266
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Drabble, Drabs, Lírica, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sorvetinha apaixonada😆💙🍦

Boa leitura!!

[Explicação: notas finais]

Capítulo 8 - Eu não desisto.


É difícil entender

Que nada fará eu me render?

Nada me fará deixar de amá-la,

Porque eu peço para

Que ela esteja lá

Quando em casa eu chegar.


Eu só quero ela.

Seja como for, com ou sem "aquarela".

Eu só quero ser feliz,

Quem nunca quis?

Ninguém gosta de ser infeliz.


E disso eu não abro mão,

Eu não digo que não,

Eu apenas estendo minha mão

E dou a voz ao coração

Que esta muito bem guiado pela razão.


Eu não abaixo a cabeça,

Por mais que as vezes pareça princesa,

Não deixe que eu enlouqueça

Porque talvez eu esqueça

Do meu jeito sem fraqueza.


É disso que eu tiro minha força

Não importa como irei lutar,

Se irei, ou não, gritar.

Por ti, vale a pena amar

E o risco enfrentar.


E não me dou tempo para chorar,

Pois o amanhã logo chegará.

Nada vai me fazer parar,

De amar.

Algo que, dificilmente, pode se achar.


Independente se és como eu.

Olha quem foi lutar: Logo eu.

Uma pessoa que não cansa,

Que mesmo na dor, ela dança.


Gritando pro mundo,

Um sentimento nada mudo.

Pelo qual eu luto

Para que não permaneça no escuro.


Eu vou até o fim,

Não importa o que digam a mim.

Não quero me arrepender

De não ter você.

Se for um erro sem jeito,

Você será meu melhor "erro" (im)perfeito.


Abaixo do sol eu irei correr.

Não tenho medo de perder.

Toda essa bela viagem

Me faz ter coragem.


Como um pássaro enjaular

Se ele foi feito pra voar?

É como te calar.

Tirar seu direito de falar.

Não é isso que quero mostrar,

E sim que o certo é amar.


Eu vou fugir,

Vou rugir.

Vou cair.

Vou ruir.

Tudo para me reconstruir.


Ao seu lado.


Notas Finais


Quando eu escrevi essa poesia eu estava chorando. Sim, chorando, mas eu não estava triste e muito menos perdida. Eu estava decidida. E com essa poesia eu concretizei o meu sentimento e fiz, a mim mesma, um juramento.

Muitas coisas começaram a interferir o início do meu relacionamento com a minha atual namorada. Os país, as dificuldades homofóbicas, ex parceiros(as) e "pretendentes" de ambos os lados surgindo.

Mas, independente do que os país dela digam, do que os outros falem para nos atingir, dos nossos ex parceiros e do outros que possam tentar nos afastar... Eu não vou deixar de amar ela. Eu vou lutar por ela e não vou desistir independente das dificuldades.

Eu vou até onde ela me permitir. E faço o que for necessário por nós duas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...