História Garota Depressiva - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Depressão, Hentai, Imagine Jungkook, Namjin, Romance, Yoonmin
Visualizações 162
Palavras 1.286
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem
Boa leitura~

Capítulo 5 - Diário


Fanfic / Fanfiction Garota Depressiva - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 5 - Diário

A menina realmente nao fazia ideia sobre o que fazer naquele exato instante. Não sabia se ia embora com uma desculpa qualquer, tentando ao máximo fazer com que parecesse verdade, já que o amigo mais velho conhecia bem a amiga que tinha. Ou se ficava e aguentava cada momento torturante ao lado do garoto, que mesmo tendo ajudado a menor no dia anterior, ainda assim deixava a mesma muito tímida, e o melhor amigo contanto histórias suas para os novos amigos.

Ya An- Então, S/A? Fica!

S/N não queria, mas suas ações eram completamente contraditórias a seus pensamentos e vontades. Sem ao menos se dar conta, a menina já havia se sentado novamente em seu lugar, desviando o olhar para qualquer lugar, menos o olhar que mantinha-se sobre si do garoto em que tanto roubava seus pensamentos. Escutou as risadas baixas dos garotos a sua frente, que apenas olhavam como a garota ficava desconcertada com o olhar do mais velho em si, e em como Jeon a olhava, se perdendo em milhões e milhões de pensamentos e nem percebendo o quanto mantinha o olhar sobre a garota e pouco se importando se os outros vissem o olhar do mesmo.

Yan An- Mas então, Jungkook, o Jimin me contou que você conheceu a S/N ontem. Como, exatamente vocês se conheceram?? – Yan an sorrisa de forma descarada, pouco se importando se o Jeon perceberia alguma segunda intensão na pergunta.

JK- Ah.. Nada de mais! Eu apenas me enganei e ela me ajudou..

JM- Não foi isso que você me contou, Kook-ah! 

JK- Ya, Jiminnie-Hyung!

Yan An- Então estás a me enaganar, Senhor Jeon?

JK- N-Não... 

JM- Sim!

JK- Hyung! Eu vou embora se continuar assim! – e por um segundo, S/N quade pedira aos céus para que o menor de cabelos rosa continuasse com aquela brincadeira, para assim o maior ao seu lado ir embora. No entanto não foi isso que aconteceu. Escutou um suspiro e logo após a voz grave de Jungkook novamente. – Bem.. Eu cheguei aqui na escola e, como ainda sou novo estava a procura do meu armário, mas acabei confundindo o armário da S/N com o meu. Ela chegou na escola e eu pedi desculpas por estar tentando abrir o armário dela. E el-

S/N- E eu ajudei ele. Apenas isso. Ou você também quer saber como eu andei pela escola a cada segundo de ontem, Yan? Hm?! – S/N falava eufórica, com as sobrancelhas levantadas olhando para o amigo, que apenas riu e negou com a cabeça. – Bom, agora eu realmente preciso ir. Jimin nós podemos conversas mais depois?

JM- Claro! Eu adoraria!

S/N- Certo. Yan, eu tenho que ir porque tenho aula de música agora mesmo. Até mais tarde. – A menina já foi se levantando, no entanto foi parada ao sentir um par de mãos lhe segurando pelo pulso. – O quê foi garoto?!

Yan An- Como que se diz, S/N? E cadê meu beijo?

S/N- Aigoo! – a menina revirou os olhos e se aproximou do mais velho, ficando de joelhos no acendo da mesa e lhe dando um beijo intalado na bochecha direita dele. – Eu vou embora agora porque eu tenho aula de música. Até mais tarde, Yannie-Oppa!

Yan An- Agora sim. Até mais pequena!

S/N- Aaa vai tomar no cu, Yan An!

S/N por mais irritada que estivesse, pelo apelido o qual odiava por sempre lhe lembrar que possuia apenas 1.65 de altura, enquanto seu amigo tinha 1.77, ainda assim saiu dali rindo e dando um pequeno acento de cabeça para Jungkook, dizendo um simples e mudo tchau para o mesmo, que fazer o mesmo gesto, sussurando um tchau.

Assim que os três viram que a garota já não estava mais por ali, Yan An e Jimin cairam na risada mais debochada sobre o estado de tímidez do pequeno Jeon.

JM- Ha! Eu sabia que tinha coisa ai Jungkook! Queee isso em! Uma garota dessas vale em! Gentil, legal, fofa e LINDAAAAA!! Mas gente! Aaaai se eu fosse hétero, Jungkook! Tu já tinha perdido a menina a séculos!

JK- Que?! Ela não seria sua nem por cima do meu cadáver! Deixa só o Yoongi escutar isso, Jimin!

Yan An- Aaaaa ele está com ciúmes ele! Meninas e meninos, estamos mesmo presenciando o início de um amor!?!?

Jungkook apenas revirou os olhos e mostrou a língua para ambos rapazes em seu frente, que cairam na risada logo em seguida.

~•~•~•~

S/N tocava com calma cada nota, cada estrofe e refrão da simples canção, a qual estava escrevendo a algum tempo, mas que nunca terminara. Seus trabalhos na aula estavam esplêndidos, e sempre que tocava ouvia mais e mais elogios de seu professor Lee Woo e novo colega de aula Kim SeokJin. Sabia que tocava bem, mas nunca se sentira tão tímida a elogios quanto agora, já que os olhos do professor, que sempre brilhavam quando a menina tocava, e do colega qhe agora não tiravam mais os olhos de si, observando cada traço da menina e gesto ao tocar o violão.

A garota por mais nervosa que estivesse, repirou fundo e ignorou os olhares invejosos das garotas que participavam da aula e de garotos pervertidos que olhavam apenas para seu corpo. Continuou tocando com calma e tranquilidade. Ao terminar na metade da música, estrofe na qual havia parado de escrever, parou de tocar e olhou para cima, vendo os dois sorrindo de forma terna.

S/N- Então... O que o senhor achou, professor?

PF- O que eu achei?! Isso ta maravilhoso!! 

JN- S/N, você toca e canta muito!!

S/N- Não é para tanto gente. Mas obrigada!

JN- Não é para tanto?! S/N você ja escutou alguma vez o que está falando?! Você canta maravilhosa e lindamente! 

A menina corou e sorriu pequeno, muito envergonhada e sentindo suas costas queimando com os olhares sobre si. Assentiu e olhou para os lados, vendo assim na porta da sala o pequeno Jeon ali, observando tudo do batente da porta. Ao perceber que foi visto, desviou o olhar e saiu dali, voltando para a aula, a qual já até havia esquecido.

~•~•~•~

S/N ouvira o sinal tocando, e após, com muita dificuldade por sinal, conseguiu ficar o mais longe possível dos três novos amigos e saiu da sala sem ninguém atrás de si. Ou melhor, apenas um alguém atrás de si. Jungkook saia da sala correndo, procurando pela garota que havia ajudado no dia anterior. Precisava avisar sobre o trabalho que, do nada, o professor lhe avisou que faria com a menina, já que havia avisado na primeira aula para o menino, no entanto ele esqueceu de falar para S/N e então quando lembrou, ela já tinha saido da sala.

Ao vê-la perto do final do corredor, apressou o passo, até estar se aproximar mais e mais. No entanto, a garota não reparou nele, e saiu andando e dando meio volta, para assim ir para casa. Porém, quando a menina havia fechado o armário, deixara cair um caderno de couro preto, com um cadeado. Ah, aquele caderno. Jungkook se lembrava bem do dia anterior ter ficado curioso sobre o que escondia aquele caderno trancado. No entando, ao se aproximar o pegou e tentou chamar a atenção de S/N que já andava calmamente a metrôs de distância, com seus fones. 

Jungkook suspirou e olhou para o caderno em suas mãos. Era muito clichê pensar em pegar um clipe ou grampo para tentar abrir? Pensava o moreno, e querendo ou não, sim aquele pensamento era bem clichê. Porém, também surgia a dúvida que começava a lhe matar a cada instante.

Tentaria abrir o, provável diário da menina, e descobria tudo sobre aquela garota que tirava sua concentração e seus pensamentos em simples segundos? Ou apenas respeitaria a privacidade dela e no dia seguinte a entregaria? Ele não sabia. Mas congelou no mesmo instante em que escutou a voz da garota atrás de si.

S/N- O quê você está fazendo com o meu diário, Jungkook?!



Continua???


Notas Finais


Desculpem pelo cap pequeno.
Espero que tenham gostado
Até..
Bjss❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...