História Garota do cabelo curto preto; - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Tags Abuso, Amor, Dor, Garota, Morte, Paixão
Visualizações 8
Palavras 305
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drabs
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Essa garota não existe.

Capítulo 1 - E nós vamos morrer chapados demais para nos encontrarem.


Cabelo preto curto cortado, igual o seu pulso direito.
Olhos quebrados e um coração manchado; Lábios avermelhados borrados pelo batom.

Fugir com você é sempre um dom.
Um dom que é me dado tarde da noite, o meu verdadeiro deleite.
Me coloca em seu carro e me deixa dirigir, afinal estou aprendendo.
E você é ótima em ensinar, por que não grita, apenas abafa tudo que sente me dando este olhar torto.
Dois corações quebrados indo em direção ao sol,  tarde da noite aconchegados.
Você sabe que eu não te amo, apenas gosto do seu cheiro e dos seus lábios marcados.
Gosto do jeito que você os morde enquanto me deseja, enquanto me sento na cafeteria. 
Sei que esta noite o seu pescoço não voltará marcado, com beijos e beliscões.
Hoje iremos apenas para o lugar que eu quero ir, que eu iria com ela.
Ainda perguntou se as marcas em seu braço lhe causam aflição, e você vira seu rosto para a janela do carro.
Veias saltadas, sei que você não é uma drogada.
E quando chegamos, nós dois nos deitamos neste gramado.
Você diz que eu estou gamado, e eu nego enquanto você tira sua blusa.
Você diz que estou sendo cabeça dura, e então deita em meu peito do lado direito.
Olhamos as estrelas e prometemos que nunca mais vamos voltar.
Mas eu sempre volto, pra mesma cafeteria.
E a garota que eu amo está do outro lado dela, me olhando. 
Quando ela perceber que eu a amo.
Talvez ela venha trazer uma carta de reconciliação.
Enquanto isto eu finjo estar bem, do lado de sua Benz.
Rindo abobado, sonhando acordado.
E finalmente acordando em minha cama.
Zero mensagens, Zero confiança.
A garota que eu amo não tem marcas pelo pescoço, nem lábios rachados.
Nunca a vi de batom, muito menos borrado.

 


Notas Finais


Pesada.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...