História Garota Problema 4. Temporada - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Comedia, Hot
Visualizações 7
Palavras 1.010
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, LGBT, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 14 - Teste de DNA


P. O. V Manuelly

Hoje seria o dia que eu iria fazer o bendito teste de DNA com Juan, foi uma decisão muito importante ser feita antes que minha mãe fizesse algo, em falar nela até que estava tudo tranquilo demais para meu gosto, a casa nova ja estava ficando pronta como esperado e a segurança com Enzo esta reforçada, nenhum momento os amigos da Rebecca junto aos segurança desgruda do pequeno, vamos dizer que Enzo esta adorando, saio de meus pensamentos ao sentir as mãos da minha esposa nos ombros encarando o hospital, entramos juntas andando até o Juan e o Jason juntos cumprimentando com um abraço sorrindo fraco, ainda estava cedo e eu preferi assim pois daria tempo de eu volta a ativa na empresa. 

-Esta nervoso? *Pergunto olhando ele*

Juan-Bastante, mas..se não for irmã do JayJay você vai me deixar? 

-Nem que eu seja louca, eu irei te adotar como meu irmão *Digo sorrindo vendo acenar *

Laura-Manuelly e.. Juan me segue por favor *Ouço levantando *Preparados? 

-Sim ainda tem o resultado

Laura-Isso veremos quando ficar pronto vem 

Seguimos até a sala que nos levou sentando cada um na poltrona, estico meu braço vendo as enfermeiras começar o procedimento, sinto uma mão segura a minha livre onde percebi ser da becky, entrelacei os mesmos sentindo logo tirar meu sangue apertando os lábios, ao termina limpou o mesmo colocando um curativo em nossos braços me fazendo agradecer, levanto saindo com ele. 

Laura-Bom diante a atualização dos procedimentos para ver o resultado acho que no máximo 1 semana ou mais cedo fica pronto, quando ficar ligamos para você tudo bem? *Pergunta e aceno olhando o Jason*

Jason-Também acho melhor assim, preparar o psicológico, mesmo que esteja ansioso para confirma minhas suspeitas, diante do que disser o tal resultado não vou proibir ele de viver com uma irmã de coração 

-Fico feliz por isso Jason de verdade 

Rebecca-Ninguém tem tal atitudes que você está tendo pelo garoto, fico feliz principalmente por ele também com um pai igual a você que o adotou sem se importa com o que dizem *Diz apertando a mão dele*Obrigado Jason você está ajudando muito nós desde que chegou 

Jason-Não sou mafioso, mas tenho lá meus contatos, Manuelly merece o mundo e eu ficaria lisonjeado se meu filho ter uma garota como você de irmã e você Rebecca de cunhada além da melhor amiga que esta sendo, levando ele à tratamentos que bem eu queria esta acompanhando ao ver que não tenho tempo 

-Fica bem JayJay, come algo e descanse bem pode ser? *Pergunto vendo acenar logo me abraçando de surpresa *

Juan-JayJay gosta muito de você manu, prometo te proteger todos os dias e proteger meus sobrinhos,JayJay gosta dos sobrinhos e a Rebecca,eu sei que sou seu irmão eu sinto aqui *Diz colocando minha mão em seu peito*no meu tumtum 

-Tambem sinto no meu tumtum *Beijo sua testa abraçando ele novamente*Me liga qualquer coisa

Me afasto acenando vendo ir embora nos braços do Jason onde sorri conversando com o garoto, sinto minha esposa me abraçar andando até o nosso carro entrando no mesmo. 

Ela começa dirigir para casa apenas com o som ligado por ser 6:30 ainda suspirando, fecho meus olhos caindo no sono rápido no carro. 

Ao chegar em casa senti a Rebecca me pegar devagar no colo onde me aninhei nela ainda cansada deixando que me leva para cama me fazendo dormi de novo apagando de tudo envolta. 

Horas Depois

Rebecca-Hey Manys *Chama e ergo meu olhar*Amor.. você está bem? 

- Eu estou pensando aqui, amor e se nesse teste dar erro? Se ele for negativo e o Juan não for meu irmão? Se ele não confiar para conta como chegou à esse ponto psicológico, se eu não ser uma boa irmã? e se..

Rebecca-Se..e se *Repete rindo *Pare de pensa por esse lado, tem sinais suficientes que sim ele pode ser seu irmão mais novo que sofreu nas mãos de uma mulher manipuladora, pare de pensa nisso e come esse bolo para nós voltar atende pacientes

-Onde está Gabriela? *Pergunto comendo*

Gabriela-Estou aqui Mommy, estou pronta para o Colégio

-Jonny estará lá? 

Gabriela-Sim a mãe dele disse que esta melhor e aliás mama, fiz mais amizade eu contei né Vitória Veronica, Lúcia, Luanny e..e..

Rebecca-Sim pequena você contou, chame elas para brinca com você qualquer dia 

Gabriela-Até na cãsa Nova? 

Rebecca-Claro, eu gostei delas ok? Mande melhoras ao Jonny 

Ela logo acena correndo para pegar a mochila, Jonny meio que quebrou o braço onde a minha pequena ajudou o mesmo a pegar matérias que perdia, ela trouxe até as amiguinhas para conhecer as mães e o irmão dela, sem tirar a família toda ou sendo os amigos da Rebecca literalmente, saio de meus pensamentos pegando o Enzo ao ver correr quase caindo, dou um beijo nele sorrindo por saber que hoje sera o dia que a Rebecca e eu ficaremos no hospital fazendo com o que meu pequeno vá conosco, pego sua bolsa caminhando até o carro, coloco ele no bebê conforto ficando preso, vejo a Gabriela entrar colocando o cinto deixando um beijo no irmão sorridente. 

Entro no Banco do motorista vendo a Rebecca soltar um riso negando para logo entrar onde liguei o carro pisando fundo dirigindo, desvio alguns carros parando no sinal. 

Gabriela-Hoje eu vou ter educação fisica, vou fazer teste para o Futebol americano feminino e o Softbol *Diz olhando pela janela*Isso é demais

Rebecca-Uma pena que não tem queimada

Gabriela- Mas olha pelo bom mama, você também jogava futebol americano por diversão 

-Verdade amor 

Rebecca-Minha filha *Estica a mão fazendo ela bater*Então ganhe pelo Colégio sim? Honre bem

-Rebecca *Repreendo*

Dirigi até o Colégio entre as conversas sobre os testes, estaciono deixando um beijo nela, desejo sorte para ela e as meninas que ia participa, mando melhoras ao Jonny voltando dirigir, ouvia os resmungos do Enzo querendo conversa e adivinha? Pois é Rebecca começou um papo frenético com o bebê contando piadas fazendo ele rir mesmo sem entender, estaciono no hospital desligando tudo saindo, pego o Enzo entrando ao lado dela para logo começar o dia com nosso ajudante. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...