1. Spirit Fanfics >
  2. Garoto de boina - yeonbin >
  3. Motivo do meu sorriso

História Garoto de boina - yeonbin - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que vocês gostem

Capítulo 3 - Motivo do meu sorriso


Fanfic / Fanfiction Garoto de boina - yeonbin - Capítulo 3 - Motivo do meu sorriso

Yeonjun on 

Nesse exato momento eu estou me escondendo do Soobin, nós fomos avisados que daqui a dois minutos será lançado no site da empresa sobre nosso “namoro”, eu não faço a mínima ideia de como vou encarar o Soobin depois disso, eu sei que pra ele não é nada demais, só que meio que eu tenho uma queda de penhasco por ele, isso é tão ridículo, nem sei se ele é gay 

-Você devia perguntar – diz Taehyung aparecendo atrás de mim “por um acaso ele leu meus pensamentos”

-O quê?

-Devia perguntar, seja lá o que você está pensando invés de se esconder 

-Como você sabe?

-Porque sou seu irmão, não tenha medo, ele só é um gatinho assustado, não um monstro – ri com sua fala 

-Quem é o monstro? – diz Soobin atrás de mim me fazendo olhar assustado para o mesmo – Calma eu não mordo 

-Você devia, ele gosta – diz Tae saindo dali deixando eu e Soobin sozinhos 

-Você estava fugindo de mim? – ele se aproxima me olhando me fazendo corar mais se era possível 

-Claro que não, por que eu fugiria? – digo dando uma risada de nervosismo 

-Ok, se você diz – ele diz com um sorrisinho no rosto – A notícia do nosso namoro já foi postada, meu telefone não aguenta mais tantos pedidos de entrevistas 

-Vamos ser entrevistados ?! – é agora que todos descobrem essa farsa

-Sim, mais não se preocupe, você me conhece melhor do que ninguém, não terá problemas em responder as perguntas 

-Tudo bem, mais que horas serão as entrevistas 

-Daqui a meia hora, temos tempo ainda, quer tomar alguma coisa comigo? -  ele diz e eu concordo 

Depois de um bom café e uma conversa descontraída, vi que não tinha motivos pra eu ficar tão nervoso

-Finalmente achei vocês – diz Jimin tentando recuperar o folego – já vai começar as entrevistas

Com a fala do mesmo nós direcionamos até a sala que ocorreria tudo, quando Jimin abriu a porta só consegui ver fleches, eu ficaria no mesmo lugar se Soobin não me conduzisse até a mesa 

-Podemos começar com as perguntas – disse Jungkook dando a palavra a uma repórter 

-A quanto tempo vocês estão juntos? - olho pra Soobin e o mesmo me retribui com um sorriso 

-Estamos a um ano namorando, mais nos conhecemos a muito tempo – digo vendo outra mão se levantar tendo a palavra 

-Vocês estão apenas namorando mesmo? 

-Sim, não pretendemos nos casar como muitas fontes resolveram dizer – responde Soobin

-Então esses anéis, são apenas de namoro? Mesmo parecendo tão caros 

-São da nossa formatura, como nosso namoro não estava previsto para ser entregue a mídia, resolvemos não usar alianças, por que sabemos o que um sente pelo outro e isso já é o suficiente – diz Soobin “ será mesmo que sabíamos? ”

-Vocês são gays, bissexuais ou pan? Qual a sexualidade de vocês?

-Isso é um assunto pessoal, além de que você não sai perguntando qual a sexualidade de alguém em um relacionamento héteroafetivo – ele se ajeita na cadeira e responde por fim – Mais eu sou Gay

-E-eu sou gay também – digo vendo ele pegar em minha mão “ sutar em 1,2,3...”

-Sendo um casal homoafetivo como vocês teriam filhos

-Apesar de não pensarmos nisso talvez, por barriga de aluguel ou adoção, algo que atualmente é um problema na Coreia – digo vendo o mesmo se calar

 – filhos nem sempre precisam ser de sangue, principalmente se tiver amor e carinho de ambos os pais – complementa Soobin 

-Qual a cor favorita do senhor Yeonjun, você saberia nos dizer Soobin?

-Roxo e azul, porque apesar de parecerem frias trazem a melhor lembrança de seu pai – o olho surpreso “ nem eu sabia que ele ainda se lembrava”

- Que tal uma última pergunta para encerrarmos? – diz Jungkook 

-Em vez disso vocês poderiam se beijar? – diz um jornalista sorrindo, diria até pervertido 

-Claro – sou pego de surpresa com sua mão em minha cintura, logo vendo o mesmo falar em meu ouvido – relaxe 

Depois de sua fala ele se dirige aos meus lábios, logo que eles se tocam eu sinto um arrepio em minha espinha, nem irei julgar meu corpo, já que por muito tempo esperei por isso, eu sinto sua mão repousar em meu rosto aprofundando o beijo, era como se uma rede elétrica estivesse passando por aquele beijo, logo sinto sua língua adentrar minha boca, não demoro a juntar a minha a dele, era como se nossas línguas dançassem em perfeita harmonia, coloco minha mão em sua nuca procurando mais aquele prazer e ele deu um aperto em minha cintura, se eu pudesse escolher só uma palavra pra descrever aquele beijo calmo porem intenso seria perfeição, logo a falta de ar nós faz presente, então Soobin se afasta logo depois de me dar um selinho casto.

Escutamos Jimin limpar a garganta logo dizendo – acho que terminamos por aqui – depois dessa fala Soobin pega minha mão me tirando daquela sala

-Você está bem? – pergunta o mesmo 

-Sim, eu só não esperava a última parte – dei um riso fraco vendo ele fazer o mesmo 

-Mais você gostou? – eu o olho surpreso, não esperava isso do mesmo – digo porque eu gostei bastante – diz ele corando 

-Sim eu gostei – sorri corando também 

Acho que talvez eu não seja apenas um secretario irritante.

Será que o Soobin me vê da mesma forma que eu o vejo? Talvez eu signifique mais do que apenas um secretario ou talvez eu seja só isso, um irritante secretario.Mais enquanto eu não sei, eu irei aproveitar cada toque que ele me der 



Notas Finais


Desculpe qualquer erro, como será de agr pra frente depois desse beijo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...