1. Spirit Fanfics >
  2. Garoto de boina - yeonbin >
  3. Ela

História Garoto de boina - yeonbin - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


espero que gostem e deem sua opinião nos comentários

tem um leve lemon bem leve

Capítulo 7 - Ela


Fanfic / Fanfiction Garoto de boina - yeonbin - Capítulo 7 - Ela

Yeonjun on

Hoje está um caos na empresa por causa do desfile, a Lisa conseguiu criar modelos únicos, além de que com a cor escolhida por mim e Soobin realça totalmente as peças, elas exalam a empresa Jeon’s, falando no Soobin, depois que ele descobriu sobre meu pai ele vem usando boinas toda quarta-feira, eu achei bem fofo na verdade, e confesso que isso só me deixa mais apaixonado

-Vamos logo, você não consegue cuidar de simples roupas? – diz Lisa furiosa com sua assistente

-Deixa que eu ajudo – me voluntarie, vendo as mesmas agradecerem – onde que é para levar as peças?

-Essas peças são a grande sensação do desfile – ela diz baixo apenas pra mim e sua assistente Irene escutar – deixem na sala do Soobin, tenho certeza que ele não irá se incomodar  

Depois das dicas da Lisa de como deixar as roupas em um estado perfeito e uma ameaça básica, eu e Irene nos ponhamos a caminhar até o escritório de Soobin

-Vai binnie deixa – ouvimos uma voz feminina dentro da sala

-Acho que ele está ocupado – diz irene em sussurros

-DESCULPA ATRAPALHAR – digo adentrando a sala em alto e bom som, vendo de relance uma mulher quase jogada em cima de Soobin – Viemos a pedido da Lisa para deixar essas peças aqui enquanto o desfile não acontece

-Mais o desfile é daqui a 2 semanas, essas roupas não podem ficar aqui – continuei organizando as roupas da maneira que Lisa me dissera o ignorando vendo o mesmo dizer por fim – Ok deixe ai

-Deixe eu ver as roupas, estou tão ansiosa – ela diz se aproximando das peças

-Sai pra lá, ninguém ira tocar nessas peças – “Sua sebosa” completei em minha mente depois de afasta-la

-Oppa, eu quero ver as peças – ela se aproximou do Soobin fazendo um bico

-Yeji, respeite o trabalho da Lisa e de meus funcionários, não é não

-Oppaaaaaa – ela diz manhosa

-Sem mais discussões – ela assente parando de fazer manhã – Yeonjun eu sei que você terminou os relatórios, mais você tem a cópia do contrato com a Queen´s

-Já perdeu – ele assente sorrindo – te mandarei por e-mail seu idiota

-Quem você pensa que é para falar assim com ele? Ele é o seu chefe – “sou o namorado (falso) dele “ disse em minha mente totalmente irritado

-Meu namorado, e o jeito que ele se refere a mim não te diz respeito – responde Soobin me fazendo sorrir “amei o jeito que ele me chamou de namorado” 

-Mais oppa, ele não deve falar assim com você

-Ele é meu namorado, amigo, funcionário e confidente, ele pode me chamar do que ele quiser, por que ele é o meu garoto de boina – ele diz me olhando nos olhos, me fazendo sorrir – agora senhor Yeonjun e senhorita Irene, volte aos seus postos – assentimos saindo da sala

-Você não fica preocupado com aquela garota perto do seu namorado? – diz Irene assim que saímos da sala – digo isso porque ela é muito bonita

-Ele é gay, não importa o que ela faça – disse com confiança mesmo que meu interior era de puro nervosismo e várias perguntas sem respostas.

Depois da minha resposta Irene engatou em outro assunto, a menina era de falar e eu até que gostei, ela era super simpática, logo nos despedimos e eu me dirigi a minha mesa caçando a cópia do contrato

-Você – diz Yeji apontando para mim me interrompendo de minha caçada ao documento

-No que posso ajudar a senhorita? – digo sorrindo

-Você mudou o oppa, ele era apaixonado por mim, você o fez virar um gay – ri irônico, essa menina e a clássica menina mimada que teve tudo na mão, vejo até uma inocência da mesma, pelo menos não usou nomes pejorativos

-Mudei sim ele, mais eu não o transformei em gay, já que isso é ridículo, além de que por ele ser gay é IMPOSSIVEL ele ter se apaixonado ou ser apaixonado por você

-O que está acontecendo aqui? – diz Soobin aparecendo atrás da Yeji – aqui é um local de trabalho não de brigas ou discussões

-Me perdoe Chefe, isso não irá mais se repetir – disse abaixando minha cabeça na presença do mesmo

-Dicupa binnie – ela diz manhosa, me fazendo revirar os olhos

-Vá para casa Yeji, sua mãe deve estar preocupada – ela assentiu indo em direção do elevador – e você na minha sala – ele diz apontando para mim

Logo me levantando e seguindo o mesmo até sua sala

-O que foi aquela cena Yeonjun? Nunca vi um comportamento daquele vindo de você

-Peço perdão Senhor Choi, acabei por perder a paciência com a mesma

-Por que perdeu a paciência? –“ por que eu estava com ciúmes idiota “

-Ela poderia ter estragados as peças, além do jeito mimado dela e ela foi me confrontar sobre nosso namoro

-E isso é motivo Yeonjun? – ele riu nasal – Não queria perguntar isso, mais estava com ciúmes, senhor Yeonjun – ele diz se aproximando de mim

-Quer saber eu fiquei sim, ela se esfregou em você e olha para a minha surpresa você não a afastou – diz encarando o mesmo

-Você sabe que sou gay né? – ele diz rindo e puxando minha cintura – ela não me atrai nem um pouco, eu sou bem mais você – ele diz perto da minha orelha, logo chupando meu lóbulo

-E-Eu também prefiro você – ele ri descendo os beijos ao meu pescoço

-Ela é só uma amiga de família, não precisa ficar com ciúmes – diz ele tomando minha boca logo em seguida, era um beijo quente, mostrado o desejo que um tinha pelo outro, para mim sempre é uma coisa magica beijar Soobin, em beijos como esse eu apenas me imagino em seus braços gemendo como uma cadela e ficando de quatro para o mesmo, chamando o seu nome desesperadamente – vejo que ficou excitado – diz ele relando em meu membro me fazendo arfar 

-N-Não me toque assim

-Você não quer que eu te toque? Tudo bem eu paro – ele diz tentando afastar sua mão, mais por reflexo e necessidade eu não o permito

-Não, eu quero ...E-eu quero gozar, go-gozar com você me t-tocando – ele me puxa para um beijo, logo adentrando minha calça passando seu polegar na ponta do meu pênis me fazendo estremecer ao seu toque

-Você é tão sensível – ele ri me dando um beijo em meu pescoço, logo me virando para ficar de frente a sua mesa com ele logo atrás de mim, pressionando seu membro duro em minha entrada – olha como você me deixa – ele diz começando a mexer sua mão que estava em minhas calças em movimentos lentos

-Mais rápido Soobin – digo empinado minha bunda

-Como quiser – ele diz em meu ouvido aumentando a velocidade me fazendo gemer seu nome, não satisfeito, Soobin sobe sua mão livre sobre meu torço e começa a judiar de meus mamilos, eu estava tão entregue a sensação de prazer, ouvir a respiração quente de Soobin em minha nuca, imaginado ele indo fundo em mim, me fez gozar em sua mão – bom garoto – diz o mesmo lambendo sua mão com meu gozo

-Você foi muito cruel quando judiou de meus mamilos – disse manhoso

-Só queria o melhor orgasmo pra você – ele me diz dando um beijo calmo

Não vou dizer que Soobin estava apaixonado por mim, mais que eu estou por ele eu posso dizer com toda a certeza do mundo, eu quero Soobin como meu real namorado, e escutar da Yeji que estou mudando ele me deixou muito feliz, por saber que no fim de tudo ele me considera alguém importante o suficiente para mudar


Notas Finais


desculpa qualquer erro e também se o leve lemon não agradou vocês, qualquer coisa que gostou ou não me digam nos comentários, obrigada a todos vocês que leem minha fic


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...