História "Garoto irritante" (Imagine Taehyung) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, TWICE
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Mina, Rap Monster, Sana, Suga, V
Tags Drama, Revelaçoes, Romance, Surpresas
Visualizações 393
Palavras 2.393
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Um quase hot.


Anteriormente...... 
      - Você???
     ??? - sentiu Saudades amor?

Agora.              
 
   Eu não acredito que ele voltou, depois de tudo que ele fez pra mim. Quem era? Mark o meu pior pesadelo. 
    Só eu sei o mal que esse homem pode fazer, ele foi capas de assassina minha melhor amiga,  quando eu namorava com ele esse homem é doente, ele voltou depois de anos, aliás pq ele voltou?
   

mark - senti tanta saudade princesa. - disse passando a mão em minha bochecha na qual eu tirei

 - não encosta em mim mark, eu quero você longe de mim. - eu disse com muita raiva, apesar de está com medo do que ele possa fazer. 
     

Mark - o que você faz aqui, aqui é um lugar de luta, você é lutadora?

- não interessa o que eu faço aqui, só fique longe de mim. - logo taehyung sai da sala onde eu         estava minutos atrás. 

Tae - o que ainda faz aqui? Pensei que tava com os outros.  - disse olhando pra mim, sem perceber a presença de mark. 

- eu ja estava indo - quando eu ia sair, mark se apresentou para taehyung. 

Mark - Olá meu nome é mark, sou um amigo da s/n vi ela e a chamei.

 Tae - aah, Olá taehyung - deram um aperto de mão. 

- vamos logo embuste, a gente tem que ir - disse sussurrando no ouvido dele.

Tae - ta bom, Tchau mark foi um prazer conhecer você - ele deu um sorriso mínimo e fomos embora. 
                                                     
Vocês devem ta se perguntando o que mark fez pra mim, e pq terminamos né?
Bom, no começo mark era um fofo comigo, ele era carinhoso, brincalhão, cuidava muito bem de mim, pra mim ele era o namorado perfeito eu o amava de verdade,  assim como ele me amava.
 Mas até um certo dia, mark começou a ficar com ciumes dos meus amigos, ele se tornou um homem muito possessivo, ele não deixava eu sequer dar um abraço nos meus melhores amigos. Eu já não tava mas gostando das atitudes dele comigo, até que então eu resolvi terminar com ele, mas ele não aceitou e começou a me ameaça. Eu não tinha medo das ameaças dele pq eu realmente pensei que ele não fosse capaz de fazer o que ele fez. 
E é ai que minha melhor amiga entra na história, ele matou minha melhor amiga, ela era como uma irmã pra mim, eu a amava tanto só queria voltar no tempo e protege-la.
 E ele a matou na minha própria casa, quando cheguei da minha escola, vi ela lá no chão cheia de sangue por sua barriga e braços, na hora eu fiquei paralisada não sabia o que fazer, então comecei a chorar e corri na direção dela, e vi um bilhete com alguns pingo de sangue, e o li.
     Bilhete
" eu disse pra você que ia se arrepender de ter me deixado, eu disse que não ia deixar isso barato pra você agora você ta sem sua amiguinha de merda, e fique sabendo eu não vou desistir da gente.  Com amor: Mark.  

E foi ai que eu vi o quanto esse homem é doente.
 E foi isso que aconteceu, eu não mostrei o bilhete pra ninguém, pq não mostrei? Medo essa era a única coisa que eu tinha medo de ele fazer algo a mas, eu inventei uma mentira, disse que ela tinha se matado, no começo ninguém acreditou em mim, minha mãe sabia que eu estava acobertando alguém, e foi ai que eu contei pra ela mas eu pedi pra ela não conta pra ninguém. 
E foi isso que ela fez não contou a ninguém, nos duas somos as únicas que sabemos quem matou  ailee, e desde do dia da morte da minha amiga mark simplesmente sumiu e eu dei graças a Deus, pensei que ele tinha me esquecido.
 Mas agora ele voltou e eu fico muito preocupada, ele pode fazer mal a algum dos meus amigos.
     
Sai dos meus pensamentos quando sinto alguém me cutucar.

Yoongi - onde você tá? No mundo da lua? Você ficou a luta toda olhando pro nada, o que você tem? - yoongi disse preocupado. 

- não tenho nada só estava pensando, nossos pais vão voltar de viagem hoje né? - perguntei, nossos pais estavm viajando a trabalho faz duas semanas, eu preciso fala com minha mãe sobre o mark.

Yoongi - sim, pq?.

- por nada, só to com saudades.

 Yoongi - hum, olha lá seu embuste já vai lutar.- disse ele em deboche o que fez eu revira os olhos.     

- Yaa, cala a boca seu idiota, ele não é "meu" seu besta - disse brigando com ele e o mesmo fica rindo de mim.

Yoongi - sua cara foi a melhor, ai meu pai. - disse tentando para de rir, até que ele consegue. 

- taehyung vai lutar com quem?

Yoongi - o jimin disse que ia ser um tal de mark - quando ele disse isso eu arregalei meus olhos. 

- QUE????? - Disse quase gritando.

Yoongi -qual o problema, não pera mark é aquele seu ex? - disse arregalando seus olhos também. 

- s-sim é ele.

 Yoongi - vamos aqui, quero falar com você - ele disse me puxando para um lugar mas calmo, antes da luta começar. 
 

- Oque foi?

Yoongi - eu sei que foi ele quem matou a ailee, e não adianta mentir, você e mamãe são as únicas que sabem quem matou sua amiga e agora eu sei.

- c-como você descobriu?

Yoongi - ouvi você falando sobre  isso com a mamãe. 

- yoongi você tem que me promete, que não vai contar a ninguém por favor.
 

Yoongi - ele matou sua amiga, e você vai simplesmente fingir que ela mesma se matou?  - perguntou incrédulo.   

- yoongi ele esfaqueou minha melhor amiga, e se eu falar pra polícia que foi ele, ele vai saber que foi eu e vai dar um jeito de fazer algum mal pra mim ou então pra todos os meus amigos e familiares.

Yoongi - você precisa dizer que está sendo ameaçada por ele.

- yoongi você não entende el......- quando eu ia falar um homem veio chamar a gente pra ver a luta que já ia começar. 

A gente foi ver a luta e perguntei pra mina como funcionava essa luta.

 - mina essa luta, é uma luta normal ou uma luta diferente?

Mina - quem dera fosse uma luta normal, eles podem usar objetos também. - arregalei meus olhos, e se ele usar alguma coisa que possa machucar o taehyung? Meu Deus. 

A luta tinha começado eles não estavam usando nenhum objeto.....por enquanto não, tae tava ganhando mas mark ele tava com uma FACA.

- mina eles podem usar faca? - perguntei pra ela, quase que com os olhos pulando pra fora de tanto que arregalei eles.        

Mina - claro que não, ta loca?

 - então pq o mark ta com uma faca na mão? 

Mina - QUE???? EIII ELE TA COM UMA FACA NA MÃO ELE NÃO PODE USAR FACA NO MEIO DA LUTA - mina disse gritando chamado a atenção de todos. 
Quando viro pra ver eles dois não vejo mas o mark lá só vejo tae no chão cheio de sangue. 
Corri na direção dele e o mesmo tava desacordado logo peço pra alguém ligar pra ambulância. Logo a ambulância veio e levou tae e   todos nós fomos atrás. 

Ficamos algumas horas lá até que o médico vem falar com a gente.
 

Médico - o estado do paciente é muito grave, ele vai fazer uma serurgia e se a serurgia não corre bem.......- suspirou - ele pode morrer. - quando ele disse isso meu mundo caiu eu fiquei sem chão. O medo de essa serurgia não der certo era imensa. 

Yoongi - eu não acredito - Yoongi já estava se derramando em lágrimas, também o tae era o melhor amigo dele. 

Jungkook - calma cara, vai dar tudo certo é só pensa positivo.  - kook disse tentando conforta o Yoongi. 

Médico - acho melhor vocês irem pra casa descansar, a serurgia vai demorar apenas um de vocês pode ficar aqui.

 - eu fico aqui, vocês podem ir.

Yoongi - tem certeza? Você não ta cansada?

- yoongi eu to bem, pode ir eu vou ficar bem, você precisa descansar. 

Yoongi - tudo bem - deu um beijo na minha testa e foi embora com os outros. 

Pra passar o tempo fiquei mexendo no meu celular, depois de algumas horas o médico veio até mim e na hora eu levantei. 

Médico - a serurgia correu bem, ele está fora de perigo. - disse e eu respirei aliviada.    

- posso ver ele? - assentiu e eu fui até o quarto onde ele estava. E o vi dormindo, cheguei mas perto dele e o vi se mexer.

- não se mexa, você acabou de fazer uma serurgia seu idiota. - disse, e ele riu com um pouco de dificuldade. 

Tae - você é sempre tão doce comigo. - disse quase em um sussurro. 

- idiota, se sente melhor?

Tae -acho que sim, pq ele fez isso? Ele não era seu amigo? - disse me olhando e eu a baixei a cabeça. - quem é aquele cara s/n? Responda.

S/n - ele é.... meu ex namorado - suspirei. 

Tae - e pq você mentiu?

- eu não menti só não quis dizer a ninguém quem era ele, olha taehyung não quero falar sobre isso. Fique calado antes que você faça eu me arrepender de ter me oferecido pra ficar aqui.

Tae - então quer dizer que você quis fica aqui comigo? - ele disse com aqule sorriso que antes eu odiava.  

- cala a merda da sua boca seu embuste - ele começou a rir - ai taehyung você realmente é um garoto muito irritante. 

Tae - e é desse garoto irritante que você gosta. 

- eu nunca disse que gostava de você, aah quer saber fica aqui que eu vou pra outro lugar você é muito chato.  - disse e sai do quarto e fui pra uma lanchonete que ficava na frente do hospital. 

S/n ~off~

Taehyung ~on~

Quando ela saiu do quarto eu comecei a rir, quando eu ria sentia umas dores na minha barriga. Eu gosto muito da s/n eu amo ver essa garota irritada principalmente comigo ela fica tão fofa e linda, eu gosto dela já faz um tempo.

Depois de algum tempo pensando vejo ela entrar na sala mexendo no celular, ela tava tão concentrada no celular que eu fiquei curioso. 

 - o que você tanto ver nesse celular? Vídeos "educativos" - quando disse isso ela me olhou com um olha de psicopata que até fiquei com medo. 

S/n - quem ver essas coisas é o nam não eu meu filho - ela disse e sentou em uma cadeira do lado da cama onde eu estava

- vai me dizer que você nunca viu? 

S/n - claro que não, então se sente melhor?

- é as dores passaram um pouco, mas eu não entendo pq ele fez isso a gente podia usar objetos no meio da luta, mas nada relacionado a facas, estiletes etc.

S/n - vocês são loucos de usar objetos no meion de uma luta? Querem morre? 

- o importante é que eu to bem.

S/n - sim verdade. - ela disse passando as mãos no meu cabelo.

- s/n? - a chamei e ouvir ela susurrar "hum" - me beija? - quando disse isso a mesma olhou pra mim um pouco corada. 

S/n - Que? E-eu não ouvi - ela disse meio atrapalhada e eu ri - ta rindo do que?

- de você, vem cá - a puxei pra mas perto do meu rosto e colei nossos lábios, em um beijo calmo o beijo dela era um beijo que eu nunca tinha experimentado antes, o beijo dela era um beijo viciante, era tão bom, não queria larga ela nunca mas era tão bom o jeito que nossas línguas lutavam por espaço, até que a maldita falta de ar fez a gente se separar.

A olhei e a mesma tava corada rir e acaricie sua bochecha fazendo a mesma fechar os olhos aproveitando meu carinho. 

- você é tão linda - disse, e ele deu um sorriso fofo.

S/n - acho melhor a gente dormir já está tarde - ela disse se levantando.

- aaaah, tava tão bom aqui - eu disse fazendo uma voz manhosa. 

S/n - você precisa dormir tae você acabou de sair de uma serurgia.

- ta ta, onde você vai dormir - disse, e ela apontou pro sofá cama ao meu lado. 

S/n - agora dorme logo embuste. - essa menina sabe como me deixa louco. 

*Duas semanas depois*

Já se passaram duas semanas e eu já to melhor, meus amigos sempre vinham me ver a s/n ficou esse tempo todo aqui comigo, e hoje recebi alta tava esperando a s/n que foi até minha casa pra pegar uma roupa pra mim.

Se passou um tempo e ela veio com as roupas. 

S/n - ta aqui se troca, vou esperar você lá fora.- quando ela virou de costas pra sair segurei sua cintura e colei meu peito nu em sua costa.- t-tae o-oque você ta fazendo? 

- shhh, você ta vendo como você me deixa s/n? - disse esfregando meu membro na bunda dela fazendo a mesma arfar. 

S/n - tae a gente precisa ir logo - disse quase em um sussurro. 

- a gente pode ir depois, vamos ficar aqui um pouco - disse surrando no ouvido dela com uma voz rouca. 

Ela não disse nada, virei ela pra mim e ataquei seu lábios em um beijo, cheio de prazer e luxúria.

Joguei ela contra a parede e desci os beijos para seu pescoço, dando Beijos, chupoes e mordidas. A mesma arfava com meus toques. Voltei a beija- la peguei ela no colo fazendo a mesma entrelaça suas pernas na minha cintura, levei ela até a cama que tinha lá e joguei ela com certa brutalidade, fiquei por cima dela e comecei a levantar sua blusa quando tirei a blusa dei um aperto no seu seio esquerdo ainda coberto pelo sutiã, quando eu ia tira o sutiã dela alguém bate na porta. 

??? - tae, s/n, vocês estão ai?

Continua.....

 
       


Notas Finais


Um safadinhas acharam que ia ter hot né? Ainda não kkkkkkk espero que gostem desse capítulo e me desculpem pelos erros. Bjsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...