História Garoto mistério - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Crossover, Novela, Romence, Yaoi
Visualizações 52
Palavras 1.021
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa Leitura <3

Capítulo 30 - Achei o meu baby



Pov's Shawn 
 
Se passaram uma semana desde que James tinha desaparecido . E estou arrasado , não sei o que pensar , o que fazer , nada . Nem indo trabalhar estou mais . Os meninos que estão me dando força , estão me trazendo comida , pois não quero sair do quarto . O caso de Andrew não está diferente , só que é meu pai em que leva comida pra ele , pois o mesmo se enfornou no quarto igual a mim . 
Bastante gente veio prestar solidariedade pra gente , até Scott e Jasmine . Eu achei eles meio estranhos , não sei explicar . Ela ainda estava mais nervosa  , estava com medo de alguma coisa . Me sinto na obrigação de investigar . Outro dia quando Scott veio aqui e o carro dele estava com os pneus sujo de lama , eu até perguntei pra ele , e ele ficou todo embolado na resposta . Eu suspeitei disso mas eu não botei fé . Mas agora eu vou tirar a limpo essa história . Porque até onde eu sei Scott odeia a vida no campo
Eu sei que Scott mudou , pediu perdão pra mim e tal , mas eu me lembro perfeitamente aquele dia no parque , quando ele me ameaçou , falou que ia tomar tudo o que era meu . Eu posso tá maluco mas em relação a James eu estou desconfiando de tudo , algo me diz que Scott tem o dedo em toda essa história . E eu preciso descobrir sobre isso 

Pov's  James


Se passaram alguns dias , não sei quantos pra ser exato  e eu estou morrendo de saudades de Shawn e de todos . 
Eu tinha planejado em tentar enganar Scott , fingindo em corresponder os sentimentos dele mas Karen me fez desistir , pois seria o mesmo que trair a Shawn e sem contar que Scott ficaria furioso se descobrisse e do jeito que ele é louco poderia matar Karen e eu .
O melhor disso tudo é que ele não tentou mais nada comigo , graças a deus . Estou sentado em uma das camas pensando junto a Karen uma maneira de fugirmos daqui . Ambos estavamos algemados dessa vez  .
        - Eu não aguento mais ficar aqui . - falo com raiva 
        - Eu também não aguento mais . - falou desanimada . 
        - E se a gente quebrar uma dessas estantes e pegar uns pedaços de pau , dai na hora que Scott aparecer a gente desce o cassete nele . - dei a ideia .
        - Violência não James . - falou Karen  rindo do que eu disse .
        - Eu também acho que violência não resolve nada . Mas pensa , a gente bate nele até ele desmaiar , pega as chaves do carro e foge daqui . Eu não vejo outra saida . - falei .
        - Mas e se tiver seguranças lá fora , e se ele acabar morrendo com as pancadas . - disse ela . 
        - Pensando por esse lado é bem arriscado , mas temos que tentar alguma coisa, se não nunca sairemos daqui . - falei frustrado . 
Desse jeito nunca vamos sair daqui .Pensei comigo .

Pov's Shawn 


Decidi seguir Scott pra ver onde ele ia pois me deixou intrigado . Eu vou seguir ele sem dar na telha , qualquer coisa eu mando o endereço pro pessoal . Droga pode ser coisa da minha cabeça também . 
        - PORRA . - dei um soco no volante do carro . Eu estou em conflito comigo mesmo , seguir ou não seguir . 
        - Foda-se . Eu vou ir mesmo assim . - falei decidido e liguei o carro indo em direção a mansão de Scott .
Fiquei esperando uns vinte minutos até que ele saiu e entrou em seu carro . No mesmo momento eu liguei o carro e o segui mantendo descrição . Logo o carro começou a entrar em uma rua de terra , e começou a se aproximar de uma espécie de fazenda , alguma coisa assim , seu carro parou no terreno da casa e ele entrou . Decidi esconder o meu carro e ir a pé até lá . 
Entrei no terreno e começei a vasculhar o local , aparentemente era uma fazenda abandonada , pois estava tudo descuidado . Vi Scott saindo da casa e pra falar ao telefone .
        - Sim pai eu amarrei a Karen . - disse ele ao telefone . 
Porra o que ele fez com a minha mãe , se ele machucou ela eu vou matar esse desgraçado , apesar de tudo eu amo minha mãe .  Ele continuou falando mais alguma coisa e entrou no carro saindo . 
Eu aproveitei a chance entrei na casa , na sala tinha alguns moveis e algumas coisas , resolvi checar o andar de cima e todos os comôdos estavam vazios . Droga.
        - Deve ter porão . - falei . 
Caminhei e procurei pelo porão e achei uma porta . Bom deve ser aqui . Parece que a sorte está do meu lado pois a porta só está com a trinca escostada do lado de fora . Abri e entrei . Meu coração parou pelo o que eu vi . 
        - JAMES . - gritei e corri em sua direção e o abraçei . 
        - Meu deus isso é um sonho . - ele falou chorando tentando retribuir o abraço mas não dava pois o mesmo estava algemado .
        - Não isso não é um sonho . - falei o apertando . 
       - Mãe . - corri e a abraçei também . Ela também estava chorando . 
       - Amor tira a gente daqui . - me pediu James . Eu não sabia o que fazer , pois não tinha nada pra mim usar pra quebrar as algemas . 
Eu pensei em pedir ajuda , peguei meu celular e mandei o endereço da fazenda pra todo mundo . Eu ainda vou acabar com Scott , aquele maldito.
Droga o que eu faço pra tirar eles daqui ....
 


Notas Finais


aiiiiiiiiii meu povo a fic tá chegando ao fim

bjs <3 <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...