1. Spirit Fanfics >
  2. Garoto problema-Jikook >
  3. Capítulo 22

História Garoto problema-Jikook - Capítulo 23


Escrita por:


Notas do Autor


Opaa
Voltei mais cedo do que esperava KKKKK
Bom
Boa leitura e a partir de agora é só paz e boiolice até certo ponto muahahaha
Boa leituraaa💜

Capítulo 23 - Capítulo 22



-Jimin?-Yoongi o chamou manso,se lembrando de uma das conversas que teve com o Jungkook,onde o Lúpus revelou a insegurança do ômega.-Você está bem?O que foi isso em sua mão?


-Namjoo-ssi,pode me dar uma carona?-Jimin pediu desligando seu celular,o guardando em seu bolso,com o tom de voz mais desanimado.

-Claro,vamos!Jack,tranque ela na ala 18,e não deixe ninguém se aproximar de lá,a não ser que esse alguém seja o próprio Jimin.-O Alfa disse firme,e Jackson assentiu.-Vamos?

Jimin abraçou o Alfa e Namjoon se permitiu passar o braço sobre os ombros do menor,o levando para fora dali.

E pela primeira vez desde quando Jimin entrou para a Black Mouse,viram o Ômega abaixar a cabeça.

O caminho até a mansão dos Jeon's foi completamente silenciosa. Jimin não tirava os olhos da janela e Namjoon cantarolava uma música qualquer enquanto batucava seus dedos no volante. O Alfa estacionou o carro em frente a mansão enorme e liberou um pequeno sorriso,que expôs as covinhas que Jimin tanto achavam fofas.

-Você é muito forte,Ômega.-Elogiou soltando o sinto do loiro.-Uma pessoa que adoraria te conhecer,é o meu Ômega.

-Você tem um Ômega?-Perguntou com um pequeno sorriso.-Qual o nome dele?

-Seokjin,mas pode chamá-lo de Jin!Qualquer dia eu apareço aqui com ele,tudo bem?-Disse tentando animar o menor,que apenas assentiu.

-Obrigado Joon,nos vemos por aí!-Jimin deixou um selar na bochecha do Alfa e saiu do carro,vestiu o capuz de seu moletom e acenou para o carro,até que este sumiu de sua vista.

Jimin não queria entrar em casa,pois não sabia o que dizer para o seu Alfa.

Pela primeira vez,entre todas as brigas,Jimin não sabia o que dizer.

Entrou em casa após um tempo e comprimentou Sohye com um simples movimento de cabeça,podendo sentir o a presença do Alfa ali.

-Ele chegou faz uma meia hora,e está doido atrás de você!-Sohye revelou em um sussurro,Jimin assentiu e subiu as escadas com um desânimo visível.

Park entrou no quarto vendo o Alfa sentado na cama com o celular em mãos,e o ignorou completamente seguindo para o canto do quarto,onde seu short estava jogado,retirou sua calça vestindo o short rapidamente e logo foi até o interruptor apagando a luz.

Jungkook estava com seu coração acelerado,e estava travado.

Sentia o aroma do menor tomando conta do quarto,queria o abraçar,queria dormir acariciando sua barriga,queria encher-lhe de beijinhos e doeu ver que ele não podia fazer aquilo agora.

-Minnie...

-Agora não,amanhã conversamos.-O loiro disse sem encarar o Alfa,puxando o cobertor,enfiando-se debaixo deste. Jimin alcançou o abajur ao seu lado e o desligou também,deitando sobre seu travesseiro. Fechou seus olhos fortemente estando de costas para o Jeon,queria que acordasse e descobrisse que nada daquilo foi real.

Foram muitas emoções durante o dia.

Ele riu,chorou de rir,ficou bravo com as mordidas de Taemin,mas logo foi consolado por mais comida,estava ansioso para que Jungkook voltasse logo para apresentar seu Alfa formalmente para seus amigos.
Seu dia foi perfeito.
Mas no fim,tinha que dar algo de errado!

Sentiu o braço forte envolvendo sua cintura e deixou a primeira lagrima sair ao que Jungkook enfiou o nariz em seu pescoço para inalar seu cheiro.

-O que foi meu amor?-Perguntou calmo. Jimin se virou devagar para o Alfa e se assustou ao perceber que Jungkook estava deitado de lado,apoiado somente em um braço e tão próximo de si. Jungkook deslizou seu polegar devagar pela bochecha do menor para limpar a lágrima fujona e deu um selar no lugar.-O que aconteceu?

-V-Você sabia da Hyuna?-Perguntou,temendo a resposta.

-O que?Que ela estaria na minha sala?Sim.-Respondeu confuso ao ver a feição do menor se tornar ainda mais tristonha,Jimin passeou seus olhos pelos detalhes do rosto de seu Alfa e respirou fundo para se acalmar ao sentir o pé de sua barriga começar a doer levemente.-Minnie,não é o que está pensando,só íamos resolver algumas coisas sobre algumas pessoas que eu mandaria para ela,então eu avisei á Hoseok,para ele deixar ela me esperar em minha sala,porque depois do que aconteceu,ninguém mais da Black Mouse gosta da Hyuna,e era bem capaz de eu chegar lá e ela estar toda machucada ou pior.-Riu nasalmente.

Jimin franziu o senho tombando sua cabeça levemente para o lado e dobrou seu joelho direito,levando uma de suas mãos para acariciar o rosto do Alfa.

-Então você não sabia...-Suspirou aliviado abraçando o corpo moreno com força.-Não me assuste assim,Jun!

-O que foi?-Perguntou rindo.

-Hoseok me tratou de um jeito muito rude pelas mensagens que eu mandei pra ele,sabe?Eu estava preocupado porque você não tinha chegado ainda,então,depois que ele me tratou dessa forma eu percebi que tinha acontecido alguma coisa sim e fui lá te procurar. Mas encontrei com a Hyuna te esperando,nua.-Jimin foi abaixando sua voz conforme via Jungkook ficando cada vez mais espantado.-Eu tentei avançar nela,mas Namjoon não deixou.

-Ainda bem que não deixou!Se você se machuca eu virava aquele lugar de ponta cabeça!-Beijou a bochecha do ômega.-Não fique assim,você sabe que eu nunca faria isso,né?

Silêncio.

Jungkook riu soprado e se afastou do ômega,se preparando para sair da cama. Jimin puxou o Alfa pela mão o impedindo de sair e engatinhou pela cama até se sentar sobre as coxas do namorado.

-Ah,você sabe que eu sou paranóico!E depois de você ter me evitado,Hoseok me tratado daquela maneira,você sumiu,eles não respondiam minhas mensagens,quando eu cheguei lá todos estavam assustados quando me viram e não queriam me deixar entrar na sua sala!Tudo parecia ter sido planejado pra vocês ficarem juntos!-Disse abraçando o pescoço do Alfa com um pequeno sorriso.-Me desculpa,eu vou confiar mais em você!O problema não é nem você,o problema sou eu,porque eu não consigo confiar em mim mesmo,entende?-Soltou o abraço alisando o rosto do Alfa.-Eu te amo muito,sinto muito por pensar dessa forma,mas é que eu me sinto facilmente substituível.

Jungkook suspirou e liberou um pequeno sorriso.

-Quantas vezes eu vou ter que dizer que nada nem ninguém nunca vai conseguir te substituir?-Jungkook deu um selar no canto dos lábios do ômega e arrastou seus lábios pela pele até deixar outro selar na bochecha gordinha.-Me diz,quantas vezes um Lúpus se apaixona,Uh?

-A-Apenas uma vez na vida.-Jimin sorriu deslizando sua palma pelo rosto de Jungkook.

-Então,meu amor!Você é a minha paixãozinha suprema.

Jimin sorriu tão grande que sentia que seu rosto podia rasgar,mas foi morrendo aos poucos ao ver Jungkook pegar sua mão enfaixada.

-O que aconteceu?-Perguntou voltando seus olhos preocupados para o rosto de seu ômega.

-B-Bom...-O loito queria sim mentir e usar a mesma desculpa que usou com Woozi,mas não conseguiu.-Ah,eu achei a gilette que eu usava para me proteger dos Alfas que frequentavam a 100se. E acabei me machucando sem querer.-Explicou e riu do olhar desconfiado de seu Alfa.-Eu juro que foi sem querer,eu nem tinha reparado que tinha cortado,só depois que eu guardei eu senti uma ardência na minha mão.-Deixou um longo selar nos lábios de seu Alfa.-Woozie cuidou de mim.

-Sério?-Jeon perguntou deitando seu ômega devagar na cama,logo subindo em cima do loirinho sem depositar seu peso para não o machucar.-Que feio,deixando outros Alfas te tocar sem a minha permissão...

-Não vem não!-Riu alto dando um leve tapa no ombro de Jungkook.-Eu só abraço os íntimos tipo o Woozie,Namjoon,Hoseok,Yoongi e Taemin. As vezes deixo o Jackson também,mas isso não vem ao caso.-Riu ao sentir seu Alfa cheirando seu pescoço novamente.-O que foi?

-O cheiro daquela praga está aqui! E não pense que eu não vi as marcas de mordida em suas bochechas!Mesmo que estejam fofas,eu não gostei. Só eu posso te morder!-Reclamou em um tom dengoso,que fez Jimin se derreter todo,liberando uma baixa gargalhada abafada.

-Mas me diz uma coisa.-Jimin ignorou a carranca do Alfa ao ver que ele havia o ignorado,e continuou.-Onde você estava?

-Lion estava roubando informações minhas através de um dos meus empregados,e meu empregado passava essas informações para outra pessoa,que passava para outra e chegava nele,então ele vendia essas informações e ganhava dinheiro,o suficiente para pagar toda a galera que fazia parte desse esquema e ainda sobrava um dinheiro extra para ele.-Jungkook beijou o pescoço do ômega e levantou seu rosto,dando-lhe um beijinho de esquimó.-Estamos agora dando informações falsas pra ele,assim ele vai se enforcar com a própria corda.

-Uau,as vezes eu tenho medo de você.-Jimin revelou gargalhando alto ao sentir os dedos do Alfa fazendo cócegas em sua cintura.-Ai,para!Ai!

Jungkook parou na hora,encarando o Ômega com certa preocupação. Jimin apoiou sua mão em sua barriga e apertou os olhos com força,gemendo baixo pela dor que só aumentava.

-Você se esforçou muito hoje pequeno!Tenho certeza que ficou pra cima e para baixo nessa escada,sem contar o excesso de doces,tenho certeza que você também ficou correndo de um lado para o outro,e pra piorar foi andando sozinho daqui até o Galpão.-Jeon falava tudo rápido,um tanto desesperado. Se levantou na cama e correu para o banheiro,logo voltando um uma caixa de remédios.-Isso sem contar todo o stress que você passou hoje!Calma,calma...para dor!Dor,isso...Dor,dor...

-J-Jungkook!-Jimin o chamou,alcançando a mão do Alfa,o puxando para perto.-Não precisa de remédio,só fica aqui comigo até passar!

Jungkook torceu o nariz,insatisfeito,porque queria sim que o ômega tomasse algum remédio por precaução,mas cedeu ao beicinho que o menor fez. Colocou a caixa em cima do criado mudo e ajeitou o menor no colchão,apagou a luz do seu abajur e se deitou ao lado do loiro.

Jimin assistiu com um sorriso bobo o Alfa beijar sua barriga para então o cobrir,logo o abraçando. A respiração calma do Alfa batia contra seu pescoço e podia sentir os dedos grandes deslizando por sua barriga devagar,as pernas entrelaçadas o fazia sentir-se seguro.

Aos poucos a dor pareceu não ter nunca existido e o sono foi tomando conta da consciência do ômega.

Antes de dormir,nos seus últimos segundos de lucidez,sentiu um selar molhado e gostoso em seu pescoço.

"Eu te amo,meu doce ômega"

Estava bem novamente,e era só isso o que importava.

A partir dali só teria pensamentos positivos,nada os separaria,e Jimin daria seu melhor para fazer seu bebê ser a criança mais feliz e mimado já vista.



Notas Finais


Espero que tenham gostado ♡
Beijo no cocorô
Até o próximo ~3~
(Ignorem os erros e não odeiem nenhum personagem,plis)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...