História Garotos Insanos - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Cristiano Ronaldo, Fifth Harmony, Francisco "Isco" Suárez, Gerard Piqué, Karim Benzema, Lionel Messi, Maggie Lindemann, Marco Asensio, Selena Gomez, Sergio Ramos, Toni Kroos
Personagens Cristiano Ronaldo, Francisco Román Alarcón Suárez, Gerard Piqué, James Rodríguez, Karim Benzema, Lauren Jauregui, Lionel Messi, Maggie Lindemann, Marco Asensio, Personagens Originais, Selena Gomez, Sergio Ramos, Toni Kroos
Tags Amor, Cressi, Cristiano Ronaldo, Gerard Pique, Hentai, Horror, Lionel Messi, Mensagens, Ódio, Revelaçoes, Romance, Selena Gomez, Sergio Ramos, Stalker, Terror, Toni Kroos, Vingança, Yaoi
Visualizações 162
Palavras 1.098
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooi!

Estou muito animado com o final desse ciclo e feliz com os resultados da história, estou amando tudo isso. 💗

Boa leitura! 📖

Capítulo 30 - Como uma praga egípcia.


Fanfic / Fanfiction Garotos Insanos - Capítulo 30 - Como uma praga egípcia.

I S C O


— Você está agindo feito um bebê, Borja. — Entre risos, passo uma toalha de papel para o meu novo ficante, que na verdade já conheço a um bom tempo. O mesmo deixou acidentalmente um pouco de molho de sanduiche no canto dos lábios. 


Todos ao redor parecem não prestar atenção em nós, o que de fato é algo maravilhoso. Definitivamente não quero as pessoas falando sobre a gente pelas nossas costas. 


— Obrigado pela parte que toca. — Ele diz também em risos. — Sabe aquela maluca da sua amiga? 


— Lauren? 


— A própria. Ela está de volta as aulas, ficou sabendo? 


— Não — digo, sentindo algo incômodo em meu estomago. — Não tenho falado muito com ela nos últimos tempos. 


— Ah! Somos oficialmente parceiros em Biologia até o fim do período. 


— Hum, legal — concordo sem empolgação. Não é exatamente sobre a Lauren que gostaria de conversar agora. 


— Eu perguntei algo a ela — ele fala casualmente enquanto fito minha salada verde. 


— O quê? 


— Perguntei a ela se ainda tinha a tal mensagem que o tal fantasma a enviou. 


Ele pronuncia o “tal fantasma” como se fosse alguma coisa muito absurda. Veemente, franzo meu nariz. Por que ele faria uma pergunta dessas a Lauren? 


— O que ela disse? 


— Hum, foi estranho, tipo… ela pareceu meio que empalidecer e até gaguejou enquanto respondia que havia apagado a mensagem por motivos de segurança. Disse ainda que fora por instruções da polícia, mas ouvi Daniel Carvajal dizer a Luca Modric que ela havia retirado a denuncia, então meio que fiquei desconfiado. 


— Ela retirou a denúncia?


Um nó parece formar-se em minha garganta e uma sensação de insegurança acerta-me em cheio. 


— Parece que sim. Não é estranho? 


— Sem dúvidas. 


— E ainda, não acha estranho que apenas a Lauren, e somente ela tenha recebido uma mensagem além de você e seus amigos. 


— Eles não são meus amigos, okay? — Tento deixar claro. 


— Sim, mas não é suspeito? 


— O que você quer dizer afinal? 


Ele respira pesado antes de responder, exatamente como se pretendesse me poupar de algo. 


— Bem, talvez Lauren seja uma sra. Fantasma, não um sr. Fantasma como se refere. 


— Isso é ridículo! 


Ele encolhe os ombros em seu acento, provavelmente diminuído pelo meu tom agressivo de voz. Não posso permitir que alguém desconfie de Lauren, ela simplesmente não poderia ser ele, jamais. Lauren não é tão sádica, ardilosa ou maldosa. Na verdade ela é uma qualquer, que sem mim não seria nada. E além do mais, ela não teria a audácia de se voltar contra mim. 






— Bem, só é suspeito. 


— Você também era um dos meus até pouco tempo. 


— Isco, eu não teria motivos para fazer algo do tipo com você. Eu te amo. 


Arregalo meus olhos para ele como quem quer dizer “aqui não”.


— Você me entende, né?! — Insiste. — Também me ama. 


Engasgo com a salada e tomo rapidamente do suco natural de melancia para dispersar. Porque bom, ainda não pensei na possibilidade de estar amando Borja, tudo está acontecendo muito repentinamente e ainda não dei minha sentença definitiva do meu envolvimento com Toni Kroos. Fora, é claro, a verdade sobre meu caso com o meu irmão postiço, que até de longe parece excessivamente errado. Enquanto nada está decidido, permito-me acreditar que tudo é uma aventura inesperada como em O Hobbit, o primeiro filme que assisti com Toni como namorado. Estive na recusa, mas bem no fim acabei cedendo. E temo em como tudo isso irá acabar. 


— Bom, eu gosto muito de você, mas você sabe, ainda tem o Kroos. 


Uma expressão de desapontamento surge em seu rosto, permaneço inseguro. 


— Já ouviu a expressão mais vale um pássaro na mão que dois voando? 


Concordo veemente. 


— Acho melhor começar a adotá-la. 


— Você está me pressionando? — Retruco, sentindo minhas bochechas esquentarem. 


— Não exatamente. Eu jamais faria isso, mas pense um pouco mais em mim desta vez. Parece justo o que está fazendo? 


Nego lentamente com a cabeça. Ele tem razão, tenho sido sempre tão egoista, como se eu fosse o centro do universo, coisa que nem em um milhão de anos é verdade. 


— Bem, tenho que ir. — Ele encara seu Armani brevemente. — Fiquei de estudar com a estranha da Lauren antes da aula. Nos vemos em casa. 


Ele junta suas coisas e caminha rumo a saída no mesmo momento em que meu iPhone começa a vibrar. Com as mãos trêmulas, pego-o nas mãos, esfregando o dedo para desbloquear a tela. No instante em que vejo a mensagem meus batimentos cardíacos começam a acelerar. 


Buuu! Só uma inocente concepção: belo triângulo amoroso, você, seu ex e seu irmão. Kkkkkk! Isco, meu caro, você realmente é uma máquina de me fazer rir. Agora ao que interessa: Toni sabe disso? Se souber, o que acha que ele vai fazer? Mantenha-se esperto, deixei algo especial para você em seu armário de Educação Física. — Sr. Fantasma. 


◈◈◈


Um silêncio sufocante paira quando adentro o vestiário masculino, com a velha sensação de estar sendo vigiado. Sem delongas, giro a combinação na trava para abrir a porta e libero um grito, assustado. 


Há baratas. Muitas baratas, pendendo por sobre minhas coisas e para fora do armário. Enfurecido e enojado, bato com força a porta para trancá-lo, suor desce pela minha testa e meu corpo pulsa ofegante. 


Maldito! Como pude me deixar enganar tão facilmente? 


Deixo local em passos longos, e do lado de fora, no pátio, recebo uma nova mensagem, como já era de se esperar. Estou pronto para responder VAI-PRO-INFERNO, mas paro imediatamente assim que leio. 


Ops! Presente errado, esse é o certo. — Sr. Fantasma. 


Uma foto chega em seguida e impulsivamente levo as mãos à boca, pasmo com o conteúdo da imagem. Nela, Sergio Ramos e Cristiano Ronaldo aproveitam um ao outro num momento bem íntimo. Íntimo até demais, eu diria. 


Bom, Sergio não parece tão valentão dando pro melhor amigo. Ainda que afetado, sinto uma frenética vontade de sorrir da situação. Eu faria, se não estivesse agora mesmo assustado ao ver uma figura encapuzada observando-me sobre um binóculo. Em questão de instantes ela não está mais lá, desapreceu como fumaça entre as árvores do campus. Mas não, não é somente esse o motivo do meu pânico, é que se minha visão não me engana, aqueles não eram longos cabelos negros pendendo do capuz do moletom para fora? Cabelos esses que coincidentemente se parecem muito com os de…


Oh, meu Deus!  



Notas Finais


📢 Attention: Releiam o capítulo A MELHOR VINGANÇA É A VINGANÇA COM SANGUE (MELODRAMA) e os demais cinco capítulos depois dele, existem respostas neles que passaram despercebidas e que farão todo o sentido futuramente.

Ah, estou escrevendo uma mine história com meu amigo ClarkRener (espero que essa dê certo), mas atenção, o gênero é outro. Link: https://www.spiritfanfiction.com/historia/bad-revenge-13031986

Beijos! Até o próximo capítulo - com Sersensio - e lembrem-se, nem tudo é o que parece.
😚😚😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...