História Gatinha Manhosa - Jeon Jungkook - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtanboys, Bts, Gata, Híbrida, Híbrido, Jeon Jungkook
Visualizações 659
Palavras 1.286
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - 19


Fanfic / Fanfiction Gatinha Manhosa - Jeon Jungkook - Capítulo 20 - 19

19

_Jeon JungKook Point View.

Agora eu poderia sim afirmar, sou um homem formado e dono de meu próprio nariz. 

Talvez eu sentiria falta da faculdade, mas agora eu daria início a minha vida de adulto. 

Trazendo consigo as grandes responsabilidades que uma pessoa deve ter, como um exemplo o trabalho.

Agora eu teria a obrigação de ir atrás de um bom emprego, um que possa me sustentar junto a S.N, um emprego que eu goste. 

Não é tão necessário que eu goste do primeiro, já que eu posso abrir novas portas para novos empregos muito melhores.

Mas um emprego que seja honesto e que me pague bem, está muito melhor do que bom.

─ Vamos logo S.N! ─ A apresso ao vê-la deitada sobre a cama de um modo desleixado. 

─ Ah Kook ─ Choraminga. ─ S.N quer ficar deitada com o Kook. ─ Dizia ainda com os olhos fechados. Mas que preguiçosa!

─ Vamos! ─ Puxo a coberta que a cobria. ─ Eu preciso ir atrás de um emprego. 

─ Aigoo. ─ Resmunga levantando-se da cama se direcionando ao banheiro.

─ Preguiçosa. ─ Gargalhei balançando a cabeça negativamente. 

Sim, eu estava prestes a ir até uma entrevista de emprego. Park, como um Hyung tão bom, pegou meu currículo e enviou até uma loja não tão grande, e eles enfim me chamaram para a entrevista.

Meu nervosismo era notável apenas de olhar diante ao espelho. Mas eu teria que ser forte e determinado, eu tinha o foco de ganhar aquela vaga. 

─ Vamos lá Jeon, você consegue! ─ Digo a mim mesmo. 

─ Kook está falando sozinho novamente? ─ Gargalha baixinho me fazendo saltar pelo susto.

─ Aish... ─ Levo as mãos em direção a meu peito. ─ Não estava falando sozinho!

─ Estava sim! ─ Sorrir risonha me deixando só naquele banheiro.

Ah, agora tenho fama de " falar sozinho ". 

─ Vamos? ─ Pergunto assim tenho as chaves de casa em mãos. 

─ Vamos! ─ Afirma saltando em pequenos pulinhos até a porta. Parando a minha frente, assim eu me vi obrigado a deixar um selar rápido em seus lábios.

Entrelaçando seus dedos nos meus, passamos a caminhar pelas calçadas. 

Dentro de mim, corria um sentimento tão bom. Depois do ocorrido na festa, o relacionando entre S.N e eu havia mudado muito. De um modo tão maravilhoso, agora eu tinha muita intimidade com a mesma, tanto que beija-lá já fora transformado em um hábito nosso. 

Pode soar estranho, mas isso demonstra o quão minha ela é, minha gatinha, minha bebezinha, minha garota. 

O nervosismo que sentia pela entrevista, parecia desparecer apenas a um doce sorriso seu.

Podem me chamar de bobo apaixonado. Mas é exatamente isto que me tornei, após o dia em que a levei para casa. 



Assim que avisto a loja em que eu trabalharia de atendente, engulo seco. Eu teria que me manter "pleno" em frente a meu chefe, sem falhas. 

─ S.N, quero que fique nesta loja e não saía daqui em circunstância alguma. Ouviu bem? ─ Digo antes mesmo de passar pelas portas de vidro do estabelecimento. ─ Irá ser rápido, então não apronte!

─ Tudo bem Kook! ─ Concorda com um sorriso fechado. ─ S.N pode pelo menos olhar a loja? ─ Pergunta fazendo aegyo. Isto é jogo baixo S.N!

─ Tudo bem, mas não quebre nada! ─ Esbravejo. ─ Irei a entrevsita e já voltarei. 

Viro as costas caminhando a direção ao balcão, informando uma das atendentes sobre a entrevista. Recebendo um sorriso seu, chamando-me com uma mão em direção a uma sala, que supostamente seria a do chefe.

Dou uma última certificada de que S.N estaria bem, podendo entrar naquela sala.

─ Jeon JungKook?

─ Olá senhor. ─ Me curvo soltando um sorriso fraco. 

─ Sente-se


Isso vai ser longo.


(...)


─ Bom...─ O mais velho faz uma breve pausa, causando a aceleração de meu coração. ─ Está contratado. 

─ SÉRIO? ─ Grito assim levando a mão até minha boca. ─ Mil perdões.
─ Sem problemas meu jovem! ─ Gargalha me fazendo ficar envergonhado. Aish! ─ Você começa semana que vem.

─ Tudo bem. ─ Sorrir. ─ Até.

─ Até! ─ Rebate assim apertando uma de minhas mãos.

Assim que a porta se fecha, eu quase pulo de alegria. Eu claramente faria isto, mas aquela mesma mulher do balcão me encarava com dúvida e com certeza me acharia louco se eu fizesse isto.

─ E então? ─ Pergunta assim que passo por ela. 

─ Consegui a vaga.

─ Meus parabéns! ─ Sorriu

─ Obrigada! ─ Me curvo voltando a andar pela loja.

Espera...algo está errado. Paro a pensar.

─ S.N?? ─ Murmurro dando uma rápida olhada pela loja.

Pelos vidros, podia ver que eu havia demorado nesta entrevista. Não acreidito, ela irá praticamente " me matar ".

Varro com meu olhar novamente cada corredor. Assim no final de um, solto o ar que prendia em meus pulmões. Soltando um riso baixo.

S.N dormia encolhida em um pequeno banco ao lado de uma prateleira. Típico de minha gatinha. 

Me aproximo da mesma, abaixando para ficar de sua altura, afagando seus longos cabelos até sua touca preta. 

─ O Kook demorou. ─ Murmurra emburrada assim que abre seus olhos. 

─ Me desculpe. ─ Digo coçando a nuca.

─ Tudo bem. ─ Sorri fechado. ─ Só não faça mais isso com S.N! 

─ Nunca mais senhorita. ─ Sorrir largamente. ─ Vamos para casa!

─ S.N está indo. ─ Fala se levantando se pondo ao meu lado.

E juntos passamos a caminhar pela cidade, que pouco a pouco era iluminada pelas luzes dos postes. 

Assim que chegamos em casa, fui direto ao banho, precisava relaxar meu corpo, retirar aquela tensão que carregará em minhas costas.

Agora estava tudo bem, eu tinha um emprego que logo começaria. Acho que fora um de meus sonhos realizados. Trabalhar honestamente. 

Termino meu banho, colocando uma roupa confortável para uma boa noite de sono. 

Saio do banheiro secando meus cabelos com a toalha dando de cara com S.N a espera a sua hora do banho.

─ S.N irá tomar banho! ─ Avisa.

─ Estarei na cozinha.

Desço as escadas partindo em direção a cozinha, sentando no balcão pegando uma bolacha que ali próxima estava.

Uma boa idéia se passa por minha cabeça. Pego meu celular que estava carregando não muito longe de mim, discando o número tão conhecido por mim. Em segundos que se tocava, esperava a ligação ser efetuada. 

─ Alô? 

─ Mãe?   

─ Sou eu meu filho! ─ Sua voz me fez deduzir quem era.

─ Ah olá Pai!

─ E então, como está?

─ Bem e o senhor?

─ Na melhor medida possível. ─ Ri soprado. ─ Mas então porque liga? Aconteceu algo?

─ Oque? Não! ─ Nego. ─ Liguei para informar que enfim, consegui um emprego!

─ Sério? Não acredito, meu garotinho de fato se tornou um homem! 

─ Sim. ─ Gargalho baixo. 

─ Sua mãe está aqui. 

─ Olá mãe. ─ Assim ligo o viva-voz. Usando as mãos para pegar um copo de suco.

─ Ah meu filho, mamãe está tão orgulhosa de ti! Queria te dar um abraço e te encher de beijos! ─ Dizia ela parecendo estar emocionada. ─ Não vejo a hora de reve-lo, logo estaremos fazendo uma visitinha a você!

─ Estarei aqui esperando vocês! 


─ Kook, S.N não está encontrando as toalhas ─ Sua voz me faz virar a sua direção. 

─ Tem mais alguém ai JungKook? ─ Pergunta ─ Assim S.N, dá alguns passos para trás.

─ Um momento. ─ Pego meu celular. ─ Elas estão.... ─ Cesso minhas palavras ao perceber que ela não se encontrava mais ali, e não havia sinal seu pelos cômodos mais proximos. ─ Mas oque? 



Oque deu nela?





Notas Finais


Eu já deveria ter postado esse cap, mas acontece que minha internet muito boa caiu por cinco dias aa

Obrigado por ler bebê ♡

❀ 사랑해! ❀
~Beijos da Tia Kapopera (/-3-)/

[♡] Leia também minhas outras fanfics em meu perfil⇝ @AKap0pera ⇜ [♡]

📩-[ GRUPO NO WHATSAPP: https://chat.whatsapp.com/3XfBwxwJz46DqH29eGjIbi ]-📩


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...