História Gatinha Manhosa - Jeon Jungkook - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Bangtanboys, Bts, Gata, Híbrida, Híbrido, Jeon Jungkook
Visualizações 1.444
Palavras 1.872
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


- B O A L E I T U R A -

Capítulo 6 - 05


Fanfic / Fanfiction Gatinha Manhosa - Jeon Jungkook - Capítulo 6 - 05

(05)

_Jeon Jungkook Point View

Como sempre acordando cedo para ir a faculdade,pra quem passa ou passou por isso sabe o quão é cansativo,mas agora tenho uma garota para cuidar,não que eu esteja reclamando,gosto de tua companhia,mas minhas responsabilidades dobraram.

Felizmente hoje não teria aula,devido a um abençoado feriado.Eu aproveitaria para poder sair e levar S.N ao shopping e comprar suas roupas,assim ela poderia parar de usar as minhas e ficar mais confortável.

Agora eu me encontro na sala,assistindo um programa qualquer que passava.Suspirei pesado e desliguei a TV,assim me levantando do sofá e subindo as escadas,em direção ao quarto eu caminhava assim podendo abrir a porta do mesmo,dando a visão da gatinha toda enrolada nas cobertas no meio da cama.Só era possível ver seu pequeno e bem desenhado rosto para fora das cobertas,assim ela remexendo levemente seu nariz e suas orelhas,S.N dormia com uma feição serena,tanto que chegava a ser fofo ficar observando a mais nova.

- Bebê? - falei sentando ao seu lado e acareciando seus cabelos pretos como a  escuridão da noite

Assim a gatinha se remexeu na cama e voltou a se cobrir,agora cobrindo metade de seu rosto

- Hey Bebê! - a chocalhei um pouco fazendo a mesma abrir seus olhos esbanjando suas duas cores magníficas

- Yah Kook S.N quer dormir! - disse com a voz manhosa e enrolada pelo sono

- Venha se levante iremos sair! - eu disse fazendo a mesma se levantar rapidamente ainda na cama ficando de joelhos esbanjando um sorriso no rosto enquanto seu peludo rado se mexia constantemente de um lado para o outro

- aonde Kook vai nos levar? - perguntou animada

- no shopping! 

- Shopping? - perguntou curiosa

- vamos comprar roupas para você e aproveitar para ver um filme no cinema!

Um lindo sorriso se abriu no pequeno rosto da menor fazendo a mesma bater palmas levemente,assim ela se levantou da cama indo em direção ao banheiro para poder tomar seu banho de todas as manhãs.

Enquanto a mais nova tomava banho eu peguei uma troca de roupa para a mesma,que felizmente Jimin tinha conseguido pegar as escondidas de sua irmã mais nova.Uma calça Jeans,um moletom preto e um par de tênis brancos.

A porta foi aberta,revelando a mais nova enrolada na toalha com seus cabelos totalmente molhados.Eu senti uma leve ardência em minhas bochechas,não estava tão acostumado a presenciar uma cena destas em meu dia a dia.

- v-vista essas roupas,estarei te esperando na sala! - disse tentando não fazer contato visual e esbanjar a minha vergonha de ver uma mulher quase nua em minha frente

Vi ela assentir sorrindo e sai do quarto assim fechando a porta do quarto,lentamente eu desci as escadas e agora na sala fui até o sofá me atirando no mesmo.

Minutos se passaram,minha atenção voltou-se a pequena garota que agora descia as escadas,a roupa tinha de certo modo caido muito bem em seu corpo.Ela juntou suas pequenas mãos e veio até mim sorrindo.

- Vamos bebê? - perguntei me levantando do grande sofá em meio a sala

- Vamos Kook! - assentiu empolgada

- espere! - parei de andar então me dei conta,suas orelhas estavam a mostra

Então eu fui até meu quarto rapidamente pegando uma touca preta,assim que desci S.N brincava com o "bolo" de chaves,agindo como um verdadeiro felino,assim que ela me viu se levantei sorrindo envergonhada.Cheguei perto da mesma colocando a touca na mesma,que resmungou e tentou retirar a touca de sua cabeça

- Yah S.N não quer usar! - fez manha

- Você tem que usar! - disse

- Porque? - perguntou emburrada

- nem todo mundo pode aceitar uma híbrida e levar "na boa"! - expliquei

- Aish! - resmungou novamente

- vamos! - acariciei sua bochecha cheinha e sorri

Assim eu peguei o "bolo" de chaves,junto ao meu celular e minha carteira colocando em meu bolso,saindo de casa e passamos a caminhar até a frente de minha casa,felizmente o táxi que eu tinha pedido a alguns minutos atrás já estava chegando.

Durante o trajeto S.N olhava pela janela,parecia que estava descobrindo o mundo,eu a olhava e pude soltar um sorriso,sua infantilidade e pureza me encanta.

Enfim,em frente ao grande Shopping Center,com a boca entre aberta a pequena ao meu lado olhava para cada detalhe do local,ria e sorria para qualquer coisa de criança que ela via,ela olhava todos os detalhes e parecia estar impressionada.

Ela andava feito uma criança,qualquer momento ela poderia sumir de minha vista,assim eu segurava fortemente em sua mão enquanto passava pelas pessoas que também andavam no shopping.

Passei em frente a uma loja de roupas femininas,assim parando para analizar a loja,então resolvi entrar,quando me dei conta S.N não estava em meu lado e sim em frente a uma loja de brinquedo

Cheguei perto da mesma segurando em sua mão fazendo a mesma olhar para mim e sorrir,assim ela voltou a olhar pela vitrine da loja

- Bebê! - a chamei fazendo ela voltar sua atenção a mim - não se afaste de mim você pode se perder!

- desculpa Kook! - ela disse ainda sorridente

- venha vamos comprar algumas roupas para você! - disse a levando até a loja 

Ao entrarmos,pude perceber que era o único homem na loja no momento,o constrangimento veio a tona,mas resolvi focar na garota que estava em minha frente.Ela andava para todos os lados por todos extensos corredores,enquanto eu segurava umas quatro peças de roupas,enquanto ela estava distraída,eu confesso que pegava algumas peças de roupas de meu gosto.

Enfim S.N parou de andar,então a garota correu até o provador,ela trocava de roupa e se olhava no espelho diversas vezes,eu apenas ria de suas breves palhaçadas,uma garota de vinte anos que se comporta como uma fofa criança de sete anos de idade.

Finalmente eu pude sair da loja,eu carregava quatro sacolas e S.N duas até porque ela era um pouco mais fraca que eu,e não seria tão educado da minha parte.

Ainda de mãos dadas nós andamos por um tempo no grande shopping,Até chegar perto ao cinema,nós entregamos as sacolas para uma mulher que trabalhava no cinema poder guardar,enquanto eu comprava a pipocar S.N olhava os banners dos filmes.

Juntos entramos na sala com o grande telão em frente,assim sentamos nas últimas cadeiras,um filme de aventura tanto que interessante,S.N quase não piscava estava tão focada no filme que eu podia sair da sala e voltar quando o filme acabar que ela nem se daria conta.


...

Saímos do cinema rindo,S.N tinha derrubado acidentalmente refrigerante em um idoso,eu pensei que não sairiamos vivos daquela sala,mas S.N o acalmou com seu fofo e maravilhoso aegyo.

Em frente ao local que tinhamos acabado de sair,tinha uma pequena lanchonete,fomos até lá e se sentamos em uma das mesas perto a janela.Enquanto eu olhava os lanches no cardápio,S.N brincava com as flores que estavam em meio a mesa da lanchonete.Fiz os nossos pedidos e logo os mesmo chegaram,S.N por sinal comia com desespero me fazendo rir de sua fofa criancice.Após nós terminarmos de comer,eu me levantei pegando o dinheiro necessário e a bandeja da lanchonete.

- Fique aqui,que eu irei devolver a bandeja e pagar os pedidos! - disse a mais nova

- tudo bem Kook! - ela assentiu e sorriu

- Não saia daqui! - eu disse e ela assentiu

Eu fui até o balcão assim devolvendo a bandeja,escutei um leve assobio,então me virei para trás,uma mulher me olhava

- Olá garoto,está sozinho? - perguntou 

- Não - respondi rápido

- Porque não me passa seu número?

- porque não - respondi voltando a andar e deixando aquela mulher tanto que oferecida para trás

Voltei minha atenção para a mesa aonde eu tinha acabado de sair,meus olhoa se arregalaram e meu coração começou a bater mais rápido

- S.N? - a chamei

Olhei para todos os lados,muitas pessoas passavam pelo imenso corredor,mas pude perceber uma cabeleira preta no meio dos outros.A vi junto a um homem muito mais velho,então peguei as sacolas e sai correndo pela multidão.

Esbarrava em pessoas até mesmo quase caiam,um simples pedido de desculpa vindo de mim enquanto corria atrás da menor.

- EI! - gritei em meio as pessoas

S.N olhou para trás e sorriu,assim parando de andar,o homem segurou fortemente seu braço prestes a arrastadar para fora do shopping 

- SOLTE-A! - Gritei para o homem

- Fique na sua garoto - Disae debochado

- SOLTE A MINHA GAROTA,SEU IDIOTA ESTÁ ACHANDO QUE VAI FAZER OQUE COM ELA?VOCÊ NÃO OUSE ENCOSTAR SE QUER UM DEDO NELA PARA VER DO QUE EU SOU CAPAZ,VOCÊ NÃO ME CONHECE E EU TE GARANTO QUE VOCÊ NÃO QUER! - Gritei enquanto segurava S.N em meus braços

O homem olhou para S.N e sussurrou um - gostosa - antes de sumir em meio as pessoas,senti algo molhar minha camiseta,olhei para baixo vendo a garota chorando enquanto me apertava.

Eu devo ter a assustado,S.N era sensível e se assutava muito fácil,agora estava ela chorando em meus braços,então peguei em sua mão e sai a arrastado pelas pessoas,Até chegar na saída so shopping em busca de um táxi para podermos ir para casa 



...

Já em frente de casa eu pega o taxista e entro em casa,fechando a porta tanto com um pouco de força e assim deixando as sacolas em cima da pequena mesa de vidro no centro da sala.Eu estava frustado e furioso,só de saber em que aquele homem praticamente pensava em fazer com a gatinha.Em pensar em cada pensamento sujo que ele deve ter tido,e que ele poderia ter abusado da garota por um deslize meu.

- Kook pode soltar a S.N? - perguntou com a cabeça baixa assim eu pude perceber que ainda segurava a mão da garota

- Venha - a levei até i sofá,assim me sentei no mesmo,S.N por sinal sentou em meu colo,enxugando as lágrimas que levemente caiam - conte-me oque aconteceu! - pedi

- Aquele moço apareceu perguntando se S.N estava sozinha,S.N disse que não,ai ele disse para S.N que iria leva-lá para ver um brinquedo muito bom!

- Miserável ! - praguejei

- Então S.N foi com ele porque estava curiosa - disse brincando com seus dedinhos

- aish você não pode ficar sozinha - disse pensativo

- Não fique bravo com a S.N porfavor - pediu a mais nova

- Não estou bravo contigo bebê - disse acariciando suas orelhas que agora estavam a mostras - porque eu ficaria? - perguntei a mais nova

- o antigo dono de S.N sempre ficava bravo quando ela falava com outras pessoas! - disse

- oque?

- ele era mal com S.N,sempre a trancava em um porão,as vezes S.N não comia nada,e a barriguinha de S.N doia muito - disse a mais nova com um bico em seus lábios

- ele maltratava tanto você? 

- sim,ele batia em S.N,a prendia,as vezes ele ficava apertando o corpo de S.N - disse ela cabisbaixa

Eu estava pasmo com suas palavras,como alguém podia fazer isto com uma pessoa tanto inocente quanto uma criança de seis anos?Como alguém podia yer machucado uma pessoa tão fofa como S.N

- S.N tem muito medo que ele volte - disse ela com lágrimas descendo por seus olhos coloridos

Eu a acolhi em um abraço aconchegante e apertado,suas lágrimas molhavam minha camiseta,eu simplesmente odiava ve-lá assim,triste e tão para baixo.

- isso nunca irá acontecer bebê,sabe porque? - perguntei passando as costas de minha mão em sua bochecha enxugando suas lágrimas

- S-S.N não sabe - A pequena negou com sua cabeça,ainda com seus olhos avermelhados pelo choro,assim como bochechas nariz e um bico em seus lábios.Juntei nossas testas esbanjando um sorriso tentando passar conforto a mesma.

- porque eu vou te proteger de tudo e de todos!








Notas Finais


Mil desculpas pela demora para postar a fanfic
Eu estava focada em terminar uma de minhas fanfics
Para voltar a postar está e me organizar em tudo!
Tirando as provas e trabalhos escolares ;-;
Espero que entendam e aproveitem o capítulo
HEY!
logo logo vocês teram uma supresa ♡3♡

Obrigado por ler bebê ♡

❀ 사랑해! ❀
~Beijos da Tia Kapopera (/-3-)/

[♡] Leia também minhas outras fanfics em meu perfil⇝ @AKap0pera ⇜ [♡]

📩-[ GRUPO NO WHATSAPP: https://chat.whatsapp.com/3XfBwxwJz46DqH29eGjIbi ]-📩


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...