História Gatinho. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Hybrid, Mpreg, Yaoi
Visualizações 64
Palavras 792
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Um.


Namjoon suspirou pegando seu celular e leu a mensagem que havia sido enviada para si há dez minutos.

—O gerente está pronto, meninos, vamos. — ele falou se levantando do sofá do camarim e se espreguiçou.

Os garotos haviam acabado de participar de um programa de variedades e estavam cansados.

Seokjin, que era o mais velho deles, se levantou também e saiu do camarim,sendo seguido por Jimin, Taehyung e Jungkook, os mais novos.

Namjoon suspirou e saiu também, junto com Hoseok, que era seu segundo hyung.

Quando chegaram no estacionamento, onde o gerente deles estava os esperando, eles viram como estava chovendo forte do lado de fora do prédio.

—Ah... — Hoseok suspirou. — Detesto chuva.

—Eu sei. — Namjoon respondeu e riu baixo.

Ele sabia bem como seu hyung odiava chuvas, mas ele nunca soube dizer se era por medo ou por não gostar mesmo.

Namjoon ficou com a primeira opção.

Os seis garotos entraram no carro preto e suspiraram.

—Finalmente vamos para casa. — Jimin resmungou deitando a cabeça no ombro de Hoseok, que estava ao seu lado na janela.

Taehyung e Jungkook concordaram com um resmungo e logo em seguida se ajeitaram para, provavelmente, dormir.

Namjoon estava no carona, junto com Seokjin, que dirigia.

Os dois também estavam cansados, por isso não ficaram conversando como normalmente faziam.

A chuva estava bem forte e Seokjin quase não enxergava a rua, mesmo com todos os faróis ligados.

—Porcaria de chuva, mal da pra ver um palmo na minha frente. — o mais velho resmungou baixo e Namjoon o olhou.

Ele estava pronto para falar algo motivador do tipo "relaxa, já estamos chegando" quando Seokjin freou o carro com brutalidade, fazendo todos se chocarem para frente.

Um baque alto foi ouvido e todos acordaram assustados.

Seokjin estava com os olhos arregalados. Ele não tinha conseguido ver no que tinha batido mas parecia muito com uma pessoa. Ele nem pensou duas vezes antes de sair do carro e olhar em volta.

Os garotos o seguiram, abrindo seus guarda-chuvas e querendo saber o que havia acontecido.

De longe o mais velho deles conseguiu ver um pequeno nódulo no chão se mexendo, ele correu até lá e ficou assustado quando viu que era um garoto. Um garoto pequeno, todo molhado e machucado.

Seokjin se aproximou do garoto e ele tentou se arrastar para longe, parecia apavorado e doeu no coração de Jin ver aquela criança daquele jeito, ainda mais sabendo que a culpa era dele.

O garoto tentou se levantar, mas ouviu um som de estalo vindo de sua perna e gritou.

Seokjin tentou tocar nele, mas foi atacado com unhas afiadas que arranharam sua mão.

—Calma. — ele pediu tentando não assustar mais ainda o garoto.

Logo os outros estavam em volta do pequeno menino chão.

—O que houve? Você atropelou ele? — Jungkook perguntou se ajoelhando ao lado do garoto e quando tentou o tocar, o pequeno menino o atacou do mesmo jeito que havia atacado Seokjin, só que no rosto.

Jungkook gritou de susto e caiu para trás no chão.

Taehyung e Jimin correram para o ajudar.

—Não podemos deixar ele aqui. — Seokjin falou vendo o menino bravo.

Ele sabia que só estava daquele jeito por medo. — Temos que levar ele pro hospital.

—Hospital? —Jungkook perguntou raivoso com a mão no rosto, que provavelmente estava sangrando, já que dava para ver algumas gostas. — Ele parece um animal, vamos chamar uma carrocinha.

—Jeon! — Namjoon o repreendeu.

Eles acabaram entrando numa pequena discussão que distraiu os garotos e eles quase não perceberam o garotinho se arrastando para longe. Quase.

Seokjin percebeu o que estava acontecendo então segurou a cintura do garoto o puxando de volta.

O menino se assustou e tentou atacar Seokjin de novo, mas o mais velho foi rápido em segurar suas mãos o impedindo de atacar e se debater.

Ele ainda tentou escapar por mais alguns segundos, chorando e esperneando, antes de finalmente desistir. Mas não porque quis e sim porque ele não aguentava mais aquela dor horrível em seu corpo, então desmaiou.

—Finalmente... — o resmungo de Jungkook foi ouvido.

—O que a gente faz? — Jimin perguntou.

Seokjin não sabia o que fazer, ele estava com medo, havia atropelado uma pessoa. Aquilo era horrível.

Ele ia responder que iriam para o hospital quando sentiu algo macio tocar em seus braços, já que ele estava sem blusa de frio. Primeiro, ele pensou que fosse apenas o cabelo do menino em seus braços, mas logo sentiu que era algo duro e então se assustou olhando para baixo.

Ele passou a mão nos cabelos do garoto e então se assustou.

Haviam duas pequenas orelhas pontudinhas ali.

Ele era um híbrido.

Seokjin já havia estudado sobre eles na faculdade, mas sabia que eles eram muito raros e geralmente eram usados como cobaias e "moeda" de troca, então ficou bem chocado ao descobri que tinha um em seus braços ali.

—Hyung! — Namjoon o chamou o tirando de seu transe.

—N-Nós vamos levar ele pra casa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...