História Gatinho Diferente - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Lay, Suho
Tags Abo, Chansoo, Exo, Kyungyeol
Visualizações 200
Palavras 1.803
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


YOOOOO!
Como vai a vida? Numa boa? Nice? Beleza? Tudo numa vibe??
Espero que sim!!

Perdão pelo atraso, meus queridos. Voltou minhas aulas e eu já to louca cheia de trabalhos.
A musiquinha é a linda do EXO, Angel. Eu não sei porque, mas essa semana fiquei com essa musica na cabeça. Pior que nem ouvi ela, simplesmente comecei a cantar. Angel é vida. Mama é vida. EXO é vida. AAHAHAHAHAHAHAHA AMOOOOO. parei.
Obrigado pelos favoritos e views SZSZSZSZSZ agradeço pelos comentarios tbm SZSZSZSZSZ

Enfim, espero que gostem e boa leitura. szszszsz

Capítulo 13 - Angel


A- Omma, quando Susu vai vir aqui de novo?

 

C- Não sei, porque?

 

A- Porque Susu é legal.

De joelhos, dava banho na pequena alfa, que com os olhinhos fechados, segurava o rabo de seu omma, sentindo o mesmo massagear seu coro cabeludo.

A- Que dia vamos sair com papa? Susu pode ir?- Ri ao sentir Chanyeol relar a ponta do rabo na sua bochecha, lhe fazendo cocegas.

 

C- Hum?... Amanhã... Se você quiser, ele vai.- Sorri.

 

A- Amanha??- Abana o rabinho encharcado, espirrando água em seu omma.- Susu vai!

 

C- OK. Vou falar com ele.

Amber concorda, animada, e abre os olhos, voltando a brincar com o rabo de Chanyeol, aproveitando o final do gostoso banho que seu omma lhe dava.

 

C- Vem.- Desliga o chuveiro e pega uma toalha, embrulhando o corpinho da pequena hibrida. Pega no colo e a coloca em cima da pia, começando a enxuga-la.- Vamos tomar sorvete?- Olha o rosto da pequena, e com carinho, enxuga os olhinhos claros da alfa.- Caiu sabão no seu olho?

 

A- Não... Sorvete? Hoje? Porque?

 

C- Porque sim.- Ri e faz biquinho, sentindo, rapidamente, sua filha lhe dar um selinho.- Quero mimar meu anjinho.- A pega no colo e vai ao quarto, a vestindo com uma muda de roupa que já havia separado.

 

J- Mas que sobrinha bonita eu tenho!- Entra no quarto, vendo Amber vestida com uma calça preta e uma blusa de manga comprida vermelha, com as madeixas brancas, bagunçadas. A alfa corre em direção a Junmyeon e pula em seu colo.- E cheirosa também.- Enche o rosto da criança de beijos.

 

A- Suho-oppa, quer sorvete?

 

J- Você vai comprar?

 

A- Omma!

 

J- Ah! Então trás pra mim e pro Xing?

 

A- OK.- Desce do colo e sai do quarto, atrás de Yixing.

 

Junmyeon olha Chanyeol e se aproxima, passando seus braços pelo ômega mais novo, enrolando seu rabo no de Chanyeol.- Baby Chan, você vai sair com a Amber, agora? Não está meio tarde?

 

C- ... Mas me deu vontade de tomar sorvete... E faz tempo que eu não saiu com a Amber...

 

J- Vontade? Hum... Tudo bem, mas cuidado.- Deixa um selo na testa do ômega e o solta.- É sério.- Olha Chanyeol dos pés a cabeça.- Toma cuidado. Seu cheiro está mais forte que o normal.

 

C- Amber disse a mesma coisa... Porque será, hyung? Não acho que seja o cio...

 

J- Também não acho...- Suspira.- Mas você está bem, não se preocupe.- Sorri. Chanyeol sorri de volta e sai, deixando Junmyeon sozinho.- Com certeza não é o cio...

 

 

 ❦  ❦  ❦ 

 

 

A- Omma, posso pegar mais um???

 

C- Meu anjo, você já tomou dois...

 

A- Só mais uuuuummmm...- Agarra a perna do ômega e fala, arrastando a voz.

 

Chanyeol suspira e pega mais um picolé de chocolate para alfa.- Só a gente mesmo pra gosta de tomar sorvete no frio.- Ri, tirando a embalagem do picolé e dando na mãozinha da pequena.

 

A- Hehehe...-  Feliz, lambe o sorvete,  lambuzando ainda mais o rostinho.

Rindo, levanta Amber e a coloca sentada em uma das cadeiras que ficam em frente a lojinha 24 horas, e se agacha do lado, pegando o celular.

 

A- Bai liga pa quem?

 

C- Não fala de boca cheia.- Ri.- Susu. Vou avisar ele que você quer que ele vá.

 

A pequena alfa sorri animada e Chanyeol ouve um grupo de meninas, que passavam na rua, rir e comentar o quão fofa Amber é.
Antes que ligasse para alguém, o celular toca, indicando o nome de Kyungsoo na tela.- Alô.

 

This moment feels like I was born as a child who knew nothing
I closed my eyes again in case it would be a dream
You were standing in fron of my desperate self and praying
Just once, I want to walk side by side with you

 

K- Oi Chan.

 

C- Oi Soo.- Sorri e vê Amber roer o palitinho do picolé com as presinhas.- Porque ligou?

 

K- Não posso ligar?

 

C- Não disse isso.- Ri.

 

Taken by the soft wind to your world
 

A- Omma, quero mais.

 

C- Chega Amber, você vai passar mal desse jeito.

 

A- MAAAAAAAIIIIIISSSSS...

 

C- Amber...

 

A- Tsc...

 

You asked me brightly where I came from to your side
And I told you that It was a secret

 

K- Quer o que?

 

C- Picolé.

 

K- Nesse frio???

 

C- Fazer o que né.- Ri e vê a pequena pegar o picolé que seria para Yixing e tentar abrir.- Se conseguir abrir, eu deixo você chupar ele.- Amber sorri e começa a missão de tentar abrir a embalagem.

 

Wherever we walk together
Will be paradise

 

K- Você não tá em casa?

 

C- No.

 

K- Ata.

 

...

 

C- O que foi?- Começa a rir.

 

You are an eye-blinding entity compared to Michael
 

K- Nada.

 

C- Então tá.- Tenta controlar a risada.- Amber me pediu para falar com você.

 

Who would remember you, I will not forgive it

 

K- Sobre?

 

C- Eu e ela vamos sair amanhã com... Luhan... e-

 

K- Tsc.

 

C- E ela quer que você vá.

 

Like the beginning when stepping into Eden

 

K- ...

 

C- Não quer ir?

 

K- Eu vou. Que horas?

 

C- Oito.

 

Believing you every day from the bottom of my heart
 

K- Porque tão cedo?

 

C- Quero ir cedo pra voltar cedo...

 

A- CONSEGUI!!

 

Olha pra pequena e vé o picolé, praticamente dilacerado, com as tentativas da alfa de abrir a embalagem com as presas.- Parabéns. HAHAHAHA- Não aguenta, e gargalha com a fofura da filha toda suja de sorvete.- Quem vê, não pensa que você acabou de tomar banho.

 

K- Porque quer voltar cedo? Não que eu seja contra...

 

C- Não estou me sentindo bem esses dias... Prefiro descansar.

 

A- Omma dodói.

 

I alway want to protect you
 

K- O que você tem? Tomo remédio? Desde quanto está assim? Porque não me avisou? O que-

 

C- Calma.- Sorri.- Não deve ser nada, apenas to cansado.

 

K- Hum...

 

C- Enfim, a casa do Luhan é caminho da sua casa, então, eu passo ai com Amber, tá?

 

K- Ok.

 

C- Então até amanhã...

 

K- Até...

 

C- ...Te amo.- Desliga, e completamente vermelho, sorri, vendo Amber lhe dar um sorriso sujo de chocolate. Suspira.- Vamos te limpar e ir pra casa.

 

                       So that even the small things won’t tire you out, I’m eternally in love

 

 

 ❦  ❦  ❦ 

 

 

B- ABRE ESSA PORTA! DO KYUNGSOO, SE VOCÊ NÃO ME RESPONDER, EU VOU DERRUBAR ESSA MERDA DE PORTA!- Gritava pela décima vez.

 

J- Baekkie, grita mais alto.- Rindo, jogava lenha na fogueira.

 

K- NÃO SE ATREVA! EU JÁ VOU ABRIR, ENTÃO ESPERA CALADO!- Depois de um tempo, Kyungsoo abre a porta, rosnando, apenas de bermuda, enxugando os cabelos com uma toalha.- Acordou cedo, em um sábado, porque? Só pra vir esmurrar a porta da minha casa? Tem nada melhor pra fazer nessa sua vidinha miserável, não?

 

B- Não.- Entra, sendo seguido por Jongin.

 

J- Bom dia hyung.- Senta no sofá, vendo Baekhyun seguir Kyungsoo até a cozinha.

 

K- Bom dia Jongin. O que você quer Baekhyun? Eu vou sair, então, anda.- Enche uma caneca de café e toma um gole indo a sala, onde deixa a caneca na mão de Jongin, e vai em direção ao quarto.

 

B- Porque você faltou essa semana?- Segue o alfa.

 

K- Porque sim.

 

B- Soo!

 

K- Fiquei ocupado, só isso.

 

B- TPM?

 

K- Porque você não vai tomar no cu?

 

B- Depois. Agora quero saber o porque de você não responder minhas mensagens.

 

K- Tenho dois namorados agora e nem sabia.- Abre o guarda roupa e pega uma blusa qualquer, a vestindo.

 

B- Idiota! Da pra responder minhas per-... ESPERA!- Arregala os olhos.- VOCÊ TA NAMORANDO?

 

K- Bom, eu disse “te amo”, ele disse “te amo”, eu disse que desejo ele, ele disse que é inteiramente meu, e por ai vai, então creio que sim, estou namorando.- Olha o ômega pelo canto dos olhos e vê o mesmo com a boca aberta.- Acredito que seja isso o motivo de sua ilustre visita.

 

B- O QU- QUEM- NÃO- CHANYEOL?!

 

K- Sim.- Pega seu celular em cima da cômoda.

 

B- E PORQUE VOCÊ NÃO ME AVISA SOBRE UMA COISA DESSAS, SEU IDIOTA!

 

K- Desculpa, mamãe.- Sorri debochado.

 

B- JONGIN, EU VOU ESTRANGULAR ESSE MERDA!- Ouve Jongin rir e vê o mesmo aparecer no quarto, se sentando na cama.- Não ri, seu bosta.

 

J- Parabéns pelo namoro.- Ri, levando tapas de Baekhyun.

 

K- Obrigado. Baek, já terminou? Estou atrasado.

 

J- E onde você vai?

 

K- Sair com Chanyeol.

 

B- ENCONTRO?

 

K- Não, e pelo amor de Deus, para de gritar. Amber vai sair com o pai dela e quer que eu vá.

 

B- Huuuum...- A campainha toca.

 

J- Quem é?...

 

A- SUSUUUUUUU!!!!

 

B-... Susu???- Gargalha.

 

K- Fazendo o favor Jongin,- Joga as chaves do apartamento para o alfa mais novo.- Tranca tudo quando saírem, porque se depender do Baek, eu não sair daqui hoje.- Sai do quarto, ouvindo os passos dos dois atrás de si.

 

J- Quem foi que gritou?

K- Amber.- Destranca a porta e vê um Chanyeol de costa que tentava pegar uma pequena alfa muito animada.- Tá difícil hoje em.- Sorri e pega a cintura do ômega, o virando para si. Vê Chanyeol sorrir de volta e lhe deixa um selo nos lábios viciantes do mesmo.- Bom dia.

 

C- Bom dia.

 

K- Ela acordou assim?- Ri, vendo Amber pular de um lado para o outro no corredor do prédio.

 

C- Ela me acordou as cinco horas da manhã, gritando para eu levantar.

  

Ri e solta Chanyeol quando vê a pequena correr em sua direção, se agachando.- Oi Amber.

 

A- Oi Susu!- Sorri e deixa um beijo na bochecha do alfa mais velho.- Vamo?

 

K- Vamos.- Levanta e olha para dentro do apartamento, vendo Jongin sentando no sofá e Baekhyun em seu colo.- TRANQUEM A PORTA DEPOIS.

 

B- OOOKKK.

 

J- DIVIRTA-SE LOBÃO!

 

 

 ❦  ❦  ❦ 

                                          

 

B- Me diz uma coisa. Você ta pensando a mesma coisa que eu?- Descansa a cabeça no ombro do alfa.

 

J- Depende do que você ta pensando.

 

B- Chanyeol.

 

J- Então, é provável.- Leva uma das mãos as madeixas macias de seu ômega, acariciando.- Se até você sentiu.

 

B- Impossível não sentir. O cheiro do Soo está muito forte. Me pergunto se Chanyeol percebeu...

 

J- Provável que não. Ele não parecia estar de cuidando.

 

B- Devemos avisar? Ele parece cansado...

 

J- Aposto que até amanhã eles já descobrem, ou pelo menos  só o Chan.

 

...

 

Ri e levanta a cabeça, olhando nos olhos de seu alfa.- Louco, não? Semana passada o Soo só pensava no Chan, e agora, isso...

 

J- Vai ser engraçado a cara do hyung quando descobrir.- Ri junto de Baekhyun.

 

B- Melhor coisa é o fato de que, apenas em uma semana de namoro, ele já engravidou o namorado.

 

You are my eternity Eternally Love...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...