1. Spirit Fanfics >
  2. GAY? - Yoonmin. >
  3. Especial 900 Favoritos...

História GAY? - Yoonmin. - Capítulo 32


Escrita por: e jlyaCarmo


Notas do Autor


Olá amoras lindas do meu coração
💜💜💜💜💜💜💜💜💜💜


POR ESSA NINGUÉM ESPERAVA!!!!!

Sim, sim... Aqui estou eu com um especial dessa fic que eu tanto amo... Sério, fiquei muito surpresa quando ela passou dos 900, mesmo depois de já está terminada 🙃🙃🙃🙃💜💜💜💜

Então obrigada e boa leitura
😘😘😘😘😘

Capítulo 32 - Especial 900 Favoritos...


Fanfic / Fanfiction GAY? - Yoonmin. - Capítulo 32 - Especial 900 Favoritos...

Os garotos estavam sentados no chão, rindo e implicando um com o outro, como a quase três anos atrás. A diferença no entanto, era o acréscimo de três outras garotas, que faziam tanto escândalo, quanto os outros. E também, em suas mãos, que em vez de várias bebidas alcoólicas misturadas, haviam apenas refrigerantes e sucos. Afinal, amanhã teriam aula e sem dúvidas, não queria arriscar irem para a faculdade de ressaca. Aquele lugar, era mil vezes pior do que um colégio de ensino médio. Ou talvez a alma deles estava ficando "velhinhas" como Jungkook e Rose, adoravam debochar.

_Okay, calem a boca! Agora é minha vez!- declarou Jeon, tentando manter as mãos de Taehyung longe da bunda de Hoseok, afinal, aqueles dois não tinham escrúpulos e era bem capaz de começa e a se comerem bem na frente de todo mundo.

Se inclinado levemente para frente — e levando um tapa de Lisa, na bunda, por causa disso — o garoto girou a garrafa, enquanto xingava a garota por ter sido tão agressiva. Essa que apenas balançava sua mão vermelha e fazia uma careta de dor, indagando ser por um acaso, o traseiro de Jeon, era feito de concreto.

Logo, a pequena garra de vidro parou sobre os pés de Yoongi e todos o encararam ansiosos. Como se esperassem que ele desse um "piti". Afinal, a outra ponta tinha parado bem de frente para um Jackson, que sorria com o se fosse o verdadeiro diabo.

_Isso é uma reprise ou a parte dois?- brincou Hoseok, ouvindo os amigos rirem.

Yoon apenas revirou as sobrancelhas e deu um bom gole em sua bebida, antes de se pronunciar.

_Eu sei que você espera que eu escolha desafio... Então...- o mesmo deu uma pausa dramática, respirando lentamente antes de continuar.- Sinto muito o decepcionar, mas eu quero verdade.

Uma onda de "Uuh" e vaias soaram pelo local e novamente, o Min revirou seus olhos.

_Serio? Quando nosso pequeno Suga se tornou tão cagão assim?- debochou o chinês.

_Primeiro. Pequeno é o seu pau, seu babaca...- risadas soaram pelo cômodo, fazendo as bochechas de Mark corarem em um vermelho forte, quando os colegas apenas começaram a o zoar por não ter nada para se satisfazer.- ...E segundo. Nem fudendo que vou cumprir um desafio feito por você! Ainda estou traumatizado pelo último. Mesmo que ele tenha me dado um namorado muito gostoso, só Deus sabe o quanto eu sofri...

_Yoon...

_Afinal, não foi vocês que foram obrigado a verem essa cobrinha pelada. Meus olhos ainda queimam e durante as noites, tenho pesadelos.

_Yah! Seu idiota!- Jennie gritou revoltada do outro lado da roda, fazendo menção de se levantar para atacar o mais velho. Porém, foi parada pela companheira.

_Não se preocupe, Jenn. Depois você bate nele... Ou então, pode cuspir no café dele, igual fez na semana passada...- murmurou pacientemente, puxando a menor para se sentar ao seu lado.

_Sim, sim. Claro... Espera, o que?- Yoon olhou revoltado para a amiga, a vendo apenas dar de ombros, enquanto sorria maldoso.- Isso é só porque eu disse que sua blusa era feia?

_Era a minha blusa favorita.- respondeu inocentemente, rindo da maneira incrédula que o seu cunhado a olhava.

_Sua cobra doida...

Antes que Jinnie pudesse revidar a ofensa, Seokjin os mandou calar a boca e continuarem com a brincadeira. Então, sem esperar, Jackson voltou a discussão anterior.

_Não vai mesmo escolher desafio? Está falando sério? Que tipo de bebezão escolhe verdade?

_Não. Sim. E eu.- respondeu calmamente.

_Mas, você sabe que se escolher verdade e não responder, ainda será obrigado a cumprir um desafio, certo?- tentou novamente, vendo azulado dar de ombros.

_Eu vou responder.

_Qualquer pergunta?

_Sim.

_Qualquer uma mesmo?

_Qualquer umazinha...

_Se você não responder, eu não vou pegar leve no desafio. Esteja avisado.

_Já disse, vou responder. Não tenho nada para esconder...

_Okay...- Jackson franziu as sobrancelhas e revirou sua mente em busca de um pergunta boa. Porém, Yoongi parecia tão decidido e confiante, que ele realmente não conseguia pensar em algo para quebrar toda aquela pose de ativo fodão. O que ele poderia... Oh, espere! Isso.

Min apertou seus olhos em confusão, ao ver a expressão de Wang se modificar e logo aquele sorriso de "eu vou comer o seu cu sem lubrificante" se formar. E ele estaria mentindo, se dissesse que aquilo não o assustou.

_Então, Suguinha...

_Sim?

_A pergunta é bem simples... Você só tem que dizer se é ou não...

_Okay?- murmurou desconfiado, engolindo em seco quando a risada de Jungkook soou pelo local. Pelo jeito, ele já havia entendido o que o chinês perguntaria.

_Na sua relação com o Jimin... Que é o passivo?

[...]

_Você não aprende, não é?- murmurou Hoseok, soltando um falso suspiro. Enquanto por dentro, se controlava para não rir.

_Não comece, Hoseok. Não começa...- resmungou emburrado, andando a passos apressados pelo campus e atraindo olhares por onde passava.

_Não era só mais fácil você ter assumido que adora dar pro Jiminie? Pelo menos não teria que passar por... isso, agora.- Yoon se interrompeu e encarou o outro seriamente, só fazendo a vontade de rir que Jung segurava, dobrar de tamanho.

_Primeiro. Jiminie? Que intimidade toda é essa, seu talarico?

_Nós somos amigos...- deu de ombros.

_Amigo de cu é rola. Pode ir tirando essa bunda foguenta de perto do meu namorado.- declarou, fazendo Hope revirar os olhos.- E segundo. Você pirou? Se eu assumisse que realmente sou o bottom, o Jackson e os outros não me deixaria em paz nunca mais!

_Ah, é...- concordou, fazendo uma expressão debochado quando se lembrou de algo.- Quando você era hétero, disse que se um dia dormisse com um cara, seria sendo ativo, não é? Como foi mesmo... acho que algo como "nessa bunda ninguém encosta..."

_No hablo tu idioma, chico loco.- murmurou, ignorando as risadas altas do melhor amigo e refazendo seus passos em direção ao refeitório do campus.

_Jimin sabe?- Hope questionou divertido, depois de mais alguns minutos andando.- Digo, sobre a aposta...

_Não, eu não contei para ele.

_É, acho que ele não vai nem perceber...- brincou, soltando mais uma risada, ao receber um leve soco contra seu ombro do baixinho emburrado.

_Nós só falamos por mensagens hoje! O que você queria que eu dissesse? Sim, sim... Tudo bem... E, ah! Jiminie? Eu só queria te dizer que hoje você tem uma namorada, não namorado, okay? Não precisa se preocupar, eu só vou estar andando vestido com roupas bem chamativas de colegial, por todo o campus da faculdade, como se fosse um personagem TomGirl de algum hentai meia boca...

_Eu acho que ele ia te zoar pelo resto do dia...- respondeu Hoseok, rindo baixinho ao ver a expressão emburrada "da amiga".

_Você ainda dúvida? As vezes eu acho que ele só está comigo, para debochar da minha cara sempre que quiser.- dramatizou.

_Pode ser por causa da sua bunda também... Que por sinal... Uau, Min Yoongi... Uau! Ela está maravilhosa nessa saia...- brincou, batendo palmas e soltando um assobio.

_E você ainda quer que eu o deixe ficar perto do meu namorado... Seu tarado.- resmungou, entrando no refeitório e atraindo ainda mais olhares. Alguns até eram mais ousados e assobiavam para si.

Ah, Mark que o perdoasse... Mas logo, logo, ele realmente não teria mais o pau pequeno do namorado dele, para se satisfazer.

Sem enrolar muito, Yoon apenas pegou as primeiras coisas que viu pela frente e colocou em sua bandeja, dizendo para a moça que o ruivo atrás de si pagaria e saindo o mais rápido da fila. Caminhando em direção a mesa mais afastada, enquanto ouvia as reclamações e chamado de Jung. Esses que ele apenas ignorou.

Bufando, ele se jogou contra a cadeira a sua frente e abaixou seus olhos para olhar o que havia pegado. E, parecia que naquele dia, seu almoço seria um sanduíche, yogurt e uma maçã. Podia ter sido pior... Ele murmurou para sim mesmo.

Pegando a fruta e a esfregando de leve contra a sua blusa, ele a levou até seus lábios, pronto para a morder e descontar suas frustações na mesma. Porém, a cadeira a sua frente sendo puxada, o interrompeu.

_Olá, gracinha... Está sozinha?- Ele ouviu o garoto perguntar. Respirando fundo, Yoon apenas desviou seu olhar e encarou sua bandeja.

_Estava, até um segundo atrás. E acredite, isso não é um agradecimento por você ter sentado.- murmurou com um pequeno bico em seus lábios, ouvido a risada alheia.

_Bonita e direta, tem como ficar melhor?- o garoto não se desanimou, apenas abriu um sorriso em seus lábios.

_Eu também sei dar excelentes chutes no meio das pernas... Quer testar? O primeiro é de graça.- debochou, falando em um falso tom animado e ouvindo o outro rir.

_Parece tentador. Mas terei que recusar. Sabe, eu ainda pretendo muitas coisas com meu colega aqui embaixo.

_Com tanto que eu não esteja nessa lista, ele pode sobreviver.- resmungo, voltando a limpar a maçã na manga de sua camisa.- E também, se você sair daqui agora.

_Você é sempre estressada assim, ou é só comigo?

_Eu não sei... Mas posso afirmar para você, que particularmente, esse seu sorriso me irrita.

_Ai, essa doeu.- murmurou dramático, colocando a mão sobre o seu peito.- Posso te fazer uma pergunta?

_Mesmo se eu falar não, você ainda vai fazer... Então...

_É só uma perguntinha... Não vai te machucar responder...

_Tá! Faça logo sua pergunta.- concordou por fim mordendo a maçã e a mastigando lentamente.

_Okay. Na verdade são duas...- se corrigiu, rindo ao ver "a garota" revirar seus olhos.- Primeira... Você está de calcinha também?

_PARK JIMIN!

Logo a fruta que antes era mastigada por Yoon, foi cuspida de sua boca, em um reflexo de incredulidade. Enquanto o garoto loiro a sua frente, ria ao ponto de ficar vermelho.

_Me desculpe, não resisti...- declarou, ainda sem consegui parar de rir.- Não é todo dia que eu vejo uma anã albina tão linda assim, vestindo roupas de colegial.

_Você é um tarado, isso sim! E se não fosse eu?- questionou revoltado, vendo o namorado revirando os olhos.

_Você só vestiu uma saia e colou uma peruca chanel, Yoon. Não fez plástica facial...- debochou, rindo do bico nos lábios alheios.- E outra, meus sonhos eróticos com você vestido assim, me prepararam muito bem para esse momento.

_Você... Você... Eu nem sei o que dizer!- murmurou em um tom baixo, desviando o olhar do outro, ao sentir suas bochechas esquentaram. Só tinha uma pessoa que conseguia o fazer passar de raivoso, para envergonhado. E ele não gostava nada disso.

_Eu também te amo, amor...- respondeu sorridente.- Mas, você ainda não me respondeu...

_Eu não vou te responder isso, Jimin!

_Ah, qual é, Yoon... Eu estou curioso com isso, desde que o vi entrar nesse refeitório... Por favorzinho... Tenha pena do seu pobre e pervertido namorado...- manhou o loiro, fazendo uma expressão fofa, com direito a biquinho e bochechas estufadas.

_Aish...- resmungou emburrado, desviando o olhar e cruzando seus braços.- Estou.

Logo os olhos de Park se arregalaram e ele piscou completamente surpreso.

_Espera, está mesmo de calcinha? Eu só estava brincando! Não achei que você estaria vestindo uma!- declarou incrédulo, vendo como até mesmo as orelhas de Yoon, se encontravam vermelhas.

_O filho da mãe do Jackson, disse que tinha que ser a vestimenta inteira. Então, sim. E também estou com um sutiã, o que é ridículo, já que nem peito eu tenho.- reclamou em voz alta, percebendo o erro que comete, ao olhar para o loiro a sua frente e ver o olhar tarado que ele o lançava. Ainda mais tarado que o normal.- Não! Nem pensar!

_Por favor, Yoonie! Eu só vou dar uma olhadinha...

_Não! Eu não vou deixar você me ver só de calcinha e top, Jimin!

_Por que não? Você não me ama, é isso?- manhou, vendo "a garota" revirar seus olhos.

_Nem adianta, isso não vai funcionar. Não vai me ganha agindo todo manhosinho assim...- respondeu indiferente, vendo o bico nos lábios de Park aumentar de tamanho.

_Você é tão mal comigo e com as minhas fantasias sexuais...- murmurou em um tom triste, fingindo secar uma lágrima que corria por seu rosto.- Vai... continua desse jeito... Assim eu vou acabar te amando menos 0,0000000000½%

_Nossa, que grande baixa...- respondeu, fingindo uma expressão assustada.

_Vai vendo...- concordou com a cabeça e se inclinou sobre a mesa, roubando um beijo do namorado, antes de voltar para o seu lugar.- Eu também posso ser mal...

_Bobão...- exclamou, soltando uma risada e até mesmo se esquecendo da irritação que aquele dia estava o rendendo.- Ah... Você não fez a sua segunda pergunta...

_Como?

_Você disse que tinha duas perguntas para me fazer...

_Ah, é! Eu já tinha me esquecido...- fez uma pequena careta, entrelaçando seus dedos aos de Min, que descansavam sobre a mesa.- Por um acaso, se eu te agarrasse agora e te fudesse contra essa mesa, isso seria considerado traição?

_Você não tem limites!- exclamou irritado, puxando sua mão para longe do contato alheio e cruzando seus braços.- Vai embora. Eu não quero ver mais sua cara hoje.

Yoongi só estava sendo impulsivo quando disse aquilo, afinal, com dois anos de relacionamento, ele já havia se acostumado com o jeito hora manhoso, hora pervertido de Park. Ainda assim, ele ficou surpreso quando viu o loiro se levantar e dar a volta na mesa, se preparando para questionar onde o mesmo iria, quando ele se virou em sua direção e puxou uma cadeira ao seu lado, se sentando.

_Você precisa mesmo ficar tão perto assim?- questionou revirando seus olhos, ao ver Jimin se inclinar ainda mais e ficar com o rosto quase em seu espaço pessoal.

_Você precisa mesmo ser tão rabugento com o seu namoradinho lindo que te ama tanto?- devolveu divertido, fazendo um pequeno bico em seus lábios e rindo baixinho, quando Min o roubou um rápido selinho.

_Apenas quando o meu namorado é uma praguinha irritante, que está enfiando as mãos por baixo da minha saia.- murmurou em um tom baixo, acertando um tapa contra a mão atrevida que subia por suas coxas.- Para de ser um pervertido! Nos estamos em público, seu anão bundudo tarado!

_Desculpe. É que eu tenho uma doença e é muito difícil de controlar ela, quando estou com você...- respondeu com uma expressão triste.

_Doença? Que doença?- questionou confuso.

_É distanciafobia...- murmurou pacientemente, continuando antes que o outro pudesse questionar o que aquilo significava.- Eu não consigo manter meu corpo longe do seu por muito tempo.

_Olha... Eu desisto.- foi tudo que “a garota” respondeu, mesmo que os cantos de seus lábios, se curvassem para cima.

_Mas o pior ainda está por vir...- declarou, apontando para o grupo que se encaminhava até a mesa onde os dois estavam. Ah, ótimo! Seus amados amigos haviam chegado...

_Hey, gostosa! Você vem sempre aqui?- gritou Taehyung, sendo acompanhado, nas risadas, pelos colegas.

_Fiu, fiu, em Yoongi Oppa... Não, espera... Yoonji Unnie...!- Jennie debochou.

_Eu não sabia que tinha como você parecer mais masculino como menina, do que como menino, Yoon...- se juntou Seokjin.

Yoongi apenas revirou os olhos e choramingou alto. Recebendo um carinho em suas costas do companheiro, como se estivesse o apoiando. Antes dele se inclinar e sussurrar no ouvido do mesmo.

_Você ainda acha um erro sair daqui e passar o resto da tarde transando?


Notas Finais


🍅🍅🍅🍅🍅🍅🍅🍅🍅🍅🍅🍅 (eu gosto de tomates)

Aí, eu amo muito esse Jimin tarado mas também todo apaixonadinho 💜💜💜💜💜😪😪😪 Senti saudades

Participação da nossa "amável" Miss Coreia, Min Yoonji... 😂😂😂😂😂😂😂😂😂

Espero que tenham gostado.
Beijinhos e até a próxima amoras lindas do meu coração 💜💜💜💜💜💜💜💜💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...