História Gêmeas - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 1.004
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 2 - Insuportavelmente Lindo


Fanfic / Fanfiction Gêmeas - Capítulo 2 - Insuportavelmente Lindo

Luka POV'S ON 

 Watakino é uma universidade bem agitada, alunos transitando pra lá e pra cá . Armários abrindo e fechando e uma Yuka me fazendo passar vergonha. 

 — que legal!!! 

 — não precisa dizer para Marte ouvir! 

 — hã! 

 — você tá falando muito alto. 

 — olha estamos na mesma sala. 

 — nos vemos o dia inteiro, por que estar na mesma sala seria legal? 

  — temos que escolher onde sentar. 

 Ela literalmente me ignorou. Sento na canto da parede ao lado da porta na última cadeira. Nossa primeira aula é de cálculo. Eu estava prestando atenção na aula, acredite eu estava. Até ... 

 — esse é o novo aluno Matthew, pode se sentar ao lado da senhorita Samos. 

 Por favor esteja falando da minha irmã! Não, ele não está falando dela! MERDA! Esse é o cara da biblioteca. Não olha para mim. Não olha para mim. Merda ele olhou! 

 — ora ora se não é a desligada, andou esbarrando em muitas pessoas por aí?!

 Fingi estar prestando atenção na aula e não ligando para ele. 

 — ei eu estou falando com você albina! _ diz irritado. 

 Albina? Senhor me livre dessa vontade de socar a cara dele. 

 — o que é? _pergunto irritada. 

 — já estava achando que além de desastrada era surda! haha _ zomba 

 — Matt pare de encher o saco dos outros!_ diz uma ruiva que está na minha frente. 

 — cala a boca Sarah. Eu mexo com quem eu quiser. 

 — não liga para ele. 

 — quem disse que eu estava ligando? 

 — vai besta. Haha! 

 Ela revira os olhos e volta a prestar atenção na professora. 

 O sino toca para irmos para o recreio eu me ajeito na sombra de uma árvore e começo a escutar música. 

 — posso me sentar? _ era aquela ruiva de antes. Dou espaço a ela e ela se senta na grama ao meu lado — você também é uma novata, né?  

 — é tão óbvio? 

 — digamos que sim. Sarah Jacos. 

 — Luka Samos. 

 — o que está escutando ?

 —Linkin Park. 

 — qual música? 

 — Numb. 

 — minha favorita é In The End.

 — você também gosta deles? 

 — sim rock, rap, jazz, heavy metal e eletrônica. 

 — somos duas. .

Assim que o sino bate voltamos para a aula, Sarah e eu jogamos muita conversa fora falando sobre músicas até dar a hora de ir embora, me despedi e esperei Yuka na saída.

 — fiz vários amigos! Aqui é tão legal! 

 — é bem melhor do que eu pensei. _ confesso. 

 — onee você fez amigos? 

 — pode - se dizer que sim. 

 — e aí albina. _ a não esse insuportável de novo. 

 — seu namorado Luka? 

 — NUNCA!_ gritamos juntos antes de nos encararmos com ódio. 

 — vamos Yuka!_ saí puxando ela, optamos por voltar a pé. 

 — ele não é o aluno que entrou na nossa sala? 

 — é ._ respondo. 

 — onee você acha ele bonito. 

— insuportavelmente Lindo... q-quer dizer… não !_ coro muito. 

 — ahhh! _grita dando pulinhos de alegria.— você está apaixonada. 

 — achar alguém bonito não significa estar apaixonado. Além do que ele muito chato! 

 — Hm... seeeeiii! 

 Luka POV'S OFF 

 Elas foram o resto do caminho em silêncio total, quer dizer , Luka foi em silêncio, Yuka estava contando tudo que aconteceu com ela e de como estava feliz. 

 Yuka POV'S ON 

 Hoje foi um dia muito especial, eu fiz vários amigos, me diverti muito e aprendi coisas novas incluindo minha irmã estar apaixonada. Isso é muito raro então ela tem que aproveitar. 

 Fiz três amigos chamados: Hiroki, Lucas, Pedro. E amigas: Ayana, Nana, Aira, Sofia e Mare. Eles são legais mais muito inconvenientes, também se conheceram agora, marcamos de tomar Açaí a tarde.

 — Luka você deveria vir conosco! _ tento convencê- la a sair de casa. Missão impossível nível 10. 

 — não obrigada. 

 Não falei?! Dessa vez não vou insistir já estou quase atrasada. Deixa eu dizer como eles são : Hiroki é moreno de olhos roxos - lentes, eu acho- Pedro é loiro de olhos azuis com um cabelo emo, Lucas é moreno de olhos castanho e é baixinho, Nana tem cabelo rosa e olhos azuis e um bundão Aira é loira de olhos azuis e também tem um corpão - que é?! É verdade- Sofia e morena de olhos verdes e Mare é morena dos pés a cabeça. Devo dizer que os mais inconvenientes são os meninos e a Nana, Sofia e Aira são mais tímidas mas isso não significa que não sejam lokas!

 **

 — Yuka Acorda!_ grita Nana no meu ouvido. — tá viajando é?! 

 — eu não sou surda!! 

 — parem de gritar _ diz Aira. 

 — AHHHHHHHH AHHHHHHHH! !!!! HAKUNA MATATA! EU GRITO SE EU QUISER!!!!! 

 — Nana tá todo mundo olhando _ diz Lucas 

 — Foda-se!! Tá olhando o que ? Acho bonito tira uma foto e se masturba olhando para ela. 

 Ok agora todo mundo tá olhando mesmo. Fomos expulsos da sorveteira por causa da inconveniência dela. 

 — que gerente filho da puta!!! 

 — haha! Nana eu sou seu fã! _ diz Hiroki morrendo de rir. 

 — eu sei, todo mundo é! 

 — exibida _ diz Pedro. começamos a rir da cara que a Nana fez. De repente sinto uma forte tontura e quase caio. 

 — Yuka, tudo bem?_ pergunta Hiroki me segurando 

 — sim. Foi só uma tontura. 

 — certeza?_ pergunta Sofia. 

 — sim. 

 Me equilibro no chão e digo: 

 — eu vou para casa, até mais! 

—Tchau! _ dizem em unisom. 

 No caminho a tontura volta e me encosto em um muro para não cair. Minha cabeça começou a doer muito. Peço um táxi e indico meu endereço. Chego em casa e corro para o meu quarto me jogando na cama esperando a tontura passar. 

 Começo a ouvir ruídos insuportáveis. Senti como se meu ouvido fosse explodir. Podia sentir a pulsação das coisas. Levanto minha mão e o criado mudo flutua. Estou imaginado coisas. 

 Tudo fica escuro de repente.  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...