História Gêmeos - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Gêmeos, Horror, Incesto, Sobrenatural, Yaoi
Visualizações 40
Palavras 433
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Canibalismo, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Como anterior foi bem pequeno, resolvi postar logo o próximo.

Espero que gostem! :)

Capítulo 5 - 05


Yuki sabia que aquela garota havia se enganado no momento em que ela pediu para falar depois das aulas e em particular, mas não se importava. Esclareceria o engano a ela depois, o mais importante era que daquele dia em diante ela teria um inimigo que não permitiria de forma alguma que ela conseguisse se declarar.


  Ao fim das aulas do dia Yuki pediu a seu irmão que já estava com o humor acabado de ter que lidar com tanta gente ao mesmo tempo, que fosse comprar algo para os dois beberem e que depois o esperasse na sala de aula, deu um beijo no topo de sua cabeça e se retirou.

  Ao chegar no lugar indicado para falar com a garota cujo nome Não lembrava, não precisou esperar. Ela já estava lá esperando com uma pequena carta rosa em suas mãos. 

  -senhorita- ele se pronunciou chamando a atenção dela que foi logo lhe entregando a pequena carta - Não- ele disse- vamos conversar primeiro. 

  Ela acentil. 

  -em primeiro lugar- ele começou_-houve um pequeno.... engano. A senhorita me confundiu com meu irmão mais velho Yukine- disse ele sorridente. 

  Ele viu um ar confuso tomar o olhar da garota enquanto um tom vermelho se fez presente em sua face. Ela sentiu se envergonhada pela confusão, além de agora o cara que estava ganhando fama de mais mau-humorado da escola saber de seus sentimentos por aquele que era seu irmão. Mas aquilo não podia ser tão ruim assim certo? Talvez ele até a ajudasse! Foi o que pensou.

  -Bem... você poderia então...- ela tentou se recompor- talvez. Entregar essa carta a ele por mim?

  Ele riu sem graça. Não era tão bom assim, apenas justo o suficiente para ser um pouco verdadeiro. 

  -Olha moça, sendo sincero. Se me entregar essa carta, nem ela nem você vão chegar até o meu irmão.- ela se assustou- Não sou falso. Eu não quero que vocês fiquem juntos! 

  - por quê? -ela perguntou confusa- Você tem algo contra mim? Ou...

  - Não pense besteiras! Não quero nem você, nem ninguém na vida dele. E o meu único interesse em você, é que se afaste.

  Os olhos dela começaram a se encher de lágrimas enquanto ele se retirava de lá, mas parou um momento.

  -Só mais uma coisa. Ele não gosta de pessoas que choram fácil.

  Riu baixou retomando seu caminho e deixando aquela garota para trás em prantos. 

  Quando Yuki chegou na sala de aula onde devia encontrar Yukine, encontrou apenas uma latinha de refrigerante e um bilhete com a seguinte mensagem: 


   "para o idiota do meu irmão!

Ass: Yukine"




Notas Finais


Obrigado por lerem e peço que comentem o que acharam.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...