História ...Gêneros Opostos... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 870
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Alex - dia 1

Capítulo 1 - Alex - Um dia normal...


Fanfic / Fanfiction ...Gêneros Opostos... - Capítulo 1 - Alex - Um dia normal...

*Alex acorda de manhã com sua mãe gritando por seu nome*

(Mãe)- Alex, filha! Venha tomar seu café! Você irá se atrasar para a sua aula!

(Alex)- Já estou indo mãe! Deixa eu só me arrumar!

Todo dia é a mesma coisa, acordar, me arrumar, comer e ir para uma escola entediante cheia de gente chata, já estou acostumada com isso, mas amanhã será um dia especial! Finalmente irei morar na casa do meu primo e poderei ser quem eu sou, eu não vejo a hora!

Acabei de me arrumar e desço para a cozinha, minha irmãzinha e meu pai está se arrumando para sair, eu como minhas torradas com manteiga e tomo meu leite com achocolatado, vou escovar meus dentes e fico esperando meu pai e minha maninha terminarem.

Meu pai me leva junto com minha irmã no carro dele, eu sou a primeira a chegar na escola, dou um beijo na bochecha dos dois e entro, mas antes de eles irem embora e eu entrar eu escuto minha irmã gritando:

(Irmã)- Se cuida maninha!

(Alex)- Tchau! Você também!

Minha irmã é uma garotinha muito fofa, quando ela tinha seis anos ela ganhou um leão de pelúcia que ela o nomeou de Bili, ela tem esse ursinho até hoje que ela tem dez anos.

Entro na escola e me deparo com Nanda e Pedro, meus melhores e únicos amigos na escola, me aproximo dos dois e digo:

(Alex)- Oi gente, cheguei meio atrasada, me desculpem

(Pedro)- Haha, eu cheguei agora também, a Nanda ficou aqui sozinha, coitada

(Nanda)- Ah, pelo lado bom eu pude ficar olhando o Heitor de longe

Heitor é um menino babaca do primeiro ano, ele é popular entre as garotas bonitas e faz bullying com os nerds da escola, ele é filho único de uma família rica então ele se acha demais, não sei o que a Nanda vê nele

(Pedro)- Não sei por que você gosta daquele cara, conheço um garoto que está a fim de você que é bem melhor que ele...

Eu olho para o Pedro e ele está meio envergonhado, ele olha pra mim e eu faço uma cara maliciosa e ele me responde com uma cara brava

(Nanda)- Sério? Quem? Mas eu duvido que seja tão bonito quanto o Heitor

(Pedro)- Ninguém, deixa pra lá...

*O sinal toca*

(Alex)- Ah, precisamos ir agora, qual a nossa primeira aula?

(Nanda)- Ciências, hoje iremos ao laboratório aprender sobre as células, sei lá

(Pedro)- iremos aprender sobre o corpo humano!

(Nanda)- ciências, fórmulas blá blá blá

(Alex)- Haha, é verdade, também não gosto de ciências, mas nós teremos que fazer essa aula pois vale cinco pontos na média esse trabalho...

(Nanda)- Aff

Nós fomos pra sala de ciências e fizemos nossa aula, era pra respondermos um questionário no final, como uma prova sobre o que a gente tinha aprendido naquela aula, mas eu não consegui ouvir o que o professor tinha dito a aula inteira pois todos estavam fazendo muita bagunça, então não consegui responder nada, nossa próxima aula foi inglês e depois matemática, após a aula de matemática descemos para ir ao intervalo. Sentamos no canto onde sempre ficamos, longe do resto, enquanto conversávamos o Pedro de repente muda de assunto e me pergunta:

(Pedro)- Mas você vai fazer isso mesmo Alex? Tem certeza?

(Alex)- Isso o que?

(Pedro)- você sabe... Amanhã e tal...

(Alex)- Vou sim

(Pedro)- ah...

(Nanda)- Isso o que gente?

(Pedro)- A Alex não te contou?

(Alex)- Eu esqueci de te contar, me desculpa

(Nanda)- não tem problema, me conta agora

(Alex)- amanhã eu vou viajar pra casa do meu primo, irei morar lá a partir de amanhã, vocês não me virão mais, mas de vez em quando poderei voltar para ver vocês dois e meus pais

(Nanda)- EOQQQQQQQ

(Pedro)- NÃO GRITA SUA LOUCA

(Nanda)- POR QUE VOCÊ VAI FAZER ISSO?

(Alex)- Calma amiga, eu tenho um bom motivo!

(Nanda)- Ok, me desculpa

Parecia que todo mundo tinha se assustado com o grito da Nanda e estavam todos olhando pra nós três

(Alex)- Eu quero recomeçar, eu vou virar trans e ir a uma nova escola em uma nova cidade... 

(Pedro)- O que? Você não tinha dito pra mim que iria se vestir de garoto

(Alex)- Eu queria falar isso hoje pra vocês dois não ficarem me olhando torto...

(Nanda)- Claro que não, você está louca? Nós sempre seremos seus amigos do jeito que você for

(Pedro)- Isso mesmo, não precisa desconfiar de nós

(Alex)- Obrigada gente

O sinal toca e temos as duas últimas aulas, vamos embora nós três juntos pois moramos perto um dos outros, chego em casa e minha mãe me pergunta:

(Mãe)- Olá querida, como foi seu dia hoje?

(Alex)- Normal, e o seu?

(Mãe)- Normal também

(Alex)- Cadê a Maria?

Maria é o nome da minha irmãzinha, aliás

(Mãe)- Ela foi numa viagem na escola, ela vai chegar um pouco mais tarde, seu pai que vai buscar ela hoje

(Alex)- Ah sim... Eu vou subir ok?

(Mãe)- O.K, mas logo vou te chamar pra você almoçar

(Alex)- Sem problemas

Eu subo pro meu quarto e troco de roupa, coloco um pijama bem confortável, pego meu celular e fico vendo minhas redes sociais enquanto escuto músicas 

(Mãe)- Filha! Vem almoçar!

Eu desço e vou pra cozinha, minha mãe fez macarrão com molho vermelho e salsichas cortadas com cebola, estava muito bom, passei o resto do dia falando com meus amigos enquanto assistia séries e brincava com meu gato, o Sr. bigode, até que eu fui dormir, e amanhã será meu dia especial...



Notas Finais


Sim, o gato se chama Sr. Bigode.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...