1. Spirit Fanfics >
  2. Gênese Em Júpiter: Dimensão X >
  3. (04- Esse é o Inferno!)

História Gênese Em Júpiter: Dimensão X - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - (04- Esse é o Inferno!)


Fanfic / Fanfiction Gênese Em Júpiter: Dimensão X - Capítulo 5 - (04- Esse é o Inferno!)

-- Enquanto saltávamos por cima de nossos "amados colegas" vamos em direção ao salão.. ela só é aberto para grades reuniões ou apresentações de teses importantes, porém naquele momento algo acontece...

" Trmmmm.."
Tudo de repente começou a tremer...
Percebendo isso olhamos de forma estranha!
Terremoto!? Como assim?
Não recebemos nem um aviso sobre terremoto, ou recebemos?

-- Olho para Lucas desconfiado e pergunto: Lucas você sabia sobre esse terremoto?
Ele responde: não avisaram então não tem como eu saber.

-- Porra! Pra quer serve tanta tecnologia, se não podem avisar com antecedência sobre um mísero terremoto!
Se alguma coisa desaba ou algum buraco aparecer no chão, o que fazemos?
Se estivéssemos em Tokyo, não estaria preocupado, afinal os prédios lá são construído para previnir que sua estrutura não seja danificada por terremotos.. mas aqui... Rarrss
Não deixo de suspirar..

-- Só podemos esperar disse Lucas..
Porém naquele momento algo chocante aconteceu..

-- Protocolo Ômega iniciado!
Iniciando O Sistema Pandora!
Iniciando tempo limite!
Tempo limite estimado em 10 - anos até a seleção existencial!
Iniciando auxílio a raça primord!
Iniciando seleção dos indivíduos qualificados!
COMEÇAR!!

- Porra, só pode ser uma pegadinha! Grita Lucas, enquanto aponta o dedo indicador para o céu... Olhando na mesma direção que Lucas, fico chocado!
Com os olhos arregalados não deixo de gritar - que merda é essa? Estamos na porra de um jogo!? Grito olhando para aquela enorme barra de HP semi transparente que possuí um tempo limite.."
Ela estava lá flutuando no céu, era como se ela sempre estivesse lá, apenas que ninguém nunca notou.

-- Sistema Pandora? Seleção existencial?
Que porra é essa!?
Perguntou Lucas, mas ainda parece ter coisas para acontecer...
Escutamos um barulho como se fosse vidro trincando, de repente uma grande rachadura começa a aparecer bem acima da escola!
Ela continua se expandindo até cobrir metade da escola, uma metade desse enorme colégio de 400 metros de altura fica completamente no escuro, toda a luz e ofuscada por essa gigante rachadura que apareceu do nada...

-- Olhando essa cena que parece ter saído de um jogo, damos alguns passos para trás, pós lá no fundo já sabíamos que algo pior estava para acontecer! Essa é uma experiência ganhada, jogando inúmeros jogos, e assistindo muitos animes.

-- Viramos rapidamente na direção da saída da escola, começamos a correr o mais rápido possível! Porém não demorou muito para perceber que não importa o qual rápido movemos nossas pernas, ainda continuamos no mesmo lugar..

-- Olhando para baixo percebemos que já estamos a um metro do chão...
De repente escutamos inúmeros gritos..
Kyaa!! Socorro!! Quero descer..
O que está acontecendo!!
Ahhh! Alguém me desce! Tenho medo de altura!
Será esse, o arrebatamento!?
Kyaa!! Socorro, mamãe me salva!

-- "Olhando envolta percebemos mais de 20 mil estudantes, dos quais 90% pesam mais de 100kg..
Todos estão flutuando em direção a essa rachadura extremamente preta e sombria"

-- Olho para Lucas, ele olha para mim.. o nosso olhar significava o mesmo -- uma pergunta sem resposta... Que porra, está acontecendo aqui!?

-- Sem saber o que estava acontecendo, continuamos subindo em direção a rachadura, com poucos minutos chegamos frente a frente, era simplesmente assustador! Olhamos e não deixamos de engolir a saliva presa na garganta, enquanto apertamos as mãos em punhos...

-- Será que vamos simplesmente morrer ou ir para alguma outra dimensão!? Era o que passava em nossas mentes.. antes de finalmente entrarmos nessa fenda!
Ao entrar, pensávamos que iria demorar algum tempo até chegar ao outro lado, ou simplesmente iríamos morrer! Porém em um piscar de olhos, nos estamos em uma grande floresta..
Se fosse para descreve-la, diríamos que é parecida com o Amazonas, quando ainda era preservada, mas as árvores daqui são simplesmente enormes, algumas chega até o tamanho da nossa escola.. outras são até maiores, existe árvores de vários tamanhos e cores.

-- Olho em volta, mas além do Lucas só vejo algumas centenas de alunos, acho que todos foram espalhados nessa floresta, mas a pergunta é onde estamos?
O que aconteceu?
por que, estamos aqui?

-- (AVISO DO SISTEMA)
"Dungeon rank "A"
Missão principal -- elimine o Rei goblin e seu exército..
Missão coletiva, benefícios distribuídos de acordo com a contribuição na missão."

-- "Missões secundária.
Missão rank D -- mate 10 goblins soldados e evolua seu nível!
Próximas missões -- indisponíveis no momento."

-- De repente escutamos uma voz mecânica que surgiu do nada.. todos ficamos surpresos! É a mesma voz que ouvimos antes de sermos trazidos para cá!

-- logo após a voz ficar em silêncio, um dos alunos gordinho grita para o céu -- Quem é você?
O que está acontecendo aqui?
É alguma pegadinha?

Uma das garotas gordinha também segue com suas perguntas -- Você sabe quem somos?
Você acha que vai sair impune, fazendo esse tipo de coisa com a gente!!!?
Nós somos o futuro do mundo!!
Se tivermos um mísero arranhão, é melhor preparar seu caixão!!

--"Respondendo perguntas dos anfitriões -- fui iniciando pelo protocolo Ômega. Sou o sistema Pandora, fui criado para auxíliar a raça primord.
Todos vocês são indivíduos do mais baixo nível, porém só os fortes sobrevivem!!
Entre no caminho da evolução, você depende de si mesmo para isso.. qualquer tecnologia avançada será restrita dentro das Dungeons, independente de sua dimensão.
Boa sorte!!😉 "

-- Escutando isso.. por algum motivo sinto uma raiva subindo dentro de mim, olho para Gênese e digo: Nunca senti tanta vontade de espancar alguém, como eu sinto agora!
Gênese olha e fala: sim, que tipo de explicação é essa? Praticamente ele disse, se você não é forte, vá e morra! A tecnologia é restrita?
Pergunto enquanto tento usar meu celular, mas simplesmente não funciona..

-- Olhando em volta, percebo que a cima da cabeça de todos a pequenas informações..
Nome -----
Nível ---
Raça ---

-- Espera, se é que nem um jogo, todos são nível zero, mas por que eu e Lucas somos nível 5?
Acostumado com esse tipo de coisa por sempre jogar jogos de realidade virtual -- chamo por meus status, porém me surpreende ele realmente aparece.

"Nome - (Gênese Atenis)
Nível - 5 (Mortal)
Raça - (??????)
Força - 10
Vigor - 10
Agilidade - 10
Defesa - 2
Energia - 0
Títulos - ( Príncipe dos caídos),
(??????), ( ??????) - ( Mestre marcial ) "

-- Que porra status são esses?
Como assim você não sabe minha raça?
Pergunto em pensamentos, porém o sistema me responde
-- "Vocês todos não são humanos, como dizem ser! Porém tem algo que impede a leitura de seus DNA.."

Ah! Como assim, o que somos? Se não humanos!
Espera.. se eu não estou enganado, você falou algo sobre auxiliar a raça "primord"

-- Sistema - (Primord, vem de Primordial = Primeiro)

- Eu sei o que significa primordial, mas como assim, a primeira!?
Então o que somos? Já que não somos humanos!!

- Sem perceber acabo gritando em voz alta.. porém dessa vez só recebo o silêncio.
Lucas, olha preocupado e pergunta -- mano você está bem?
Olho e lhe respondo: apenas chame por sua janela de status, assim como fazemos nos jogos..

- Ouvindo isso.. Lucas e todos que escutaram chamam por sua janela de status..
Não demorou muito para todos começarem a xingar e amaldiçoar, porém o motivo e diferente..

-- Como assim apenas 0,5 de força.. 0 de agilidade, vigor 1, e defesa 5 !!!?
Além disso, que merda é esse título, "Aquele que morre pela boca"
E ainda tem penalidade " por você está muito acima do seu peso ideal, seus status de força e vigor são reduzido a zero!
Se você for além de seus limites, têm 90% de chance de morte por parada cardíaca! "

- Que porra de status são esses!!?
Eu sou um gênio! Era para mim receber algum tipo de trapaça?
Porém no lugar disso, estou sendo punido! Para onde fui a justiça nesse mundo?
Esse Sistema só pode está quebrado! Não tem outra explicação.

-- Escutando esses gritos por toda parte, com praticamente as mesmas reclamações... "Só posso levantar o polegar para o sistema, ele é tão nobre e justo!
Isso me faz pensar como os jogos VR, são injustos!

Olho para Lucas, porém ele parece está perdido em pensamento..
Ei Lucas o que foi?

Ele olha e me responde: o fato de não saber minha raça tudo bem.. também estou satisfeito com meus status se compara aos outros, mas esse título aqui é estranho!

Nome - (Lucas Miguel)
Nível - 5 (Mortal)
Raça - (???????)
Força - 10
vigor - 10
Agilidade - 10
Defesa - 2
Energia - 0
Títulos - ( Príncipe da melícia celeste), (???????), (Mestre marcial)

Que porra é príncipe da melícia celeste?
Olho para Lucas e falo: "pelo menos esse seu título tem algo legal como celeste.." já o meu haahs.. só posso suspira antes de continua...
O meu é "Príncipe dos caídos" mas não sei que porra de título é esse?
Sou o príncipe de todos os caem!?

- Suspiro maís uma vez e continuo: "além disso, quando eu seleciono para saber os efeitos do título, apenas diz que meu nível existencial é muito inferior para usar o poder ou saber qualquer informação sobre esse título..."

Hahaha...
Príncipe dos caídos.. hahaha
Lucas começou a gargalha...

- Porém bem nesse momento o som de uma trombeta, acompanhando por vários gritos pode ser escutado, parece está cada vez mais perto..

Hyaaa...
Hehehe
Hihih..
Hehehe...
Kyakya...

Esses barulhos que parecem ser algum tipo de risada, pode ser escutado vindo de todas as direções..
Não deixamos de levantar nossa guarda, alguns dos alunos mais medrosos, já estavam até se mijando nas calças, enquanto chamavam por suas mães..

Merda o que está acontecendo aqui? Lucas, fala baixinho, mas nesse momento todos escutamos a voz do sistema..

- Aviso - pequeno esquadrão de 100 Goblins de reconhecimento se aproximando rapidamente, se preparem para a batalha, boa sorte!

- Aviso - Missão de rank D, em progresso. Número de Goblins mortos (0).
Os 10 primeiros indivíduos a completa a missão, irá receber uma arma, "gral mortal inferior = rank D" boa sorte!

- Escutando isso um dos alunos gordinhos chamado Richard, grita - completa a missão é meu pau!..
Porra! Como você quer que matemos 100 Goblins, sendo que possuímos esses status de merda! Você nem nos dá alguma habilidade! Diga logo vá e morra! Que eu acredito.

- Respondendo o anfitrião...
O seu status é reflexo de si mesmo! Se você tem habilidades, vai está constando nos seu status.
Fui programado para avalia-los completamente e transforma todas as suas habilidades, força e poderes possuídos, em um sistema legível e fácil de entender..

- De acordo com o conhecimento posto em mim, esse Sistema de status e algo que praticamente todos vocês entendem e utilizam em jogos.
Aprenda a conquista suas próprias habilidades.
Se você não tem habilidades.. a culpa e sua, não é minha!

- Porra! Sistema você foi muito duro com ele, poderia ser um pouco mais gentil?
Penso enquanto olho o gordinho Richard, se ajoelhado praticamente sem vida no chão..

"Kyaaaa
Nesse momento escutamos o grito de uma garota.. todos nós rapidamente viramos em sua direção, mas o que vemos é simplesmente horrível!
Tinha três pequenos humanóides verdes, com um simples olhar já sabemos que são Goblins.."

- Porém eles estão... A garota foi agarrada, ela está completamente nua, um deles segura sua cabeça outro segurava suas pernas, mas o último... Ele estava violentando a garota, que aparentemente era virgem...
Mesmo a garota sendo obesa eles, parecem não ligar..

Logo escutamos gritos por todos os lados...

Kyaaah socorro!!
Haaaa meu braço!
Não chegue perto, não venhaaaahh...

- Além das garotas sendo estupradas, eles estão devorando vivos todos aqueles do sexo masculino... Como isso aconteceu tão rápido!?
Lucas pergunta: eu estava pasmo com tudo que tava acontecendo, porém bem no momento que iria falar, quatros Goblins vem em nossa direção.. merda! Xinga Lucas correndo em direção a dois dos Goblins..
Vendo isso não fico parado e corro em direção aos outros dois..

- Ao chegar lá, um dos Goblins salta e tenta acertar minha cabeça com um porrete, mas esquivo facilmente para o lado esquerdo e acerto um chute lateral em seu peito o fazendo voar a poucos centímetros de distância, mas ao cair no chão o Goblin, simplesmente se levanta como se nada tivesse acontecido e volta correndo novamente rindo alto hihihih...

-- Olhando esse sorriso de deboche dele, fico puto com esse fudido, mas não esqueço do outro Goblin, ele se aproximar rapidamente e tentar acertar o porrete em mim, atacando furtivamente pelas costas, mas nesse momento dou um impulso e salto para trás esbarrando minhas costas nele, antes que complete o seu ataque seguro o seu porrete com a mão direita e com a esquerda seguro sua mão e o jogo ao chão.. logo ele cai com as contas no chão, rapidamente piso em sua cabeça, enquanto me abaixo para pegar o porrete.. logo começo a quebrar o porrete na cabeça desse goblin, mas ele só morre depois de três acertos com toda a minha força.. não deixo de xingar -- que merda! Por que, eles são tão fortes e resistentes?

- Pelo o que sei Goblins, são apenas mobs fácies, por que, esses são tão difíceis!?
Vendo o outro Goblin se aproximar, respiro fundo e corro até ele com o porrete na mão.

Porra! Porra!
Esses não são os Goblins que eu conheço!! Grita Lucas, enquanto se esquiva das estocadas das lanças dos Goblins, mas rapidamente ele pega uma das lanças pela ponta e puxar o Goblin para perto, saindo da linha de ataque da lança enquanto o Goblin vem em sua direção...

- Hehehe.. agora é minha vez!
Ele grita ao mesmo tempo que acerta uma joelhada na boca do Goblin quebrado alguns de seus dentes..
Porém ao cair no chão o Goblin, simplesmente começa a levantar lentamente..
Caralho! Você tá brincando né?
Lucas, grita puto com a situação, mas por sorte, ele ainda está com a lança em mãos.. ele corre para cima do outro Goblin que estava aguardando uma oportunidade para atacar e joga a lança fazendo ela atravessar a sua garganta o prendendo ao chão... Logo ele pega um pedaço de uma lança quebrada e caminha lentamente até o Goblin que ainda estava para se levantar...

- Parabéns você matou dos Goblins 200, pontos de experiência ganhos..

- Parabéns você subiu para o nível 6, com excessão do status de energia, todos os outros status são acrescentados 2 pontos.

-- Vendo esse aviso nós dois queremos matar esse Sistema..
Porra! Achei que você era nobre e justo, mas me enganei.. esses merdas de Goblins estavam pelo menos no "nível super difícil"
Se não fosse por possuímos magníficas habilidades! Já estaríamos sendo digeridos por esses bostas!! Mas você tem a audácia de nos dar apenas um nível? Porra!

- Olho Gênese, que está pouco alterado e falo: mano é melhor a gente sair rapidamente daqui, ou vamos acabar que nem eles.. ele fala enquanto apontava para vários corpos devorados com apenas ossos brancos sobrando...

-- Ouvindo isso apenas respondo: você acha que eu não sei disso?
Eh exatamente por isso que estou puto! Se nossos níveis subissem apenas mais um pouco... talvez.. talvez possamos fazer alguma coisa para ajudá-los..

-- Falo enquanto olho para alguns dos nossos colegas que ainda estão vivos...
Nesse situação nós dois só podemos serrar os punhos em raiva e frustração, enquanto olhamos para todas essas atrocidades!
As garotas foram todas molestadas, algumas delas, aquelas com a aparência mais comum, tiveram todos seus orifícios violados! Nem mesm os olhos foram poupados.

Já os homens a maior parte estão ao chão, as suas aparências são irreconhecíveis.. outros estão tendo seus membros cortados e empilhados..

Esse é o inferno! Lucas não deixa de comentar baixinho... Apenas confirmo - Sim, esse é o inferno!

•••••••

(Desejo um feliz 2021, para todos! )

[Peço desculpas pelos palavrões, e cenas abusivas, mas a novel que estou escrevendo é voltada para o público a dulto, então espero que possam entender.
Também de certa forma, quis representar de uma forma  bem realista as ações dos Goblins contra as mulheres e homens, pois é assim que são de acordo com todos as histórias que li sobre eles. Só quero tentarem mostra como a situação é realmente desesperadora]

[Então espero que não se ofenda com isso. Só quero representa na história um futuro onde as pessoas se tornam muito dependente da tecnologia, esquecendo até de sua própria saúde. Quero mostra de certa forma o impacto que vai ter em suas vidas por eles não possuírem um bom preparo físico em situação desesperadora, mostra que as vezes o dinheiro não é tudo na vida.]



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...