História Genie - Wanna One (OngNiel) - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Wanna One
Personagens Daehwi, Guanlin, Jaehwan, Jihoon, Jinyoung, Jisung, Kang Daniel, Minhyun, Personagens Originais, Seongwoo, Sungwoon, Woojin
Tags Kang Daniel, Ong Seongwoo, Ongniel, Wanna One, Yaoi
Visualizações 151
Palavras 901
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha só quem resolveu atualizar de madrugada.
Espero que gostem amo vocês ❤

Capítulo 18 - One Day


— Niel, posso falar com você? — Puxei Daniel para o lado de fora do quarto que o Minhyun estava e falei baixinho. — Será que você pode curar o Minhyun? Igual fez comigo quando a gente se conheceu. — Ele me lançou um olhar triste e suspirou.

— Desculpe Ong, mas isso é diferente de um resfriado, Gênios podem realizar qualquer desejo, mas temos algumas exceções, eu não posso matar e ressuscitar as pessoas, nem posso fazer alguém se apaixonar e não posso curar alguém de uma doença ao qual ela foi destinada, me desculpe — Ele me olhou com os olhinhos cheios de lágrimas e eu o abracei.

— Está tudo bem meu amor, não precisa ficar assim — Disse em seu ouvido e ele se separou de mim com a bochechas rosadinhas.

— Eu tinha prometido pra mim mesmo que iria fazer tudo o que você desejar, mas eu não sou capaz disso. — Lágrimas começaram a escorrer pelo rosto dele, eu sorri e a passei minha mão na bochecha dele enxugando as lágrimas que incistiam em cair.

— Daniel, não fique assim está tudo bem...

— Você nunca se perguntou porquê eu te concedi desejos infinitos sendo que gênios da lâmpada são famosos por conceder apenas três desejos ao seu mestre?

— Bem... Sim! mas isso não importa agora, por favor para de chorar.

— Eu fiz isso, por que logo de cara eu sabia que você era diferente e que não iria se aproveitar e mim e iria fazer as escolhas certas — Ele apoiou a cabeça no meu ombro e chorou mais — Eu só queria te fazer feliz, mas eu não posso...

— Daniel! Para de falar besteira, você me faz muito feliz e sabe disso. — O abracei apertado, sequei seu rosto mais uma vez e depositei um beijo na pontinha do nariz dele, voltamos para o quarto e Jaehwan foi apenas curto e grosso.

— Pode ir pra casa Ong eu vou ficar aqui com o Minhyun.

— Mas...

— Eu já disse e não vou mudar de opinião — Ele disse fazendo o Hwang sorrir apaixonado, revirei os olhos e apenas aceitei aquilo, pelo o que eu conheço do Jaehwan ele não iria sair mesmo, então não havia nada que eu pudesse fazer, apenas ir pra casa e ficar agarradinho com o Daniel.

— Tudo bem, se cuidem — Depositei um beijo na testa dos dois e sai com Daniel, quando chegamos em casa brinquei um pouco com Max, com todas essas coisas acontecendo acabei deixando Max um pouco de lado, então apenas dei total atenção ao cachorro que estava eufórico. — Daniel posso falar contigo? — Olhei para o gênio que estava meio cabisbaixo desde a noss conversa no hospital.

— Pode sim, precisa de alguma coisa? — Ele disse me olhando com aqueles olhinhos brilhantes, sorri e acariciei o rosto dele.

— Você sabe que eu te amo muito, e não é pelo fato de você tornar todos os meus desejos realidade e sim pelo fato de você ser incrível independente de ser gênio ou não, eu te amo pelo que você é Daniel e não pelo que você faz, eu sou o cara mais feliz do mundo só de te ver sorrir e não porque você me deu um emprego e um carro. — Abracei ele que sorriu e me devolveu o abraço.

— É que eu tenho esse prazer estranho em querer ver você feliz o tempo inteiro. 

— Isso é bom, significa que você me ama do mesmo jeito que eu te amo, mas você tem que entender que a gente não é feliz o tempo todo e que as vezes você não vai poder realizar certos desejos meus, então a única coisa que você pode fazer é apenas ficar do meu lado e isso vai me fazer muito bem eu juro. — Disse e depositei um selinho em seus lábios, ele sorriu fraco.

— Tudo bem então — Ele assentiu e seu sorriso aumentou, ele agarrou no meu pescoço e me beijou com voracidade, mas logo interrompeu o beijo e disse: — Você está cansado, vem precisa tomar banho e ir dormir — Daniel me puxou até o banheiro. — Hoje eu vou dar banho em você — Ele disse e eu sorri, Niel começou a tirar nossas roupas e me empurrou em baixo do chuveiro, ficamos ali só nos beijos, carícias e umas mãos bobas aqui e ali, depois de vestidos nos deitamos na cama e fiquei agarradinho com o corpo quentinho dele, quando Daniel diz. — Ong, você viu minha lâmpada? faz muito tempo que eu não entro lá, deve estar tudo sujo.

— Sujo? Aquele negócio é tão pequeno não sei como você entra naquilo.

— É maior do que você imagina — Ele disse e fechou os olhinhos, eu fiquei apenas confuso e imaginando como seria viver dentro daquela lâmpada pequena. Meu celular tocou indicando que havia chegado uma mensagem, quando peguei era Taeyeon.

Taengo Oppa ❤: Anjinho lindo, você sabe do Jaehwan?

Ong Seongwu: Ele está no hospital acompanhando o Minhyun

Taengo Oppa ❤: Que?

Ong Seongwu: Longa história depois te explico

Ong Seongwu: tenho que dormir anjo

Ong Seongwu: adeus fada

Coloquei o celular na cabeceira da cama e abracei Daniel o máximo que eu pude, logo depois Max chegou e subiu em cima da cama, dormi cheirando o cabelo do Niel e ouvindo os roncos do meu cachorro, eu estava me sentindo completo apesar de tudo de ruim que tinha acontecido ultimamente.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, eu tô morta de sono e nem revisei, então provavelmente está cheios de erros de português então qualquer coisa me avisem nos comentários.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...