1. Spirit Fanfics >
  2. Genius (Imagine bts- Jeon Jungkook) >
  3. Um estranho

História Genius (Imagine bts- Jeon Jungkook) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Boa tarde coelhinhos, sobre danger..... Estarei postando provavelmente na segunda feira de manhã mais pode haver imprevistos já que as minhas aulas online voltam na segunda também
Espero que gostem❄🐰

Capítulo 2 - Um estranho


Fanfic / Fanfiction Genius (Imagine bts- Jeon Jungkook) - Capítulo 2 - Um estranho

Jungkook: fica quietinha que você ganha mais princesa
Sn: sai do meu quarto ou eu chamo os seguranças
Jungkook: esses?- ele me mostra seu celular com um vídeo de todos os seguranças que ficavam na região do meu quarto desmaiados
Sn: o que você quer comigo?
Jungkook: logo saberá pequena- ele segura meu pulso e sacudo minha cabeça tentando o afastar de perto de mim
Sn: me solta- tento gritar mas sai como um pequeno sussuro
Jungkook: se você gritar e pior

Nego de novo com a cabeça e o mesmo aplica algo em mim
Não senti mais nada no meu corpo, ele me anestesiou e eu adormeci

Jungkook pov on

Trabalho feito agora e só levar ela para o carro sem que seus pais a vejam

Jungkook: argh por que ela tem que ser tão pesada?- digo colocando a mesma no carro

Dou meia volta e acelero rapidamente o carro arrancando e fazendo um barulho estridente
Olho pelo retrovisor do carro analisando a garota desmaiada

Jungkook: 2 bilhões em barra de ouro?- sussurro para mim mesmo
Jungkook: parece ser mimada- reviro os olhos

De tanto analisar ela nem percebi que estava passando direto pelo esconderijo

Jungkook: maravilha!- debocho e Bato com força no volante
Dou ré e entro no porão aonde teria de manter a garota ate o querido presidente fazer algo

Jungkook: por que eu tive de fazer isso sozinho?- digo arrastando todo aquele peso para dentro
Jungkook: filha do céu ta precisando de uma dieta- digo assim que coloco ela em um pequeno quarto escuro e com pouca iluminação ( aut: a logica do Jungkook se esta escuro tem pouca iluminação ne?)

Pego minhas coisas e ligo para meu pai avisando que já havia feito

St.j ( ligação): ótimo depois de amanhã ligaremos para os pais da garota

Me sento no chão brincando com meus próprios dedos
Bancar o durão apesar de tudo acho que consigo demostrar a frieza

Jungkook: e ser por acaso...

Paro de falar ao pensar bem no que diria e outra a anestesia já deveria ter acabado ou seja a princesinha estava acordando

Sn pov on

Sn: aiii- assim que minha perna entra em contato com o chão frio me arrepio toda
Sn: aonde estou?

Examino o lugar que parecia bem nojento e fedido 
Então me lembro daquele garoto encapuzado

Sn: deve ser ele que me trouxe aqui
Jungkook: falando sozinha princesa- o garoto ainda estava encapuzado
Sn: argh aonde estou?
Jungkook: se eu falasse não ia ter graça
Sn: olha se vocês esperam dinheiro do meu pai.. Ele não paga nem um dólar por mim
Jungkook: e o que veremos- ele fecha a pequena gradinha deixando assim tudo escuro de novo

Olho para o chão e minha primeira reação foi uma careta
Meu pai e tão... Que acharia que eu teria fugido
Meu pai vai me procurar mas não achara que fui sequestrada

Me deito no chão todo sujo e meu nariz começa a coçar significado uma rinite alérgica

Por que não fiquei calada no jantar? Talvez se eu não tivesse sido rude não teria acontecido
Minhas lágrimas caem e eu me encolho no chão gelado 
Espirro uma vez e tento dormir para aliviar a rinite pelo menos enquanto eu dormia

                        Seul 07:00

Acordo com o nariz escorrendo e me levanto rapidamente
Mas caio de volta no chão, pego em meu rosto e percebo que estou com febre altíssima
A janelinha se abre e o garoto encapuzado me olha

Sn: o que você quer?
Jungkook: trouxe seu café da manhã ate por que o presidente não vai querer só os pedaços de sua filha

Ele passa um prato por debaixo da porta e eu fico olhando 

Jungkook: coma- ele me ordena
Sn: não vou comer isso- digo olhando para um pão e água
Jungkook: coma- ele ordena de novo e ergo uma das sombrancelhas novamente analisando meu prato

Pego o pão e a água e percebo que o mesmo me encarava

Sn: vai ficar me olhando comer?
Jungkook; coma!

Se eu não estivesse na vida ou morte diria que ele e uma vitrola quebrada sempre repetindo a mesma coisa
Coloco o pão na boca e repuno como se estivesse tomando remédio fortíssimo
...
Termino de comer com o mesmo ainda me olhando e muito fraca ele fecha a portinha
Novamente me encolho, poderia estar um calor lá fora de 40°, mais dentro daquela prisão estava frio demais
Eu sentia o corpo cada vez mais quente e apenas ficando mais fraca vendo tudo embaçar 
Minha respiração estava acelerada e estava suando mesmo com frio

Jungkook: algum problema?

Antes que pudesse responder desmaio por completo
Acordo em uma cama totalmente fora daquela mini prisão e julgo ser o quarto do garoto

Jungkook: vejo que acordou

Não respondo apenas o encaro com aquele negócio preto no rosto sombrio

Sn: aonde estou?
Jungkook: argh você reclama demais deveria ter deixado você sozinha lá

Mecho meus dedos tentando levantar da cama mais estava com algemas 

Sn: que merda e essa?
Jungkook: não te conheço então não posso confiar em você

Reviro meus olhos e vejo um monte de coisas no chão e uns mapas de casas para todos os lados
Entre eles acho o mapa da minha casa

Sn: você deveria ser mais organizado
Jungkook: o que sabe sobre mim?
Sn; na..- espirro quase pulando da cama- eu quero voltar para a sela
Jungkook: você acha melhor lá?
Sn: não.... Na verdade sim
Jungkook: eu tinha razão você e mimada
Sn: você me julga como meu futuro marido- reviro os olhos ao lembrar daquele metido a besta
Jungkook: então a princesinha mimada e prometida?
Sn: algum problema com isso?
Jungkook: nenhum vossa majestade
Sn: e você não sente calor com esse negocio preto no rosto
Jungkook: algum problema com isso?- ele me imita 

Tento me soltar das algemas mais eram fortes demais e a única coisa que consegui foi fazer ele rir alto

Sn: o que vai ganhar praticamente vendendo para meu pai?
Jungkook: além de dinheiro?
Sn: vocês só pensam em dinheiro o mundo esta perdido mesmo
Jungkook: e a vossa majestade? Não gasta milhares de dinheiro no cartão do papai?

Olho para ele com desgosto e ele solta mais uma risada 

Sn; me tira daqui
Jungkook: que tal fazermos um acordo?
Sn: que tipo de acordo?
Jungkook: eu te faço uma pergunta entroca de te tirar dai 
Sn: tudo bem
...
O mascarado se senta na cadeira e pensa muito claro isso ia favorecer ele para saber mais sobre meus pontos fracos

Jungkook: an...vamos ver.... Idade?

Rio de deboche e torço o pescoço propositalmente

Sn: então quer disser que você me sequestra mais não sabe minha idade?
Jungkook: vai responder ou passar a noite aqui rainha?
Sn: 19 anos

Ele me olha e estala a língua voltando sua atenção para a cela

Jungkook: obrigada- ele diz saindo
Sn: você não vai me tirar daqui?
Jungkook: nunca faça um acordo com um tipo de pessoa igual eu- ele joga um beijo no ar

Ele sai e eu encaro onde o mesmo estava sentindo toda minha raiva aumentar

Sn: idiota

Ele escuta e apenas sorri com meu comentário indo em outro cômodo

Sn: argh- deito de volta na cama e encaro o teto

Assim que fecho meus olhos sinto alguém perto de mim e abro os olhos
Era um garoto alto da mesma altura do encapuzado com cabelos pretos lisos e olhos castanhos 

Sn; quem e você?
Jungkook: então só por que tirei o capu que estou diferente

O garoto encapuzado e ele são a mesma pessoa
Confesso que fiquei de queixo caido  ao ver quem realmente ele era

Jungkook: acho melhor trazer um babador para você

Percebo então que encarava o mesmo, desvio o olhar para o chão e ele RI nasalmente.

Sn: por favor me tira daqui eu vou piorar e provavelmente meu pai ficara irritado ao me ver assim

Ele parece pensar e calcular uma forma vindo ate mim com uma chave me desalgemando (aut: nem sei se essa palavra existe kkkkk)

Ele fica perto de mim esperando eu me levantar e caminhar ate a minha sela

Jungkook: sem gracinhas 

Assinto e me levanto....
Ou melhor tento me levantar por que assim que levanto Caio em cima do garoto fazendo ficarmos com o rosto próximos um do outro



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...