História Genolife - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Genocide, Lore Kyre, Undertale
Visualizações 4
Palavras 599
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem da história.

Capítulo 1 - Genolife - A Vingança é Libertada.


Fanfic / Fanfiction Genolife - Capítulo 1 - Genolife - A Vingança é Libertada.


''Uma enorme porta de adamantium começa a abrir, com várias fechaduras mecanicas de alta segurança.''

Capitão: Eu sei, parece ser estranho mas...ele é mais perigoso que você pensa.
Betty: Isso eu tenho certeza...
Capitão: Você é algo dele?.
Betty: Sim, sou irmã dele.
Capitão: Então esta bem.

''A porta se abre totalmente, a visão é de um local totalmente escuro com correntes vermelhas pelo local se encontrando no meio.''

Capitão: Liguem a luz!.

''A luz é ligada, ilumina o meio da sala, mostrando um rapaz de cabelos brancos preso nas tais correntes, ajoelhado e largado. Não da para ver o rosto dele pelo fato do cabelo longo estar tampando, cortes, tiros, marcas repletam o corpo do mesmo.''

Betty: Vocês machucaram ele?...
Capitão: Ele não se comporta muito bem, sua raiva é hiperativa demais.
Betty: Entendo.

''Betty começa a caminhar até ele, enquanto passos de soldados cercando a sala com seus rifles apontados para o mesmo, centenas de soldados.''

Betty: Zyeon?...
Zyeon: ...

''Um silencio toma o local, alguns soldados ficam com nervoso completo enquanto apenas ficam atentos ao mesmo.''

Betty: Acorda, você tem visita =)
Zyeon: ...

''O capitão se aproxima do mesmo com um rifle e cutuca Zyeon.''

Capitão: Vamos...acorde!.

''Zyeon rapidamente prende o capitão com as correntes que prendem seus braços, inforcando ele até a morte.''

Betty: Merda...
Zyeon: Você não é a minha irmã...sua vaca.

''Logo quebra o pescoço do capitão e a luz se desliga, Betty começa a correr pelo local enquanto tiros são escutado da tal sala. Depois de um tempo, a luz volta...mostrando Zyeon sem as correntes e todos os soldados mortos.''

Zyeon: ...Cade você?.

''O mesmo estende a mão, sua katana vem atravessando a parede enquanto o mesmo pega rapidamente e tira a katana da bainha, logo se retira da sala aonde estava preso e começa a andar pelos corredores, sem camisa, com seu corpo cheio de cortes.''

Zyeon: Agora vou mostrar quem é o rei dos Genocidas =)...

''Mais soldados começa a ir na direção de Zyeon logo disparando, Zyeon apenas continua andando, as balas chegam no mesmo mas viram apenas uma especie de essencia vermelha. Logo o mesmo começa a atacar os soldados, tirando suas cabeças, destruindo suas almas e entre outros atos de um verdadeiro Genocida. Betty continua correndo pelo local.''

Zyeon: Tsc...sem saida. 

''As portas de segurança trancam Betty junto com o Zyeon em uma sala. Betty logo usa Akumu para se criar uma foice.''

Betty: Heh, isso vai ser fácil demais.

''Betty olha fixamente para Zyeon, usando o seus poderes para mostrar o medo dele...mas não funciona.''

Betty: Ahm?...c-como assim?!.
Zyeon: Não tem como achar MEDO na VINGANÇA...

''Logo surge na frente dela e empurra na parede, ficando cara-a-cara com a mesma. O olhar de Zyeon estava fora de controle, seus olhos negros, iris vermelha com púpilas brancas de um demônio. Seu LOVE era 99.''

Zyeon: É a VINGANÇA que acha o seu MEDO =).
Betty: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!!!.

''Logo se escuta um barulho de uma alma se quebrando e a prisão de alta segurança totalmente em chamas escarlate, provocando um enorme incêndio. Zyeon sai pela porta da frente, colocando o seu casaco vermelho e cortando seu cabelo longo, deixando curto com a franja tapando o seu olho esquerdo, como sempre acostumou a usar. Logo o mesmo limpa a lâmina de sua katana com um pedaço da roupa de Betty e guarda a katana na bainha que se encontrava em suas costas. Seu olhos voltam ao normal, enquanto o mesmo começa a andar com as mãos no bolso do casaco como nada estivesse acontecido.''

Zyeon: Estou voltando...maninha =).
Continua~
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...