História Gerações fora dos padrões - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Gay, Homossexualidade, Lésbica, Shoujo-ai, Shounen Ai, Yaoi, Yuri
Visualizações 27
Palavras 601
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Oi, licença?


Fanfic / Fanfiction Gerações fora dos padrões - Capítulo 2 - Oi, licença?

William

Quando chego novamente no Canadá, eu penso se vou conseguir manter contato com os meus amigos. Nunca conheci os pais deles, e como éramos crianças, não tínhamos celulares.

É, vai ser difícil. Talvez, eu deva tentar recomeçar uma nova vida. 

William - Mãe, vou no shopping, tentar descontrair um pouco. Posso? Ou vocês precisam de ajuda para desempacotar?

Olívia - Não, pode ir. Seu pai me ajuda, você é um adolescente, tem que se divertir. 

William - Obrigada, mãe. - Eu abraço ela, pego meu dinheiro e saio. Estou usando uma camiseta regata preta, junto com um jeans, já que como é abril, já é primavera, está meio calor. 

Pego um ônibus e vou ao shopping. Chegando lá, eu não sei por onde começaria à ir. Resolvo tomar um sorvete. 

Quando peço uma casquinha para a moça que atendia, nessa hora eu reparo como um garoto loiro me olha, curioso, ao longe. 

Ignoro, e estendo a mão para pegar a casquinha.

Um tempo depois, vou para o cinema, e ao sair, vejo o mesmo garoto loiro dando risadinhas. Tem algo na minha cara? 

Quando vou para uma loja, ele finalmente vem em mim, e me para. Ele usa roupas pretas.

? - Oi, licença? Eu... desculpa se parecer meio, hm... intrometido, mas, sabe... tem poucas pessoas albinas no mundo, então provavelmente não vamos ver mais de uma na nossa vida...

William - S-Sim, e o que que eu tenho à ver com isso? - Gaguejo um pouco, pois eu nunca fui bom de falar com estranhos.

? - Eu... bem, eu tinha um amigo albino, mas... enfim, posso te fazer três perguntas, por favor?

William - É algum tipo de entrevista, isso, sério? Mas... b-bem, pode fazer as perguntas.

? - Qual seu nome, desde quando mora por aqui, e quem são seus melhores amigos?

William - Meu nome é William Turner, eu estava em uma viajem de dois anos e voltei só hoje, e meus melhores amigos... bom, eu não tenho, mas quando eu morava aqui quando criança, eu tinha três; Higor, Daniel e... Renato?! - Só nessa hora percebo, que olhando de perto, ele realmente parece o Renato. Cabelos loiros, porém seus olhos não tem o brilho de antigamente. Quero dizer, tem, mas não é tão... notável. 

Renato - Meu Deus, quando eu te vi, eu fiquei tipo "Não, não pode ser ele... mas, é raro ver albinos, acho que vou perguntar", só que daí você tinha saído já com o seu sorvete, e então depois quando te vi saindo do cinema, eu comecei à rir de nervoso, porque reparei que provavelmente era você, eu fiquei tipo "Não, é muito parecido, tem que ser ele", e então agora eu vim perguntar pra você, e... ah! Estou tão feliz de te ver de novo, achei que nunca mais nos veríamos! 

William - Sim, realmente! Eu sinto muita falta sua, do Daniel, e principalmente do Higor! Como ele vai? 

Renato - A-ah... bem, digamos que... um... um tempo depois que você... sabe, você viajou... ele se tornou mais fechado, se... se afastou de nós, começou à andar com aqueles badboy's populares e metidos, e... está namorando a Luana, vai fazer 9 meses... 

William - O quê? Não, não... você está brincando comigo, né? O Higor não é desse tipo, ele não faria... faria? E... a Luana, sério?!

Renato - S-sim... m-mas, bem, fico muito feliz que tenha voltado. - Ele me dá um papel - Meu número. Me manda uma mensagem, certo? - Ele pisca e sai andando.

Eu fico sem entender nada.

O Higor não é desse tipo... é?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...