1. Spirit Fanfics >
  2. Gerlili: Nossas cartas >
  3. Capitulo 27

História Gerlili: Nossas cartas - Capítulo 27


Escrita por: e thxrglobo


Capítulo 27 - Capitulo 27


Dias se passam.

 Ligação on:

 -Oi, Lili?

 -Sou eu...

 -Juntei os papéis, as testemunhas e os casos pelo qual está acusando a Sara. Posso dar andamento?

 -Pode sim, Zé Pedro! 

 -O Germano se aproveitou da situação para pedir o divórcio, assim se Sara não assinar a justiça fica ao lado dele.

 -Foi esperto. Germano está em reunião ou está ocupado trabalhando?

 -Está elaborando projetos em sua sala.

 -Entendi. Bom, Zé Pedro, muito obrigada. Ah, o dinheiro que Sara tiver de pagar com isso, você pode ficar. Não quero nada que venha dessa mulher.

 -Sério dona Lili?! Não brinca com isso!_ Ele fala todo feliz.

 -Sério!_ Lili sorri_ compra coisas pra Vc, pra sua mulher, para seus filhos...um beijo.

 -Nossa, nem sei o que falar. Beijo!_ Ele fala todo contente e Lili desliga o celular sorrindo.

 Minutos depois.

 -Então você vai conseguir fazer ela ser desmascarada?!_ Heloísa fala entregando uma xícara de café para Lili.

 -Sim, ela vai ser processada_ Lili fala pegando a xicara.

 -Ai amiga, arrasou. Foi cruel demais o que ela fez!

 -Pois é...

 Enquanto isso:

 -Germano, eu tive que passar aqui rapidinho, queria saber se a Lili está conseguindo reverter essa situação. Está difícil pra mim trabalhar também, estão achando que eu me aproveitei da Liliane para tentar crescer na empresa, mas não foi isso...espero que com a Lili explicando tudo, isso pare. Também fui exposto de uma forma negativa aqui dentro_ Alex fala como forma de desabafo.

 -Que tal uma reunião, eu, vc, e as pessoas que trabalham aqui?! Acho que vamos conseguir pelo menos amenizar o ambiente de trabalho. Enquanto a Lili, ela está conseguindo sim tomar as providencias, Sara deve receber logo alguns papéis!

 -Que bom. Eu vou amar a reunião!

 -Então vamos fazer ela agora!!_ Germano sorri tentando acalmar Alex e eles reúnem os funcionários. Contam toda a história, tentando amenizar a situação e falam que se tornaram amigos.

 Dias se passam, Lili estava assistindo televisão quando seu celular toca.

 -Alô!

 -Desgraçada! Vc acabou com minha carreira por conta de um homem!

 -Que eu me lembre eu estava quieta no meu canto, Sara. Você tentou me atingir de uma forma muito baixa, só vai pagar por suas atitudes!

 -Eu precisava te ligar pra falar que eu não suporto você. Ver as pessoas te achando uma vagabunda, dizendo horrores de você foi muito prazeroso Liliane! 

 -Pq esse ódio todo?! Eu nunca fiz nada pra você. Nós nem tivemos chance de ter uma conversa.

 -Você me humilhou, você fez o Germano terminar comigo.

 -Preferia ter ele sabendo que ele ama outra?!

 -Preferia sim, foi isso que fiz por meses! Você acabou com isso.

 -Eu e Germano temos uma história, você sabia de tudo, se submeteu a isso pq quis!

 -Eu espero nunca mais olhar na sua cara!

 -Você vai consertar o que fez por bem ou por mal, e depois a gente nao precisa ouvir o nome da outra nunca mais!_ Fica um silêncio e logo Lili escuta o som da ligação se encerrando. 

 -Ai que ódio!!_ Ela respira fundo e se senta no sofá. Pega o notebook e liga para Germano.

 Chamada de vídeo on:

 -Ei..._ Germano atende no escritório da casa deles.

 -Tá trabalhando?

 -Terminando uns projetos de perfumes, mas pode falar amor, depois eu termino_ Ele tira o óculos e presta atenção nela.

 -Sara me ligou, disse que foi prazeroso ver eu sendo difamada nos sites. Disse também que não me suporta, que preferia ficar com você mesmo você não gostando dela e que eu acabei com a carreira dela por conta de um homem.

 -Fiquei sabendo que ela perdeu algumas coisas na empresa em que trabalha por conta desse escândalo mesmo.

 -Mas ela quem pediu isso, nada foi culpa minha!

 -Tem razão. Ela ligou pra soltar a raiva dela, o ódio, sei lá...Não fica chateada com isso. Logo toda a verdade vai sair na imprensa. Fiquei sabendo que deu todo o dinheiro para o Zé Pedro, achei muito legal. Ele ainda está organizando as papeladas para começar a receber. Está feliz, tinha planos que estavam longe de realizar e isso vai ajudar.

 -Que bom, a minha intenção nem era arrancar dinheiro da Sara sabe?! Tenho a Bastille, tenho meus projetos, os livros, a fotografia. Dela eu só queria que a verdade fosse dita e que tivesse justiça pelo o que ela fez. Por conta das coisas aqui eu não consegui resolver nada pessoalmente, mas que bom que está dando tudo certo!

 -É...mas vamos esquecer isso, vamos falar de nós dois.

 -O que tem nós dois?!

 -Estou com muita saudade. Vai fazer um mês já...

 -Também estou. Muita vontade de ficar agarradinha com vc, estou dormindo abraçando o travesseiro!

 -Tem previsão de quanto tempo vai ficar aí?

 -Mais dois ou três meses, amor.

 -Eu vou passar mal!_ Germano fala colocando a mão no peito.

 -Bobo!_ Lili sorri_ estou sofrendo também, mas daqui a pouco estamos juntos.

 -Espero...

 -Vou dormir, tchau meu amor!

 -Tchau, querida!_ Ele sorri e fica esperando ela deslig



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...