1. Spirit Fanfics >
  2. Get Your Kinks Out. >
  3. Chapter 7.

História Get Your Kinks Out. - Capítulo 7


Escrita por: _Blackla

Notas do Autor


Tô pensando em Atualizar todos os dias, não prometo nada 😊.

Capítulo 7 - Chapter 7.


Harry se recostou no assento e se mexeu para ficar mais confortável. A equipe poderia ter feito a chave de portal para a Espanha, mas o resort havia saltado para um voo fretado. A cabine do avião foi magicamente expandida, e o interior parecia um lounge dos anos 1960, onde Hugh Hefner poderia ter entretido coelhos. O efeito foi completado pelos comissários de bordo, que estavam vestidos de forma atraente com botas gogo e robes azul marinho com um guarnição rosa que terminava logo abaixo do meio da coxa. Adrian Pucey parecia ter morrido e ido para o céu. 


Harry não estava prestando atenção neles. Seus pensamentos estavam focados exclusivamente nos eventos da manhã de segunda-feira. 

~~~

“Eu acho,” Harry disse cuidadosamente, “Eu acho que você precisa ser punido. Caso contrário, você pode fazer isso de novo. ” 


Os olhos de Draco brilharam. Harry viu. Mas ele educou sua expressão para que parecesse assustado em vez de animado. "Não senhor. Eu prometo. Eu não vou. Serei perfeito para você, senhor. " 


Perfeito para você. Oh, mas isso soou adorável, Harry pensou. As palavras foram elaboradas para acalmá-lo, mas ele já estava muito envolvido no jogo que eles estavam jogando e continuou. “Temo que não posso te dar nenhuma clemência, Malfoy. Você vai precisar de uma lição. ” Malfoy olhou para ele com expectativa. "Tire suas calças." 

~~~

Draco estava sentado na parte traseira do avião, aninhado em um sofá em uma alcova, lendo alguma coisa. Um livro. Ele parecia tão franzino que as almofadas pareciam prestes a engoli-lo. Harry tentou não notá-lo. Draco gostava mais dele quando Harry era um idiota em público, e se ele prestasse atenção nele agora, Harry sabia que seria incapaz de resistir a puxá-lo para seu colo e fazer cócegas em sua orelha com a língua, então ele ficar com tom delicioso de vermelho. 

~~~

Harry se sentou na mesa de conferência, seus pés em uma das cadeiras, e Draco estava estendido em seu colo. Sua calça, um tweed cinza, tinha sido puxada para baixo, e por baixo Draco estava usando uma cueca de seda rosa. Ele esperava que algo assim acontecesse ou essas eram as únicas roupas de baixo que ele possuía? 


Harry puxou o tecido macio sobre a bunda de Draco para que ficasse ao redor de seus joelhos. Suas pernas eram delgadas e brancas como leite, com uma leve camada de pelos loiros por toda parte. Eles eram musculosos, mas não como os de Harry haviam se tornado nos últimos dois anos. Não inchado. Apenas musculoso o suficiente para ser bem torneado. Harry estendeu a mão para sentir o inchaço deles, antes de puxá-la para trás e acertar Draco com força na bochecha direita de seu traseiro. 


O barulho de estalo que fez ecoou na parede da sala de conferências, e Draco gritou de surpresa. 

~~~

O avião pousou no meio da tarde e eles foram levados em uma limusine para o resort. Foi construído em um estilo revival Alhambra da idade média; belos arcos se abriam para pátios com fontes tilintantes e piso de mosaico. As fileiras de janelas gradeadas deram a Harry vislumbres do azul profundo do oceano, e quando eles saíram para um pátio para relaxar e provar os canapés, faltavam duas horas para o pôr do sol e apenas quente o suficiente para não precisar de um casaco. 


O assessor de imprensa da equipe cumprimentou-os e entregou-lhes um folder com o roteiro da semana, destacando suas responsabilidades e sugestões de atividades para os fotógrafos. Sem entrevistas, apenas uma ou duas horas por dia de filmagem, e nada disso posava - apenas fotos para que o resort parecesse bom e os jornais pudessem vender algumas cópias extras com Harry Potter e seus membros de equipe na praia. Harry geralmente temia estar nos jornais, mas se ele tinha que estar neles, isso não parecia tão ruim. 


A primeira responsabilidade foi embarcar em um veleiro com os fotógrafos e um conjunto de cinco modelos, todas vestidas de maiô. Draco retirou-se com um membro da equipe do hotel para seu quarto, e Harry e o resto da equipe receberam suas próprias camisas brancas de botão, calça Speedo e óculos de sol Rayban. Foram imediatamente para os vestiários da praia. 

~~~

O pau de Draco estava cavando na parte superior da coxa de Harry. Estava rígido, e cada vez que Harry abaixava a mão para acertá-lo, Draco cravava seu pênis no tecido da calça de Harry, arrastando-o sobre a aspereza, procurando atrito. 


“Você estava totalmente fora de linha aí, Malfoy. Você me desobedeceu. Publicamente." 


"Sim senhor. Eu - AH - desculpe, eu sinto muito. ” 


"Você sabe qual e sua posição, Malfoy." Ele deu um tapa nele novamente, a pele da bunda de Draco ficando vermelha, mas quanto mais forte Harry o acertou, mais Draco empurrou sua perna com seu pênis. "E olhe para você, desesperado para gozar, embora eu esteja batendo em você." Mais três tapa rápidos; Draco gritou a cada vez. “Você deveria estar tão envergonhado. Que tipo de pervertido gostaria disso? ” 


Draco estava balançando em sua mão agora, e se empurrando para frente depois de ser atingido. A fricção de seus movimentos estava começando a afetar Harry - seu pênis estava de pé, ansiando por mais contato do que conseguia. A bunda de Draco estava pintada de vermelho neste ponto, mas Harry continuou batendo nele, mais e mais, mais e mais forte. Ele mal podia acreditar que Draco estava gostando disso, mas entre os ruídos que ele fazia e a rigidez de seu pequeno pênis esfregando contra as coxas de Harry, seu prazer era abundantemente claro. 


“Eu espero que você me obedeça, Malfoy. Você tem estado muito mal, por muito tempo, e você precisa aprender o seu lugar. ” 

~~~

O veleiro ficou a cem metros da costa, onde as ondas estavam relativamente calmas e a luz do pôr do sol era perfeita para fotos. As modelos eram amigáveis ​​e envolviam Harry, e ele descobriu, para seu próprio deleite, que amava a atenção. Ele estava em um barco com seus amigos e belas mulheres, era pôr do sol e ele estava comendo ceviche, que nunca havia experimentado antes. 


Todos os seus anos passados ​​famosos, ele nunca realmente entendeu o lado divertido disso, e aqui estava tudo. Ele brincou com as meninas, empurrando-as para fora do barco e mergulhando atrás delas no mar. Ele e Oliver Wood cantaram a música da casa da Grifinória, e quando Pucey tentou afogá-los com a versão sonserina, eles viraram o refrigerador de gelo em sua cabeça para calá-lo. Os fotógrafos eram caras legais que estavam curtindo a festa eles próprios e, quando voltaram para a costa, estavam todos encharcados de sol e prontos para uma refeição farta. 


O barco atracou e Harry voltou para a costa. Wood estava saindo com uma das modelos, Lennox Campbell com duas delas, e Pucey olhando azedo para sua própria azarada. Harry nem pensou em trazer um deles de volta para sua casa de praia. 

~~~

Draco era uma massa trêmula de massa no colo de Harry. Harry parou de espancá-lo, com medo de que tivesse ido longe demais. Draco ficaria machucado, ele já podia ver. Em alguns lugares parecia quase como se ele tivesse sido chicoteado com uma bengala, mas eram apenas os dedos de Harry. Ele parecia um pouco sobrecarregado, choramingando um pouco, mas ainda esfregando seu pau nas coxas de Harry. 


"Shhhh", disse Harry, passando as mãos pelas costas de Draco. 


Draco deixou escapar um meio soluço. "Eu sinto Muito. Sinto muito, senhor. Por favor." 


"Eu sei", disse Harry, suavemente. “Eu sei, Malfoy. Está tudo bem agora. ” 


Draco respirou fundo, estremecendo. A cabeça de Harry girou com o que eles acabaram de fazer. De onde vinha isso, essa necessidade física de subjugar Draco? Ele supôs que sempre sentiu essa necessidade, mas em direções diferentes. Mas por que diabos Draco o estava deixando? Não apenas permitindo, mas praticamente (literalmente, às vezes) implorando por isso? Era um grande mistério. 


Harry estava acariciando a bunda de Draco agora, que estava quente ao toque. “Você tem sido tão bom para mim, recebendo sua punição. Você merece se sentir melhor. ” 


Draco se animou um pouco. “Oh, por favor, sim,” ele respirou. 


Os dedos de Harry giraram em torno da fenda de Draco. Ele sussurrou o feitiço para o lubrificante que eles usaram da última vez e enfiou o dedo médio contra o buraco. 


Draco deixou escapar um pequeno gemido. Suas bolas ficaram tensas e se aproximaram de seu corpo. "Você vai gozar tão rápido, Malfoy?" Harry perguntou a ele, não cruelmente. Suavemente, muito suavemente, ele sondou seu traseiro com o dedo. "Sim, é isso", disse ele, enquanto Malfoy gritava de alívio. "Isso mesmo. É um bom menino. ”


Harry estendeu a outra mão para o pênis de Malfoy. Ele não o puxou, mas em vez disso o massageou entre os dedos. Draco entrou nele, fodendo seu punho, e então saiu, fodendo-se de volta nos dedos de Harry. Harry o deixou controlar o ritmo, e Draco parecia querer devagar, trabalhando de volta nos dedos de Harry e na mão de Harry, o ritmo era insuportável, até que ele finalmente derramou sobre as calças de Harry, seus quadris empurrando fracamente, sua bunda tão vermelha brilhava. 

~~~


Harry estava pensando em ir para encontrar onde Malfoy tinha sido colocado pela equipe, quando os membros restantes da equipe o encontraram em uma cabana, meio adormecido e deitado de bruços em uma espreguiçadeira, absorvendo o último sol do dia vestido em uma sunga. 


Todos eles pararam. Harry quase Gritou com o  grupo . Eles estavam olhando para Malfoy. 


Havia um conjunto muito perceptível de hematomas em forma de impressões de mãos na parte superior das coxas. Malfoy não os curou. 


Harry pigarreou para quebrar a tensão. "Malfoy." 


Draco semicerrou os olhos para ele de sua cabana. "Potter."


“Eu acho que nós vamos ver sobre o jantar. Quer se juntar?"


Draco se virou e agarrou sua camisa. "Com prazer."



Notas Finais


procurando um namorado
●90/100 anos
●Rico
●doença Terminal
●perto da morte
●deixar tudo pra mim
●casa com escada.

Alguém conhece?

Até a próxima~°

~~~= flashback sobre o que o Harry fez com o Draco no capítulo anterior.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...