1. Spirit Fanfics >
  2. Ghost girl >
  3. Acredita em fantasmas?

História Ghost girl - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Oii, desculpinha a demora! Espero que gostem, tá pequeno, mas foi feito com amor❤️ comete e favorite, caso goste ❤️

Capítulo 16 - Acredita em fantasmas?


— Não estou te seguindo. — Falei ainda lhe segurando, olhei para baixo, ela morreria se caísse, era muito al Encarei seu rosto, mas Flávia olhava para minhas mãos ainda em seus ombros.

— Hã.. Dá para me soltar? — Arqueou uma sombrancelha. — Obrigada. — Falou quando a soltei. — Se não está me seguindo, o que foi fazer no hospital?

Boa pergunta, sentei ao seu lado. Pensando em algo, mas eu não sei mentir direito, e Flávia observava muito bem minhas expressões, então falei a verdade.

— Fui ver como você está... Não lembra mesmo de mim? — Sua cabeça inclinou levemente para o lado, e depois discordou. — Você acredito em fantasmas?

— Ah, o que você é? — Fez careta. — Você é de alguma seita? 

— Não! Claro que não! — Por que eu falei desse jeito?

— Você tem um papo muito estranho, mesmo sendo boni... — Tossiu. — Nada, esquece. — Olhou para frente.

— Não deveria está na aula? 

— Deveria, mas não estou. — Me encarou. — Você também não deveria? Não cansa de me seguir?

— Eu não estou te seguindo! — Cara, sou tão ruim para mentiras?

— Sei... Mas, o que você quer? Deve querer algo.

— Por que acha isso?

— Porque as pessoas estão interessadas em fazer piadinhas comigo ou querem algo de mim.

— Piadinhas?

— Você não sabe? Além de não saber mentira, está por fora das coisas? — Sorriu. — Eu sou a filha do...

— Eu sei e não ligo...

— Não... liga? — Questionou.

— Olha, eu sei que é estranho, mas a gente já se conheceu.

— Já é? — Ela pareceu incrédula.

— Já, você e eu somos namorados, é porque não lembra, mas no seu coma, vo...

— Para! Você é louco? — Levantou rápido. — Ah sim, você é aqueles tipos de pessoas que acreditam em reencarnação e fantasmas. Não chega perto de mim, não quero entrar na sua seita. — Levantei também e ela dei passo para trás. Pegou a mochila do chão. — Eu não deveria ter matado aula. — Suspirou e saiu. 

É lindo a forma como eu consigo estragar as coisas, agora era não vai nem querer me ver. Suspirei, olhei para o relógio, ainda estava na metade da primeira aula.

— Quer saber? Não vou para aula nenhuma também! — Me senti um tonto, desse jeito ela nunca iria lembrar. Sentei no chão, juntei as pernas quase perto do peito, abraçando elas e deitei a cabeça nelas.

— Hã... — Escutei uma voz familiar, olhei para o lado, era a Flávia, ela esqueceu alguma coisa? — Vou ficar aqui até a próxima aula... — Sentou distante de mim, com certeza estavam fiscalizando os corredores. Sorri e ela fez uma careta involuntariamente. Ela deveria me achar um esquisitão...

— Não faço parte de uma seita...

— Bom para você...

— Podemos ser amigos?

— Hã, podemos. Só não chega perto, fica aí mesmo.

— Tá...

Sorri, pelo menos era um começo, eu iria fazer ela se lembrar, essa é uma promessa que fiz a mim mesmo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...