1. Spirit Fanfics >
  2. Ghost of you >
  3. Capitulo dois

História Ghost of you - Capítulo 2


Escrita por: swetlarryisreal

Capítulo 2 - Capitulo dois


taeil

taeil 

volta pra mim

nao me deixe

por favor

volta 

taeil

volta 

eu te amo 

por favor 

não vai 

 

tempos depois após o ocorrido 

o cantor johnny suh passou a viver num manicômio poucas semanas após a morte de taeil. para ele, taeil não havia morrido e alguém havia tirado o rapaz de si.

 

moon 

cadê você?

me responde

por favor

volta

 

o grupo entrou em hiatus por sete meses até que a situação fosse resolvida.

taeyong, líder do grupo, disse em coletiva de imprensa que a empresa os queria de volta ao trabalho e infelizmente não poderiam esperar johnny se recuperar. o astro disse ainda que todos estavam extremamente abalados com a morte de taeil e a loucura de johnny. 

o grupo segue com 21 membros. 

 

taeil, meu amor

quem te levou de mim?

me diz

por favor

grita

me chama

eu vou te salvar

por favor

 

durante o tempo internado o cantor apresentou pioras em seu quadro. conversava sozinho, se assustava com facilidade e dizia constantemente que “taeil vai voltar, ele vai, ele vai. ele nao me deixaria sozinho. meu hyung não me abandonaria” seguidos de ataques histéricos. 

além disso, os enfermeiros contaram para nossa equipe que o cantor costumava dizer que ele tinha um par e por isso não poderia dançar com mais ninguém. ao ser questionado sobre quem seria o par, johnny dizia que era taeil. 

 

TAEIL

CADÊ VOCÊ?

VOLTA

POR FAVOR

VOLTA 

TAEIL 

ME RESPONDE 

POR FAVOR

CADÊ VOCÊ?

 

a equipe médica decidiu colocá-lo em uma sala branca com uma camisa de força, após o mesmo agredir um dos pacientes que o chamou de louco. a vítima foi socorrida e teve arranhões nos braços e no rosto, além de ter levado um soco no nariz. johnny foi sedado e encaminhado para o quarto branco.

 

taeil

eles dizem que eu sou louco

mas eles não entendem

não entendem que alguém tirou você de mim

nao entendem que eu preciso te salvar 

você tá por aí

sozinho

perdido 

sem ninguém

eu preciso sair daqui pra te salvar

mas eles não me deixam sair

taeil

fala pra eles

eu não sou louco

fala pra eles que eu não sei dançar sozinho

fala pra eles

fala que você é meu par

fala 

por favor

 

cinco meses após a internação de johnny, mark lee, cantor e também integrante do NCT postou uma foto com os vinte e três membros, incluindo johnny e taeil. na legenda escreveu “mais um ano juntos. obrigado por tudo caras, vocês são minha segunda família. e aos que dizem que nós iremos acabar, saibam que hoje, não estamos aqui só por nós ou pelas nossas famílias e fãs. estamos aqui principalmente pelo johnny e pelo taeil. por eles seguimos encontrando forças para continuar a levar nossa música para o mundo. sentimos suas faltas”

 

taeil

cadê você

taeil

por favor

meu par 

cadê você?

 

haechan, um dos integrantes do grupo, visitou johnny há pouco tempo e disse em uma entrevista de rádio que suh não o reconheceu “quando eu o vi, senti meu coração doer tanto. ele tá tão apático, acabado, cansado. tenho certeza que ele não dorme bem há muito tempo. ele emagreceu, o cabelo e a barba crescerem. nem parece o johnny de antes”. quando questionado sobre a reação de johnny ao vê-lo, haechan se mostrou choroso “quando ele me viu, deu pra perceber que ele não estava entendendo nada do que estava acontecendo. ele perguntou quem era eu e eu disse ‘sou eu o hyuck, seu dongsaeng', ele respondeu que não me conhecia. ouvir aquilo fez meu coração quebrar”.

 

taeil

meu amor

eu…

volta

eu preciso te ver de novo

eu preciso te dizer

te dizer que

por favor

volta

não sei dançar sozinho

não sei dançar sem você

 

certa noite johnny, com os ouvidos colados na porta, ouviu um dos enfermeiros dizer que ele estava ali há quase três anos. um outro enfermeiro também disse que taeil completava exatos três anos de morto no outro dia. após ouvir o que os enfermeiros disseram, suh entrou em estado de choque por um dia inteiro. 

somente no outro dia reagiu. 

 

taeil

eles disseram

eles disseram que 

que 

voce

você morreu 

é verdade?

é verdade isso?

por isso você não me responde?

por isso você não vem me buscar?

taeil

me diz que é mentira

você não se foi

você não me deixaria sozinho 

não sei dançar sem você 

por favor 

taeil


 

johnny era sempre o primeiro paciente a ser medicado no período da noite. quando o enfermeiro entrou para dar a dose do dia, johnny o atacou. ninguém sabe dizer exatamente como, mas de alguma forma o rapaz conseguiu se livrar da camisa de força, agarrar o enfermeiro e roubar os medicamentos que o homem levava para os pacientes. o cantor engoliu todos os remédios de uma vez e em seguida entrou em estado de overdose. 

 

johnny não sentia nada. era como se ele estivesse em uma noite de férias na casa dos pais depois de um ano inteiro de estudos. de repente ouviu uma risada fofa que não ouvia há muito tempo. abriu os olhos e se sentou rapidamente. logo encontrou o dono da risada do outro lado do quarto, encostado na parede sorrindo lindamente para si. 

- você tá lindo - disse taeil.

johnny então olhou para baixo e viu que vestia um terno preto feito sob medida. ao olhar para o lado se viu em um espelho. o cabelo, bem cuidado, caía nas laterais do rosto, a barba estava feita e ele parecia novamente como um homem de vinte e cinco anos que sempre foi.

- isso tudo foi um sonho? - sussurrou assustado. as imagens ainda bem frescas em sua mente. 

- quem sabe? - respondeu taeil.

johnny o olhou com saudade. parecia que não se viam há anos, embora tivesse certeza que tinham se visto há menos de um dia. moon usava um terno inteiramente branco, incluindo seus sapatos. quem estava lindo era ele.

- você quer dançar? - perguntou taeil. 

- se você for meu par, dançarei para sempre contigo - respondeu em sussurros.

- haha, sempre galanteador - moon sorriu enquanto um rubor gracioso subia por suas bochechas fofinhas - mas se você me conduzir, eu posso pensar em dançar com você pra sempre. 

- então dançaremos juntos por toda a eternidade. 

o mais alto se levantou da cama de onde estava sentado e seguiu em direção a taeil. ao seu redor o cenário ia mudando, mas ele pouco percebia. estava encantado demais olhando moon sendo iluminado pelo brilho da lua e das estrelas. a areia fofa fazia cócegas em seus pés e a brisa noturna refrescava seus corpos. 

de frente um para o outro, johnny percebeu que de alguma forma taeil parecia ainda mais bonito e ainda mais brilhante. como se uma aura de luz o rodeasse. estendeu a mão em um convite do qual foi prontamente respondido. juntos, começaram a dançar ao som da sinfonia de seus corações. 

- por onde esteve? 

- em um lugar muito bonito, alegre. conheci pessoas incríveis, você vai amar conhecê-los também. 

- veio me buscar?

- sim. nunca mais vou te deixar sozinho grandão - johnny sorriu com lágrimas nos olhos.

- que bom. não sei o que seria de mim sem você. 

- não se preocupe. eu tô aqui com você agora - taeil deixou um beijinho no ombro do mais alto. 

- eu… eu queria te falar uma coisa, que eu sempre quis falar, mas nunca tive coragem - disse johnny enquanto parava a dança e segurava as mãos de taeil com força. 

- pois então diga - os olhos de taeil brilhavam. 

- eu te amo. com todo meu ser. com todas as minhas forças. eu te amo, sempre te amei e sempre vou amar - moon sorriu e o mundo pareceu se iluminar.

- pois saiba johnny suh, que eu também te amo, sempre te amei e sempre vou amar.

os dois sorriram e então se beijaram com muito amor. um amor que ultrapassa qualquer barreira, inclusive o da morte. 

 

os paramédicos não conseguiram salvar johnny e no dia 18/07/2005 às 21:47 o cantor veio a óbito. os médicos e enfermeiros relatam que quando ele morreu, um sorriso surgiu em seu rosto e uma leve brisa passou por eles, brisa essa que trazia o cheiro de mar. 

os membros do grupo que johnny participava postaram fotos e vídeos em homenagem ao amigo. fãs do mundo inteiro lamentam a perda do ídolo, mas disseram que agora ele está num lugar melhor e que tanto ele, quanto taeil estão olhando por todos os amigos, fãs e familiares seja lá onde eles estiverem. 

um fato curioso é que johnny suh morreu exatamente três anos depois da morte de moon taeil, pois os dois morreram no mesmo dia e na mesma hora. 

a revista lamenta a perda desses homens que tinham um caminho brilhante pela frente, mas que deixaram um lindo legado para trás. que deus conforte nossos corações. 

redação: dispatch

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...