1. Spirit Fanfics >
  2. Girassol >
  3. Capítulo Único

História Girassol - Capítulo 1


Escrita por: Cici_Hime

Notas do Autor


Olá! Como estão? Espero que estejam bem!
Bom seguindo com mais uma fic do evento Dia dos namorados criado pela @_SourCandy e pela @_Hoshi_ e o tema de hoje é: Flores!
É uma fic simples e curtinha com esse anime que eu adoro e esse casal fofo Kyou e Torhu de Fruit Basket!
Enfim, espero que gostem!
Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Girassol - Capítulo 1 - Capítulo Único

Finalmente Kyou e Torhu puderam ficar juntos depois de todo sofrimento que ambos passaram. Não havia mais maldição e o casal podia se abraçar sem que o menino se transformasse em um gato. É claro que tudo ainda era muito recente e os dois novos namorados ainda ficavam um pouco constrangidos com as brincadeiras dos amigos.

A garota órfã mudara toda a família Souma com sua gentileza e doçura, inclusive Akito. Esta não perseguiu mais nenhum membro do zodíaco, deixando-os em paz para poderem viver as suas próprias vidas. O ruivo também tinha conseguido se livrar de seus traumas do passado e agora era um adolescente normal prestes a terminar o ensino médio. E assim, com tudo resolvido, os dois jovens apaixonados podiam seguir suas vidas dali para frente, um apoiando o outro sempre com muito amor e carinho.

Um dia o rapaz estava passando por um campo de girassóis que imediatamente o fez se lembrar de sua doce namorada. Ficou ali parado atrás da cerca observando aquelas belas flores. Teve vontade de pular e arrancar uma, mas isso não era de seu feitio, apesar de muitos o considerarem um delinquente. Estava ali perdido em seus pensamentos quando ouviu uma voz.

“Elas são lindas não?” o garoto deu um pulo, assustado com a repentina aparição. Era uma velhinha simpática que viera puxar conversa.

“Ahh sim, bastante...” respondeu o ruivo constrangido.

A senhorinha observou-o com atenção. “Você um dos meninos da família Souma, não é?” perguntou curiosa. Ele fez apenas um gesto confirmando. “Quer uma?” continuou.

“O que?”

“Estou perguntando se quer um girassol... Sou a dona desse terreno e você deve estar pensando em dar uma para sua namorada...” falou maliciosa.

“Bem eu...” Kyou colocou as mãos sob a nuca, meio envergonhado, pois ainda não estava acostumado com o fato de estar namorando.

“Não tem problema... Aquela garota realmente se parece com um girassol...”

“Como a senhora sabe...”

“As notícias correm rápido por aqui...” a velhinha deu uma risada, deixando o jovem mais corado ainda. “Mas venha por aqui que eu te darei uma...” o rapaz seguiu-a até um portão. Lá chegando ela entrou em um pequeno galpão e logo voltando com uma tesoura de jardinagem nas mãos. Foram então até o campo e cortou uma flor para ele. “Aqui, entregue para a Honda san. Tenho certeza de que ela vai adorar!” O garoto agradeceu, pegou o girassol e após se despedir da senhorinha, foi direto para a residência dos Souma onde morava. Lá chegando, torceu para que ninguém estivesse em casa, além de sua namorada, pois caso contrário, seria alvo de chacotas, principalmente de Shigure. Entrou com cuidado e viu apenas sua amada de costas na cozinha preparando algo na pia.

“Oi... Cheguei...”

“Ahhh Olá, Kyou kun! Seja bem vindo! Mas o que tem aí atrás de suas costas?” indagou curiosa, tentando ver o que o namorado escondia.

“Bem... Eu... Aqui, trouxe para você!” com as faces coradas, entregou a flor para a menina que abriu a boca surpresa com o presente repentino.

“Que linda! Amei! Mas por quê? Nem é meu aniversário!”

“Oras, precisa ser seu aniversário para te dar um presente, sua bobona!” respondeu dando um peteleco na testa da garota.

“Ai ai, Kyou kun...” a mocinha reclamou fazendo um beicinho “Mas Obrigada! Adorei mesmo!” agradeceu totalmente corada.

“Sabe, estava voltando para cá, quando passei por um enorme campo de girassóis... Quando eu as vi me lembrei imediatamente de você...”

“De mim?”

“Sim... Porque você é como um girassol... Mas ao contrário dela, que se vira para o Sol, todos é que se viram para você, pois você é que atrai todos ao seu redor...” falou envergonhado, se atrapalhando com as próprias palavras.

“Kyou kun... Que lindo...” Deixou a flor em um vaso com água, pulando em seguida para os braços do amado.

“Torhu!”

“Eu amo você, Kyou kun!”

“Eu também te amo, Torhu!”

O jovem casal então se beijou apaixonados. Agora nada e ninguém podia separá-los. O amor que sentiam um pelo outro era muito mais forte do que qualquer maldição e eles poderiam viver juntos para sempre sem que mais nada os impedissem... 


Notas Finais


E aí? O que acharam? Se gostaram e puderem, não deixem de comentar!
Obrigada para quem leu!
Beijos!

Imagem da capa principal: tirada de uma das endings do anime.
Imagem do capítulo: https://br.pinterest.com/pin/728457308470982192/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...