1. Spirit Fanfics >
  2. Girl - Yoonkook >
  3. "Garota?"

História Girl - Yoonkook - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Eu sou uma filha da puta? Sim. Mas eu estava coçando a mão e o cu pra postar essa fanfic. Quero postar todos os rascunhos que eu tenho, mas eu fico tãaaao nervosinha....
☄☄☄☄
Prometo que essa fic vai fazer vocês a adicionarem na bibli, okay?
☄☄☄☄
⚠AVISOS:⚠

•Yoongi machista na fanficzinha...

•Yoongi escroto na fanficzinha...

•O que vai acontecer com o Guinho vai ser culpa das estrelas, okay?

•Eu estava lendo uma thread no Twitter sobre como é ter um pênis, então eu acho que isso me ajudou bastante tanto na inspiração da fic quanto na explicação ao decorrer de 'Girl'

•Se vocês virem a abreviação KHS não fiquem confusos, essa é a abreviação de Korea High School
☄☄☄☄

Saranghaeyo♥

Capítulo 1 - "Garota?"


Fanfic / Fanfiction Girl - Yoonkook - Capítulo 1 - "Garota?"

 Yoongi andava pelos corredores da escola pesando no que ele ia comprar para comer, o sinal havia tocado a pouco e o garoto teve que permanecer na sala para receber um sermão do professor. 

O Min bufava ao se lembrar do ocorrido, levou uma bronca só porque não quis ajuda da Jisoo. Como ele poderia aceitar ajuda de uma garota? 

—Hyung! –Jungkook o saudou quando ele chegou na mesa. 

—Oi, Jungkook. 

—Já te falei 'pra me chamar pelo meu apelido, Yoonie–o Jeon se sentou e o menor o acompanhou. 

—Apelidinho é coisa de garota, Jeon–Yoongi falou e logo sentiu um tapa em sua nuca. 

—Pare de falar assim das garotas! –quem disse aquilo foi Lisa, atrás de si suas amigas riam da cara indignada do mais velho. 

—Vai limpar a casa e me deixa em paz! –ele gritou e alguns olhares foram direcionados a si. Jennie, Jisoo, Rosé e Lisa lhe olharam com uma expressão seria. 

—Sentem-se, meninas–Jungkook tentou cortar o clima pesado que caiu na mesa, superou quando o quarteto apenas se sentou. 

—Kookie, você viu que o filho do diretor vai vir aqui hoje com o filho dele? –Jennie perguntou enquanto deitava a cabeça no ombro de Jisoo. 

—Sério? Eu não sabia que o meu irmão ia trazer o Tae aqui–quiser ninguém sabia que Jungkook era irmão de Jung Hoseok, filho do diretor. Não, o diretor não era pai do Jeon, Hoseok e Jungkook eram irmãos por parte de mãe. 

—Seu pai não te avisou? –Jisoo pegou um pouco de seu lanche. 

—Ele não é meu pai. 

—Okay, okay. 

—Oh! Eu posso ir com você, Kookie? –Rosé chegou mais perto do garoto que apenas assentiu, ganhando um beijo na bochecha em seguida. 

—Olha você, Jungkook. Cheio de garotas a sua volta –Yoongi soltou um sorrisinho malicioso. 

No mesmo momento, as quatro se afastam de perto do moreno que bufou olhando para o melhor amigo. Odiava o machismo do Min com todas as suas forças. 

—Vai comprar teu lanche, vagabundo! 

—Estou indo, já volto–quando o pálido saiu, todos na mesa suspiraram.

—Por que você ainda aguenta, Jeon? 

—Eu não sei Lisa, eu odeio o machismo dele. Porém, ele ainda é meu melhor amigo e ele é legal quando não solta esses comentários. 

De longe, viu que o diretor o chamava com as mãos. Limpou as mãos nas calças e se levantou, avisando as garotas, saindo logo após. 

—Ué, cadê o Jeon? –o Min sentou na mesa com um sanduíche nas mãos. 

—Ele foi falar com o pai-Quero dizer, diretor–Lisa se limitou a dizer, ficando emburrada logo em seguida. Não gostava nem um pouco do garoto. 

—Hum... –desembrulhou o lanche –Vocês querem? –ofereceu.

—Eu quero! –Jennie chegou perto do mais velho e abriu a boca. 

—Você quer que eu te dê na boca? –perguntou com cara de desgosto. 

—Por favor, oppa! –a Kim sorriu quando sentiu o alimento em sua boca –Obrigado.

Rosé, Jisoo e Lisa fizeram careta com a cena, Jennie sempre tentava se aproximar do Min para tentar despertar o lado carinhoso dele. 

—Como vai fazer a lição que o professor de química passou? –Jisoo perguntou depois de um tempo. 

—Não sei, talvez eu pessa ajuda do meu pai, sei lá. 

—Hahaha, vai levar uma bronca dele–a Kim estava rindo, mas parou ao se lembrar de um detalhe –Só porque não quis a minha ajuda. 

—Você é uma garota, ouviu? GA RO TA! –ao terminar frase, viu a mais velha se levantar e ir embora, sendo seguida pelas outras três. 

O garoto riu sozinho e terminou o seu sanduíche, o sinal tocou tempo depois, quando entrou na sala, sentou no meio das carteiras, a coordenadora de classe o colocou ali depois de o ver colando na prova quando sentava no fundo. 

—Alunos! Hoje iremos fazer um trabalho em grupo–Hyejin, professora de artes,mais conhecida como Hwasa, disse. 

—Que tipo de trabalho? 

—Bom, vocês irão juntar um grupo de cinco pessoas, planejarão um esquema e por fim, farão algum tipo de arte sobre a luta contra machismo –a mais velha ouviu uma risada em deboche e percebeu que vinha do meio das carteiras –Senhor Min, por que está rindo? 

—Você sabe muito bem, 'prô Hwasa–uma das garotas se pronunciou –O Min é um dos machistas da escola. 

Quando olhou para Yoongi, Ahn percebeu que o mesmo estava de braços cruzados e com uma das sobrancelhas levantadas em ironia. 

—Pois bem, mudei de ideia. Eu irei escolher os grupos –a professora deu um sorriso de lado. Aos poucos os grupos estavam formados –Você, Senhor Min, fará o trabalho com Jisoo, Nayeon, Yeji e Irene. 

—O que?! Por que eu tenho que fazer o trabalho com quatro garotas?! –o garoto se levantou bruscamente. 

—Acalme-se, se reclamar irei te tirar do trabalho e farei com que perca pontos –Hwasa continuou com o mesmo sorriso. 

Yoongi bufou e se sentou novamente, só lhe faltava essa, ter que fazer o trabalho com garotas


ᎶᎨᏒᏝ


Quando chegou em casa, Yoongi percebeu que alguma coisa não estava normal. Havia malas em sua sala e uma caixa cheia de comida. 

—Querido, você chegou–ouviu a voz de sua mãe. 

—Oi, mãe. Por que tem malas na sala? 

—Lembra que a dois dias atrás eu e o seu pai lhe falamos que queríamos viajar? Então, decidimos que vamos voltar para Daegu–a mais velha disse enquanto comia um bolinho de morango. 

—E como vocês decidem isso sem mim? Fiquem sabendo que eu não vou. 

—Não queremos que você vá–a mulher se sentou no sofá–Ligamos 'pra você ontem quando estava na casa do Jungkook e te falamos que íamos para Daegu

—Como assim? 

—Eu e o seu pai vamos realizar o seu grande desejo –deu uma pausa–Iremos sair dessa casa e deixaremos ela para você, como você se acha tão grandinho, pensamos e chegamos a conclusão de que o adulto pode muito bem pagar as contas e sustentar-se sozinho. 

Quando sua mãe terminou de falar, seu pai entrou com um sorriso no rosto. 

—Meu filho, já chegou! Nós já vamos indo, aposto que sua mãe já lhe explicou tudo, não é? –o homem não o esperou responder –Vamos, meu bem, o carro já está lá fora. 

Depois de ver seus pais indo e voltando com as malas e as caixas, ele se ligou e acordou do mundo cheio de pensamentos em que estava. 

—Vocês vão mesmo me deixar aqui? –a frase saiu chocada. 

—Vamos sim –o casal parou em frente a porta. 

—Então, tchau –fechou a estrutura de madeira na cara dos progenitores. Ainda estava de fato, chocado, porém estava feliz. 


ᎶᎨᏒᏝ


Lisa estava deitada em sua cama lendo o chat de mensagens que tinha com suas amigas, se acabava de rir com a informação que Jisoo estava mandando. 


  🄱🄻🄰🄲🄺🄿🄸🄽🄺   •••  


JisUnnie: Vocês tinham que ver a cara dele ㅋㅋㅋ. Até agora não consigo acreditar na audácia da professora. 

ChaeUnnie: Eu amo a professora de artes de vocês! 

JenUnnie: Queria estar eu nesse grupo... °^°

Me: Jennie Unnie, você tem certeza que não está apaixonada pelo Yoongi? 

JenUnnie: Tenho! Eu disse que queria ficar nesse grupo por causa da Jisoo, na minha sala ninguém sabe desenhar. 

ChaeUnnie: Arte não é só desenho, Jennie. 

JenUnnie: Eu sei, Chae. 

Me: Bom, eu vou dormir. Tchau, unnies. 


A ruiva se deitou na cama e olhou para a janela que ficava ao lado do móvel. 

—Por favor, estrelinhas. Se vocês estão me ouvindo, faça com que o Yoongi aprenda a respeitar pelo menos um pouco as garotas, nem que para isso ele tenha que sofrer o mesmo que nós– Lalisa suspiros triste e fechou os olhos, caindo em um sono profundo logo em seguida. 


ᎶᎨᏒᏝ


Quando Yoongi acordou, se sentiu incomodado com algo. Não se importando muito, se levantou e desceu para a cozinha, esperava encontrar seus pais ali, mas apenas encontrou o vazio. O Min riu sozinho e começou a preparar seu café gelado. 

—Será que tem alguma carta no Correio. –saindo pela porta dos fundos, deu a volta pela casa, aproveitou e deu um pouco de ração para Holly e já estava na frente de seu lar —Hum... Vamos ver, carta da vovó, conta de água, dinheiro do vovô... Espera... CONTA DE ÁGUA? 

Correndo para dentro de casa, Yoongi se sentou no sofá e pegou o telefone fixo, ligou para o celular de sua mãe: caixa postal, para o celular de seu pai: caixa postal. 

—O que eu faço para pagar uma conta? Deixa eu ver, válido até 14/05...Falta muito ainda, eu posso relaxar. 


ᎶᎨᏒᏝ


Jungkook havia acabado de entrar na escola, percebeu que Yoongi olhava alguma coisa no celular e se aproximou. 

—Bom dia, hyung. 

—Eaí? 

—O que está vendo? –se sentou ao lado do garoto. 

—Eu estou pesquisando como se paga uma conta, meus pais foram para Daegu ontem sem me avisar e eu agora tenho a casa só para mim –o menor deu de ombros. 

—Error 404,muita informação para uma cabecinha só. Tu tá morando sozinho? 

—Uhum, não é legal. Posso levar muitos amigos lá 'pra casa sem ser questionado–o mais novo o olhou indignado, porém apenas assentiu –Vamos no banheiro? Eu quero muito mijar. 

Os dois foram para o banheiro e no caminho esbarraram com Nayeon que olhou para Yoongi com desgosto. 

Jungkook entrou primeiro, foi até um dos vasos que tinham (sabe aqueles que são meio pequenos, só pra fazer xixi?) ali e abriu sua calça jeans. 

—Minha mãe diz que se paga a conta na lotérica –guardou o membro de volta e olhou para o Min que estava abaixando as calças –Você veio com a calça do pijama de novo? 

—Eu nem reparei que era do pijama, meus pensamentos estavam nessa merda de conta. E apenas coloquei uma camiseta e vim 'pra escola, e essa calça nem parece de pijama, é apenas um moletom cinza –disse despreocupado, abaixou a cueca e quando foi pegar seu membro para 'mijar' não sentiu nada ali –Ué... 

Quando o Min olhou para baixo, percebeu que não tinha seu pênis ali, e sim uma.... VAGINA? 

—JUNGKOOK! OLHA ISSO! 

O mais novo que estava encostado na parede olhando o celular, levantou o olhar, viu que o rosto do amigo estava vermelho e com uma expressão de choque. 

—O que? –quando o outro apontou para baixo, o Jeon seguiu o olhar para a parte íntima do menor e arregalou os olhos –Querida mãe que me pariu! 

Yoongi olhou novamente para baixo e viu que aquilo não era uma ilusão, ou era e o Jeon estava tendo junto consigo. Hesitantemente abaixou sua mão e passou palo ligar, sentindo o quanto aquilo era de alguma forma molhado e que fazia um pouco de cócegas. 

—O que está... acontecendo?–Yoongi parou rapidamente e tirou as calças, sentiu de novo aquele incômodo que teve de manhã e quando olhou para seus peitos, viu que os mesmo estavam... Grandes e fartos? 

—Você virou uma... –o moreno se sentiu zonzo e caiu desacordado. 

—Jungkook! Acorda, me ajuda...Nao desmaia agora –Yoongi foi rápido em se aproximar do garoto e se sentar em sua barriga –Acorda! –deu um tapa fraco no rosto do mais novo que abriu os olhos desnorteado. 

—Yoongi, você não acredita, eu tive uma sonho muito louco que você era uma... –ao descer o olhar para a clavícula do mais velho, viu os seios do mesmo –... garota 







Notas Finais


ㅋㅋㅋㅋ
Olha só, parece que as estrelas ouvem quem pede, não é mesmo?
Onde está a minha army bomb, então?
☄☄☄☄
Espero que tenham gostado
☄☄☄☄
🅰🅽🅽🆈🅴🅾🅽🅶


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...