História Girl Boss (sprousehart) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Mendes, Cole Sprouse, KJ Apa, Lili Reinhart
Personagens Cole Sprouse, Lili Reinhart
Visualizações 9
Palavras 688
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Recomeço


_Pov's Lili_

6:15

O barulho insuportável do despertador me acorda já me irritando, eu olho para o lado e a única luz que ilumina um pouco o quarto é do meu celular, que estava ligado por causa de uma mensagem, eu pego o celular e vejo a mensagem e é uma da Camila:

C - Eu consegui um emprego de estagiária, começo hoje. Umas 6 horas da tarde te ligo por chamada de video para a gente conversar

Eu respondi:

L - Que legal Cami, ok eu vou te esperar!

Eu levanto, depois de mecher um pouco no celular e nas redes sociais, tomo um banho, e coloco uma calça jeans rasgada e uma regata preta.

Desco as escadas e tomo o meu café da manhã, que no caso é panqueca e leite puro, sai de casa e peguei minha moto para ir até a faculdade.

Parei no sturbucks peguei um café preto, peguei a blusa que estava na minha bolsa que era um sobretudo e coloco por causa do tempo que esfriou, quando eu vi a hora estava atrasada, peguei a moto correndo e fui para a faculdade.

Chegando lá, eu entro correndo e corro para o auditório onde a aula ja estava acontecendo, mais de 40 olhares se dirigiram a mim e o professor fala debochado

P - Atrasada senhora Reinhart.- Ele abaixa o óculos até o nariz com o dedo do meio, lentamente.

Eu dou risada sem graça e corro para o meu lugar, colocando meu notebook na mesa, e tomando o primeiro gole do café, depois da aula, fomos liberados, eu sai e fui até o mc'donalds.

Eu pedi um big mac e fiquei comendo mechendo no notebook fazendo trabalho da faculdade. quando entra dois homens de terno arrumados, dois morenos, e eles sentam na minha frente, e conversam sobre negócios, eu estava pensando na Camila e seu trabalho estagiario, e pensei que seria uma atividade legal, então fui até o balcão para perguntar se tem vaga.

A - Posso ajudar?

L- Sim, eu queria saber se tem vagas de emprego aqui.

A- A temos sim, só um estante, vamos falar com o gerente.

L- Ta bom

Ela sai andando e passa por uma porta, eu viro observando o lugar, e vejo os dois homens e resolvo falar com eles.

L- Oi, meu nome é Lili

?- Oi, meu nome é Kj e esse é meu amigo Cole

C - Oi...- Ele segura minha mão para dar oi, e me encara um pouco, achei ele misterioso.

L- Vocês são aqui de Nova York mesmo?

K - Sim, o Cole é um fotógrafo muito famoso, e eu sou o empresario dele

L- Acho que já vi alguns dos seus trabalhos.

C- Legal

A atendente me chama no balcão, eu olho e viro para os dois e dou um sorrisinho, e volto para o balcão.

A- Qual seu nome?

L- Lili Reinhart

A- Ok, o meu é Vanessa, Vanessa Morgan.

L- Ah, prazer.

V - Você vai ter que sponder esse formulario, e em 24 horas te damos a resposta.

L- Ok

Eu pego o fórmulario e sento na minha mesa para fazer o formulario, eu faço e entrego para a Vanessa, e volto para a mesa, quando Cole chega perto e fala:

C- Olá, então eu vou dar uma festa formal amanhã na minha casa, o endereço é na Fifth Avenue no primeiro condomínio, numero 459, aparece lá.

Essa rua, esse condomínio, são os mais chiques de Nova York.

L- Com certeza estarei lá!

C- Obrigado por considerar.

L- Por nada Cole.

Assim que ele saiu de perto, eu abri o google no computador, e pesquisei: Cole.

Apareceu algumas respostas, mas com o sobtenome Sprouse me chamou atenção, cliquei e era ele mesmo, eu vi algumas fotografias que ele tirou e quis pedir uma foto, mas sei lá ja tinha conversado com ele e seria estranho, então resolvi esquecer a ideia da foto. Desliguei o notebook e fui para casa.

Em casa eu tomei banho e comecei a procurar alguns vestidos para a festa de amanhã, quando meu celular toca. Eu vejo e está apenas um numero desconhecido, isso nunca tinha acontecido antes. Eu atendo e digo:

L- Oi.

?- Oi Lili...



continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...