1. Spirit Fanfics >
  2. Girl Like Me - ShikaSaku >
  3. Parte I

História Girl Like Me - ShikaSaku - Capítulo 1


Escrita por: e ShikaSakuProject


Notas do Autor


Oii, gente!

Essa é a minha segunda fic para o @ShikaSakuProject. É uma songfic inspirada na música Girl Like Me do Black Eyed Peas. Eu sou apaixonada por tudo que a Shakira faz, e quando vi essa música, só pensei em como ela merecia virar uma one (que virou two-shot haha). E como o tema do ciclo foi amizade, não podia deixar de trazer esses dois loirinhos maravigolds dando uma forcinha pro meu casal favorito haha

Quero agradecer muitíssimo a capa e o banner lindíssimo que a @Eleannor fez pra mim! Ficou exatamente como eu queria, arrasou demais, mana! ❤️
Também preciso agradecer a linda da @Cap1tu que betou esse capítulo com tanto carinho, muito obrigada, anjo!
Vocês são maravilhosas!

Capítulo 1 - Parte I


Fanfic / Fanfiction Girl Like Me - ShikaSaku - Capítulo 1 - Parte I

— Então você não vai sair com mais ninguém, é isso? — Ino perguntou indignada.

— Eu não disse isso! — me defendi, erguendo as mãos na frente do meu corpo. 

— Pode não ter dito, mas é exatamente isso que está fazendo desde que terminou com a Temari — Naruto interviu. — Você trabalha, dorme, sai em missões, vem 'pro bar e só! Se alguém quiser te ver tem que vir aqui ou na Torre do Hokage, e pelo que eu saiba, você não teve nenhum encontro decente...

— Isso é verdade… — concordei, servindo mais uma dose de saquê no meu copo, enquanto observava o bar, ‘pra ver se não encontrava nenhuma companhia mais interessante que o casal de amigos à minha frente. — Encontros decentes não fazem o meu tipo, sou bem mais os indecentes… — Dei um sorriso de lado e recebi um olhar quase mortal de Ino. 

— É disso que eu ‘tô falando, Shika. Você tem que sair da piranhagem! — a loira ralhou comigo. 

— Eu concordo com a minha loirinha! — Naruto disse, passando o braço ao redor do ombro dela. 

Claro que concorda, desde que ele começou a namorar com a Ino se tornou uma pau mandado do caralho, eu ‘tô é fora de virar escravo de mulher assim!

— Vocês vieram até aqui só ‘pra me falar isso? — falei desinteressado.

— Não, Shika! Isso aqui é uma intervenção — Ino disse com um tom quase perverso, e eu me engasguei com o saquê. 

Era só o que me faltava, agora pronto…

— Isso mesmo, nós vamos arranjar um encontro decente ‘pra você! — Naruto exclamou como se fosse a melhor notícia do mundo. 

— Sei… 

— É sério, Shika! Basta você dizer como seria a garota perfeita para ter um encontro contigo, que a gente arranja!

— Ah, é? E posso saber onde vocês vão arranjar a garota perfeita?

— Isso é com a gente, só fala como você quer que a gente resolve! — Ino respondeu toda confiante. — E nem vem dizendo que não pode ser problemática que isso a gente já sabe, precisamos de detalhes adicionais. 

Esses dois só podem estar de gozação com a minha cara!

Pois muito bem, se eles querem brincar, vamos brincar…

— Fiquem tranquilos que eu já aceitei o fato de que ‘pra gostar de mulher tem que gostar de problema, não tem jeito… Uma coisa atrai a outra.

— Beleza! — Naruto falou pegando um papel e riscando uma coisa. — Já podemos tirar um item da lista. 

— Vocês fizeram uma lista? — perguntei incrédulo. 

— Mas é claro, bicho preguiça! Nós levamos nosso trabalho de cupido muito a sério — Ino respondeu. — Ainda separamos algumas características preliminares, aqui é a eficiência em pessoa, baby!

‘Tô falando, esse dois resolveram tirar uma com a minha cara hoje e ainda vão fazer o desfavor de atrapalhar a minha foda da noite...

— Vocês não vão desistir dessa ideia absurda nem mesmo se eu implorar, não é? — quase supliquei, passando a mão pela minha testa.

— Você sabe muito bem que eu não sou de desistir Shikamaru, esse é o meu jeito ninja, dattebayo! 

Fazer o que? Melhor ceder do que resistir…

Servi uma dose generosa de saquê e virei de uma vez em minha boca, sentindo o líquido queimar a garganta. Eu deveria ter usado um jutsu para me ocultar nas sombras assim que vi a dupla entrando no bar, mas não, fiquei parado que nem um idiota e ainda deixei eles sentarem comigo. 

Agora aguenta, Shikamaru! Viu o perigo e ignorou os seus instintos de proteção, então ature as consequências porque surtar vai gastar muito mais energia. 

— Vejamos… — suspirei fundo. — Gostosa,  bem bonita, claro, e inteligente. Se for 'pra ter algo mais sério, tem que ser de uma boa  família. Uma bem elegante, mas sem muito frescura, sabe? Que curta viver a vida, se divertir… 

 

“Quero uma garota de família que saiba viver e que viva a vida

Eu preciso de uma bem bonita

Senhorita elegante”

 

Os dois seguiam anotando tudo que eu falava como se fosse algo super importante e não pude evitar rolar os olhos em tédio. 

— Alguém sincera, que fala o que pensa e não fica esperando que eu adivinhe o que ela quer. Se vocês conseguirem uma mulher assim já vai ser um feito e tanto. — Ri, mas eles não pareceram achar graça, estavam super concentrado na lista idiota que faziam. — Também gostaria de alguém que ao invés de reclamar que eu estou saindo viesse comigo, alguém parceira de verdade…

 

“Uma garota que arrase naturalmente 

Eu quero ir, dançar, passear

Quente ao me encontrar

Eu quero, veja, eu quero

Uma garota que não me diga mentiras”

 

— Uma garota que se destaque naturalmente e que tenha algo que a torne única, não sei se vocês estão me entendendo…

 

“Eu quero uma garota que brilhe como glitter

Uma garota que não precise de filtro

A verdade para a verdade”

 

— Ah, meu querido, pois nós estamos entendendo muito bem o que você quer… — Ino disse com um sorriso travesso no rosto. — E para sua sorte, meu caro Shika, eu e o Narutinho conhecemos alguém exatamente assim! — Naruto sorriu ‘pra ela de forma cúmplice. 

Não disse que eles estão tirando uma com a minha cara?

Quer dizer que os dois conhecem essa pessoa maravilhosa e eu não? Sendo que conhecemos as mesmas pessoas desde a academia ninja. Só pode ser piada!

— Esteja aqui na sexta às 20h que você irá conhecer a sua garota, Shikamaru — Naruto falou todo animado.

Que seja! Vou pagar 'pra ver o que esses dois vão aprontar.

Vou me arrepender? Muito provavelmente, mas pelo menos me livro deles.

— Combinado. 

(...)

Então, às 20h de sexta, eu estava no mesmo bar em que tinha marcado com o Naruto e a Ino. E como esperado, eu já estava me arrependendo…

Desde quando aqueles dois abriram a boca com essa ideia estapafúrdia, eu soube que isso era uma grande furada, mas  eu teimei e  quis conferir, então cá estou… Já são 21h e nada da moça misteriosa com todas as características que eu “queria”.

Depois de algum tempo, e várias doses de saquê, desisti de esperar a garota misteriosa e comecei a avaliar as outras oportunidades. E logo de cara, cheguei a conclusão de que valeu a pena. 

Enquanto aproveitava uma garrafa da minha bebida preferida, notei que alguns caras começaram a olhar para a entrada do bar e a comentarem sobre a  gostosa que tinha acabado de entrar. Então, dirigi o meu olhar até lá e a primeira coisa que eu vi foi um par de botas pretas de cano baixo de salto. 

Diferente e com bem mais personalidade que  os saltos comuns que as mulheres costumam usar quando saem, gostei, mas gostei ainda mais do que vi em seguida. 

Uma panturrilha perfeitamente contornada e bem definida. O cartão de visita para coxas fartas e grossas, que ficaram à mostra pelo vestido negro colado e curto que ela vestia. E quer saber? Ficava ainda melhor.

Uma bunda grande que rebolava sensualmente conforme os passos que ela dava. E bota grande nisso! 

Imediatamente comecei a imaginar como seria apertá-la e marcar aquela pele tão branca com alguns tapas. Quer saber? Que bom que a “garota perfeita” me deu um bolo, uma gostosa assim vai deixar a noite muito mais interessante. 

 

"Eu quero uma mulher

Uma princesa não tem nada para ver"

 

Subi o meu olhar até a cintura fina e marcada dela e então para os seios medianos, bem durinhos que cabiam com perfeição na palma da minha mão. Então me deparei com os fios rosados, levemente ondulados e úmidos. Isso é familiar…

O rosto de traços delicados, olhos verdes e sorriso largo provaram que eu não estava errado. É a Sakura? Desde quando ela voltou da viagem com o Sasuke?

E as surpresas não paravam por aí, ela veio caminhando até chegar na minha frente e eu devo estar com a maior cara de pateta, não sei se admiro o corpo escultural e o balanço dos seus quadris, ou se tento entender que porra está acontecendo aqui.

— Posso me sentar? — ela falou, assim que chegou na mesa em que eu estou.

— Aham — respondi com um grunhido, totalmente aturdido. — Não sabia que tinha voltado, você não estava viajando com o Sasuke?

— Acredita que não deu certo? — Ela se sentou e se acomodou na cadeira. — Pois é, acabei descobrindo que a gente não ia rolar, e aí voltei. Então, ontem estava conversando com a Ino e ela me disse uma coisa… 

— É? O quê? — perguntei curioso, e um sorriso malicioso se formou em seu rosto.

— Que você estava procurando uma garota como eu.

— Exatamente.

 

"Então, estão me dizendo que você está procurando uma garota como eu

Ah-ah-ah, você está procurando

Uma garota como eu"

 


Notas Finais


Em breve a parte 2.
Obrigada pela leitura! ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...