História Gisa e Maven forbiden love - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Rainha Vermelha
Personagens Elara Merandus, Evangeline Samos, Farley, Gisa Barrow, Julian Jacos, Kilorn Warren, Mare Barrow, Príncipe Maven Calore, Ptolemus Samos, Sara Skonos, Tiberias Calore "Cal" VII, Tiberias Calore VI
Tags Gisa Barrow, Maven Calore, Mistérios Drama, Rainha Vermelha, Romance
Visualizações 29
Palavras 1.138
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 24 - Isso não fazia parte do plano


Fanfic / Fanfiction Gisa e Maven forbiden love - Capítulo 24 - Isso não fazia parte do plano

Assim que chegaram a o Palácio Samson entrou no seu papel e a apresentou a todos como sendo sua filha não precisaram mudar seu nome, pois só uma ou duas outras criadas além de Mare o sabiam e agora elas iriam cuidar de faze - lá  parecer uma prateada até o fim dos seus dias e seriam muito bem pagas pra que seu segredo jamais fosse descoberto.

Quando se encontraram com o rei não pode deixar de ficar nervosa em estar na sua presença e na de Cal sabendo tudo que estava sendo planejando contra os dois e ter passado a viagem inteira ouvindo Samson e Elara falarem mal deles.

Maven a observava sem dizer nada enquanto Tiberias a analisava com sua nova aparência sabia bem quem era ela, todos ali sabiam que era apenas uma criada vermelha fingindo ser uma princesa prateada.

_ Essa garota tem mesmo poderes ou inventou isso tudo só pra que Maven pudesse satisfazer os seus desejos, você sempre deu um jeito ajuda - lo a conseguir o que quer a qualquer custo.

_  Vossa majestade está irritada por ter  que casar seu filho mais novo  com uma vermelha que estranhamente tem poderes e teme que apareçam mais pessoas iguais a mim e tomem o seu reino, não aguenta mais tanta pressão com esse assunto e a guerra com Lakaeland e assim  que o Príncipe Cal se casar pretende o deixar no comando de tudo e beber até que chegue  a sua morte pra que possa se juntar a sua amada respondeu em sua mente.

_ Impressionante.

_ Perfeito vamos ter dois casamentos e eu ganhei uma filha vamos brindar logo falou Samson.

_ Já estava quase conseguindo me esquecer da sua presença aqui respondeu.

_ Agora que serei sogro do Maven, ah nunca pensei que fosse falar isso , vou ter que ficar aqui pra garantir que ele não apronte com a minha filha esse dai é pior do que eu.

_ Está completamente bêbado afirmou Cal vendo seu estado.

_ Eu tinha que me preparar emocionalmente pra reecontrar a família.

Cal balançou a cabeça em reprovação somente como resposta.

_ Fico feliz que esteja de volta Samson, disse Maven entrando na conversa .

_Tava com saudades suas garoto, falou pela primeira vez sem ser sarcástico e dando um abraço em Maven.

Os dois realmente gostavam um do outro, é claro não havia como ser diferente eram muito parecidos :perigosos, cruéis, impossíveis de se conter, vingativos, cheios de rancor, intensos e extremamente belos.

_ Esta noite você vai agir como uma prateada e convencer a todos de que pertence a esse lugar, a sua vida depende disso alertou o rei antes de sair da sala pela chegada de um de seus secretários.

Ela não teve a o menos tempo de dar uma resposta.

Cal se retirou logo depois também deixando os quatro a sós. 

_ Está tudo preparado pra que depois dessa noite não haja opositores a o seu reinado, falou Elara derrepente quebrando o silêncio na sala.

_  Finalmente Norta vai ter um rei de verdade respondeu Samson.

Não podia acreditar que Maven realmente estava empolgado com a ideia da morte de tantas pessoas.

Devia estar cega pela paixão quando acreditou que fosse diferente da sua família ainda não conseguia ver com clareza as vezes quando chegava muito perto e a tocava ou dizia que a amava.

_ Meu pai vai finalmente enxergar do que sou realmente capaz falou com amargor.

_ Ele vai perceber que desprezou o filho errado querido.

Quando dizia isso Elara realmente queria dizer desprezou a mulher errada viu Gisa claramente.

Não aguentava mais ficar ali ouvindo aquelas coisas precisava saber onde estava Mare.

Depois de algum tempo foi tirada dali por algumas criadas para que se preparasse para a festa.

Vestiram na com um elegante  vestido azul uma das cores da casa merandus e lhe cobriram de joias parecia uma princesa.

Assim que a viu Maven ficou de boca aberta com sua beleza.

_Você está linda.

_ Obrigada.  Era a única coisa que podia dizer na presença de todos.

_ Então quanto tempo tenho que ficar aqui ? Perguntou Maven fingindo pouco se importar com aquilo tudo.

Depois de uma bronca do pai ele realmente não estava muito para festas.

Se bem que aquilo seria tudo menos uma festa.

_ Seu pai não te odeia como ela quer que você pense Maven.

Falou numa última tentativa de tentar faze - lo cair em si antes de cometer a loucura que estava planejando.

_ Mas não ama também, respondeu com a voz carregada de tristeza.

_ Como pode ter  tanta certeza ? 

_ Tenho olhos pra ver disse o observando abraçando o irmão do outro lado da sala, ele nunca me abraçou assim ou teve orgulho de mim.

_Isso tudo é uma competição com seu irmão pra ver quem leva a coroa pra você não é?  

_ Não queria sentir somente ódio ou inveja deles mas ela apagou qualquer outra coisa que pudesse me fazer fraquejar na hora de tomar o que é meu de direito.

Não precisava entrar na sua mente pra saber que essas palavras eram dela.

Na hora em que seu noivado foi anunciado viu a decepção de algumas mães de jovens prateadas que  ainda esperavam uma chance de entrar na família real.

Trocaria de lugar feliz com qualquer uma de suas filhas.

Podia ver Cal dançando com sua noiva lady Evangeline do outro lado do salão enquanto dançava com Maven ainda não  se conformava  em continuar gostando do seu toque e ele a olhava como se soubesse disso, a família dela não estava no salão como se esperava, e segundo Elara andavam  muito estranhos  ultimamente não era comum que se isolassem em Rifth após a filha ter vencido a prova real, andavam aprontando alguma coisa e não queriam estar perto dela.

Cumprimentou a todos as pessoas que sabia que seriam mortas esta noite junto com Maven que não demonstrava o mínimo desconforto com a situação.

Assim que  a confusão começou foi puxada pra algum lugar junto da família real.

O rei estava furioso e gritava ofensas aos vermelhos ignorando que os verdadeiros culpados por aquilo tudo estavam em segurança junto a si contentes com a eminente Vitória.

Derrpente chegou a notícia de que haviam capturado um prisioneiro da Guarda escarlate Maven pareceu ficou nervoso mais a mãe o tranquilizou dizendo que esses rebeldes preferiam morrer a trair a causa entregando os companheiros.

Ficou tranquilo  quando o homem tomou uma pílula e suicídio  pelo menos até  Volo Samos chegar dizendo que tinha evidências de que havia um traidor entre eles.

Elara o fuzilava com o olhar vendo seus pensamentos como ela e  Samson segurava a espada pronto pra qualquer coisa enquanto Maven se perguntava o que poderia ter dado errado no seus planos perfeitos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...