História Give Me Love - Bubbline - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Ash, Beemo "BMO", Cake, Finn, Fionna, Jake, Marceline, Marshall Lee, Princesa De Fogo, Princesa Jujuba, Principe Chiclete
Tags Amor, Bonnibel, Bonnie, Bubbline, Cartoon Network, Colegial, Faculdade, Finn, Gumblee, Hora De Aventura, Jake, Jujuba, Lesbicas, Marceline, Marcy, Marshall Lee, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Romance
Visualizações 111
Palavras 1.868
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), FemmeSlash, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


GEEEEENTEY olha essa montagem ai!!! Eu fiz umas pesquisas dos personagens de hora de aventura em real life e meu, olha o que eu achei! Agora vai ficar mais fácil pra vocês associarem. Eu nunca tinha visto de tantos deles assim.
E pra quem reparar, tem até uma versão da princesa de fogo versão masculina. O nome dele aqui vai ser Luke, Beleza? Logo logo ele vai aparecer.
Aproveitem o capítulo e falem comigo pra eu ficar feliz! Kkkk

Capítulo 4 - Capítulo quatro


Fanfic / Fanfiction Give Me Love - Bubbline - Capítulo 4 - Capítulo quatro

MARCELINE POINT OF VIEW


O resto da semana correu tudo bem, basicamente eu passava mais tempo com o pessoal da banda do que dentro do quarto. Eu comecei a perceber que sempre que a irritadinha voltava das aulas ela ficava mais irritante e calada. Será que tem a ver com a Lucy?

Ah, falando em Lucy… eu realmente não falei com ela sobre a irritadinha, vai que ela vem brigar comigo depois. Apesar de que eu gostaria de falar com ela.

Eu e Lucy começamos a passar mais tempo juntas, a gente está ficando e Fire e Fiona andam dizendo que a gente tá namorando. Claro que não estamos! Alguém precisa fazer o pedido, e eu sei que ainda não é o momento.

Hoje é sábado e pelo visto aqui, no sábado é sempre dia de festa. O Ash vai fazer uma festa na casa dele. O desgraçado tem um pai milionário que fez questão de comprar uma casa dentro do campus pra ele morar. Enfim. Eu obviamente vou nessa festa. Se hoje é dia de curtir eu vou curtir e muito.

O pessoal da minha turma e praticamente todo o campus vai estar nessa festa. Espero que a irritadinha também vá, ela precisa mesmo sair desse quarto e socializar com algumas pessoas. Ela quase nunca sai daqui, só para falar com gumball, seu irmão que tá cursando moda.

— Você vai na festa hoje a noite? — Perguntei e me sentei direito na cama para ve-la melhor. Ela também se sentou melhor e suspirou de cabeça baixa antes de responder.

— Acho melhor eu não ir — Ela respondeu. Ela parecia triste e pensativa. Gostaria muito de saber o que ela pensava e por quê ela acha melhor não ir.

— Por que? — Me atrevi a perguntar. Ela suspirou novamente.

— Sua namorada e as amigas dela vão estar lá, então não vou. — Ela respondeu.

É claro… Lucy.

Não entendo a implicância dela com a Bonnibel, se ela é tão inteligente assim por que as duas não ficam amigas?

— Ela não é minha namorada… só pra constar. — Disse também pensativa. De fato Lucy não era minha namorada, nós apenas estamos saindo. Não é nada de mais, não sei porque as pessoas não entendem isso.

— Não me interessa. — A irritadinha rolou os olhos e voltou a deitar na cama.

Como já estava quase na hora da festa fui tomar um banho e me arrumar.

Coloquei uma calça jeans preta rasgada nos joelhos e um All star azul escuro. Quando fui pegar minha blusa, vi que não tinha pegado nenhuma, só meu top preto.

Droga, eu ia ter que sair do banheiro sem blusa. E a irritadinha ta deitada, vai reclamar com certeza.

Mas se dane…

Abri a porta devagarinho, ela estava virada para a parede então se eu fosse rápida ela nem iria me ver.

Caminhei rapidinho até minha cama onde estava a blusa. Mas no caminho ela se virou e acabou me vendo me vestir.

Eu não fiquei com vergonha, eu era muito bonita, pelo menos é isso que todas as garotas me falam, mas fiquei constrangida pela Bonnibel.

— Desculpa por isso, eu esqueci de levar a blusa pro banheiro… — Disse ajeitando a peça no meu corpo.

Olhei para ela e vi que suas bochechas estavam rosa… ela estava corada, e muito linda por sinal.

QUE?

— Não tem problema… — Ela respondeu baixinho e voltou a se deitar.

Peguei minha jaqueta de couro preta e coloquei por cima da blusa. Dei uma ajeitada no cabelo, nunca liguei pra essa parte. Peguei meu celular e sai.

— Tem certeza que não quer ir? Ainda posso ser legal e te esperar — Eu disse sorrindo antes de fechar a porta. Queria realmente que ela fosse na festa, quem sabe até poderíamos conversar e nos entendermos. Não quero passar toda minha estadia aqui com nós duas nessa implicância.

— Tenho certeza, obrigada! — Ela respondeu seca sem ao menos me encarar.

Dei de ombros e fechei a porta.

Jake disse que passaria aqui para me buscar de carro com uma galera e bem na hora que saí eles chegaram. Lucy, Beemo, Fire e a caroço estavam no carro cantando uma música muito agitada. Cumprimentei todos e dei um selinho em lucy e partimos.

Em poucos minutos chegamos na festa, a casa estava lotada de gente bebendo e dançando. Eu sempre gostei de festas assim mas agora… sei lá parece que não é mais para mim isso. Mesmo assim tentei começar a curtir. Finn e Fiona e Marshall já estavam lá então nos juntamos para beber algumas cervejas.

Mais ou menos uma hora havia se passado e eu já estava querendo ir embora. Cara, uma Netflix e minha cama quentinha cairia muito bem agora.

Eu estava numa partida de sinuca com Finn, ele mandava muito bem nisso e inclusive eu estava perdendo.

De repente começou um alvoroço de gente do lado de fora. Fire chegou correndo e disse para nós irmos la fora.

Quando saí, vi a coisa mais linda em toda a minha vida…

SIM, A COISA MAIS LINDA!

Bonnibel estava na festa, e ela estava maravilhosa. Ela usava um vestido rosa clarinho de alcinha, na altura do joelho e uma sandália de salto preta nos pés, combinando tudo perfeitamente com seus cabelos cor de rosa soltos com algumas ondas.

Caramba, eu nunca tinha visto ela assim.

Enquanto eu olhava fixamente para a Bonnibel, Lucy chegou do meu lado e me viu babando por ela e acabou me dando um beliscão no braço.

— AI, nossa… — Reclamei de dor enquanto alisava o lugar doendo. Voltei a olhar para Bonnie e Lucy saiu de perto de mim furiosa.

Eu provavelmente estraguei tudo com ela, mas caramba. Eu nunca tinha visto uma garota tão linda. Como eu não reparei nela antes?

Provavelmente foi por termos começado com o pé errado…

Quando dei um passo para ir falar com a irritadinha percebi o tanto de cara olhando para ela, literalmente a comendo com os olhos.

Não sei o porquê mas eu fiquei com raiva e com vontade de socar todos eles.

Enquanto ela caminhava para dentro da casa ouvi muitos assobios e palavras como "gostosa" "gatinha" e essas merdas.

Fire enlaçou seus braços e a trouxe para próximo de nós. Todos a elogiaram e eu… simplismente não consegui falar nada.

— ARRASOU AMIGA, TÁ MUITO GATA! — Fire disse toda alegre.

— AMEI SEU VESTIDO! — Fiona disse e tocou o vestido fazendo Bonnie dar uma rodadinha.

Meu Deus… aquilo foi meu fim!

Depois de alguns minutos todos voltaram a beber e zuar, eu terminei a partida de sinuca com Finn e perdi feio!

Mas também… não conseguia me concentrar com Bonnie tão linda ao meu lado.

Me sentei no sofá de frente para ela. Ela e as meninas estavam conversando sobre a faculdade. De repente alguém se aproximou delas, era Ash, ele olhava fixamente para Bonnibel e automaticamente todas as meninas olharam para ele.

— Quer dançar gatinha? — Ele perguntou e estendeu a mão para ela. Dava pra ouvir claramente a conversa deles já que a música não estava tão alta.

— Ah não, eu não sei dançar. — Bonnie respondeu, evitando olhar para ele.

— Então posso pelo manos ir buscar uma bebida para nós dois? — Ele insistiu.

— Eu não bebo… — Bonnie respondeu. Eu acabei soltando o riso que nem percebi que segurava. Ash me olhou feio e eu parei. Era claro que a irritadinha não queria nada com ele.

— Vem dar uma volta comigo, então. — Ele continuou insistindo. Eu observava tudo no meu canto

— Oh não, eu não … —

— Vamos lá, qual é o problema, gata? — Ele tocou seu braço e a puxou do sofá. Bonnie racuou e tentou puxar o braço mas eu vi que ele apertou mais forte e sorriu para ela.

Quando vi isso meu sangue ferveu, tenho certeza que se pudesse me transformar em um monstro agora, isso aconteceria.

Com muita raiva eu levantei e empurrei o Ash, ele quase caiu sentado no chão, sorte ter um garoto passando atrás dele bem na hora.

— ELA NÃO QUER FICAR COM VOCÊ CARA, CAI FORA, NÃO ENTENDEU NÃO? — Gritei nervosa. Ele veio em minha direção e ia me dar um soco, mas um dos caras que andava com ele apareceu e o segurou, impedindo-o de se aproximar novamente.

— CAI FORA VOCÊ DA MINHA CASA! — Ele disse ainda sendo segurado. Seus olhos estavam vermelhos, ele estava muito puto comigo mas eu nem ligava.

Olhei para o lado e vi que Bonnie não estava mais ali. Fire apontou para a saída e eu rapidamente fui procura-la.

Quando cheguei na varanda, vi na hora quando Lucy jogou um copo de água na cabeça de Bonnie e ela e suas amigas começaram a rir.

Eu já estava nervosa, vendo isso piorou.

Quando a irritadinha me viu ela saiu correndo. E eu fui até Lucy.

— Você ta louca garota? — A empurrei e ela se chocou com a parede atrás de si. — Não é pra você se aproximar dela de novo, entendeu? — Disse séria. Não esperei resposta dela e sai correndo.

Provavelmente a irritadinha está mais irritadinha agora do que nunca, mas já era mais de 01h da manhã, não poderia deixa-la voltar dozinha.

Um quarteirão depois eu consegui alcança-la. Por precaução achei melhor avisar que eu estava chegando, não queria levar outro soco.

— Bonnie! — Gritei a fazendo olhar para trás, mas ela não parou de caminhar, pelo contrário, só aumentou o passo. — Bonnie por favor, espera! —

— Qual o seu problema Marceline? Por que não continuou na festa com sua namorada e seus amigos? — Ela perguntou chorosa. Seus olhos estavam marejados. Ela parou na calçada e eu finalmente consegui me aproximar.

— Ei, ela não é minha namorada, e você também é minha amiga… — Disse me aproximando.

Ela riu sarcástica e rolou os olhos.

— Quando nos conhecemos eu disse que não éramos amigas! — Ela retrucou.

— Mas não significa que não possamos ser. — Disse e sorri de lado. Ela riu e secou as lágrimas. Ponto para mim!

— Você é muito irritadinha mas eu acho que posso aguentar — Eu disse brincando enquanto voltamos a caminhar.

— Eu não sou irritadinha! —

— É sim —

— Cala a boca, eu não sou e pronto! — Ela fez cara de mau e falou firme.

— Viu… — Acabamos rindo juntas.

Chegamos no alojamento e fomos direto para o quarto, deixei ela tomar banho primeiro afinal ela estava molhada. Enquanto isso peguei uma troca de roupa.

Depois de alguns minutos ela saiu do banho e eu entrei. Não demorei muito, estava cansada e queria dormir logo.

Quando saí, Bonnibel já estava dormindo então acabei indo deitar também.

Mandei mensagem para o Marshall dizendo que ja estava no quarto e que amanhã nos encontraríamos em alguma cafeteria já que não iria mais na que Lucy trabalha.

Me aconcheguei melhor na cama e por último dei uma olhada para a irritadinha. Ela realmente é muito bonita, até dormindo com seu pijama de ursinho todo rosa. Uma graça.

Desliguei o celular e finalmente fechei os olhos.


Notas Finais


Gente socorro eu to amando a recepção de vcs com a fic! Muito obrigado a todos!
Bjão meus cheros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...